domingo, 1 de julho de 2018

.: #DOM11: "Chacrinha era sábio", diz ex-Chacrete Regina Polivalente

Por Helder Moraes Miranda, em julho de 2018.

Linda, Regina Polivalente diz que Chacrinha era um sábio. Foto: Eneas Lucena/Divulgação
Regina Magalhães, ou, como é mais conhecida, a ex-chacrete Regina Polivalente, resolveu voltar no tempo em que usava seu famoso maiô cavado, luvas e um adereço no cabelo, para homenagear um dos maiores comunicadores que o Brasil já teve: Chacrinha. 

Aos 54 anos, a ex-dançarina, que recentemente voltou à mídia ganhando o título de "musa fitness", vestiu novamente o figurino que usava no programa (ela participou de 1985 a 1988) para relembrar os 30 anos de morte do apresentador, a quem ela define como o "maior comunicador que já existiu no Brasil". José Abelardo Barbosa, o Chacrinha, morreu em 30 de junho de 1988. 

"Ele, sem dúvida, foi o maior comunicador que já tivemos, por isso sua história é lembrada e contada até hoje. Ele era um louco sábio, palhaço irreverente, visionário, quase um mago, onde ele colocava a mão, virava sucesso. Como Raul Seixas diria, ele foi um 'maluco beleza", aponta a ex-chacrete, que relembra uma conversa que teve com o apresentador. "Chacrinha era sábio. Um dia, ele conversando comigo, disse: 'Minha filha, estude aquele negócio que se chama processamento de dados, este é o futuro'. E olha aí, hoje não vivemos sem a informática...". 




Patrícia Coelho lança “Coragem” com clipe dirigido por Zé Pedro
A cantora Patrícia Coelho lança, nessa sexta, 29 de junho, “Coragem”, o single que abre seu novo disco autoral, "Lapin". Fruto de um mergulho na cena independente e uma pausa discográfica de 15 anos, a cantora se renova ao se dedicar a trabalhos alternativos.

A canção abre a nova fase da cantora e seu disco que será lançado em meados de setembro, e já está disponível em todas as plataformas digitais pelo selo Jóia Moderna do Dj Zé Pedro que também dirige o vídeo clipe mostrando uma Patrícia mais madura, encarando seu interloucutor de frente em plano sequência fechado.

Ao cantar os versos “Coragem/ quem dera eu ter coragem / para não envolver mais ninguém nas minhas confissões fatais", Patrícia simboliza, de forma poética, sua história pelo meio independente, suas descobertas, ao mesmo tempo que se apresenta para a nova geração.




Estilista leva tema indígena para desfile em Miami 
A paixão pelo Brasil é algo que norteia as criações da estilista paulistana Silvia Ulson em cada desfile internacional que é convidada a participar. De rendas das bordadeiras do nordeste do país, até mesmo as cores e histórias de Carmen Miranda, suas coleções ganham vida a partir destes personagens e divulgam o que há de melhor em sua pátria amada.

Na região metropolitana de São Paulo, localizada entre os municípios de São Bernardo do Campo e Parelheiros, foi onde a estilista teve sua experiência pessoal para acabar de criar sua nova coleção que será desfilada na edição 2018 do Miami Swim Week em homenagem aos povos indígenas, um dos mais importantes eventos de roupa de banho do mundo e recebe estilistas de diversas partes, nos Estados Unidos. 

A Aldeia Krukutu, como é chamada, conta atualmente com cerca de 47 famílias vivendo no local, totalizando em torno de 300 pessoas, tendo como cacique, Karaí de Oliveira. Durante alguns dias, Silvia Ulson juntamente com sua equipe passou pela aldeia e conheceu o estilo de vida destes povos e a luta para manter forte suas tradições, ouviu relatos dos moradores e participou de cerimônias organizadas por eles. 

Na ocasião, eles apresentaram as artes desenvolvidas através de diversos objetos, tanto para decoração, como peças para o corpo, como brincos, colares e roupas. Todos os dias os moradores se reúnem ao pôr do sol para uma celebração onde cantam e dançam em volta da fogueira, além de efetuar rezas.

O que mais impressionou a fashion designer em sua visita foram as cores que eles utilizam para criar suas vestimentas típicas, a partir das formas, traços e como se pintam para participar de seus rituais. A partir de todas essas referências que puderam ser presenciadas e através de uma minuciosa pesquisa sobre os povos indígenas do Brasil, durante meses, surgiu a sua coleção que será conhecida em todo o mundo no dia 12 de julho, em Miami.



O que os brasileiros com mais de 50 esperam de um relacionamento 
De acordo com o Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua), desde 2017 o número de pessoas no Brasil com mais de 60 anos já ultrapassa 30 milhões e a tendência é que o envelhecimento da população acelere nos próximos anos. Essa nova fase está cada vez mais hiperconectada e em busca de um novo amor, o que comprova o sucesso do OurTime, site e app de relacionamento para pessoas acima de 50 anos em busca de um relacionamento duradouro.

Com o objetivo de compreender melhor as expectativas de um relacionamento nessa faixa etária, o OurTime realizou uma pesquisa com 1.327 solteiros. Para o sucesso da relação, o amor e a fidelidade ficaram, respectivamente, em primeiro e em segundo lugar no grau de importância tanto para homens quanto para mulheres. Outro ponto essencial para os solteiros em um novo relacionamento é a parceria entre o casal. 



Aula e exposição de "A Química dos Bolos" com Joyce Galvão
No dia 27 de julho acontecerá uma exposição de fotos do livro “A Química dos Bolos”, publicação editada pela Companhia das Letras. Além da exposição, haverá bate-papo seguido de aula e degustação com Joyce Galvão, autora do livro.  O evento acontecerá no Espaço Iguatemi SP (Av.Brigadeiro Faria Lima, 2232 – São Paulo, SP). Os ingressos podem ser adquiridos no site do Ingresso Rápido. 




Warner Pride reúne Anitta, Gloria Groove, IZA e Maria Gadú
As regravações das músicas "Show das Poderosas" e "Um Amor Puro" fazem parte do projeto Warner Pride que visa chamar a atenção para o Dia Internacional do Orgulho LGBTQI+, celebrado no último dia 28. As faixas "Show das Poderosas", com Anitta e Gloria Groove (SB Music), e "Um Amor Puro", regravada por IZA e Maria Gadú (Som Livre), já estão disponíveis em todas as plataformas digitais.

Celebrado mundialmente em 28 de junho, o Dia do Orgulho LGBTQI+ relembra um episódio ocorrido em Nova York, em 1969, quando frequentadores do bar Stonewall Inn reagiram à repressão policial que ocorria regularmente no local. O levante resultou na 1ª Parada do Orgulho LGBTQI+ no ano seguinte. No Brasil, segundo dados da ONG Grupo Gay da Bahia, 445 crimes violentos contra  LGBTQI+ ocorreram em 2017. Esses dados revelam que, a cada 19 horas, um LGBTQI+ é assassinado ou se suicida no país, o que torna o Brasil campeão mundial desse tipo de crime. 



Marcos Mion apresenta “Uma Nova Geração de Pais”, série exclusiva do PlayPlus
O Grupo Record anuncia a série “Uma Nova Geração de Pais”, conteúdo exclusivo para o PlayPlus – o primeiro marketplace em plataforma streaming do Brasil que será lançado em breve. Apresentado por Marcos Mion – pai dedicado da Donatella, do Stefano e do Romeo, a série promove o encontro dele com outros pais para compartilhar histórias inspiradoras sobre a paternidade.

A produção acontece em uma barbearia, ambiente tradicionalmente masculino, e retrata em cada episódio uma conversa aberta e franca entre o apresentador e um convidado, sempre ligados por histórias de paternidade ativa. Além de levantar a discussão sobre os deveres dos homens na criação e educação dos filhos, através da série, o público conhecerá não apenas a intimidade do entrevistado, mas também a do entrevistador e sua relação com os filhos. 

Ao fim da entrevista, o convidado ganha uma surpresa no quadro “O Presente”, onde os filhos dedicam aos pais uma declaração de amor, podendo ser através de um depoimento, um desenho ou uma escolha de uma música que lembre o pai.

O primeiro episódio traz Marcos Piangers, referência no assunto e autor do best seller “O Papai é Pop”. Seguido por outros quatro convidados, alguns famosos como os cantores Junior Lima, que conta como lida com a exposição do filho na mídia e Marcos (da dupla Marcos & Belutti), que foi pai aos 14 anos e fala como a paternidade precoce mudou sua vida. E outros que também dividem histórias reais, como Fulvio Pacheco, pai que se descobriu autista após o mesmo diagnóstico do filho e Douglas Leonel, pai jovem que fala sobre os desafios e o amor da criação de uma criança portadora da Síndrome de Down.




DiamondMall recebe exposição inédita "Relíquias do Mundo"
Até 29 de julho, o DiamondMall, em Belo Horizonte, recebe mostra inédita em Minas Gerais “Relíquias do Mundo”, com objetos autênticos, que marcaram fatos marcantes na história e têm o poder de fazer voltar no tempo em que os momentos aconteceram. Todos os 60 itens possuem registro de autenticidade e foram adquiridos de empresas que emitem certificados nos Estados Unidos.

Os fãs de música irão se emocionar em uma sessão especial. Uma guitarra autografada, na década de 60, pelos quatro membros do The Beatles é um dos destaques do espaço. Há também o violão autografado, em 1971, por Elvis Presley, momento antes de uma apresentação, e uma guitarra autografada por Amy Winehouse.

A astronomia está representada por alguns objetos que também marcaram a história. Destaque para parte da Apollo 11 (Kapton Foil), que foi à lua em julho de 1969, a réplica do foguete Saturno V e o macacão usado pelo astronauta Paul Weitz, que participou de missões da Nasa, como os programas Skylab e do ônibus espacial Challenger.

Em tempos de Copa, os visitantes do shopping conhecerão de perto a réplica em ouro da taça Jules Rimet, que ficou em definitivo com o Brasil após ser tricampeão do mundo no futebol, a taça FIFA, que é entregue ao campeão da Copa do Mundo atualmente, além da camisa 10 da seleção de futebol da Argentina, autografada por Maradona. Ainda na área dos esportes, também estará presente o roupão autografado e utilizado por Sugar Ray Robinson, um dos grandes nomes da história do boxe e uma bola da NBA autografada pelo “Magic Johnson”.

Dentre os itens que chamam a atenção estão ainda um pedaço original do Muro de Berlim e o Batmobile autografado por Adam West (Batman) e Burt Ward (Robin) do seriado de TV de 1966. De segunda a sábado, das 10h às 22h e domingos e feriados das 14h às 20h. Gratuita.





Inscrições abertas para o Prêmio Gilberto Freyre
Com o objetivo de estimular a pesquisa e a discussão sobre a obra do grande autor e antropólogo Gilberto Freyre, a Fundação Gilberto Freyre e a Global Editora promovem o 7º Concurso Nacional de Ensaios. O autor do trabalho vencedor receberá prêmio em dinheiro e terá seu trabalho publicado em livro pela Global. As inscrições podem ser feitas até 15 de outubro de 2018. Confira regulamento completo neste link.



Receita de drink verde e amarelo para torcer contra o México
Nesta segunda-feira, às 11h da manhã, a seleção brasileira entra em campo para um confronto épico contra o México pelas oitavas de final da Copa do Mundo. Para acalmar o coração do torcedor e dar aquela secada no adversário, a 1800 Premium Tequila tem o drink perfeito para qualquer um desses fins!

Confira abaixo a receita do drink “verde e amarelo” feito com o destilado símbolo do México:

50 de ml. 1800 Reposado
10 ml. xarope de açúcar
Suco de uma tangerina
1 ramo de manjericão para decorar
1 gomo de tangerina limpo para decorar

Modo de Preparo: em uma coqueteleira com gelo adicione todos os ingredientes e agite 15 segundos. Sirva em um copo baixo e decore com o gomo de tangerina e o manjericão fresco.



*Helder Moraes Miranda escreve desde os seis anos e publicou um livro de poemas, "Fuga", aos 17. É bacharel em jornalismo e licenciado em Letras pela UniSantos - Universidade Católica de Santos, pós-graduado em Mídia, Informação e Cultura, pela USP - Universidade de São Paulo, e graduando em Pedagogia, pela Univesp - Universidade Virtual do Estado de São Paulo. Participou de várias antologias nacionais e internacionais, escreve contos, poemas e romances ainda não publicados. É editor do portal de cultura e entretenimento Resenhando.

Compartilhar no WhatsApp
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.