domingo, 8 de julho de 2018

.: #DOM12: Cabrini entrevista soldado que foi filmado beijando outro homem


Por Helder Moraes Miranda, em julho de 2018.

No "Conexão Repórter" da próxima segunda-feira, 9 de julho, Roberto Cabrini consegue uma entrevista exclusiva com Leandro Prior, soldado da Polícia Militar que foi filmado fardado e beijando um homem dentro de um vagão da Linha 3 – Vermelha do Metrô de São Paulo. 

Ele fala pela primeira vez sobre a polêmica que o fez pedir afastamento médico em uma entrevista emocionante, que expõe dilemas da corporação e uma hierarquia que não admite fragilidades em uma das instituições mais importantes para a população. Cabrini mostra a história de Leandro, filho de policial militar, PM por vocação e homossexual assumido que viu sua vida se transformar na velocidade da internet. 

O policial fala sobre as ameaças, ofensas, humilhações e represálias pelas quais passou e conta que suas declarações de comprometimento com o uniforme não o livraram de momentos de provação. Com a exposição de sua vida pessoal, uma luz é jogada sobre um tabu e Leandro que justiça após as perseguições e segregação. 

O programa investiga até que ponto existe preconceito, velado ou não, dentro da Polícia. Uma corporação questionada e uma sociedade posta em xeque são retratadas no documentário "A Farda da Alma". O "Conexão Repórter" vai ao ar às segundas, 23h30, logo após o "Programa do Ratinho", no SBT. 





Uma das maiores best-sellers do Brasil, com 2,2 milhões de livros vendidos e publicada em mais de 20 países, a escritora Thalita Rebouças está encontrando novas formas de contar suas histórias. Inspirada pelo namorado, o produtor Daniel Lopes, Thalita resolveu “brincar de compor” – e está colhendo frutos.

Uma de suas músicas, “Jogo do Contente”, é tema da personagem principal da novela “As Aventuras de Poliana”, do SBT, e o sucesso foi imediato. O vídeo com o elenco ensinando a letra já teve mais de 1 milhão de visualizações no canal do YouTube da emissora paulista.

Mas antes disso Thalita percebeu que sua conexão com o público infantojuvenil ia além dos livros  com o sucesso da música “Fala Sério, Mãe!” (tema do filme de mesmo nome que tem Larissa Manoela e Ingrid Guimarães nos vocais). A melodia movimentou as redes sociais e até hoje a autora recebe vídeos de pessoas imitando os trejeitos das protagonistas no clipe.

Sempre em parceria com Daniel, Thalita também escreveu três músicas para "Tudo por Um Pop Star" (o terceiro longa-metragem baseado em um livro seu, com estreia em outubro desde ano, com Klara Castanho, Mel Maia, Maisa, Felipe Neto e Giovana Lancelotti no elenco). A trilha será lançada em grande estilo após a Copa do mundo, com direito a clipe e presença em todas as plataformas digitais. “A ideia é que todo mundo vá ao cinema sabendo cantar as músicas, pra ser uma grande festa”, diz a escritora, que também fará as músicas para o filme "Ela Disse, Ele Disse", que ela mesma adaptou para o cinema e será rodado em dezembro deste ano.

“Estou amando fazer música depois de 22 livros. São processos completamente diferentes. Os livros levam cerca de seis meses para ficarem prontos, enquanto algumas músicas nascem em 30 minutos. E é lindo poder atingir meu público de forma mais rápida e direta”, explica. “Acordo e falo pro Dani: vamos fazer música? Tô viciadinha”, brinca.

Sobre cantar, Thalita diz não ter pretensão nenhuma. “Mas como o Dani diz que eu sou afinadinha, eu me meto a cantar de vez em quando, pra divulgar as músicas mesmo. Fiz um vídeo cantando com ele  pra apresentar 'Made My Day', da trilha de 'Tudo por Um Pop Star', que no filme é interpretada pela Klarinha Castanho”, conta .

Já com o "Jogo do Contente", a estratégia foi outra. “Amei a voz da Sophia Valverde (protagonista da trama do SBT) na nossa música, e pra divulgar a letra fiz um vídeo com meu enteado, o Angelo, que tem seis aninhos e é o maior fã da música desde que ela nasceu. A gente sempre testa nossas músicas com ele antes de todo mundo. Nosso primeiro ouvinte. É demais quando ele pede pra gente ficar cantando em looping. Quando ele gosta, sei que o povo vai gostar”, afirma Thalita.

Há 18 anos no mercado literário, Thalita Rebouças nasceu na cidade do Rio de Janeiro, e já criança demonstrava interesse em escrever. Com dez anos se denominava “fazedora de livros”. Iniciou o curso de direito, mas depois de dois anos resolveu mudar para o jornalismo. Em 2000 resolveu apostar na carreira de escritora e publicou “Traição Entre Amigas”.  Não parou mais de escrever, com direito a títulos nas litas de mais vendidos, filas gigantes e o carinho de pais e professores em suas intermináveis tardes de autógrafos.





Valesca Popozuda falou sobre os sonhos que já realizou graças ao sucesso na carreira e revelou se já conseguiu ficar rica em conversa com a apresentadora Daniela Albuquerque, do programa "Sensacional", exibido nas noites de quinta-feira na RedeTV!. “Estou tentando ficar rica. Cara, a gente conquista coisas, sonhos que a gente sonha. (…) Minha mãe sempre trabalhou de doméstica, faxineira, essas coisas, então ali o meu objetivo era tirar minha mãe da rua e ela ficar em casa e trabalhar se ela quisesse. Isso foi a minha maior conquista”, contou a dona do hit "Beijinho no Ombro".

Durante o papo, a funkeira falou sobre a gravidez não planejada de seu filho Pablo no momento em que fazia trabalhos de figuração e confessou ter pensado fazer um aborto. “Quando eu descobri que estava grávida foi um choque. Eu nunca escondi isso, que quando eu estava grávida eu pedi sim para o pai dele, que eu queria tirar na época. Eu falava assim: 'não,não quero porque eu não posso'. (…) Mas aí depois a minha cabeça foi esfriando, eu fui pensando e falei 'não, não vou fazer isso'”, reviveu Valesca, aproveitando para mandar um recado sobre o assunto: “Eu acho que só engravida quem quer hoje, sabe? Se você quer, você vai engravidar. Tem tantos métodos para você se proteger, e ter tantos filhos para você ver depois largando aí pela rua, botando para trabalhar com cinco ou seis anos de idade... isso é revoltante!”.

Após o nascimento de Pablo, a cantora voltou a atuar como frentista e, em seguida, veio o convite para integrar o grupo Gaiola das Popozudas. Na tentativa de conciliar os trabalhos, Valesca relembra que chegou a esquecer o filho na creche e que o acontecimento foi decisivo para que apostasse na carreira artística. “Quando eu contei para minha mãe ela só faltou me matar. 'Te falei que um dia isso iria acontecer, ou uma coisa ou outra, escolha'. Aí eu fui e escolhi ficar na Gaiola, porque já estava me dando também uma renda bem melhor que o posto (de gasolina).

Sobre o episódio de assédio sexual que sofreu por parte de um contratante, em que chegou a se defender com o babyliss que estava usando, ela recordou: “Se eu falasse naquele momento 'ah, ele estava aqui me assediando, ele estava aqui querendo isso e aquilo', eu, uma dançarina de funk naquela época, que nem me conheciam direito, iam falar 'pô, ele está certo. Ela é quem deve estar dando mole mesmo', porque o povo sempre fala isso, que a mulher está dando mole, que a mulher não presta, que a mulher que foi para cima. Eu não vejo problema nenhum de a mulher ir para cima, dar mole, de a mulher querer, sabe? Eu não vejo! Acho que cada um tem seu jeito. Agora, não é não, então tem que saber respeitar”.

Ainda na entrevista, Valesca destacou a importância de David Brazil em sua trajetória e revelou sentir saudade de desfilar no Carnaval. “Eu sinto muita falta, gosto muito. Eu fui a primeira funkeira a ser rainha de bateria, né, cara. Eu lembro que no Carnaval não entrava funkeira nenhuma na avenida”.



Nas bancas de todo o país, a edição de julho da revista ELLE traz a atriz e modelo Lauren Hutton usando look total Calvin Klein na capa. A modelo, aos 74 anos, fala sem travas sobre carreira, feminismo, machismo e moda, em entrevista exclusiva à revista.

A atriz, que estourou no cinema no filme "O Gigolô Americano", recebeu a equipe da ELLE Brasil em um estúdio localizado no centro financeiro em Downtown New York. Lauren foi a primeira modelo a ter um grande contrato com uma empresa de cosméticos. Aos 40, no entanto, acabou sendo dispensada. O motivo: “velha demais” e, segundo uma pesquisa feita pela empresa contratante, “mulheres de sua idade não usavam mais maquiagem”.

Aos 73, Lauren deu uma volta por cima e foi escolhida para ser a estrela da campanha de lingerie da Calvin Klein. “Usar roupas bonitas sempre foi um prazer pra mim. Trabalhei com Calvin Klein durante os meus 20, 30, 40, 50 e 60 e adoro”, disse Lauren ao ser questionada sobre como se sente ao posar para marcas como Calvin Klein e Bottega Veneta aos 74 anos.

Lauren revelou ainda como a vida selvagem da Flórida, onde cresceu, a preparou para se defender de investidas de homens inconvenientes: “Adquiri a sabedoria do pântano para me defender de crocodilos e cascavéis: você vê o movimento deles bem antes de o bote acontecer”, contou.




A noite de autógrafos do livro "O Poder da Positividade - Os 7 Princípios Para Blindar a Sua Mente e Transformar a Sua Vida", novo livro de Geraldo Rufino tem nova data e endereço. A mudança ocorreu por estratégia da editora que antecipou o evento para o dia 16 de julho, das 19 às 21h30, em novo endereço, a Livraria da Vila - Fradique, em São Paulo.

Conhecido por sua marca registrada, o sorriso, Geraldo leva positivida por onde passa. "Tudo o que acontece em nosso vida é sempre o melhor, ainda que não enxerguemos assim no início. Afinal, Deus só faz o melhor para cada um de nós, mesmo que só possamos entender lá na frente", diz o autor do livro.

A noite do dia 16 de julho na Livraria da Vila da Fradique Coutinho também será a oportunidade do público presente participar de breve bate-papo com Geraldo Rufino. O empresário que fundou a JR Diesel depois de quebrar seis meses desde a infância, quando catava latinhas e outros objetos no lixão, sempre conta em seus encontros com o público que se suas palavras impactarem apenas uma pessoa ele já considerada cumprida a missão de fazer a diferença na vida das pessoas. "Quando saio de casa para um bate-papo, uma palestra ou uma mentoria, eu traço a meta de transformar os pensamentos de uma única pessoa. Se apenas um dos presentes disser que minhas palavras farão a diferença na vida dele a partir daquela data eu já estarei satisfeito", ele conta. 



Entre os dias 18 a 22, o Sesc Avenida Paulista apresenta o espetáculo "Rio Diversidade", que aborda a temática LGBT e discute as questões de gênero e diversidade sexual. Composta de cinco peças curtas, a montagem traz em cada solo uma pluralidade estética e temática, que aborda, ora com humor e minimalismo, ora com tragédia e realismo, assuntos como intolerância, gordofobia e preconceito.

O espetáculo foi indicado a diversos prêmios e, já esteve em cartaz no Rio de Janeiro e em São Paulo, retorna aos palcos da cidade com a estreia de um novo solo, "Ofélia – A Travesti Gorda". O novo ato reforça o intuito do projeto de colaborar com o debate sobre o respeito e aceitação, desbravando os lugares de afeto muitas vezes invisíveis ou tomados como inaceitáveis socialmente.

A dramaturga e idealizadora da ocupação artística, Marcia Zanelatto, explica a necessidade de diálogo sobre as chamadas minorias e a importância da criação de obras que promovam o debate e a reflexão: "Nossa produção dramatúrgica pode e deve contemplar de maneira mais ampla os afetos e narrativas LGBTQ. Isso é importante para a sociedade. Se não vemos nos palcos e nas telas as pessoas que compõem as chamadas minorias – sejam gays, negros ou idosos – estamos dizendo para elas que elas não importam".

Os solos são apresentados pela drag queen Magenta Dawning, personagem do ator e diretor Bruno Henríquez: "Ela nasce de um mundo de atrizes, cantoras e personagens que habitam o universo do performer e surge, antes de qualquer coisa, como homenagem e celebração a esse X que todo mundo tem", explica o artista.

Às 21h (de quarta a sábado) e 18h (domingo). Local: Arte II (40 lugares). Ingressos a R$ 30,00 (inteira), R$ 15,00 (meia) e R$ 9,00 (credencial plena. Duração: 110 minutos. Classificação etária: 18 anos. Na Avenida Paulista, 119, Bela Vista, São Paulo.




Toda cor, sensualidade e tropicalidade da Água de Coco por Liana Thomaz acaba de desembarcar em um espaço na Casa Pau-Brasil, em Lisboa, Portugal. Uma minuciosa curadoria, a concept store reúne apenas marcas brasileiras de referência e é um dos principais pontos de redescobrimento do Brasil pelos portugueses e europeus, através da moda, das artes visuais, do design e da cultura brasileira na capital portuguesa.

A Água de Coco, mais nova eleita, ganha um espaço dedicado exclusivamente a marca, que abre as portas com as araras recheadas com peças da coleção Brasil com Z, recém desfilada na passarela da SPFW. Sua coleção atemporal surge completa, mostrando todo um lifestyle que circula da praia à cidade, no inverno ou verão dos dois hemisférios, cheio de brilho, apostas em alfaiataria, babados e referências vintage no feminino, masculino e ainda em peças da linha infantil.

O novo ambiente, reproduz em 30m² o DNA brasileiríssimo através de mobiliário em madeira e detalhes em dourado. Liana e Renato Thomaz receberam os convidados especiais para o evento de inauguração na útima quarta-feira, dia 4. A celebração contou ainda com pocket show da cantora IVE, a brasiliense que encantou Madonna em Lisboa e já participou de shows com outros grandes nomes como Ivan Lins, Márcio Montarroyos, Jorge Vercillo e Dudu Falcão.



A edição de julho da revista 29HORAS, distribuída no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, destaca ao longo de 15 páginas uma grande reportagem especial elaborada para celebrar os 110 anos da imigração japonesa no Brasil e também enaltecer a presença da cultura nipônica na cidade de São Paulo.

Com duas capas, uma em português e outra em japonês, a publicação traz quatro grandes matérias com o tema Brasil-Japão: a história por trás dos 110 anos de imigração, os detalhes do 21º Festival do Japão, uma experiência gastronômica pelo bairro oriental da Liberdade e quatro perfis com nomes que simbolizam a ponte entre Brasil e Japão – são eles a ceramista Kimi Nii, a judoca Yuko Fijii, o ilustrador Hiro Kawahara e a “Vovó do Chá” Obaatian Shimada.

A revista apresenta ainda uma matéria de turismo na cidade de Tóquio, enquanto a seção “Bom de Copo” tem como tema a história da bebida milenar saquê em artigo assinado por Yasmin Yonashiro, que é saquê sommeliere. Já a coluna “Instante Fotográfico”, assinada pelo Instituto Moreira Salles, aborda seu acervo digital do fotógrafo Haruo Ohara, que nasceu na província japonesa de Kochi e imigrou com a família para o Brasil em 1927.

Com distribuição gratuita aos passageiros nas salas de embarque e desembarque do Aeroporto de Congonhas, a 29HORAS tem ainda a diversificada agenda 29HORAS com um guia completo com mais de 100 programas para todas as horas do mês, com peças, filmes e um tour gastronômico pela cidade de São Paulo, bem como a seção "Hora Rio", com as melhores dicas de programação para este mês no Rio de Janeiro.



Com a chegada das férias de julho, as crianças ficam animadas para curtir a curta temporada de férias com muita diversão. Os pais, por sua vez, podem contar com atrações gratuitas em quatro shoppings de São Paulo, com atividades para entreter toda a família. 

Central Plaza Shopping: até dia 31, a exposição "Abstratos", localizada nas lojas 153/155 do Shopping, apresenta obras de 17 artistas plásticos diferentes, com o intuito de ressaltar a diversidade e a inspiração ímpar da arte abstrata a partir de técnicas variadas. A atração cultural conta com parceria da ABRASCI (Academia Brasileira de Ciências, Artes, História e Literatura). Entrada livre.

Centro Comercial Aricanduva: o maior centro de compras e entretenimento da América Latina promove a Exposição “Gigantes da Era do Gelo”, que reúne animais pré-históricos extintos há milhões de anos, montados cenograficamente em tamanho real. A mostra acontece até o dia 15, nos corredores do Shopping Aricanduva. Ao todo, serão 11 criaturas, com até quatro metros de altura, produzidas em resina, poliuretanos, couros e fibras naturais, com detalhes que asseguram a perfeição, despertando a curiosidade de adultos e crianças. A exposição conta com painel explicativo para cada animal, apresentando informações sobre altura, espécie, habitat, além de curiosidades, como o Moa, maior ave não-voadora originária da Nova Zelândia, e o castor gigante, maior roedor da Era Paleolítica, que atingia o tamanho de um urso.

Shopping Interlagos: o destaque fica por conta da exposição "Insetos e Cia", que ocorrerá entre os dias 4 a 29. Os tamanhos impressionam: cada bichinho minúsculo que conhecemos será reproduzido de três a até cinco metros. Além das dimensões, chamam a atenção os movimentos e a riqueza de detalhes. Estarão inseridos em um cenário lúdico e idêntico ao habitat natural de cada um, com vegetação formada por arbustos, plantas diversas, gramas, flores, entre outros. Os visitantes poderão contemplar: formiga, abelha, borboleta, louva-a-deus, lagarta da borboleta, abelha, escorpião, gafanhoto-soldado, joaninha, mosquito da Dengue, aranha caranguejeira brasileira, centopeia, vagalume, libélula e besouro-rinoceronte.

Shopping União de Osasco: quem gosta de futebol e boliche irá curtir muito o "Show de Craques", que estará aberto ao público entre os dias 6 a 20. São duas brincadeiras, nas quais duas pessoas poderão participar de uma disputa super alto-astral. A primeira é o "Gol ao Alto": dois jogadores (um de cada “time”) terão cinco chances para acertar o gol, que está na parte superior do espaço, e torcer para que a bola caia nas canaletas com maior pontuação, em cinco minutos. Aquele que conquistar a maior pontuação, vencerá a prova. A segunda é o Boliche Irado. Nesta prova, os dois participantes têm como objetivo derrubar o maior número de pinos. São cinco minutos e cinco chutes para cada um. Crianças de 3 a 12 anos poderão participar das atividades, mas deverão estar acompanhadas dos pais ou responsáveis.

O Shopping União de Osasco oferece ainda às crianças de 7 a 13 anos a oportunidade de aprender coisas novas, a partir de muita diversão. Durante as férias, os pequenos poderão participar dos cursos gratuitos de culinária e artesanato. Nas aulas de artesanato, será possível fazer um jogo da velha em feltro, um porta-canetas em E.V.A e um Scrap Decor. Nas atividades de culinária, farão mini-pizza, bombons de morango e brigadeiros gourmet, além de cake pop. O mais bacana é que tudo que for produzido será levado para casa.


O Brasil já foi eliminado da Copa do Mundo, mas quem quiser curtir os jogos do mundial de uma maneira mais gostosa, o Ragazzo lança uma experiência diferente: o trio de "gorduxinhas". Em edição limitada até o final do mundial da Rússia, o combo é composto pelas exclusivas e deliciosas coxinhas da marca nos sabores Costela (com costela desfiada, refogada com alho, cebola, azeite, pimenta e temperos), Pernil (pernil temperado com muito limão, cozido, desfiado e refogado com cebola, azeite, pimenta e temperos) e Cremely com Bacon (queijo tipo requeijão cremely e bacon moidinho). O nome carinhoso é uma mistura de coxinha com gorduchinha, sinônimo de bola que caiu no gosto popular.

*Helder Moraes Miranda escreve desde os seis anos e publicou um livro de poemas, "Fuga", aos 17. É bacharel em jornalismo e licenciado em Letras pela UniSantos - Universidade Católica de Santos, pós-graduado em Mídia, Informação e Cultura, pela USP - Universidade de São Paulo, e graduando em Pedagogia, pela Univesp - Universidade Virtual do Estado de São Paulo. Participou de várias antologias nacionais e internacionais, escreve contos, poemas e romances ainda não publicados. É editor do portal de cultura e entretenimento Resenhando.

Compartilhar no WhatsApp
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

2 comentários:

  1. Esse policial parece o Rodrigo Santana, comediante. Ao menos nessa foto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade! Bem destacado. Lembra muito, sim!
      Muito obrigada por comentar.
      Um grande abraço.

      Excluir

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.