quinta-feira, 8 de março de 2018

.: Inesquecíveis: Desenhos dos anos 80 que marcaram a infância

Por: Mary Ellen Farias dos Santos
Em março de 2018


Quem não curte relembrar o que foi bom? Sem dúvida, as animações exibidas nos canais de televisão tem um toque especial que tornam ainda mais divertido esse mergulho no passado. Como passar ileso diante de clássicos animados ou ao ouvir "versão brasileira Herbert Richards"? Para tanto, nós do Resenhando.com elegemos 15 desenhos animados que brilharam na televisão durante os anos 80, fizeram a festa dos trintões de hoje e podem, facilmente, ser encontrados, até dublados na internet. Não é dessa época? Confira e divirta-se também!



A Nossa Turma (1984)
A animação também conhecida como "A Turma", apresentava as aventuras de doze animais pré-adolescentes de tipos diversos. Comandados pelo alce Montgomery, o grupo que se reunia num vagão abandonado, aprendia a valorizar o espírito de equipe e o companheirismo. Por outro lado, os vilões da trama tentavam roubar a instalação dos bichinhos. Volta e meia eles entravam em apuros. No Brasil, a animação foi exibida pelo SBT, nos anos 1987, 1994, 1996 e início de 2000.



As Aventuras de Moranguinho (1980-1985)
Habitante da Morangolândia, Moranguinho é uma menininha de 6 anos que vive num bolo de morango com a gata Pudim. Cantante, ela é amiga de Uvinha, Limãozinho, Maçãzinha, Ameixinha, Framboesinha, Tortinha . Embora tenha o Sr. Sol para conversar, Moranguinho tem a plantação de morangos perseguida pelos corvos do Peculiar Padeiro Púrpuro do Pico do Porco Espinho.




Turma da pesada (1987)
Como não sonhar com um carro extremamente grande e cheio de mordomias, inclusive, uma piscina? Os adolescentes ricos de Beverly Hills são bonitos, vivem bem arrumados, pois nasceram para ser ricos. Larke, loira, e Bianca Dupree, dona de madeixas pretas, são as personagens principais, sendo a segunda a antagonista na maioria dos episódios. A loira cuida da gata Tiara, além de ser apaixonada por Troy, o garoto mais popular da escola. No entanto, Larke é um poço de bondade, o oposto de Bianca a mais esnobe do grupo. No Brasil foi exibido pela Rede Globo.



Cavalo de Fogo (1986)
Em nome do trono, ainda bebê, a princesa Sara foi salva das garras de Lady Diabolyn, pelo místico Cavalo de Fogo, tirando-a do planeta Dar-Shan para um local seguro, no oeste norte-americano, especificamente um rancho em Montana. Criada por um homem conhecido como John Cavanaugh, aos 13 anos, por meio do medalhão que carrega desde bebê, um amuleto mágico, a menina recebe avisos do cavalo que a salvou e descobre ser a princesa do reino de Dar-Shan. No Brasil, foi exibido pelo SBT.




Caverna do Dragão (1983-1985)
A animação apresenta a história de seis crianças americanas dos anos 80 que buscam saída do mundo que estão presos, o Reino de Dungeons & Dragons, após embarcar em um passeio de montanha-russa. Na tentativa de fuga, esbarram com os vilões Vingador, Tiamat e Demônio das Sombras. Contudo, o enorme sucesso, especialmente no Brasil, não garantiu renovação e a série foi cancelada. Assim, o final ficou em aberto gerando diversas interpretações -e teorias- para o que aconteceu, de fato, com o guarda Hank, o cavaleiro Eric, a acrobata Diana, a ladina Sheila, o mago Presto e o bárbaro Bobby, além da fêmea de unicórnio Uni. Por conta do jogo de RPG, role-playing game "Dungeons & Dragons" é sempre citado no seriado nerd "The Big Bang Theory". No Brasil foi exibido na Rede Globo, assim como RBTV, Gloob e Cine+.






He-Man (1983-1985)
O protagonista da linha de brinquedos "Mestres do Universo", lançado pela Mattel, além de ter desenho animado, em que é o alter ego do Príncipe Adam, estampou uma série de histórias em quadrinhos e ganhou filme. He-Man e seus amigos tentam defender o reino de Eternia e os segredos do Castelo de Grayskull das forças do mal de Esqueleto. A história do guerreiro foi contada, recentemente, com detalhes no documentário "Toys that made us". "He-Man" foi exibido pela Rede Globo. Aqui: "Brinquedos que Marcam Época" em documentário misto com série



Jem e as Hologramas (1985-1988)
Jerrica Benton é a contida filha de um empresário do ramo musical, a Starbright Music. Após perder o pai, encontra um presente deixado por ele: um brinco mágico. Assim, a moça assume a identidade secreta inspirada em sua música. Torna-se Jem, uma superstar talentosa e extremamente ousada, tendo a irmã e as amigas como parceiras e o trio "As Desajustadas" para infernizá-las. Na época, as personagens viraram bonecas pela Hasbro, fazendo com que a Mattel também lançasse a Barbie roqueira. Em 2012, as bonecas foram lançadas pela Integrity Toys. Já em 2015 ganhou um filme live-action que foi rejeitado pelos fãs. "Jem e as Hologramas" foi exibido no SBT em 1988, de 1990 até 1993, quando nunca mais voltou entrou na grade de programação. 
Leia também: Rejeição de fãs: Clássico "Jem e as hologramas" vira filme


Os Smurfs (1981-1989)
As minúsculas criaturas azuis com hábitos humanos, os Smurfs, batizados com nomes de acordo com suas características, vivem em uma vila no meio de uma floresta, com mais de cem habitantes. Liderados por Papai Smurf, o grupo tenta se safar das caçadas de Gargamel e seu gato Cruel. A criação do ilustrador Peyo, exibida no Brasil pela Rede Globo de Televisão na década de 1980, soma diversos filmes que em 2011 ganhou versão live-action, retornando a animação em 2017 com "Os Smurfs e a Vila Perdida". Aqui: Resenha de "Os Smurfs e a Vila Perdida"


Os Ursinhos Gummi (1985-1990)
Da Walt Disney Pictures, a animação ambientada no reino medieval e mágico chamado Dunwyn, foi inspirado em Gummy Bears, doces de goma em forma de ursos vendidos nos EUA. Os ursinhos inteligentes e falantes, uma lenda em Dunwyn, sempre que agem, tentam não serem vistos por humanos. Assim, os únicos que sabem da existência deles são Crispim, a princesa Carla, o avô de Crispim, o Duque Duro e seus ogros de Drekmore. No Brasil, o desenho foi exibido no SBT em 1989 e na Rede Globo em 1991, pelos programas Xou da Xuxa, Sessão Aventura, TV Colosso, Xuxa Park e Angel Mix.



Punky: A levada da breca (1985-1986)
Punky, protagonista que dá o nome a série de desenho animado, é um spin-off do seriado de televisão "Punky, a Levada da Breca". A animação dublada com as vozes originais do seriado de TV Punky Brewster, incluiu o personagem Glomer, misto de animal e duende, com poderes mágicos, vindo de uma cidade no fim do arco-íris. No Brasil, foi exibido pelo SBT, entre os anos 80 e o início dos anos 2000.



Rainbow Brite (1984-1986)
A menina Wisp foi levada para uma terra incolor, para voltar ao mundo real, precisa encontrar a Esfera de Luz. No decorrer do caminho, a pequena faz amizade com o duende Twink, o cavalo branco Starlite e um bebezinho misterioso. A garotinha encontra o Cinturão de Cores e resgata as sete Crianças Coloridas. Após usar o cinturão para derrotar o Rei das Sombras, Wisp passa a ser chamada de Rainbow Brite. Ao lado das Crianças Coloridas e os Duendes, vivem na Rainbow Land, comandando todas as cores do universo. No Brasil, a animação foi transmitida pelo SBT.



She-Ra (1985-1987)
Personagem da série de animação "She-Ra: A Princesa do Poder", é o alter ego da Princesa Adora e irmã gêmea de He-Man. Logo, She-Ra é dona de uma gigantesca força física, além de agilidade e capacidade de se comunicar telepaticamente com animais e curar ferimentos por meio de imposição das mãos. A defensora do planeta Eteria tem uma espada que se transforma em objetos variados, seja, escudo, para-quedas, capacete, laço e gancho. "She-Ra" foi transmitida pela Rede Globo.



Snorks (1984-1989)
Criados pela Hanna-Barbera, para uma série de quadrinhos, a animação similar aos Smurfs, apresenta seres multicoloridos que viviam na Snorklândia, um mundo mágico e sub-aquático, com a tecnologia dos humanos contemporâneos, sendo assim adaptados ao seu próprio meio. O desenho animado "Snorks" foi exibido pela Rede Globo.



Thundercats (1985-1989)
Quem nunca gritou "Thunder, Thunder, Thundercats... Hoooo!" que atire a primeira pedra! A animação apresenta as aventuras dos felinos sobreviventes do planeta Thundera. A espécie que é da nobreza Thunderiana, foge após os mutantes de Plun-Darr destruírem a frota Thunderiana, exceto a nave-mãe, na esperança de capturar a lendária Espada Justiceira que eles acreditam estar a bordo desta. A espada possui o Olho Místico de Thundera, a fonte do poder dos ThunderCats, encrustado na empunhadura. A animação "Thundercats" foi transmitida pela Rede Globo e, posteriormente, pelo SBT.



Ursinhos Carinhosos (1985-1988)
Uma família de ursos carinhosos ajuda os outros a trocarem bons sentimentos, protegerem a Terra das sombras do mal e do temido vilão Coração Gelado, que tem como objetivo acabar com o amor. Entre os bichinhos, há animais diferentes, como por exemplo, os primos deles que são macaco, carneiro, coelho, pinguim, guaxinim entre outros. Os Ursinhos Carinhosos vivem na Nuvem Rosa, espaço com nuvens e arco-íris. No Templo dos Corações, há um salão no formato de coração, assim como a Casa da Vovó e o "Carinhômetro", que mede os problemas referentes aos sentimentos. "Ursinhos Carinhosos" foi exibido no SBT.


Gostou? Tem sugestões para a nossa equipe? Comente abaixo!


*Mary Ellen Farias dos Santos é criadora e editora do portal cultural Resenhando.com. É formada em Comunicação Social - Jornalismo, pós-graduada em Literatura e licenciada em Letras pela UniSantos - Universidade Católica de Santos. Twitter: 
@maryellenfsm


Compartilhar no WhatsApp
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

4 comentários:

  1. Saudade dessa época, tudo era melhor. nem é papo de gente velha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkk... Verdade!! Valeu o comentário!
      Um abraço, Mary Ellen.

      Excluir
  2. Nossa! Adorei essa postagem, pois vi minha infância toda relembrada aí. Ainda sou fã de carteirinha de muitos desses desenhos aí.E, sem querer ser polêmico, nem nada, ainda acho esses desenhos das décadas de 80 e 90 bem melhores do que os atuais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal, Nardonio! Muito obrigada por comentar. Concordo que esses desenhos são ainda, mesmo após tantos anos, melhores de que os atuais. Por isso são clássicos que estão sobrevivendo a tantas gerações. Sem dúvida!!
      Há alguns anos, não os encontrávamos no YouTube, por exemplo, mas recentemente, eles até estão virando febre, ganhando o público de agora. Eu super fico feliz com esse retorno, pois são espetaculares. E as histórias? Muito boas!!
      Ah! Em breve, publicaremos a lista das animações dos anos 90. Tomara que você goste!!
      Muito obrigada por comentar e partilhar a sua opinião.
      Grande abraço, Mary Ellen.

      Excluir

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.