terça-feira, 15 de maio de 2018

.: Theatro Municipal homenageia cultura japonesa em concerto

Composições folclóricas, tradicionais e infantis, além de apresentações com o uso dos instrumentos japoneses taiko, shakuhachi, koto fazem parte da apresentação em 27 de maio


O Theatro Municipal de São Paulo homenageia os 110 anos da imigração japonesa com uma apresentação do Coral Paulistano juntamente com artistas da cultura oriental para celebrar a arte, os instrumentos e as composições desta potência asiática. O concerto será em 27 de maio, ao meio-dia.  O evento é realizado em parceria com a Aliança Cultural
Brasil-Japão.

 “Quando se comemoram os 110 anos de imigração japonesa no Brasil, a melhor homenagem aos 781 pioneiros que desembarcaram no porto de Santos no dia 18 de junho de 1908 é prestar nossas reverências a eles por terem trabalhado pela sua total integração social, econômica e cultural, construindo a maior comunidade japonesa fora do Japão e contribuindo para que o Brasil se tornasse uma referência mundial em diversidade cultural", afirma o presidente da Aliança Cultural Brasil-Japão Yokio Oshiro.

Dados do consulado Geral do Japão em São Paulo estimam que 1,5 milhão de brasileiros têm ascendência japonesa e a maior parte deles reside nos estados de São Paulo, Paraná, Mato Grosso do Sul e Pará. Além de Londres e Los Angeles, a capital paulista ainda foi escolhida para sediar a primeira JAPAN HOUSE do mundo, tamanha a concentração da comunidade nipônica com destaque para o bairro da Liberdade.

A regente titular do Coral Paulistano, Naomi Munakata, é japonesa e vive no Brasil desde os 2 anos de idade. Para este concerto, ela teve de fazer a transliteração da partitura, ou seja, escrever em letra romana como seria a pronúncia das palavras para que o coral conseguisse executar.  “O repertório mescla canções tradicionais com composições mais contemporâneas, como a importante Suíte Borboleta, do compositor Yoshinao Nakata, que será executada apenas pelo coro feminino”, afirma Naomi.

Antes do concerto, o grupo Wadaiko Sho fará uma apresentação nas escadarias internas do Theatro Municipal de São Paulo. Os músicos utilizam principalmente o taiko em suas performances, um instrumento de percussão tradicional da cultura japonesa. Na antiguidade, o taiko foi muito usado nas guerras e cerimônias religiosas. Atualmente seu uso é mais comum em shows, teatros, competições ou atividades socioculturais.  Em seguida, o músico Shen Ribeiro irá surpreender a plateia executando uma composição do gênero Nagauta de música clássica japonesa. Ele é o único flautista deste estilo musical no Brasil.

Na sala de espetáculos, o público terá a oportunidade de ter contato com composições folclóricas, tradicionais e até infantis da cultura japonesa, além de conferir apresentações com taiko, koto (instrumento musical semelhante a uma harpa) e shakuhachi (instrumento de sopro, formado por um corpo de bambu e cinco orifícios).

Os ingressos para este concerto custam R$ 20 e podem ser adquiridos na bilheteria do Theatro Municipal de São Paulo ou pelo site www.eventim.com.br
Mosteiro de São Bento

No feriado de Corpus Christi, 31 de maio, o Coral Paulistano se apresenta gratuitamente, às 15h, no Mosteiro de São Bento, sob a regência da maestrina titular Naomi Munakata e da assistente Maíra Ferreira. A apresentação terá a participação do organista, regente e compositor Delphim Rezende Porto. No programa, músicas sacras de Maurice Duruflé, Johann Sebastian Bach e Frank Martin.

Serviço:
Data: Domingo, 27/5, 12h
Local: Theatro Municipal de São Paulo
Naomi Munakata / Maíra Ferreira, regência
Rosana Civile, piano
Shen Ribeiro, instrumento: shakuhachi
Tamie Kitahara, instrumento: koto
Grupo de Taiko - Wadaiko Sho
Setsuo Kinoshita
Mitsue Iwamoto
Layla Ueda
Daniel Pardal
Fernando Su
Saori Kurata
Antes do concerto
Grupo de Taiko - Wadaiko Sho
Programa de sala
本曲 (Música original para Shakuhachi)
* Compositor desconhecido (anônimo)
Shen Ribeiro, instrumento: Shakuhachi
Canção infantil japonesa / Arr. Rō Ogura
- ほたるこい (Vagalume) - coro feminino
Yoshinao Nakata
蝶 (Suite Borboleta) - coro feminino
I. 誕 生 (Nascimento)
II. 飛 翔 (Vôo)
III. 灰 色 の 雨 (Chuva cinzenta)
IV. 越 冬 (Inverno)
V. よみがえる光 (Luz da ressurreição)
Dueto (Shen Ribeiro e Tamie Kitahara)
Michio Miyagi
- 春の海 (Mar da primavera)
Tradicional japonês /Arr. Tōru Takemitsu
- さくら(Flor de cerejeira)
Tradicional/folclore japonês /Arr. Tōru Takemitsu
- 小さな空 (céu)
Kosaku Yamada [1886 – 1965] / comp. Makoto Shinohara
- 赤とんぼ (Libélula Vermelha)
Rentarō Taki
Folclore Japonês
- 荒城の月 (Luar sobre o castelo em ruínas)
- ソーラン節(Canção dos pescadores)
Ingressos R$ 20 na bilheteria do Theatro Municipal de São Paulo ou pelo site theatromunicipal.com.br
Sala de Espetáculos – Theatro Municipal de São Paulo
Duração: aproximadamente 90 minutos
Classificação: Livre
Theatro Municipal de São Paulo
Praça Ramos de Azevedo, s/nº - São Paulo, SP
Telefone: 3053-2090
Horário da Bilheteria: De segunda a sexta-feira, das 10h às 19h e sábados e domingos, das 10h às 17h. Nos espetáculos à noite, a bilheteria permanece aberta até o início do evento; em dias de espetáculos pela manhã, o espaço abre ao público duas horas antes do início da apresentação. Apenas venda e retirada de ingressos para os eventos do Theatro Municipal de São Paulo.
__________________________________________________________
Data: Domingo, 31/5, 15h
Local: Mosteiro de São Bento
Corpus Christi
Naomi Munakata, regente titular
Maíra Ferreira, regente assistente
Delphim Rezende Porto, organista
Maurice Duruflé
Quatre Motets sur des themes Grégoriens, Op. 10
I. Ubi caritas
II. Tota pulchra es
III. Tu es Petrus
IV. Tantum ergo
Johann Sebastian Bach
Komm, Jesu, komm BWV 229    

Frank Martin
Missa para Dois Coros                   
I. Kyrie
II. Gloria
III. Credo
IV. Sanctus
V. Agnus Dei
Grátis
Duração: aproximadamente 60 minutos
Classificação: livre

Sobre o Instituto Odeon: O Instituto Odeon é o novo gestor do Theatro Municipal de São Paulo. Com mais de 20 anos de atuação na área da cultura, o Instituto se destaca pela gestão do Museu de Arte do Rio – MAR, no Rio de Janeiro, além de consultorias ao Governo do Pernambuco e Prefeitura de Porto Alegre, produção de espetáculos de teatro e idealização e gestão de diversos projetos socioculturais. A instituição assumiu em 1º de setembro a gestão do corpo artístico formado pela Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo, Coro Lírico Municipal de São Paulo, Balé da Cidade de São Paulo, Quarteto de Cordas da Cidade de São Paulo, Coral Paulistano Mário de Andrade e Orquestra Experimental de Repertório e dos espaços Theatro Municipal, Central Técnica do Theatro Municipal e Praça das Artes.

Compartilhar no WhatsApp
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.