Mostrando postagens com marcador CCXP. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador CCXP. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 8 de dezembro de 2020

.: Como foi a CCXP Worlds? Impressões e destaques do evento. Aqui!

“CCXP Worlds: A Journey of Hope”, a primeira edição virtual foi uma experiência épica

Por: Mary Ellen Farias dos Santos
Em dezembro de 2020


Durante o primeiro final de semana do mês de dezembro de 2020, mais precisamente, entre os dias 4 e 6 de dezembro, os fãs de cultura pop produzidos nos meios da indústria dos vídeo-games, histórias em quadrinhos, filmes e séries para TV tiveram como deleite a CCXP Worlds, evento muito diferente das edições anteriores, sempre presenciais. Nesse ano, por conta da pandemia do Covid-19, a Comic Con brasileira acrescentou o Worlds no nome, o subtítulo "A Journey of Hope" e foi totalmente virtual.

.: CCXP Worlds: escritor Neil Gaiman estreia o palco Thunder Arena

Nos palcos Thunder Arena, Artist´s Valley, Omelete Stage, Creators & Cosplay Universe e Game Arena, em ccxpworlds.com, diversos artistas marcaram presença e, por vezes, levaram o público ao delírio. Já no primeiro dia, o convidado de honra, o escritor Neil Gaiman, autor de clássicos como "Coraline" e "Sandman", estreou o palco Thunder Arena. 

Extremamente simpático, em entrevista ao jornalista Marcelo Forlani, relembrou quando esteve no Brasil e contou sobre projetos em andamento. A respeito da adaptação de "Sandman", revelou ter aceitado a proposta da Netflix pelo fato de a empresa ter disponibilizado um alto orçamento, destacando que agora é possível realizar a série.

A escritora Emil Ferris, criadora de "Minha coisa favorita é monstro" e vencedora do Prêmio Eisner, contou como superou a paralisia numa das mãos e revelou ter passado fome enquanto escrevia a história em quadrinhos, que foi rejeitada por 48 editoras antes de chegar ao Brasil. A artista Emil Ferris usa canetas esferográficas e canetinhas nas ilustrações.

Outro entrevistado aguardado do dia foi o ator Jim Beaver, que interpreta o Bobby Singer, personagem importante na trama do seriado "Supernatural", que encerrou na 15ª temporada. O ator que já está envolvido com a série "The Boys", mais uma vez ao lado do ator Jensen Ackles, o Dean Winchester de "Supernatural", contou uma curiosidade envolvendo o personagem. Ele revelou ter escrito um bilhete, como se fosse o Bobby Singer, para uma fã da série dos irmãos Winchester, que estava muito doente e prestes a falecer.
Ainda no Thunder Arena, no Multiverso Globo, atores como Claudia Raia, Mariana Ximenes e Alexandre Nero, no painel sobre vilões, concordaram que apesar da vilania, sempre há uma dose de humanidade até nos personagens maus. Na sequência, o painel ainda da Globoplay com Cauã Reymond, Tony Ramos e Christiane Torloni, sobre os gêmeos da teledramaturgia, foi bem humorado e quando questionados sobre o pagamento ser dobrado, Tony Ramos recordou as gêmeas interpretadas por Glória Pires, Ruth e Raquel, de "Mulheres de Areia". Na época, muitos nos corredores da Rede Globo falavam que a atriz recebia dobrado. Como se vê, tudo não passava de uma brincadeira.

Torloni chegou a comentar sobre as semelhanças de gêmeos, uma vez que ela foi mãe de gêmeos. "Essa experiência de ter sido mãe de gêmeos e mãe muito nova me fez conviver de maneira especial com as diferenças. Eles eram irmãos idênticos. Como muita mãe, eles já brincavam de um se fazer passar pelo outro desde pequenos." Ainda no Multiverso Globo, Taís Araújo, Seu Jorge e Lázaro Ramos comentaram sobre a feitura e dificuldades para a realização do filme que continua sem data de estreia no Brasil, "Medida Provisória"

Outro destaque para o evento, no Thunder Arena, foi a participação dos atores Nanda Costa, Diego Boneta, Milla Jovovich e o diretor Paul W. S. Anderson. A atriz brasileira, embora não tenha encontrado o ator Diego Boneta nas gravações de "Monster Hunter", na live, os dosi chegaram a brincar, pois ele, mexicano, arranha na Língua Portuguesa. O filme está em cartaz desde 3 de dezembro. 

No Sextão do Terror, além da participação da atriz Neve Campbell anunciando que haverá uma quinta sequência para a saga "Pânico" -que ganhou duas versões no formato seriado "Scream"-, contou com outro grande momento no palco, uma entrevista pra lá de descontraída com os protagonistas de "Freaky: No Corpo de um Assassino": Vince Vaughn e Kathryn Newton. O filme será lançado dia 10 de dezembro. 

No painel com o elenco bem humorado da série "The Walking Dead: World Beyond", composto por Julia Ormond, Nico Tortorella e Annet Mahendru foi comentado que haverá ainda mais caos e vingança para a segunda temporada do seriado que ainda não tem data para estreia. "Esperam vingança. Felix não vai parar por nada no mundo até se vingar de Huck", destacou Nico Tortorella. Logo após, participaram também Alexa Mansour, Aliyah Royale, Hal Cumpston e Nicolas Cantú.

"G.I. Joe: Snake Eyes" foi anunciado para os cinemas em 2021, pois o grande encerramento da Thunder Arena foi com o ator Andy Garcia. Entrevistado por reviver Vincent Mancini, 30 anos depois de "O Poderoso Chefão 3", uma vez que o filme foi reeditado pelo próprio diretor Francis Ford Coppola e batizado de "O Poderoso Chefão - Desfecho: A Morte de Michael Corleone". Andy Garcia que venceu uma estatueta do Oscars, confessa não esperar nova indicação para o filme que já está em cartaz nos cinemas.

Ainda teve uma surpresa para fechar o primeiro dia de CCXP Worlds: a exibição de um vídeo dos bastidores da nova produção "Top Gun: Maverick", revelando os malabarismos dos pilotos. No vídeo com um pedacinho do filme, foi mostrado que o protagonista enfatiza que o humano é mais importante do que a grande tecnologia, além de deixar claro que o ator Tom Cruise dispensa dublês para as cenas de ação. "Não é possível interpretar a distorção no rosto. Eu estou orgulhoso do que eles fizeram, é trabalho pesado", comentou.

No dia 5, sábado, de volta ao palco Thunder Arena, após exibição da Funimation, serviço de streaming que está chegando ao Brasil e México, a grande atração do dia foi o ator Edgar Vivar, o inesquecível Senhor Barriga da série "Chaves". Vivar contou que Roberto Gómez Bolaños, o criador do universo de "Chaves" e "Chapolin", o conheceu num comercial e que o perfil dele se enquadrava perfeitamente no personagem que cobra aluguel da vizinhança. 

Ao relembrar de Ramón Valdés, intérprete do Senhor Madruga, Edgar Vivar disse que eram bons amigos e que por morarem perto, ele sempre era visitado. O ator também comentou sobre a briga por direitos autorais do filho de Bolaños com as emissoras, uma vez que a exibição da série, atualmente, está proibida nos canais. Vivar acredita que "Chaves" voltará à televisão no próximo ano. 

Embora eu tenha perdido o fim da entrevista, ao apertar por algumas vezes o F5, no palco estava Dinho Ouro Preto interpretou a música-tema do "Homem-Aranha", em inglês. Assim, a entrada da atriz Katee Sackhoff, conhecida por estrelar a série de televisão do Sci Fi Channel Battlestar Galactica, interpretando Kara "Starbuck" Thrace, revelou a importância de personagens femininos no gênero ficção científico, pois na infância dela, era pequena a representatividade das mulheres.

Na sequência, foi hora de rir com o apresentador Fábio Porchat com o programa "Que história é essa, Porchat?" entrevistando os atores Edmilson Filho e Rafael Infante. Os brasileiros continuaram a programação do palco Thunder Arena para divulgar o filme "Eduardo e Mônica". No painel, os protagonistas Alice Braga e Gabriel Leone, super animados com o cineasta René Sampaio comentaram a importância de Renato Russo e a genialidade do mestre. Durante a conversa mencionaram o #Renatoverso, pois o novo filme é a segunda canção do poeta cantor que é adaptada para as telas de cinema.

O fofurômetro da CCXP chegou pertinho de explodir com o painel da Maurício de Sousa Produções que apresentaram as novidades ao público como Chico Bento, Franjinha, Magali e Piteco, pelas mãos de Orlandeli, Vitor Cafaggi, Lu Cafaggi e Eduardo Ferigato, respectivamente, além de um encontro anunciado entre Turma da Mônica com Garfield e Amigos. Enquanto isso, o amado Cebolinha, fez diversas interferências e até mudou o nome do evento para "CBXP Worlds". Contudo, uma grande emoção foi ver um teaser de outra grande novidade: "Turma da Mônica - Lições" nos cinemas.

Coladinho, veio o painel para apresentar a animação "Croods 2", com direito a bate-papo com o diretor da produção Joel Crawford e o ator e dublador Rodrigo Lombardi. Depois, os atores Lana Parrilla e Sean Maguire conversaram sobre o sucesso "Era uma vez" (Once upon a time). A atriz, intérprete da Rainha Má, a vilã, transparencia estar bem apática soltando raras risadas.

Outro momento no Thunder Arena foi a apresentação de novas peças produzidas pela Iron Studios que serão lançadas em 2021. A empresa anunciou parceria com a Disney e irá trabalhar com produtos das franquias Marvel e Star Wars. Para representar o longa "As Agentes 355", um painel lindíssimo e curtinho foi composto pelas atrizes Jessica Chastain, Penélope Cruz e Fan BingBing.

Chastain deixou bem claro que, embora o filme tenha um elenco de protagonistas mulheres, "As Agentes 355", não pode ser rotulado como feminino. Juntinho, foi apresentado outro painel breve sobre os dois filmes brasileiros "A Menina que Matou os Pais" e "O Menino que Matou Meus Pais", com a atriz Carla Diaz e os roteiristas Ilana Casoy e Raphael Montes. 

Com Steven Weintraub, do site Collider, os diretores Joe e Antony Russo relembraram a dedicação e comprometimento do ator Chadwick Boseman, intérprete do personagem Pantera Negra que faleceu de câncer, em 28 de agosto. Entre os vários projetos, os irmãos comentaram sobre "Citadel", para a Amazon, que vem sendo rodado. Na ocasião, destacaram o filme para 2021, "Cherry" com Tom Holland protagonizando, mas nenhum material inédito foi exibido. E já avisaram que terão projetos com Chris Pratt (Star Lord, de "Guardiões da Galáxia") e Chris Hemsworth (Thor, de "Os Vingadores").

O papo seguinte foi intermediado pelo apresentador Serginho Groissman com as atrizes Marjorie Estiano e Tiera Skovbye (conhecida por interpretar a Polly, irmã de Betty Cooper em "Riverdale"), ambas atuando em seriados médicos, Tiera Skovbye em "Nurses" e a talentosa Marjorie Estiano em "Sob Pressão". Para fechar o segundo dia, a Amazon Prime divulgou duas séries novas e uma quinta temporada. Do painel participaram 14 membros do elenco das séries originais "Invincible", "The Wilds" e "The Expanse".

O terceiro e último dia no Thunder Arena começou com a Funimation, serviço de streaming que está chegando ao Brasil e México, e seguiu para o painel de "Verdades Secretas 2", com a atriz Camila Queiroz, o ator Romulo Estrela e a diretora artística Amora Mautner. A promessa é de mais sexo e suspense na trama. O painel seguinte teve como convidado o quadrinhista Dave Gibbons, que foi extremamente simpático e falou sobre Watchmen.

No entanto, foi o escritor e roteirista de quadrinhos Tom King quem roubou a cena. Carismático, ele foi espetacular durante a conversa, do início ao fim. Confessou que o Batman favorito dele é o do Michael Keaton, que o marcou aos 12 anos. Sobre a série "WandaVision" revelou que a pretensão era de ser uma família, o que é bobo, mas a ideia é que ela se canse da vida em família e fique louca. Antes de ser muito educado na despedida mais calorosa da CCXP Worlds comentou: "Não sei eu sou atraído por personagens loucos ou eu torno os personagens loucos". Tom King foi o cara do evento! 

Depois veio uma sequência da Warner Media, das 15 horas até 21 horas, com exibição de animações, apresentação de trailers ou pedacinhos de novos filmes como o novo "Space Jam" com o subtítulo "O Legado", "Tom e Jerry" em live-action. Das presenças que causaram alvoroço foram as de Dafne Keen e Amir Wilson, do elenco de "His Dark Materials" e Zendaya e Sam Levinson, da série "Euphoria", que teve ainda um show inédito do cantor, compositor e produtor musical inglês, Labrinth. Além disso, foi apresentado um vídeo de bastidores da nova "Batwoman", interpretada pela atriz Javicia Leslie, na segunda temporada da série.

Em contrapartida, os fãs que estavam em polvorosa se acalmaram diante do painel mais aguardado: "Mulher Maravilha 84". Apresentado pela diretora Patty Jenkins, o painel teve a participação da intérprete da heroína protagonista: Gal Gadot. Logo em seguida, foram acrescidos ao bate-papo os atores Chris Pine, Kristen Wiig e Pedro Pascal. Segundo Kristen e Gal os bastidores do filme foram de muito amor, pois uma se apaixonou pela outra. "A tensão está sempre ali. E eu amei trabalhar com você, Kristen", comentou Gadot. Para brindar a festa virtual os fãs foram presenteados com o trailer do filme. 

O grande encerramento intitulado de "Não é o fim" foi ao som de muito rock n´roll com "Pretty Woman" e o "Hino" da CCXP. Sem dúvida, a “CCXP Worlds: A Journey of Hope” foi um evento que proporcionou um final de semana diferenciado aos fãs de cultura pop e foi além dos limites da cidade de São Paulo, incluindo fãs do mundo inteiro. A primeira CCXP virtual foi uma experiência épica. 

*Mary Ellen Farias dos Santos é criadora e editora do portal cultural Resenhando.com. É formada em Comunicação Social - Jornalismo, pós-graduada em Literatura, licenciada em Letras pela UniSantos - Universidade Católica de Santos e formada em Pedagogia pela Universidade Cruzeiro do Sul. Twitter: @maryellenfsm


segunda-feira, 7 de dezembro de 2020

.: Turma da Mônica - Lições: Mauricio de Sousa emociona fãs na CCXP


Durante o festival, lives exclusivas e o painel principal consolidaram as novidades para o cinema, telinhas e para os leitores do Bairro do Limoeiro


Acabaram os spoilers! Não é mais segredo pra ninguém que a MSP entregou tudo e mais um pouco na CCXP Worlds. Foram três dias de muita emoção - muita, mesmo! No total foram sete lives que trouxeram lançamentos de quatro graphics, uma nova animação, um cross e ainda um trechinho do segundo live action - isso tudo fora os bate-papos incríveis e cheios de curiosidades!

No primeiro dia de festival (04), durante a live que estreou a MSP na Hollywood Strip, Sidney Gusman e Mauricio de Sousa bateram um papo sobre os desafios e a trajetória de sucesso do pai da turminha. A conversa no Painel MSP +60 anos abordou curiosidades sobre como tudo começou, as parcerias inusitadas e os rumos que essa história tomou ao longo dos anos. Dá pra acreditar que Mauricio começou como repórter policial na Folha de S.Paulo? Para conferir essa e outras histórias que marcaram a criação da MSP, vale conferir o bate-papo na íntegra.

Ainda na sexta-feira, grandes nomes do selo Graphics MSP apresentaram seu trabalho para o pôster oficial da CCXP Worlds - a arte foi desenvolvida em comemoração aos 50 anos do lançamento da revista Mônica e Seus Amigos. Falando em artistas, o painel Estúdio Ao Vivo destacou as histórias de Ana Lage, Felipe Marcantonio, Flávio Teixeira, Matheus Oliveira, Mauro Souza e Roberto Martins na MSP. Eles são responsáveis por dar vida aos personagens criados por Mauricio de Sousa lá no estúdio. Foi ótimo para conhecer essa galera boa de traço e como a produção funciona.

No sábado, Daniel Rezende e Mônica Sousa participaram do painel tão esperado pelos fãs do live action da turminha. Durante a conversa, o pú blico acompanhou curiosidades do roteiro e dos bastidores das gravações de Turma da Mônica - Lições. Sem muitos spoilers, foi possível descobrir até novos personagens e participações especiais como da atriz Malu Mader. O prime iro teaser do segundo live action de Turma da Mônica ganhou as telas e o coração de milhares de participantes do painel principal.

Na ocasião, apesar da conversa entre Mauricio de Sousa, Sidão e o diretor de arte do estúdio, Wagner Bonilla, apresentar uma conexão instável por conta de uma intelvenção, outras novidades também ganharam destaque. Se Mônica Toy já era fofo, dá pra acreditar que uma animação Turma da Mônica Baby está por vir? As boas novas também chegaram para o selo das Graphics MSP. Chico Bento, Franjinha, Magali e Piteco ganharão novas páginas em 2021 pelas mãos de Orlandeli, Vitor Cafaggi, Lu Cafaggi e Eduardo Ferigato, respectivamente. E mais um cross foi anunciado e vai deixar Mingau um tanto quanto bolado: Turma da Mônica com Garfield e Amigos.

A tarde do terceiro e último dia do festival, uniu geeks de vários lugares do mundo para uma conversa entre o editor Sidão e os autores das novas graphics MSP. Se eram novidades e curiosidades que o fandom queria, os artistas não ficaram devendo. Eles trocaram ideia sobre todos os processos de produção - desde a concepção até a aprovação dos materiais que ganharam tanto espaço em oito anos de criação do selo.

Fechando a participação da Mauricio de Sousa Produções na CCXP Worlds com chave de ouro, Mônica conversou com José Márcio Nicolosi, diretor de animação da MSP e responsável por tirar do papel os personagens criados por Mauricio ao longo dos anos. Com 40 anos de casa, Nicolosi abordou as singularidades de cada produção em que trabalhou e os desafios que estão por vir com o lançamento de Turma da Mônica Baby.

É com um gostinho de ‘quero mais’ que a MSP se despede da CCXP Worlds e aguarda ansiosamente a CCXP 2021 para continuar presenteando seus fãs e tornando essa história ainda mais épica.




domingo, 6 de dezembro de 2020

.: CCXP Worlds: perdeu algum painel? Não se descabele e saiba como assistir!

Por: Mary Ellen Farias dos Santos

Acontece a CCXP Worlds, primeira edição virtual do Comic Con Experience, evento brasileiro de cultura pop nos moldes da San Diego Comic-Con que apresentam as novidades da indústria dos vídeo-games, histórias em quadrinhos, filmes e séries para TV. 

De 4 a 6 de dezembro, no evento que foi além das terras Tupiniquins, daí o acréscimo do termo Worlds, passaram nomes como o escritor Neil Gaiman, a escritora Emil Ferris, os atores Jim Beaver, Andy Garcia, Lázaro Ramos, o quadrinhista Dave Gibbons, as atrizes Taís Araújo, Christiane Torloni, Marjorie Estiano, Lana Parrilla, Jessica Chastain, Penélope Cruz e Fan BingBing entre outros grandes nomes nacionais e internacionais. 

No entanto, com diversas atividades possíveis para realizar, nem tudo é visto conforme o imaginado. Para tanto, a CCXP Worlds deixará disponível o material dos painéis da Thunder Arena "On Demand" para ser acessado na CCXP Worlds, pelos perfis que sejam HOME, DIGITAL ou EPIC. Tudo estará disponível a partir de segunda-feira, dia 7 de dezembro, até dia 13 de dezembro. Veja e reveja, pois a diversão vai continuar!


.: CCXP Worlds promete surpreender com megapainel da Warner Media

"

Cartaz de "Mulher Maravilha 1984". Festival teve segunda noite marcada por presença de Penélope Cruz, irmãos Russo e novidades do Amazon Prime Video. Oi Game Arena arrastou os fãs para corujão com convidados do mundo gamer, como Phael "Zenith" Maia

Vai chegando ao fim a CCXP Worlds: A Journey of Hope, que termina neste domingo, 6 de dezembro. Mas antes de começar a sentir saudade desta edição que vai entrar para a história como o maior evento virtual do mundo, os fãs terão um dia intenso de programação pela frente. O domingo está especial e um megapainel da Warner Media, com seis horas de duração, já dá indícios de outras surpresas, já que poucos conteúdos foram anunciados previamente pelo estúdio. Quem aguarda ansiosamente por ‘Verdades Secretas 2’, poderá acompanhar o bate-papo com Camila Queiroz, Romulo Estrela e a diretora artística Amora Mautner, no Thunder Arena, que receberá também os quadrinistas Dave Gibbons e Tom King. No Artists’ Valley, Art Spiegelman é o grande destaque do palco, que terá ainda Gail Simone, Mike Deodato e dois painéis da DC sobre o futuro de importantes personagens do universo da editora: Batman e Superman.

O dia também será marcado pela grande final do Concurso Cosplay, que acontece no palco Creators & Cosplay Universe, apresentado hoje por Bielo e Samir Duarte. A programação do espaço ainda conta com um crossover dos podcasts Mamilos e POC de Cultura, um painel da PerifaCon e um CCXP Night Show com a turma do Porta dos Fundos. E como estamos em um domingo, a Oi Game arena vai respeitar o toque de recolher. Entre os destaques da programação de hoje está um painel que vai anunciar os detalhes da CS:GO Grrrls League, torneio promovido pela Game XP que vai premiar um time feminino com R﹩200 mil e cujas inscrições para o open qualify começam hoje, na plataforma Play1. A última atividade da Oi Game Arena nesta edição começa às 18h20, reunindo Petar Neto, Ana Xisdê, Bruna Balbino e Stoker na grande final da Copa CCXP, em parceria com o Facebook Gaming, para uma disputa no jogo Fall Guys. A previsão de encerramento é às 20h.

Penélope Cruz e irmãos Russo passaram pela CCXP no sábado à noite

Dois dos painéis mais aguardados pelos fãs nesta edição aconteceram na noite ontem, sábado (05/12). No primeiro deles, Jessica Chastain, Penélope Cruz e Fan BingBing se reuniram no Thunder Arena para falar sobre o longa ‘As agentes 355’, que traz no elenco atrizes de diversas nacionalidades. Na conversa, elas exaltaram o papel feminista do longa: "Eu amo fazer filmes voltados para a força das mulheres, pois eles são muito importantes para a sociedade, e o convite da Jéssica me deixou muito feliz", disse Fan BingBing. "São as mulheres que estão salvando o mundo de verdade, o convite também me deixou honrada", acrescentou Penélope. A atriz e produtora, Jessica Chastain, citou também a importância social de ‘As Agentes 355’: "Não quero rotular o filme, mas é importante meninas e meninos de 13 anos assistirem para entenderem algumas questões de gênero e raciais", acredita.

Os irmãos Russo

Em seguida, o editor-chefe do portal Collider, Steven Weintraub, conduziu o painel com os irmãos Joe e Anthony Russo, diretores de ‘Vingadores: Ultimato’. No bate-papo, eles elogiaram a coragem do ator Chadwick Boseman, o Pantera Negra, que enfrentou em silêncio um câncer e faleceu este ano, pegando a todos de surpresa, e ainda lembraram com carinho o período de trabalho na franquia comandada por Kevin Feige. "Nós não podíamos ter pedido por parceiros melhores", comentou Anthony. Sobre os próximos trabalhos, como o live action de Hércules, ele faz mistério: "Ainda não há muito o que falar, estamos no começo do projeto, mas vem muita coisa boa em breve". Para fechar a noite no Thunder Arena, o painel do Amazon Prime Video foi repleto de novidades. O estúdio trouxe os atores da animação ‘Invincible’ - incluindo J.K Simmons e o cocriador de ‘The Walking Dead’, Robert Kirkman - e apresentou ‘The Wilds - Vidas Selvagens’, que estreia dia 11/12 na plataforma. Quem também marcou presença no festival foi o elenco de ‘The Expanse’ - que na CCXP19 foi representado por Dominique Tipper.

Questões raciais foram a pauta do sábado à noite no Artists’ Valley

O painel ‘Histórias Pretas’, exibido neste sábado, trouxe o premiado autor de ‘Angola Janga’, Marcelo D’Salete para falar sobre como um menino que cresceu na Zona Leste de São Paulo chegou a ganhar o prêmio Jabuti. O autor destacou o papel das histórias em quadrinhos como um veículo artístico e transformador que denuncia algo, principalmente, para o público jovem. D’Salete também lembrou da importância do rap em sua vida. "Atualmente vivemos um momento difícil, politicamente, socialmente e culturalmente. É preciso que artistas negros produzam, por mais difícil que seja. Precisamos resistir e acreditar no que estamos fazendo", incentiva.

Nas mesas virtuais, artistas que estão expondo seus trabalhos concordam com D’Salete. Com apenas 19 anos, Arthur Pigs ainda ressalta a importância de valorizar a cultura dos quadrinhos. "Os quadrinhos são arte como qualquer outra. Nela, o artista carrega sua luta, seus ideais políticos e raciais. Toda essa luta por diversidade ajuda a criar um público que, no fim, se vê representado por negros ou LGBTQIA+. Eu me dedico ao movimento pela periferia livre, quero mostrar que as pessoas podem fazer o que querem e o que gostam", conta. Quem compartilha com a visão de Pigs é Diego Augusto, que tem sua primeira mesa em uma CCXP. "Eu sou negro, meu super-herói é negro e usa black power", conta, ressaltando a importância da representatividade.

Frequentador assíduo da CCXP, o desenhista Régis Rocha, da Afrodinamic, que produz quadrinhos desde 2002, destaca que a cultura pop sempre fez parte da vida da população negra, apesar das dificuldades para se dedicar exclusivamente a esse tipo de arte. "Acho que a principal barreira da produção de cultura pop da população negra vem do fato que não conseguirmos nos dedicar somente a isso. Todo mundo tem seus outros trabalhos para garantir o sustento e, por fim, acaba ficando em segundo plano e toma um ritmo mais lento. Por isso a importância de espaços como a CCXP e outros, como a Perifacon". Rocha lembra que em muitos eventos de quadrinhos que frequenta acaba sendo um dos poucos ou o único negro. "Já me acostumei a ver sorrisos abertos quando olham o banner da mesa e pessoas vem conversar porque ali se sente representados, principalmente porque meu trabalho fala de personagens negros que estão inseridos em diversos contextos. Exatamente como a vida real. O melhor é sempre o feedback depois das leituras. Pessoas que começaram a criar seus próprios personagens, e crianças que antes não gostavam do próprio cabelo se admiraram no espelho", conta.

Já para o desenhista Douglas Santos, também expondo no Artists’ Valley, o alto consumo de cultura pop na periferia se deve ao acesso à internet e faz os grandes produtores entenderem que é preciso se diversificar cada vez mais. "Hoje, eu quero consumir algo que reflita minha realidade. Algo que eu me identifique. Quando se é preto e consumidor de cultura pop, a representatividade é algo muito importante, porém é preciso um olhar para não limitar os estereótipos. A gente precisa de diversificação de roteiros. Por isso, eu considero obras como o Pantera Negra e o Homem Aranha no Aranhaverso essenciais", acredita.

No segundo dia de CCXP, Oi Game Arena avançou madrugada

No segundo dia de Oi Game Arena, as batalhas de e-Sports não pararam. Dominando o palco, os gamers Gordox, Maah Lopez, Gabi Zambrozuski e Isabela Basile Among, abriram a noite com uma empolgante e reveladora gameplay de ‘Amoung Us’ - jogo on-line que caiu nas graças do público que gosta de investigação. Com uma dinâmica simples, o game reúne tripulantes presos em uma nave, que devem cumprir missões e desvendar quem são os impostores entre eles - cujo objetivo é exterminar os demais. Ampliando o debate sobre o jogo que vem fazendo a cabeça de crianças e adultos, os apresentadores receberam o psicólogo e especialista em comportamento humano, Leonardo Motta, que deu dicas para o público sobre como descobrir quem é o impostor e como interpretar um mentiroso de primeira.

"O jogador precisa estar atento aos sinais que os outros players estão dando. O mentiroso, quando é pego e se sente pressionado, vai tensionando comportamentos como, por exemplo, pressionar os lábios e busca meios para sustentar a mentira. Se o jogador estiver atento nas expressões de seus oponentes, eles conseguem descobrir quem são os impostores", explica o especialista. E sobre ser o impostor, tranquilidade é a melhor saída: "Quando você é o responsável pelos crimes, deve manter calma, se estiver na webcam, tentar passar serenidade nas expressões e na voz. Talvez passe despercebido", orienta.

No começo da madrugada, quem assumiu os joysticks da Oi Game Arena foi o trio Bruna Balbino, Uma noob e Petar Neto. O grupo recebeu os pro-players Otávio Retalho e Tom Toledo, que foram desafiados pela marca Fusion a competirem no ‘Fall Guys’. Já no bloco ‘Pretendentes da Balbino’, a atriz abriu o coração e revelou que a ideia do quadro, exibido originalmente em seu canal no YouTube: "A criação do quadro veio para superar os traumas que tive no meu relacionamento e quero agradecer a produção da CCXP por ter abraçado a ideia e levado o projeto para a Oi Game Arena".

No decorrer do Corujão, a Oi Game Arena também recebeu o pro-player Phael Zenith Maia, referência em disputa de ‘Street Fighter V’ no país, e que está representando o Brasil em votação popular para uma vaga no mundial do jogo, organizado pela Capcom. O gamer contou sobre a história do ‘Street Fighter’ que faz sucesso desde sua criação, nos anos 80, destacou as personagens mais populares e, de quebra, convidou o jornalista Guga Noblat, para uma partida. A interatividade também rolou solta por meio da FanCam e o público entrou na disputa de games como ‘Free Fire’, ‘Valorant’, ‘Among Us’ e ‘FIFA’.



sábado, 5 de dezembro de 2020

.: The Flash: CCXP Worlds terá presença de Danielle Nicolet e Kayla Comptom


No maior festival de cultura pop do mundo, as duas estrelas vão dar percepções pessoais sobre a 7ª temporada da série DC que retorna em 2021


A edição especial e 100% virtual da CCXP, o maior festival de cultura pop do planeta, terá um megapainel da WarnerMedia no último dia, o domingo, 6 de dezembro. Com a participação de Danielle Nicolet, que interpreta a procuradora meta-humana Cecile Horton, e Kayla Compton, conhecida pelo papel de Allegra Garcia - uma jornalista que trabalha com Iris West-Allen -, a Warner Channel apresentará conteúdos exclusivos e todas as novidades da sétima temporada de ‘The Flash’, que retorna em 2021.

Danielle Nicolet é uma atriz norte-americana conhecida pela versatilidade: interpreta dos personagem mais dramáticos aos mais cômicos. Seu primeiro papel de notoriedade foi na comédia ‘Máquina Quase Mortífera’, em 1993. Depois de atuar em outros longas, ela passou seis temporadas na sitcom ‘Uma Família de Outro Mundo’, em 1996. Em 2015, a atriz entrou para o elenco regular de ‘The Flash’, interpretando a Promotora pública defensora de meta-humanos de Central City, Cecile Horton.

Já Kayla Compton juntou-se à serie ‘The Flash’ na sexta temporada, como uma das três repórteres que trabalhavam na Equipe Citizen, Allegra. É uma jovem atriz e produtora com passagem por séries como ‘Making Moves’, ‘Chase Champion’, ‘Bro-Dum’ e ‘ Mistresses’, Compton ganhou notoriedade no sucesso da HBO, ‘Entourage’, antes de aparecer em ‘Perception’ da TNT, ao lado de Eric McCormack e diversas outras estrelas convidadas.

Com um set tuor exclusivo nos estúdios da série conduzido por Danielle Nicolet, a Warner Channel preparou uma experiência imersiva, na qual os fãs da série poderão enviar perguntas para as estrelas. As novidades poderão ser acompanhadas por meio de uma plataforma totalmente virtual e exclusiva da CCXP Worlds: A Journey of Hope. O festival acontece nos dia 4, 5 e 6 de dezembro e reúne os maiores nomes atuais da cultura pop.

Como participar da CCXP Worlds: O cadastro para a CCXP Worlds é gratuito na categoria Free, que dará direito a quase todas as áreas do evento - com exceção do Thunder Arena, que pode ter alguns conteúdos não liberados. Para ter acesso total às principais transmissões do festival, basta adquirir o pacote Digital Experience (R﹩ 35,00). Nesta modalidade, o fã ainda receberá uma credencial virtual, enviada por e-mail, além de outras funcionalidades e interações, acesso à masterclasses e pré-venda da CCXP21.

Para quem gosta de viver a experiencia completa, o plano o Home Experience (R﹩ 35,00 + RS 21,00 de frete) tem como diferencial o envio de um kit físico contendo a credencial da edição, junto com um cordão, tag de porta, pin e stickers. Já o Epic Experience (R﹩ 450,00 + RS 21,00 de frete) é feito para deixar o mundo dos fãs ainda mais especial. Ele será composto por um kit com credencial física, produtos dos estúdios e oficiais da CCXP - incluindo dois cordões, tag de porta, pin, stickers, balde de pipoca, camiseta, copo, moletom, boné e pôster. Também haverá desconto no ingresso da CCXP21 e venda exclusiva de colecionáveis Iron Studios.

Sobre CCXP Worlds: A Journey of Hope: Em 2019, a CCXP recebeu 282 mil visitantes, quebrando recorde de público e se estabelecendo mais uma vez como o maior festival de cultura pop do planeta. Este ano, a edição especial CCXP Worlds: A Journey of Hope acontece de forma totalmente virtual e, vai alcançar os lares de fãs do mundo inteiro nos dias 4, 5 e 6 de dezembro. Outras informações em www.ccxp.com.br.


FREE EXPERIENCE - Sem custo, com cadastro

• Acesso à plataforma CCXP Worlds*

• Acesso ao conteúdo de todos os palcos, incluindo a Thunder Arena, Artists’ Valley, Creators Universe, Omelete Stage e Cosplay Universe**

*Alguns produtos e/ou serviços como experiência de Meet & Greet virtual podem ser cobrados separadamente.

**Não inclui acesso à Masterclasses


DIGITAL EXPERIENCE - Valor: R﹩ 35,00

• Acesso à plataforma CCXP Worlds, com interações e funcionalidades exclusivas*

• Acesso ao conteúdo de todos os palcos, incluindo o Thunder Arena, Artists’ Valley, Creators Universe, Omelete Stage e Cosplay Universe

• Acesso exclusivo à masterclasses

• Credencial digital da CCXP Worlds

• Descontos em parceiros

• Pré-venda CCXP21

*Alguns produtos e/ou serviços como experiência de Meet & Greet virtual podem ser cobrados separadamente

Opção ideal para quem mora fora do Brasil ou não deseja pagar o frete.


HOME EXPERIENCE - Valor: R﹩ 35,00 + R﹩ 21,00 de frete

• Acesso à plataforma CCXP Worlds, com interações e funcionalidades exclusivas*

• Acesso ao conteúdo de todos os palcos, incluindo o Thunder Arena, Artists’ Valley, Creators Universe, Omelete Stage e Cosplay Universe

• Acesso exclusivo à masterclasses

• Home Kit: receba em casa sua credencial física em um kit com cordão, tag de porta, pin e stickers da CCXP Worlds

• Descontos em parceiros

• Credencial digital da CCXP Worlds

• Pré-venda CCXP21

*Alguns produtos e/ou serviços como experiência de Meet & Greet virtual podem ser cobrados separadamente.


EPIC EXPERIENCE - Valor R﹩ 450,00 + R﹩ 21,00 de frete

• Acesso à plataforma CCXP Worlds, com interações e funcionalidades exclusivas*

• Acesso ao conteúdo de todos os palcos, incluindo o Thunder Arena, Artists’ Valley, Creators Universe, Omelete Stage e Cosplay Universe

• Acesso exclusivo à masterclasses

• Epic Kit: receba em casa sua credencial física e produtos oficiais CCXP Worlds, como pôster, moletom, camiseta, boné, copo, balde de pipoca, pins, stickers, dois cordões e tag de porta

• Descontos em parceiros

• Credencial digital da CCXP Worlds

• Pré-venda CCXP21

• Valor especial em ingressos da Pré-venda CCXP21

*Alguns produtos e/ou serviços como experiência de Meet & Greet virtual podem ser cobrados separadamente.


sexta-feira, 4 de dezembro de 2020

.: 1º dia da CCXP Worlds tem Neil Gaiman, Jim Beaver, Taís Araujo e mais

Começou hoje a CCXP Worlds: A Journey of Hope, primeira edição virtual do maior festival de cultura pop do planeta. Com mais de 150 horas de conteúdos inéditos, exibidos em uma plataforma desenvolvida para proporcionar aos fãs uma experiência nova, o evento deu o pontapé inicial na programação do Thunder Arena com um dos convidados mais aguardados desta edição: o quadrinista Neil Gaiman. O palco principal da CCXP, que foi desenvolvido usando tecnologia Unreal, ainda recebeu a escritora Emil Ferris, o ator Jim Beaver e artistas da Globo como Lázaro Ramos e Taís Araujo, que falaram sobre questões raciais em um painel sobre o filme ‘Medidas Provisórias’. A diversidade também foi tema do Artists’ Valley, que recebeu Trina Robbins, a primeira mulher a desenhar quadrinhos da Mulher Maravilha - heroína que foi tema do Creators & Cosplay Universe, apresentado hoje por Lorelay Fox e Blogueirinha. Neste primeiro dia de festival, o evento atingiu picos de 350 mil pessoas acompanhando simultaneamente o conteúdo da CCXP, o que reforça a potência do evento no meio digital e oportunidade de novos fãs estarem perto deste mundo extremamente presente no cotidiano. E o público pode seguir ligado pela madrugada, já que pela primeira vez a Oi Game Arena terá programação até as 3h da madrugada.

Em um cenário virtual - que lembra um anfiteatro construído na cratera aberta por um meteoro que caiu no deserto - Marcelo Forlani comandou o papo com Neil Gaiman. O artista falou sobre uma de suas principais criações, Sandman, personagem que fez milhares de pessoas ao redor do mundo se apaixonarem pelos quadrinhos e que, em breve, ganhará uma série própria. O autor britânico contou detalhes das gravações e deixou os fãs ainda mais ansiosos para o lançamento. "As gravações ainda estão por volta de 1916. Ainda não chegamos em 2021, ou seja, ainda não há certeza se no nosso mundo haverá ou não pandemia, mas podem ter certeza de que representaremos bem o mundo real", adiantou. O painel também exibiu imagens exclusivas de American Gods e, no fim, o entrevistado mostrou todo seu carinho pelos brasileiros: "Eu amo o Brasil, já fui algumas vezes e em todas elas eu fui muito bem recebido", finalizou Neil.

Em seguida, Belle Felix entrevistou a escritora Emil Ferris, autora do HQ "Minha Coisa Favorita é Monstro" e, na sequência, Jim Beaver, nome muito pedido pelos fãs da CCXP chegou ao Thunder. O ator, que eternizou o personagem Bobby Singer na série Supernatural, falou sobre sua carreira e como está se sentindo ao encarar um novo desafio em uma série, desta vez, em The Boys, da Amazon Prime. Já no painel "Vilões que amamos odiar", a atriz Fabiana Karla entrevistou seus colegas de profissão Cláudia Raia, Mariana Ximenes e Alexandre Nero. Os atores falaram sobre suas preferências entre interpretar mocinhos ou vilões e como é esta atuação nas novelas brasileiras.

Outro destaque do dia foi o bate-papo com Lázaro Ramos, Taís Araujo e Seu Jorge, sobre a nova produção da Globo Filmes, "Medida Provisória", filme que apresenta questões raciais e outros temas urgentes na sociedade. "É uma provocação para todos que ainda se surpreendem quando vão ao hospital e encontram um médico preto", disse Taís Araújo, que interpreta Capitu, uma médica. Além de abordar o roteiro do filme, o painel, que foi totalmente formado por pessoas negras, mostrou ao público a possibilidade de abertura de novos diálogos na história. "Estamos na CCXP, podemos atingir e falar com todos os públicos, e essa é a nossa intenção", comentou Lázaro Ramos. Durante o painel, o ponto alto foi a grande interação do público por meio do chat e o uso da hashtag #ThunderArena no Twitter.

Diversidade marca todos os palcos da CCXP: No palco do Artists’ Valley, o dia começou com a apresentação do poster oficial do evento homenageando os personagens mais queridos do Brasil, a Turma da Mônica. O trabalho foi desenvolvido em conjunto com 20 artistas durante a pandemia e o resultado definido como ‘um monumento’ pelo criador Maurício de Sousa, homenageado em 2014, na primeira edição da CCXP. O trabalho uniu os famosos personagens com os traços das graphic novels do selo MSP - que já soma oito anos e 29 títulos - lendo a primeira edição da Turma da Monica que completa 50 anos este ano.

Na programação do espaço, a quadrinista e ativista Germana Viana conversou com Trina Robbins, a primeira mulher a desenhar quadrinhos da Mulher-Maravilha, e a possibilidade de interação na plataforma mostrou que havia um time feminino bem ligado no conteúdo. No chat, várias mulheres celebraram a participação da artista, que relembrou momentos de ativismo focado no feminismo. A veterana ressaltou que não foi a única a trabalhar em projetos no passado e lembrou de sua primeira HQ 100% feita por mulheres, ‘It Ain't me Babe’, que na capa apresentava personagens como a Mulher-Maravilha, Luluzinha e Olivia Palito.

Para Gabriela Borges, criadora e editora da Mina de HQ, mídia independente e feminista, Trina tem uma enorme relevância na luta pela expressão das mulheres no segmento e Germana é uma das grandes quadrinistas brasileiras da atualidade. "Ouvir as duas conversando é uma grande inspiração e fico feliz de vê-las falando que o crescimento do mercado de quadrinhos depende do crescimento do público interessado em quadrinhos. E digo o mesmo sobre pessoas interessadas em ler quadrinhos mais diversos, feitos por mulheres, pessoas não binárias, trans, negras, não-brancas, da periferia, fora dos eixos sul-sudeste e por aí vai".

Nas mesas virtuais as mulheres também estão marcando seu espaço. Com 17 anos e pela primeira vez na CCXP, Celina Pacheco se surpreendeu ao conseguir participar e reforçou estar muito feliz em perceber que artistas dos mais diferentes perfis e tamanhos têm vez e a oportunidade de expor seu talento e trocar experiência com o público. O espaço também proporcionou aos fãs dos quadrinhos uma aproximação por meio de 110 lives de artistas que aconteceram nesta sexta-feira no Artists’ Valley - sem contar o conteúdo do Palco. O artista Digo Freitas disse estar feliz com a solução encontrada pela organização. Antes da abertura oficial da CCXP nesta sexta, ele já desenhava um de seus personagens principais e anunciava suas lives em sua mesa. Já Kaol Porfírio aproveitou a live em sua casa para mostrar a separação dos pedidos recebidos pela plataforma e disse que o ponto forte do Artists’ Valley em 2020 está na preocupação com o crescimento da participação de artistas periféricos, negros, mulheres e LGBTQIA+.

O palco Creators & Cosplay Universe, que hoje foi comandado por Lorelay Fox e Blogueirinha, abriu os trabalhos com uma programação voltada para as crianças em uma contação de histórias sobre cultura africana com a pernambucana radicada no Rio de Janeiro Kemla Baptista. O público mais velho, que aproveitou os tempos de ouro da MTV, também pôde se divertir no painel apresentado pela ex-VJ Sarah Oliveira e que contou com Marina Person, Thunderbird, Didi, Penélope e até Marcos Mion. Outra reunião que agradou quem assistiu pela transmissão do palco foi dos integrantes do Choque de Cultura. No papo, eles falaram sobre humor e cinema, além dos esquetes que acabaram viralizando pela internet.

Masterclass e ativações das marcas: O escritor norte-americano, Mark Waid, autor de ‘O Reino do Amanhã’ realizou a masterclass do dia e explicou quais são os pilares que considera para um bom roteiro. Ele destacou que não importa se o escritor tem experiência ou não, mas existe um caminho a ser percorrido. Em primeiro lugar, saber sobre o que a história trata. Depois, adicionar um obstáculo - que pode ser grande ou pequeno - e, por fim, uma consequência. Segundo Waid, isso ajuda a criar uma direção lógica e, principalmente, ensina ao contador da história detalhes que farão os leitores ficarem presos as páginas. "Ninguém quer ler uma história confusa. Quanto mais se sabe sobre o personagem principal, mais se desenvolver novos bons conteúdos com ele. É fundamental saber se ele é engraçado, valente, quem ama, o que ama e o que o motiva a levantar da cama. Para tudo isso, basta o escritor olhar ao seu redor e absorver, devorar livros, filmes. Alimente sua cabeça! As ideias virão da sua vivência e não de ficar sentado em uma sala", indica.

Já no Hollywood Strip, os fãs do festival puderam acompanhar mais conteúdos e se divertir nas ativações virtuais preparadas pelos estúdios. Entre os destaques do dia, uma live especial da MSP com o próprio Mauricio de Sousa falando sobre sua carreira. No espaço, é possível acompanhar alguns trailers, fotos e até um mapa em 3D criado pela Globoplay, que leva o fã para dentro do universo da plataforma de uma forma totalmente interativa. O primeiro dia de CCXP segue pela madrugada e, desta vez, não será com a famosa fila do Thunder Arena. O público poderá acompanhar a programação da Oi Game Arena que segue até as 3h da madrugada.

Sobre CCXP Worlds: A Journey of Hope: Em 2019, a CCXP recebeu 282 mil visitantes, quebrando recorde de público e se estabelecendo mais uma vez como o maior festival de cultura pop do planeta. Este ano, a edição especial CCXP Worlds: A Journey of Hope acontece de forma totalmente virtual e, vai alcançar os lares de fãs do mundo inteiro nos dias 4, 5 e 6 de dezembro. Outras informações em https://www.ccxp.com.br.

Elenco de The Walking Dead: World Beyond também esteve presente no primeiro dia do evento


.: Heróis e Vilões da Marvel Comics invadem a CCXP Worlds

Painel inédito e exclusivo da Marvel na edição especial do maior festival de cultura pop do planeta terá presença de Jason Aaron, Javier Garrón, Tom Brevoort e Ryan Penagos


Notícia fresquinha para os fãs do Universo Marvel Comics. A CCXP Worlds acaba de anunciar um painel dedicado ao lançamento da mais nova saga da editora, ‘Avengers: Enter the Phoenix’, que começa em "Vingadores" N° 40. Confira o painel que acontecerá no sábado, 05 de dezembro, para ficar por dentro do conteúdo que será apresentado pelo vice-presidente e executivo de criação da Marvel Entertainment, Ryan Penagos, e contará com a participação dos quadrinistas Jason Aaron e Javier Garrón, além do VP e Editor Executivo da Marvel Comics Tom Brevoort. Para outras informações e o line-up já divulgado, acesse ccxp.com.br.

Na trama, a Força Fênix, uma entidade cósmica e imortal, está de volta à Terra em busca de um novo hospedeiro. Por isso, os Vingadores competirão com alguns dos mais poderosos heróis e vilões do Universo Marvel para decidir quem será o detentor do poder dessa entidade. Na clássica saga da Fênix Negra, Jean Grey, uma das heroínas mais famosas dos X-Men, tinha o domínio dessa força.

Vencedor dos Prêmios Eisner e Harvey, Jason Aaron é um escritor de quadrinhos mais conhecido por seu trabalho com a Marvel Comics, incluindo uma temporada inigualável de sete anos como roteirista em "Thor", que servirá como base para o próximo filme da Marvel Studios, ‘Thor: Love and Thunder’. Ele ainda participou de HQs de sucessos, como ‘Wolverine’, ‘Doutor Estranho’, ‘Motoqueiro Fantasma’ e ‘O Justiceiro’, além do relançamento de ‘Star Wars’ da Marvel em 2015, o quadrinho americano mais vendido em mais de 20 anos.

Embora tenha estudado arquitetura, Javier Garrón encontrou sua carreira dos sonhos nos quadrinhos. Começou a trabalhar para a Marvel em 2014, onde desenvolveu grande parte de sua carreira em títulos como ‘Cyclops’, ‘Senhor das Estrelas’, ‘Secret Warriors’, ‘Homem-Formiga e a Vespa’, além de eventos editoriais como ‘Black Vortex’, ‘Death of X’ e ‘Inhumans vs X-Men’. Ele ajudou a lançar a aclamada série ‘Miles Morales: Homem-Aranha’, junto ao escritor vencedor do Eisner Award, Saladin Ahmed. E foi nomeado um dos Young Guns da Marvel 2018-2019.

Tom Brevoort é o VP e Editor Executivo da Marvel Comics, além de ser responsável por algumas das séries mais populares da Marvel, incluindo "Vingadores, "Capitão América", "Homem de Ferro" e vários outros. Já Ryan Penagos é vice-presidente e executivo de criação da Marvel Entertainment e atua como apresentador de inúmeras produções de áudio e vídeo da Marvel, como a longa entrevista semanal da Marvel, o podcast show ‘This Week in Marvel’ e a série de vídeos de sucesso ‘Earth’s Mightiest Show’.

Os fãs poderão acompanhar as novidades por meio da plataforma exclusiva da CCXP Worlds: A Journey of Hope, que acontece este ano de forma 100% virtual nos dias 4, 5 e 6 de dezembro. O festival, conhecido por trazer as maiores novidades do universo da cultura pop e promover a interação entre ídolos e fãs, terá uma tecnologia exclusiva inspiradas nos games.

Como participar da CCXP Worlds: O cadastro para a CCXP Worlds é gratuito na categoria Free, que dará direito a quase todas as áreas do evento - com exceção do Thunder Arena, que pode ter alguns conteúdos não liberados. Para ter acesso total às principais transmissões do festival, basta adquirir o pacote Digital Experience (R﹩ 35,00). Nesta modalidade, o fã ainda receberá uma credencial virtual, enviada por e-mail, além de outras funcionalidades e interações, acesso à masterclasses e pré-venda da CCXP21.

Para quem gosta de viver a experiencia completa, o plano o Home Experience (R﹩ 35,00 + RS 21,00 de frete) tem como diferencial o envio de um kit físico contendo a credencial da edição, junto com um cordão, tag de porta, pin e stickers. Já o Epic Experience (R﹩ 450,00 + RS 21,00 de frete) é feito para deixar o mundo dos fãs ainda mais especial. Ele será composto por um kit com credencial física, produtos dos estúdios e oficiais da CCXP - incluindo dois cordões, tag de porta, pin, stickers, balde de pipoca, camiseta, copo, moletom, boné e pôster. Também haverá desconto no ingresso da CCXP21 e venda exclusiva de colecionáveis Iron Studios.

Sobre CCXP Worlds: A Journey of Hope: Em 2019, a CCXP recebeu 282 mil visitantes, quebrando recorde de público e se estabelecendo mais uma vez como o maior festival de cultura pop do planeta. Este ano, a edição especial CCXP Worlds: A Journey of Hope acontece de forma totalmente virtual e, vai alcançar os lares de fãs do mundo inteiro nos dias 4, 5 e 6 de dezembro. Outras informações em https://www.ccxp.com.br.


FREE EXPERIENCE - Sem custo, com cadastro

• Acesso à plataforma CCXP Worlds*

• Acesso ao conteúdo de todos os palcos, incluindo a Thunder Arena, Artists’ Valley, Creators Universe, Omelete Stage e Cosplay Universe**

*Alguns produtos e/ou serviços como experiência de Meet & Greet virtual podem ser cobrados separadamente.

**Não inclui acesso à Masterclasses


DIGITAL EXPERIENCE - Valor: R﹩ 35,00

• Acesso à plataforma CCXP Worlds, com interações e funcionalidades exclusivas*

• Acesso ao conteúdo de todos os palcos, incluindo o Thunder Arena, Artists’ Valley, Creators Universe, Omelete Stage e Cosplay Universe

• Acesso exclusivo à masterclasses

• Credencial digital da CCXP Worlds

• Descontos em parceiros

• Pré-venda CCXP21

*Alguns produtos e/ou serviços como experiência de Meet & Greet virtual podem ser cobrados separadamente

Opção ideal para quem mora fora do Brasil ou não deseja pagar o frete.


HOME EXPERIENCE - Valor: R﹩ 35,00 + R﹩ 21,00 de frete

• Acesso à plataforma CCXP Worlds, com interações e funcionalidades exclusivas*

• Acesso ao conteúdo de todos os palcos, incluindo o Thunder Arena, Artists’ Valley, Creators Universe, Omelete Stage e Cosplay Universe

• Acesso exclusivo à masterclasses

• Home Kit: receba em casa sua credencial física em um kit com cordão, tag de porta, pin e stickers da CCXP Worlds

• Descontos em parceiros

• Credencial digital da CCXP Worlds

• Pré-venda CCXP21

*Alguns produtos e/ou serviços como experiência de Meet & Greet virtual podem ser cobrados separadamente.


EPIC EXPERIENCE - Valor R﹩ 450,00 + R﹩ 21,00 de frete

• Acesso à plataforma CCXP Worlds, com interações e funcionalidades exclusivas*

• Acesso ao conteúdo de todos os palcos, incluindo o Thunder Arena, Artists’ Valley, Creators Universe, Omelete Stage e Cosplay Universe

• Acesso exclusivo à masterclasses

• Epic Kit: receba em casa sua credencial física e produtos oficiais CCXP Worlds, como pôster, moletom, camiseta, boné, copo, balde de pipoca, pins, stickers, dois cordões e tag de porta

• Descontos em parceiros

• Credencial digital da CCXP Worlds

• Pré-venda CCXP21

• Valor especial em ingressos da Pré-venda CCXP21

*Alguns produtos e/ou serviços como experiência de Meet & Greet virtual podem ser cobrados separadamente.



.: CCXP Worlds: escritor Neil Gaiman estreia o palco Thunder Arena


Por: Mary Ellen Farias dos Santos

O criador de "Sandman", "American Gods", "Good Omens", "Coraline", o escritor Neil Gaiman, o convidado de honra da CCXP Worlds, inaugurou o palco Thunder Arena, dia 4 de dezembro, às 15h05, em um bate-papo com o jornalista Marcelo Forlani. Assim, Gaiman comentou sobre passagens pelo Brasil.

Destacou quando esteve no Rio de Janeiro e também em uma livraria paulista, tendo uma fila longa de fãs com livros para ele autografar. Na ocasião, ele não conseguiria autografar todos os livros devido a quantidade de pessoas presentes, ele, sem voz, mas bom de ouvido, recebeu xingamentos do público. Disse ter abraçado a todos e que o sonoridade das palavras dirigidas a ele tenha sido agradável.

Sobre a adaptação de "Sandman", comentou que aceitou fazer a adaptação pela Netflix por ter disponibilizado um alto orçamento. O autor revelou estar muito envolvido na adaptação da série para a Netflix, e destacou que agora é possível realizar a série de "Sandman", por ter um orçamento para grandes produções cinematográficas.

Ver personagem que surgiu e foi conhecido em revistas, em edições de luxo caríssimas, não agrada Neil Gaiman. "Gostaria que todos tivessem acesso". Já sobre a terceira temporada de "American Gods", considerando o pós-Covid-19, comentou que as gravações começaram, mas não serão em dias atuais.


quinta-feira, 3 de dezembro de 2020

.: CCXP Worlds: Jeff Wadlow diretor de “A Ilha da Fantasia” no Sextão do Terror


Junket com o diretor, produtor e roteirista de “A Ilha da Fantasia”- Jeff Wadlow  na CCXP Worlds acontecerá amanhã no SEXTÃO DO TERROR. E mais: A Sony Pictures HE marca presença na área Hollywood Strip com uma Vitrine Exclusiva no Espaço Virtual!

O maior festival de cultura pop do planeta criou a edição especial CCXP Worlds – A Journey of Hope, que acontecerá nesta semana  nos dias 4, 5 e 6 de dezembro. A Sony Pictures Home Entertainment vai trazer o convidado especial Jeff Wadlow, diretor, produtor e roteirista do suspense “A Ilha da Fantasia” amanhã, no SEXTÃO DO TERROR, para falar da produção da Blumhouse que foi recentemente lançada com exclusividade nas plataformas digitais para aluguel e compra. A entrevista acontece no Omelete Stage by Santander e poderá ser acompanhada pela plataforma oficial da CCXP Worlds e também pelo Facebook Watch, que estará sincronizado à plataforma do evento.

As novidades não param aí. A Sony também marca presença com uma vitrine virtual localizada na área Hollywood Strip, ao lado do palco principal (Thunder Arena). Lá, os visitantes virtuais irão conhecer o cardápio de lançamentos exclusivos e outros filmes icônicos da distribuidora com imagens, trailers, e links de direcionamento para as plataformas digitais Apple TV (iTunes), Google Play, NOW, SKY Play e Vivo Play, onde a transação de aluguel ou compra é feita com 100% de segurança, além da qualidade impecável de áudio e imagem. A Sony expõe sua marca com um link especial de direcionamento “Para assistir sem parar” em que o visitante poderá escolher seus filmes preferidos, conferir os mais novos lançamentos e garantir diversão em casa, pagando apenas por aquilo que realmente quiser assistir! Basta acessar alguma das plataformas digitais, seja na operadora de TV, loja digital ou console de videogame, efetuar o cadastro, alugar ou comprar o filme escolhido, e pronto!

Sobre CCXP Worlds: A Journey of Hope: Em 2019, a CCXP recebeu 282 mil visitantes, quebrando recorde de público e se estabelecendo mais uma vez como o maior festival de cultura pop do planeta. Este ano, a edição especial CCXP Worlds: A Journey of Hope acontece de forma totalmente virtual e, vai alcançar os lares de fãs do mundo inteiro nos dias 4, 5 e 6 de dezembro. Outras informações em ccxp.com.br.   

Sobre “A Ilha da Fantasia”: Em A ILHA DA FANTASIA da Blumhouse, o enigmático Mr. Roarke (Michael Peña) realiza os sonhos secretos de seus sortudos hóspedes em um luxuoso, mas remoto resort tropical. Mas quando as fantasias se transformam em pesadelos, os hóspedes têm que resolver o mistério da ilha para escapar com vida. A ILHA DA FANTASIA é o primeiro filme lançado nos cinemas após pandemia foi lançado com  exclusividade nas plataformas digitais em versão sem cortes para aluguel e compra.


Redes sociais

YouTube: youtube.com/channel/UC8ri4BnZZEtifJ6I4_VIwTQ

Instagram: instagram.com/sonypictureshe_br/

Facebook: facebook.com/SonyPicturesHE.BR

 


quarta-feira, 2 de dezembro de 2020

.: CCXP Worlds recebe Andy Garcia em painel sobre "O Poderoso Chefão"

Conteúdo da Paramount no Thunder Arena contará ainda com uma mensagem especial do diretor Francis Ford Coppola e o trailer do longa

Andy Garcia é mais um astro de Hollywood confirmado para a CCXP Worlds, que acontece nos dias 4, 5 e 6 de dezembro, de forma totalmente virtual. O ator cubano-americano mais bem sucedido de Hollywood participa de um dos paineis da Paramount Pictures, no Thunder Arena, sobre o filme ‘O Poderoso Chefão - Desfecho: A Morte de Michael Corleone’. O longa, que estreia no Brasil nesta quinta-feira, 3/12, celebra os 30 anos de lançamento do terceiro e último filme da saga ‘O Poderoso Chefão’, trazendo novas cenas e desfechos para alguns personagens. Foi pela atuação em ‘O Poderoso Chefão - Parte III’ que Garcia ganhou a indicação ao Oscar de Melhor Ator Coadjuvante, recebendo o merecido reconhecimento pela interpretação do personagem Vincent Mancini.

Outras informações sobre o festival e o line-up já divulgado estão disponíveis no site ccxp.com.br.

Nascido em Cuba, Andy Garcia mudou-se com sua família para os EUA ainda criança. Com mais de 50 filmes no currículo, entre grandes produções como ‘Onze Homens e um segredo’ e ‘Chuva Negra’, onde foi parceiro de Michael Douglas e, ao lado de Richard Gere, fez "Justiça Cega" - com um papel escrito especialmente para ele. Andy teve sua primeira grande oportunidade em ‘Os Intocáveis’ e sua atuação chamou a atenção de Francis Ford Coppola que o convidou para ser uma das estrelas de "O Poderoso Chefão - Parte III", que lhe rendeu muito prestígio e uma indicação ao Oscar.

A CCXP Worlds já confirmou grandes nomes para a edição de 2020. Entres os convidados para painéis e entrevistas estão os diretores Joe e Antony Russo, assim como os atores Henry Golding, Dafne Keen, Amir Wilson, Jim Beaver, Edgar Vivar, Lana Parrilla, Sean Maguire, Kathryn Newton, Vince Vaughn e Katee Sackhoff. Este ano, o público poderá acessar a plataforma do festival (ccxpworlds.com) e navegar por 12 mundos diferentes, incluindo live streamings dos palcos Thunder Arena, Artists’ Valley, Game Arena, Creators & Cosplay Universe e Omelete Stage.

Como participar da CCXP Worlds: O cadastro para a CCXP Worlds é gratuito na categoria Free, que dará direito a quase todas as áreas do evento - com exceção do Thunder Arena, que pode ter alguns conteúdos não liberados. Para ter acesso total às principais transmissões do festival, basta adquirir o pacote Digital Experience (R﹩ 35,00). Nesta modalidade, o fã ainda receberá uma credencial virtual, enviada por e-mail, além de outras funcionalidades e interações, acesso à masterclasses e pré-venda da CCXP21.      

Para quem gosta de viver a experiencia completa, o plano o Home Experience (R﹩ 35,00 + RS 21,00 de frete) tem como diferencial o envio de um kit físico contendo a credencial da edição, junto com um cordão, tag de porta, pin e stickers. Já o Epic Experience (R﹩ 450,00 + RS 21,00 de frete) é feito para deixar o mundo dos fãs ainda mais especial. Ele será composto por um kit com credencial física, produtos dos estúdios e oficiais da CCXP - incluindo dois cordões, tag de porta, pin, stickers, balde de pipoca, camiseta, copo, moletom, boné e pôster. Também haverá desconto no ingresso da CCXP21 e venda exclusiva de colecionáveis Iron Studios.       

Sobre CCXP Worlds: A Journey of Hope: Em 2019, a CCXP recebeu 282 mil visitantes, quebrando recorde de público e se estabelecendo mais uma vez como o maior festival de cultura pop do planeta. Este ano, a edição especial CCXP Worlds: A Journey of Hope acontece de forma totalmente virtual e, vai alcançar os lares de fãs do mundo inteiro nos dias 4, 5 e 6 de dezembro. Outras informações em ccxp.com.br.        

Sobre Apple Produções: A Apple Produções é uma empresa nacional com quase quatro décadas de atuação que presta serviço de som, luz e imagem para eventos e é a maior do segmento na América do Sul. Para o projeto da CCXP, a parceira firmada foi muito além dos equipamentos, pois a Apple contribuiu com diversas soluções técnicas para os desafios impostos para um evento de magnitude como este. Tudo acontece no seu próprio conjunto de estúdios: a AREA451 - o maior complexo de estúdios para eventos online do Brasil, local que recebeu um upgrade na sua infraestrutura de internet com quilômetros de fibra ótica e um protocolo inédito de compatibilização entre consoles de áudio para integrar todas as salas. O destaque fica a cargo dos painéis de Led de 2mm - um dos mais modernos do mundo - para criar uma interatividade entre o cenário físico com o cenário virtual e proporcionar uma sensação incrível de uniformidade para quem estiver assistindo de casa não conseguir distinguir a diferença entre o real e o digital.

FREE EXPERIENCE - Sem custo, com cadastro      

• Acesso à plataforma CCXP Worlds*     

• Acesso ao conteúdo de todos os palcos, incluindo a Thunder Arena, Artists’ Valley, Creators Universe, Omelete Stage e Cosplay Universe**     

*Alguns produtos e/ou serviços como experiência de Meet & Greet virtual podem ser cobrados separadamente.     

**Não inclui acesso à Masterclasses      


DIGITAL EXPERIENCE - Valor: R﹩ 35,00     

• Acesso à plataforma CCXP Worlds, com interações e funcionalidades exclusivas*     

• Acesso ao conteúdo de todos os palcos, incluindo o Thunder Arena, Artists’ Valley, Creators Universe, Omelete Stage e Cosplay Universe     

• Acesso exclusivo à masterclasses     

• Credencial digital da CCXP Worlds     

• Descontos em parceiros     

• Pré-venda CCXP21     

*Alguns produtos e/ou serviços como experiência de Meet & Greet virtual podem ser cobrados separadamente     

Opção ideal para quem mora fora do Brasil ou não deseja pagar o frete.     


HOME EXPERIENCE - Valor:  R﹩ 35,00 + R﹩ 21,00 de frete      

• Acesso à plataforma CCXP Worlds, com interações e funcionalidades exclusivas*     

• Acesso ao conteúdo de todos os palcos, incluindo o Thunder Arena, Artists’ Valley, Creators Universe, Omelete Stage e Cosplay Universe     

• Acesso exclusivo à masterclasses     

• Home Kit: receba em casa sua credencial física em um kit com cordão, tag de porta, pin e stickers da CCXP Worlds     

• Descontos em parceiros     

• Credencial digital da CCXP Worlds     

• Pré-venda CCXP21    

• Alguns produtos e/ou serviços como experiência de Meet & Greet virtual podem ser cobrados separadamente.     


EPIC EXPERIENCE - Valor R﹩ 450,00 + R﹩ 21,00 de frete        

• Acesso à plataforma CCXP Worlds, com interações e funcionalidades exclusivas*     

• Acesso ao conteúdo de todos os palcos, incluindo o Thunder Arena, Artists’ Valley, Creators Universe, Omelete Stage e Cosplay Universe     

• Acesso exclusivo à masterclasses     

• Epic Kit: receba em casa sua credencial física e produtos oficiais CCXP Worlds, como pôster, moletom, camiseta, boné, copo, balde de pipoca, pins, stickers, dois cordões e tag de porta     

• Descontos em parceiros     

• Credencial digital da CCXP Worlds     

• Pré-venda CCXP21     

• Valor especial em ingressos da Pré-venda CCXP21     

*Alguns produtos e/ou serviços como experiência de Meet & Greet virtual podem ser cobrados separadamente.   

.: CCXP Worlds terá painel com Jessica Chastain, Penélope Cruz e Fan Bingbing


Conteúdo do Thunder Arena contará também com os roteiristas e a protagonista dos filmes "A Menina que Matou Os Pais" e "O Menino que Matou Meus Pais"

A CCXP Worlds, a Diamond Films Brasil e a Galeria Distribuidora anunciam um painel no Thunder Arena que promete animar os fãs da sétima arte. O conteúdo será exibido neste sábado, 5 de dezembro, às 19h, e dividido em dois momentos. No primeiro, acontece um encontro com Jessica Chastain, Penélope Cruz e Fan BingBing para falar sobre o filme "As Agentes 355". Já na segunda parte do painel, a atriz Carla Diaz e os roteiristas Ilana Casoy e Raphael Montes conversam sobre os longas brasileiros "A Menina que Matou os Pais" e "O Menino que Matou Meus Pais".

Em 2020, o maior festival de cultura pop do planeta acontece de forma totalmente virtual, nos dias 4, 5 e 6 de dezembro. Para outras informações e o line-up já divulgado, você pode acessar o site https://www.ccxp.com.br.

Com um elenco formado por grandes estrelas de diferentes nacionalidades, como a norte-americana Jessica Chastain, a espanhola Penélope Cruz e a chinesa Fan BingBing, o longa ‘As Agentes 355’ narra a história das melhores espiãs do mundo, que se unem para impedir a compra de uma arma com o poder de desestabilizar a política mundial. Mas para fazer isso, elas terão que lidar com as diferenças políticas e culturais que as separam.

Já os filmes brasileiros"‘A Menina Que Matou Os Pais" e "O Menino Que Matou Meus Pais" contam a história de um crime que chocou o Brasil, o assassinato de Marísia e Manfred von Richthofen, sob dois pontos de vista diferentes. Enquanto a primeira narrativa releva os motivos de Daniel Cristian Cravinhos para participar do assassinato, a segunda acontece a partir do olhar de Suzane Von Richthofen, acusada de matar os pais junto ao seu namorado, Daniel.

Além dos painéis, Diamond Films Brasil e a Galeria Distribuidora terão ainda uma masterclass sobre a criação de "A Menina que Matou os Pais" e "O Menino que Matou Meus Pais", e a inovação que eles representam no mercado cinematográfico brasileiro. A masterclass na CCXP Worlds será ministrada pelos roteiristas em conjunto com Mauricio Eça, diretor dos filmes, e acontece no palco Creators & Cosplay Universe.

Como participar da CCXP Worlds
O cadastro para a CCXP Worlds é gratuito na categoria Free, que dará direito a quase todas as áreas do evento - com exceção do Thunder Arena, que pode ter alguns conteúdos não liberados. Para ter acesso total às principais transmissões do festival, basta adquirir o pacote Digital Experience (R﹩ 35). Nesta modalidade, o fã ainda receberá uma credencial virtual, enviada por e-mail, além de outras funcionalidades e interações, acesso à masterclasses e pré-venda da CCXP21.

Para quem gosta de viver a experiencia completa, o plano o Home Experience (R﹩ 35 + RS 21 de frete) tem como diferencial o envio de um kit físico contendo a credencial da edição, junto com um cordão, tag de porta, pin e stickers. Já o Epic Experience (R﹩ 450 + RS 21 de frete) é feito para deixar o mundo dos fãs ainda mais especial. Ele será composto por um kit com credencial física, produtos dos estúdios e oficiais da CCXP - incluindo dois cordões, tag de porta, pinstickers, balde de pipoca, camiseta, copo, moletom, boné e pôster. Também haverá desconto no ingresso da CCXP21 e venda exclusiva de colecionáveis Iron Studios.

Sobre CCXP Worlds: A Journey of Hope
Em 2019, a CCXP recebeu 282 mil visitantes, quebrando recorde de público e se estabelecendo mais uma vez como o maior festival de cultura pop do planeta. Este ano, a edição especial CCXP Worlds: A Journey of Hope acontece de forma totalmente virtual e, vai alcançar os lares de fãs do mundo inteiro nos dias 4, 5 e 6 de dezembro. Outras informações em https://www.ccxp.com.br.

.: CCXP Worlds terá painel de "Adult Swim" da Warner Channel


O maior festival de cultura pop do mundo apresenta bloco de animação para jovens adultos exibido na Warner Channel em painel especial no dia 6 de dezembro.

Os jovens adultos que não perdem um episódio de animação já podem comemorar: CCXP Worlds terá um painel da Warner Channel com "Adult Swim", incluindo as séries "Rick e Morty", "Genndy Tartakovsky’s Primal" e "Lazor Wulf". Apresentada por Valentina Pulgarin e Marcos Mion, a sessão será realizada domingo, dia 6 de dezembro, dentro do megapainel da WarnerMedia, a partir das 15h (horário de Brasília), na plataforma da CCXP Worlds (https://www.ccxpworlds.com).

O painel será uma celebração global da comédia ganhadora do Emmy®Awards, Rick e Morty, com a presença de Dan Harmon, Chris Parnell, Sarah Chalke e Spencer Grammar para vivenciar alguns dos melhores momentos da 4ª temporada. Eles ainda tornarão a experiência ainda mais completa respondendo perguntas dos fãs de todo o mundo. O bloco "Adult Swim" é conhecido por explorar conceitos como irreverência, ironia, humor ácido, absurdo, cinismo e o politicamente incorreto.

Será possível ainda descobrir a magia e os bastidores da criação do maravilhoso e horripilante "homem épico das cavernas", da série Genndy Tartakovsky’s Primal, com seu criador e diretor de arte vencedores do Emmy, Genndy Tartakovsky e Scott Wills. A série, que estreia na Warner Channel em dezembro, é uma pintura que ganha vida apenas com música e imagens gráficas para contar a história de dois aliados improváveis, ​​enquanto eles navegam por um mundo traiçoeiro. Depois de se unirem em tragédias, eles parecem se tornar a única esperança um do outro para sobreviver contra um inimigo comum.

Para finalizar as atrações de Adult Swim haverá uma exibição de Lazor Wulf. A série de comédia animada, criada por Henry Bonsu, fala sobre como encontrar sua força interior para "comprar seu próprio cereal, não morrer, e a arte da fraude". A CCXP Worlds acontecerá nos dias 4, 5 e 6 de dezembro em uma plataforma exclusiva para esta edição do festival, e reunirá os maiores nomes da cultura pop com conteúdos exclusivos.

Como participar da CCXP Worlds
O cadastro para a CCXP Worlds é gratuito na categoria Free, que dará direito a quase todas as áreas do evento - com exceção do Thunder Arena, que pode ter alguns conteúdos não liberados. Para ter acesso total às principais transmissões do festival, basta adquirir o pacote Digital Experience (R﹩ 35). Nesta modalidade, o fã ainda receberá uma credencial virtual, enviada por e-mail, além de outras funcionalidades e interações, acesso à masterclasses e pré-venda da CCXP21.

Para quem gosta de viver a experiencia completa, o plano o Home Experience (R﹩ 35 + RS 21 de frete) tem como diferencial o envio de um kit físico contendo a credencial da edição, junto com um cordão, tag de porta, pin e stickers. Já o Epic Experience (R﹩ 450 + RS 21 de frete) é feito para deixar o mundo dos fãs ainda mais especial. Ele será composto por um kit com credencial física, produtos dos estúdios e oficiais da CCXP - incluindo dois cordões, tag de porta, pin, stickers, balde de pipoca, camiseta, copo, moletom, boné e pôster. Também haverá desconto no ingresso da CCXP21 e venda exclusiva de colecionáveis Iron Studios.

Sobre CCXP Worlds: A Journey of Hope
Em 2019, a CCXP recebeu 282 mil visitantes, quebrando recorde de público e se estabelecendo mais uma vez como o maior festival de cultura pop do planeta. Este ano, a edição especial CCXP Worlds: A Journey of Hope acontece de forma totalmente virtual e, vai alcançar os lares de fãs do mundo inteiro nos dias 4, 5 e 6 de dezembro. Outras informações em https://www.ccxp.com.br.

Postagens mais antigas → Página inicial

#ResenhandoIndica

20 20 20
Tecnologia do Blogger.