Pesquisa personalizada
 

 











   

 

 

   

.: Publicidade :.

“Ser reconhecido é a coisa mais gostosa desse mundo, é a prova viva do carinho que me elegeu ganhador do programa. Esse carinho de fã é o sentimento mais puro que existe, porque a pessoa te ama de graça, sem querer, literalmente, nada em troca.” - Saulo Roston

Por: Mary Ellen Farias dos Santos
Colaboração:
Helder Miranda

Em abril de 2010






Nova Paixão: Saulo Roston, vencedor do programa "Ídolos", mostra a que veio.






O que faz ou torna alguém um exemplo para outras pessoas se espelharem? Saulo Roston pode ainda não ter essa resposta, mas foi consagrado, na última temporada do programa "Ídolos", da TV Record, como um deles. Se ele, artista principiante e com uma voz suave merece tal honraria, ou se irá manter-se no posto por muito tempo, só o futuro dirá. O que pode ser constatado é que talento, ele tem de sobra. Personalidade, também, pois a cada "round" do realitty show imprimia suas marcas vencendo, num duelo entre Davi e Golias, o grande favorito da última e mais importante noite. Para o respeitável público, Saulo Roston. Desta vez, mostrando o seu verdadeiro "eu".

Biografia: Saulo do Amaral Freire Oliveira Souza nasceu em São Paulo, capital. Eliminado no Top 30 do Ídolos 2008, Saulo não desistiu, voltou ao programa e se classificou com destaque. Começou a cantar com 12 anos de idade, sendo que aos 13, fez um show para 4 mil pessoas na Barra do Garça. Com o apoio dos pais constante, Saulo Roston fez alguns meses de aula de canto em São Paulo. Estudou e toca violão e também um pouco de piano. Após cantar em bares e eventos fechados e, até ser fixo em alguns desses bares, ingressou no Ídolos 2009 e seguiu rumo ao estrelado. O novo ídolo do Brasil compõe para outros artistas e conseguiu gravar músicas de sua própria autoria.



RESENHANDO - Como começou a sua história no meio musical?
SAULO ROSTON - Comecei a cantar com 13 anos e o engraçado é que nos lugares que ia tocar não podia entrar. Tive que me esconder várias vezes e parar o show para aquele clássico intervalinho de 15 minutos para me esconder até o pessoal do juizado de menores ir embora. Aos 15 anos, mudei para Goiania e continuei cantando em bares. Aos 17, mudei para Malaysia, onde fui contratado por 1 ano para cantar como backing vocal e “refronista” do rapper Joe Flizzow, Too Phat. Retornei e em 2008 participei do Ídolos, não passei da primeira vez, fiquei entre os 30. Em 2009, estudei e ralei muito durante 1 ano para chegar aqui. E olha onde eu tô!



RESENHANDO - Em uma reportagem exibida no programa "Hoje em dia", da Rede Record, quando estava com o seu CD em mãos, você disse: "- Eu sonho como isso desde criança". Conte um pouco da sua realização como músico.
SAULO ROSTON -
O CD foi a melhor coisa que aconteceu na minha vida, resultado de muito esforço e estudo. Sempre quis ter um CD com meu nome, onde eu pudesse mostrar para as pessoas o meu jeito de interpretar a vida e as canções.



RESENHANDO - O programa Ídolos, em 2009, teve grandes vozes na disputa pelo primeiro lugar da competição. Agora, com o CD gravado, como é ser o escolhido do grande público?
SAULO ROSTON -
Primeiro, eu me senti super honrado de ser o escolhido do Brasil entre esses cantores maravilhosos que participaram do Ídolos. É muito bom saber que as pessoas gostam de você e gostam de te ouvir, é um dos melhores sentimentos do mundo, se não o melhor! Saber que uma pessoa tirou do dinheiro do sustento da família para, literalmente, me dar de presente é simplesmente lindo! Afinal eles votaram em mim, me escolheram.



RESENHANDO - O seu concorrente final, Diego Moraes, é talentosíssimo, porém não foi eleito. Você pensou que conseguiria vencê-lo?
SAULO ROSTON -
Acreditar no nosso potencial é sempre muito importante, mas confesso a minha surpresa e a felicidade de ter um cantor como o Diego ao meu lado na final e ainda sair vitorioso.



RESENHANDO - A partir de qual momento você se sentiu vitorioso no programa Ídolos? Por que?
SAULO ROSTON -
No dia que consegui superar a marca da minha participação anterior já me senti vitorioso, mas nada como chegar na final e sair com o meu tão sonhado CD.



RESENHANDO - Como é ser reconhecido nas ruas? O carinho dos fãs lhe surpreende? Há algum fato curioso para contar?
SAULO ROSTON -
Ser reconhecido é a coisa mais gostosa desse mundo, é a prova viva do carinho que me elegeu ganhador do programa. Esse carinho de fã é o sentimento mais puro que existe, porque a pessoa te ama de graça, sem querer, literalmente, nada em troca. Cada pessoa do mundo devia ter uma fã! Sou apaixonado pelas minhas e devo tudo a elas! Recebi a maior homenagem e a mais linda de duas fãs, elas tatuaram meu nome.



RESENHANDO - Em meio a dificuldades para ingressar na carreira musical (até no programa Ídolos) e ter, hoje, seu sonho realizado. Qual o significado desse seu primeiro CD?
SAULO ROSTON -
É o fruto de muito trabalho, muito estudo e muita persistência. Ele significa o começo, a primeira pagina do livro da minha carreira!



RESENHANDO - Como aconteceu a produção do seu primeiro CD?
SAULO ROSTON -
A produção do cd foi feita por Luis Carlos Maluly que fez questão que eu participasse de todo o processo.



RESENHANDO - Como as músicas foram selecionadas?
Eu escolhi o repertório, é claro em conjunto com a gravadora e meu produtor. No processo de gravação, eu e o Maluly, fizemos questão que todos os músicos tivessem liberdade de criação, conquistando todo o envolvimento das pessoas que participaram das gravações conseguimos acrescentar riqueza aos arranjos. Ao final do processo, estávamos todos apaixonados pelo trabalho!



RESENHANDO - Qual música deste álbum é a sua preferida? Por que?
SAULO ROSTON -
Impossível escolher! Mas confesso que tenho um carinho diferente pela música Nova paixão e pela música de minha autoria, Você foi feita para mim.



RESENHANDO - Quais cantores e/ou cantoras lhe influenciaram?
SAULO ROSTON -
Ah, entre estrangeiros e nacionais, os brasileiros são Marisa Monte, Taiguara, Ed Motta, Roberto Carlos. Os internacionais são John Mayer, Jason M’Raz, Michael Bubble e Steve Wonder.



RESENHANDO - Quais seus planos no cenário musical?
SAULO ROSTON -
Quero me consolidar como cantor no meu país, gravar mais CDs, os próximos com mais composições de minha autoria, gravar duetos com os artistas que admiro. Depois gravar um álbum em outro idioma e por aí vai...



Para acompanhar o cantor basta procurá-lo nos endereços:
Twitter:
http://twitter.com/sauloRoston
My Space: http://www.myspace.com/sauloroston




PING-PONG:

Gosto de: música
Detesto: hipocrisia
Vivo por: amor
Meus músicos favoritos são: John Mayer e Ed Motta
Canto por: prazer
Mensagem para o público do Resenhando.com: Meus queridos, muito obrigado pelo carinho e não deixem de escutar o CD, pois foi feito para vocês! Beijos, galera do Resenhando.com!









 

 
 
 
 
 
 

 

.: Participe :.

 
 

 
 

   
 
 
 
 
   
   
 
 
   
                   

 

 
                   
Comente a entrevista aqui!
                   
                   

:: Mais...

:: Site oficial de Saulo Roston: http://www.sauloroston.com.br/

Pesquise em http://pt.wikipedia.org

                   
                   

Dicas de compras no Submarino, clique abaixo para comprar:
* CD Tânia Mara *
* CD Tânia Mara - Falando de Amor *
* DVD Tânia Mara - Falando de Amor *

* Tudo por um Pop Star, de Thalita Rebouças *
* Tudo por um Namorado, de Thalita Rebouças *

 

Arquivo
| Equipe | Parceiros | Privacidade | Publicidade | Fale Conosco |
É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação,
eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do Resenhando.

Direitos Reservados a Mary Ellen F. S. M.