segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

.: Zezé Di Camargo recebe medalha de honra ao mérito

Instituída pelo Decreto nº 50.555, de 21 de fevereiro de 2006, a casa medalha destina-se a homenagear personalidades físicas e jurídicas, organizações civis e militares, nacionais e estrangeiras, por seus méritos e pelos serviços dignos de especial destaque prestados ao Estado de São Paulo e a seu povo, de maneira a preservar o espírito de liberdade e democracia oferece a Zezé Di Camargo a Medalha da Casa Militar por demonstrar grande apreço pela Polícia Militar, enaltecendo e valorizando as atividades de prevenção e proteção à sociedade, externando em seus shows a importância de tal profissão. 

No dia do evento serão 39 agraciados, sendo que ele receberá no inicio do 2º bloco, a fim de garantir o anúncio dos familiares que entrarão de surpresa (Wanessa, Igor e Camila Camargo). A solenidade de outorga acontecerá no dia 20 de dezembro de 2017, às 09h30min no Salão dos Pratos do Palácio dos Bandeirantes.

Histórico da Casa Militar: A Casa Militar do Governo do Estado de São Paulo tem suas origens em 1912, vinculadas à promulgação da Lei nº 1.320, de 18 de setembro de quando o Presidente do Estado, Dr. Rodrigues Alves, fixou a permanência de dois Oficiais a sua disposição, como ajudantes de ordens, escolhidos dentre Oficiais da Força Pública.

 A partir desse embrião, outros diplomas legais editados à época, e na década seguinte mantiveram a estrutura, o que culminou com a edição do Decreto nº 5.205, de 23 de setembro de 1931, assinado pelo Interventor Federal Dr. Laudo Ferreira de Camargo, que, ao reorganizar a Secretaria do Palácio do Governo, institui, efetivamente, uma Casa Militar dotada de vinculação direta ao chefe do Poder Executivo, sendo o comando, na oportunidade, exercido pelo Major Christovam de Oliveira e Silva.

A data da edição deste decreto tornou-se marco histórico e oficialmente considerado como data da criação do órgão. A Casa Militar, desde então, teve potencial incremento de atividades, dentre as quais a segurança física dos palácios do governo e pessoal do chefe do executivo e dignitários, bem como a coordenação das atividades de Defesa Civil no Estado.

Compartilhar no WhatsApp
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.