sábado, 28 de julho de 2018

.: No lugar do asfalto o plástico: Futuro? - #Sutentabilidade, por Marcio Costa


Por Marcio Costa*, em julho de 2018.

Sim, não estou louco, essa é a proposta da empresa Holandesa VolkerWessels. Eles prometem retirar o plástico dos oceanos para construção de estradas. Dizem estar alinhados com empresas que possuem a iniciativa da retirada do lixo para a execução do projeto.

O projeto
Além de inovador é ousado, atualmente muitas empresas têm utilizado o plástico como acréscimo para o asfalto, mas o modelo que a VolkerWessels propõe é construir ruas feitas inteiramente de plástico.



Além do plástico não sofrer corrosão, a empresa afirma que ele pode suportar temperaturas de -40ºC a 80ºC, outra estimativa prevê que dure três vezes mais que o asfalto convencional, reduzindo assim gastos com manutenção.

Outra vantagem é que toda a estrada seria feita com placas pré-fabricadas, reduzindo o tempo da obra, custos com mão de obra e problemas com trânsito.

Inovações
As estradas além de serem silenciosas, podem facilitar projetos de geração de energia, além das placas pré-fabricadas. As placas contam com espaço oco para cabeamento, encanamento e água da chuva. Ainda é possível a instalação de sensores e postes de iluminação.

O projeto ainda é embrionário, ainda vai ser testado em laboratório, mas já conta com o interesse da prefeitura de Roterdã. A intenção é dentro de três anos começar a ser instalado, mas antes disso podem ser feitos testes com ciclovias.

E você, o que pensa a respeito? Gostaria de dirigir ou pedalar em uma rua feita de plástico?



*Marcio Costa é ex-publicitário, dono de um canal de gastronomia no YouTube (AntiGourmet TV). Está cursando Licenciatura em Filosofia pela UniSantos - Universidade Católica de Santos. Apaixonado por Filosofia, Biologia, Sociologia, Política, Astrofísica e Gastronomia.

Compartilhar no WhatsApp
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

Um comentário:

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.