segunda-feira, 15 de janeiro de 2018

.: Eduardo Gudin com Toquinho, Ilessi e Renato Braz em ‘Berimbau em tributo

Shows acontecem dias 20 e 21 de janeiro, no teatro do Sesc Pompeia



Se estivesse vivo, o carioca Baden Powell teria completado, em agosto passado, 80 anos de idade. Para prestar uma homenagem ao amigo, o compositor e violonista Eduardo Gudin idealizou o show Berimbau: um tributo a Baden Powell, que é apresentado no teatro do Sesc Pompeia nos dias 20 e 21 de janeiro. Junto a Gudin, sobem ao palco os convidados especiais Renato Braz, Ilessi e Toquinho.

A influência de Powell sempre esteve presente na vida de Gudin, que inclinou-se, em sua produção autoral, ao que ele chama de “escola nova” criada pelo homenageado. “Além de ser um dos maiores violonistas de todos os tempos, o Baden tinha um lado muito forte como compositor. Ele introduziu o samba mais tradicional dentro da bossa nova e, com isso, fez uma espécie de fusão dentro do samba mais autêntico, criando um estilo novo, uma espécie de gênero que foi seguido por muitas pessoas”.  

Esse estilo próprio de tocar violão, responsável pela visibilidade mundial conquistada por Baden Powell, também foi o que cativou os outros convidados desse tributo a aceitarem o convite de Eduardo: Renato Braz, parceiro de Gudin nos palcos e seu amigo pessoal de longas datas, ocupa a primeira parte do show, com canções do homenageado e do anfitrião; Ilessi, representante de uma nova geração de intérpretes brasileiras, dá voz a alguns afro-sambas de Baden Powell e Vinícius de Moraes; e Toquinho, cantor, compositor e violonista fortemente influenciado por Baden Powell, com quem manteve uma estreita amizade nos últimos anos de sua vida, além de terem realizado muitos shows juntos. Para encerrar o espetáculo, os três convidados se unem a Eduardo Gudin no palco.  

Ficha técnica:
Eduardo Gudin – voz, violão, direção musical, direção artística e concepção / Participações especiais: Toquinho – voz e violão / Ilessi – voz / Renato Braz – voz, violão e percussão. Percussões – Mestre Dalua, Rafael Toledo e Leo Rodrigues. Produção: Livia Mannini (Realejo Produções Artísticas).

Mais sobre Baden Powell: Considerado um dos maiores violonistas de todos os tempos e um dos compositores mais expressivos da música brasileira, Baden foi o criador de um estilo próprio, um dos violonistas mais influentes de sua geração, e com isso tornou-se uma referência mundial no segmento instrumental. Sua música rompe as barreiras que separam a música erudita da música popular, trazendo consigo as raízes afro-brasileiras e o regionalismo brasileiro. Ouça o repertório de Baden Powell (Spotify): https://goo.gl/Z6MEs6

Mais sobre Eduardo Gudin: Cantor, compositor, músico, arranjador e produtor musical, Eduardo iniciou sua carreira aos 16 anos de idade, quando foi levado por Elis Regina e Jair Rodrigues para participar do programa "O Fino da Bossa", exibido pela TV Record. Aprendeu a tocar violão aos 13 anos de idade e, de lá para cá, construiu uma discografia com 16 álbuns e teve suas canções gravadas por diversos intérpretes. Ouça o repertório de Eduardo Gudin (Spotify): https://goo.gl/rMDkGn. Gudin improvisando em “Deixa” (Baden Powell / Vinícius de Moraes) - https://goo.gl/3rwcsv

Mais sobre Renato Braz: Intérprete com projeção internacional, Renato é, há décadas, amigo pessoal de Gudin, com quem compartilha de uma grande afinidade artística. No início de sua carreira, em 1995, Renato foi escalado por Gudin para integrar (ao lado de Mônica Salmaso, Luís Bastos e Márcia Lopes) o conjunto vocal Notícias Dum Brasil – hoje em sua quarta formação – que acompanha o compositor em seus shows autorais desde então. Neste projeto, Renato Braz dá voz à primeira parte do espetáculo, que, antes de mergulhar no universo musical do homenageado, abre alas com algumas obras do anfitrião. Ouça o repertório de Renato Braz (Spotify): https://goo.gl/rKoXHA. Renato e Gudin juntos, no palco: “Som Conquistador”: https://goo.gl/xL9xbD/, “Berimbau” (Baden Powell / Vinícius de Moraes): https://goo.gl/ZyQiuq/, “Luzes da Mesma Luz” (E.Gudin / Sérgio Natureza): https://goo.gl/S2RHK5.

Mais sobre Ilessi: Representante de uma geração mais jovem de intérpretes dedicados à canção brasileira clássica, Ilessi estreou sua discografia lançando obras inéditas do bandolinista e compositor Pedro Amorim com o letrista Paulo César Pinheiro – parceiro fundamental de Baden Powell. Desde então, suas pesquisas musicais se aprofundaram e trouxeram à tona autores contemporâneos diversos, despertando na artista seu talento autoral, em que costuma abordar temas afinados com suas ideologias pessoais, como igualdade de gêneros, raças, classes sociais e religiosidade. Ouça o repertório de Ilessi (Spotify): https://goo.gl/4z5MDU, “Brigador” (Pedro Amorim / Paulo César Pinheiro) – faixa de abertura do 1º CD da cantora: https://goo.gl/RSbmmw, “Dindi” - Ilessi, Nelson Faria e Academic Symphonic Orchestra: https://goo.gl/6aDjc5.

Mais sobre Toquinho: Violonista paulistano fortemente influenciado por Baden Powell, o cantor e compositor Toquinho manteve uma estreita amizade com seu mestre nos últimos anos de sua vida, além de terem realizado muitos shows juntos. Site oficial de Toquinho: http://www.toquinho.com.br/ / Ouça o repertório de Toquinho (Spotify): https://goo.gl/M2H1Gm, “Por que razão?” (parceria de Eduardo Gudin e Toquinho – faixa do álbum Eduardo Gudin & Notícias Dum Brasil 4, finalista do Grammy Latino 2016): https://goo.gl/3RYrSc.


SERVIÇO:
Berimbau – Um Tributo a Baden Powell
Eduardo Gudin convida Renato Braz, Alessi e Toquinho
Dias 20 e 21 de janeiro, sábado, às 21h, e domingo, às 18h
Teatro do Sesc Pompeia
*O Teatro do Sesc Pompeia possui lugares marcados e galerias superiores não numeradas. Por motivo de segurança, não é permitida a permanência de menores de 12 anos nas galerias, mesmo que acompanhados dos pais ou responsáveis. Abertura da casa às 20h30.

Ingressos: R$ 12 (credencial plena/trabalhador no comércio e serviços matriculado no Sesc e dependentes), R$ 20 (pessoas com +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino) e R$ 40 (inteira).
Ingressos à venda pelo Portal do Sesc e nas bilheterias das unidades do Sesc SP. Classificação indicativa: Não recomendado para menores de 12 anos.

Sesc Pompeia – Rua Clélia, 93.
Não temos estacionamento. Para informações sobre outras programações, acesse o portal sescsp.org.br/pompeia

Nos acompanhe: 
instagram.com/sescpompeia
facebook.com/sescpompeia
twitter.com/sescpompeia

Compartilhar no WhatsApp
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.