quarta-feira, 8 de agosto de 2018

.: Crítica de "Pacto", o musical que remonta Hitchcock e o crime do século


Por Helder Moraes Miranda, em julho de 2018.

Soturno, imprevisível, macabro e impactante. Todos esses adjetivos nem chegam perto da magnitude do espetáculo musical "O Pacto - A História de Leopold e Loeb", que pode ser visto  às quartas e quintas-feiras, às 21h, até dia 30 de agosto, no Teatro Porto Seguro. 

Com André Loddi e Leandro Luna, a versão brasileira do musical - baseada na história real que foi classificada como "o crime do século" e inspirou o gênio Alfred Hitchcock a filmar o clássico do cinema "Festim Diabólico" - recria o ambiente da Chicago de 1924 e subverte o gênero ao misturar música e uma história aterrorizante. Tudo isso para destacar o talento e as vozes dos dois protagonistas do espetáculo, que vêm fazendo história no teatro musical brasileiro.

Diabólico no papel de Richard Loeb, André Loddi nem de longe lembra o Sam do musical "Ghost - Do Outro Lado da Vida" (crítica neste link), sucesso da temporada de 2016 no Teatro Bradesco, ou o príncipe Topher do clássico "Cinderella - O Musical", dirigido por Charles Möeller e Claudio Botelho, que pode ser visto aos sábados e domingos no Theatro NET SP. 

Em comum, entre os personagens defendidos por Loddi, somente a cadência da voz, eloquente e sonora, que envolve o público no universo de dois amantes que, em busca de emoção, resolvem praticar crimes que vão aumentando de gravidade até que um adolescente aleatório de 14 anos seja assassinado sem nenhum motivo, a não ser a busca pela autoafirmação típica de gente que se julga como "acima do bem e do mal".

Leandro Luna, como o submisso Nathan Leopold, é um paradoxo ambulante em cena. Só um ator com muito talento para conseguir extravasar e transmitir ao público, mesmo sendo fisicamente quase um gigante, a maneira como o personagem dele se sente pequeno diante das vontades do outro, a quem só quer satisfazer e, para isso, não mede esforços. 

Ao longo do espetáculo, o personagem de Luna vai ficando cada vez mais diminuto, propositalmente, até que ele não pertença a si mesmo, mas seja um escravo do amor e das vontades daquele que o despreza. É desse personagem  que surge a grande virada da trama, digna dos romances de Agatha Christie e até mesmo do mestre do suspense dos cinemas, Hitchcock.

Encenado no Off-Broadway, “Thrill Me – The Leopold and Loeb Story” (no original) teve montagens na Alemanha, Argentina, Austrália,  Áustria, Bélgica, Canadá, China, Coréia do Sul, Escócia, Espanha, Grécia e Japão, sempre com críticas positivas e indicações a prêmios, como o de Melhor Musical pelo Drama Desk Award. "O Pacto" tem texto, música e letras assinadas por Stephen Dolginoff. A direção é de Zé Henrique de Paula e a direção musical, de Guilherme Terra.

Tudo está muito bem ajustado nessa versão brasileira, desde a atmosfera aconchegante que é criada no palco para contar a história até a presença do pianista Andrei Presser, que se reveza entre as canções do espetáculo e um personagem breve, mas marcante, que é peça-chave na resolução do mistério.  

Aliás, por falar em personagem, as músicas originais do espetáculo ajudam a contar a história, como se um narrador invisível, mas perceptível ao longo de todo o espetáculo, estivesse dando pistas do desfecho surpreendente. O público tem a chance de ser testemunha ocular de um dos melhores espetáculos musicais de 2018. Deixar de assistir, dentro do contexto da arte, é, sim, cometer "o crime do século". Até porque espetáculos assim destacam-se pela raridade de oferecer o diferente em um universo repleto de mais do mesmo. 


"Pacto - A História de Leopold e Loeb"
Até 30 de agosto - Quartas e quintas-feiras, às 21h.
Ingressos: R$ 60 – plateia / R$ 50 – balcão / R$ 40 – frisas.
Classificação: 14 anos.
Duração: 80 minutos.
Gênero: Teatro musical.

Teatro Porto Seguro
Al. Barão de Piracicaba, 740 – Campos Elíseos – São Paulo.
Telefone: (11) 3226.7300.
Bilheteria: De terça a sábado, das 13h às 21h e domingos, das 12h às 19h.
Capacidade: 496 lugares.
Formas de pagamento: cartão de crédito e débito (Visa, Mastercard, Elo e Diners).
Acessibilidade: 10 lugares para cadeirantes e 5 cadeiras para obesos.
Estacionamento no local: Estapar R$ 20,00 (self parking) - Clientes Porto Seguro têm 50% de desconto.
Serviço de Vans: Transporte gratuito Estação Luz – Teatro Porto Seguro – Estação Luz. O Teatro Porto Seguro oferece vans gratuitas da Estação Luz até as dependências do Teatro. Como pegar: na Estação Luz, na saída Rua José Paulino/Praça da Luz/Pinacoteca, vans personalizadas passam em frente ao local indicado para pegar os espectadores. Para mais informações, contate a equipe do Teatro Porto Seguro.
Bicicletário – grátis.
Gemma Restaurante: Terças a sextas-feiras das 11h às 17h; sábados das 11h às 18h e domingos das 11h às 16h. Happy hour quartas, quintas e sextas-feiras das 17h às 21h.

Vendas: tudus.com.br
Facebook: facebook.com/teatroporto
Instagram: @teatroporto

*Helder Moraes Miranda escreve desde os seis anos e publicou um livro de poemas, "Fuga", aos 17. É bacharel em jornalismo e licenciado em Letras pela UniSantos - Universidade Católica de Santos, pós-graduado em Mídia, Informação e Cultura, pela USP - Universidade de São Paulo, e graduando em Pedagogia, pela Univesp - Universidade Virtual do Estado de São Paulo. Participou de várias antologias nacionais e internacionais, escreve contos, poemas e romances ainda não publicados. É editor do portal de cultura e entretenimento Resenhando e assina a coluna dominical DOM.

#Teatro é vida, um sopro de cultura. Por isso, a equipe do #portalresenhando indica esse frescor para a alma durante as férias escolares. Aos pequenos, a sugestão é o infantil #Flicts, em cartaz no @teatro.folha e #ABruxaMorgana, no @teatroporto, aos que curtem gargalhar #UmMilhãoDeAnosEmUmaHora, no @teatrogazetaoficial, aos admiradores do milagre de ser mulher, #OsMonólogosDaVagina, também em cartaz no @teatrogazetaoficial. Para quem gosta de histórias de família, #OLeãoNoInverno, em cartaz no @teatroporto, assim como o impressionante #pactomusical, também em cartaz no @teatroporto. Espetáculos imperdíveis!! Crítica de #OLeãoNoInverno @osmonologosdavagina e #UmMilhãoDeAnosEmUmaHora, já publicados no Resenhando.com #Resenhanders #ResenhandoIndica #turismo #diversão #SãoPaulo #litoralpaulista #feliz
Uma publicação compartilhada por Resenhando.com (@portalresenhando) em
Compartilhar no WhatsApp
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.