sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

.: Adeus, mestre Tibério Gaspar - Por Luiz Gomes Otero


Por Luiz Gomes Otero*, em fevereiro de 2017.

A música brasileira tem vários nomes de destaque, que produziram hits e peças musicais que persistem há vários anos na memória do inconsciente popular. Um desses nomes foi Tibério Gaspar, que nos deixou na tarde do último dia 15, aos 73 anos. Ele havia passado mal antes de uma apresentação no Rio de Janeiro e acabou falecendo no hospital da sua Cidade Maravilhosa.

Nos anos 60, Tibério Gaspar foi parceiro do grande músico Antonio Adolfo. Com ele produziu uma parceria poderosa, que resultou em canções como "Sá Marina" (que foi gravada inicialmente por Wilson Simonal) e "BR-3", que ganhou um festival de música interpretada de forma brilhante pelo cantor e ator Tony Tornado. A dupla também compôs "Teletema", que foi defendida em um festival no exterior pela cantora Evinha, que fez uma versão antológica e definitiva. Todas essas canções são obras-primas que até hoje emocionam o público onde quer que sejam cantadas.



Tibério foi amigo de Tim Maia. Foi ele aliás que apresentou o livro "Universo em Desencanto", que pontuou a fase Racional do "Síndico" da nossa MPB. E foi Tim  Maia quem acabou o encorajando a cantar "Sá Marina" em um show ao vivo.

Tive o privilégio de poder entrevistar o mestre Tibério, por ocasião do lançamento do seu segundo disco solo, "Caminhada". Um trabalho de extremo bom gosto e refinamento. Como tudo que ele produziu ao longo da vida. No contato, feito por e-mails, ele deixou claro uma gentileza e um sentimento sincero de agradecimento pelo meu interesse em divulgar o seu trabalho. Era uma pessoa humilde e sincera.

Aqui, Tibério, quero dizer que quem precisa agradecer o seu contato sou eu. Por tudo o que você produziu para a música. Uma obra que continuará mantendo viva a sua memória e mensagem poética, carregada com muita emoção e musicalidade. Adeus, mestre. E obrigado por tudo.

"Sá Marina" - Wilson Simonal

"Teletema" - Evinha

"BR-3" - Tony Tornado

"Companheiro" - Tibério Gaspar


*Luiz Gomes Otero é jornalista formado em 1987 pela UniSantos - Universidade Católica de Santos. Trabalhou no jornal A Tribuna de 1996 a 2011 e atualmente é assessor de imprensa e colaborador dos sites Juicy Santos, Lérias e Lixos e Resenhando.com. Criou a página "Musicalidades", que agrega os textos escritos por ele.


← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

Um comentário:

  1. Muito bonita sua homenagem ao Tibério! Grande poeta, e ser humano! Seu legado fica para sempre nos corações de quem viveu esta época e o conheceu! Obrigado a voce!

    ResponderExcluir

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.