domingo, 10 de setembro de 2017

.: A "Poesia Completa" de Cecília Meireles lançada pela Global Editora

Após promover a reedição dos livros de poesia de Cecília Meireles em edições autônomas desde agosto de 2012, a Global Editora traz agora ao público leitor a "Poesia Completa", em dois volumes, reunindo a totalidade da produção poética da autora. A edição traz desde seu livro de estreia, "Espectros" (1919), até "Crônica Trovada da Cidade de San Sebastian" (1965), publicado postumamente. Por meio desta edição, os leitores têm à sua disposição a oportunidade ímpar de fruir do puro e íntegro diamante de uma artista dos versos de primeira grandeza.

Cecília Meireles é considerada por muitos críticos literários e também por seus colegas de ofício como a maior poeta em língua portuguesa. Dona de uma sensibilidade rara, a obra da carioca nascida em 1901 causa admiração até hoje por sua profundidade e diversidade. Intrigante perceber que a mesma autora que concebeu poemas que indiciam profundos mergulhos existenciais, como os de seu livro "Viagem" (1939), também foi a responsável por "Romanceiro da Inconfidência" (1953), livro no qual recriou poeticamente um evento central da história brasileira, e, posteriormente, também remaria com naturalidade, intimidade e leveza pelo universo infantil com seu célebre "Ou Isto ou Aquilo" (1964), livro que encantou e continua encantando gerações e gerações de leitores.

A coordenação editorial e o estabelecimento do texto desta edição são assinados pelo crítico literário e ensaísta André Seffrin. A edição conta com um texto de apresentação de Alberto da Costa e Silva e também traz um caderno iconográfico com fotos e manuscritos do arquivo pessoal da autora e capas de edições de seus livros.

Sobre a autora:
Cecília Meireles nasceu em 7 de novembro de 1901, no Rio de Janeiro, onde faleceu, em 9 de novembro de 1964. Publicou o primeiro livro, "Espectros", em 1919. Em 1938, o livro "Viagem" conquistou o prêmio Olavo Bilac de Poesia, concedido pela Academia Brasileira de Letras. Além de estar entre os poetas brasileiros mais amados pelo público, foi jornalista, cronista, ensaísta, autora de literatura infantojuvenil, professora e pioneira na difusão do gênero no Brasil. Em 1965, recebeu, postumamente, o prêmio Machado de Assis da Academia Brasileira de Letras, pelo conjunto da obra.

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.