quinta-feira, 11 de janeiro de 2018

.: "Deus Salve o Rei" é mais do que um "Game Of Thrones" Made in Brazil

Por Mary Ellen Farias dos Santos*
Em janeiro de 2018



Numa pegada de "Game of Thrones", famosa série da HBO, a nova novela das 19 horas, da Rede Globo, "Deus Salve o Rei" vai além de dragões e seres fantásticos, esparrela em que a Rede Record caiu certinho com "Belaventura". Conscientizando sobre a necessidade de preservação da água, o que pode até gerar guerras entre reinos, a produção promete, seguir o rumo do sucesso do final dos anos 80: "Que Rei Sou Eu?", ou seja, fazer uso da crítica aliada ao bom humor.

A produção que ainda não apresentou todos os personagens até a exibição do segundo capítulo -por onde estará a princesa Lucrécia (Tatá Werneck)?-, já desenhou bem o perfil e função dos protagonistas, antagonistas ou personagens agentes. Enquanto Afonso (Rômulo Estrela) é um príncipe 100% mocinho sério, Rodolfo (Johnny Massaro), outro príncipe de Montemor, logo no primeiro capítulo mostrou pertencer ao núcleo cômico. 

A fala do despreparado irmão mais novo, Rodolfo, direcionada a rainha Crisélia (Rosamaria Murtinho) a respeito da falta de água, é impagável. "É isso que eu não entendo, minha vó. O povo reclama que não tem o que comer. Quando falta água, reclama que não tem com o que cozinhar. Convenhamos, não faz sentido."


Enquanto Marina Ruy Barbosa parece confortável na pele da camponesa Amália, Bruna Marquezine incomoda com a impostação de voz para a princesa vilã Catarina. Teria ela buscado inspiração em Malévola?! Virgílio, o português Ricardo Pereira, é tal qual o vilão Gaston -de "A Bela e a Fera". Em tempo, até a entrada de Amália no vilarejo foi bastante parecida com a versão Disney para o clássico francês, com direito a "Bom dia" aos moradores e a abordagem incisiva daquele que será uma pedra no sapato da mocinha.

No ritmo da música celta irlandesa da abertura, considerando a participação especial de Rosamaria Murtinho, que por hora, é uma rainha desmemoriada, pode-se concluir que o reino de Montemor, em breve, estará de pernas para o ar: sem rainha, um príncipe abdicando o trono e um irresponsável sendo obrigado a assumir o posto de Rei. Situação similar a da política brasileira, não?! Que venham muitas críticas debochadas tal qual o clássico "Que Rei Sou Eu?", afinal a Rede Globo demorou muitos anos para tornar a ousar criar algo em estilo tão irreverente.

Audiência: O primeiro capítulo exibido em 9 de janeiro registrou média de 29 pontos na Grande São Paulo mantendo a audiência do horário. Durante o primeiro capítulo a hashtag #DeusSalveORei permaneceu no trending topics do twitter por vários minutos. Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Deus_Salve_o_Rei

Elenco: Marina Ruy Barbosa (Amália Flores), Rômulo Estrela (Afonso Castelli, Príncipe de Montemor), Bruna Marquezine (Catarina Vila Real, Princesa de Artena), Johnny Massaro (Rodolfo Castelli, Principe de Montemor), Ricardo Pereira (Virgílio Salazar), José Fidalgo (Constantino Topoli, Duque de Costera), Tatá Werneck (Lucrécia Fidalgo, Princesa de Cidral), Vinicius Calderoni (Istvan Labarca, Marquês de Cordona), Marco Nanini (Augusto Vila Real, Rei de Artena), Caio Blat (Cássio), Vinícius Redd (Thiago Flores), Fernanda Nobre (Diana), Débora Olivieri (Constância Flores), Giulio Lopes (Martinho Flores), Marina Moschen (Selena), João Vithor Oliveira (Saulo), Giovanni De Lorenzi (Ulisses), Bia Arantes (Brice Mascarenhas), Rafael Primot (Osiel Mascarenhas), Tarcísio Filho (Demétrio), Yago Machado (Marcus), Betty Gofman (Naná), Marcello Airoldi (Romero), Dayse Pozato (Betânia), Marcos Oliveira (Heráclito), Maria Manoella (Mirtes), Leandro Daniel (Petrônio), Aramis Trindade (Olegário), Pascoal da Conceição (Lupércio), Cristiana Pompeo (Matilda), Rafa Vachaud (Eustáquio), Javert Monteiro (Lutero), Daniel Warren (Orlando),
Isadora Ferrite (Brumela), Júlia Guerra (Latrine), Liéser Touma (Timóteo), Carolina Ferman (Lucíola), Tobias Carrieres (Levi), Ancelmo Gonçalves (Oráculo).
Participações especiais: Rosamaria Murtinho (Crisélia Castelli, Rainha de Montemor), Mel Maia (Catarina (criança)), Caco Ciocler (Gordon), Renata Dominguez (Belisa), Jack Berraquero (Valentin), Joana Borges, André Segatti (Henri), Ilya São Paulo (Nadja), Rosa Marya Colin (Mandingueira).

Assista também em: https://globoplay.globo.com

*Editora do site cultural www.resenhando.com. É jornalista, professora e roteirista. Twitter: @maryellenfsm
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

Um comentário:

  1. Estou gostando, mas quero ver mais para saber melhor.

    ResponderExcluir

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.