terça-feira, 10 de julho de 2018

.: Diário de uma boneca de plástico: 10 de julho de 2018


Querido diário,


Nunca fui de viver em patota, muito pelo contrário. Calminha! Tenho amigos, mas sou daquele tipo de boneca de plástico bastante reservada. Não que eu seja uma eremita de carteirinha, mas tenho os meus momentos. Sim!

Acredito que na vida há hora para tudo, pois tudo tem o seu devido lugar.

Quando acabo de conhecer alguém e ouço de cara algo como "adoro você" ou "você é a minha melhor amiga", já desconfio. Fico só esperando todo esse amor repentino virar o oposto. E não é que acontece? É só dar tempo ao tempo.

A medida certa é o segredo. Tudo em excesso cansa, é veneno.


Beijinhos pink cintilantes e até amanhã,


Donatella Fisherburg


Compartilhar no WhatsApp
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

2 comentários:

  1. "Tudo em excesso cansa, é veneno."

    Perfeito, hã!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Elter!
      Muito obrigada por comentar.
      Um abraço!!

      Excluir

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.