segunda-feira, 9 de julho de 2018

.: Últimos dias: Musical Popular Brasileiro em SP com Adriana Lessa

Dirigido por Jarbas Homem de Mello, com Adriana Lessa e Erico Brás como protagonistas, o espetáculo celebra a música popular brasileira com muito humor. Musical tem patrocínio exclusivo da BB Seguros


Com direção artística de Jarbas Homem de Mello, direção musical e arranjos de Miguel Briamonte e direção de movimentos e coreografias de Kátia Barros, o espetáculo "MPB – Musical Popular Brasileiro" está em cartaz, no Teatro das Artes, no Shopping Eldorado, em São Paulo, com sessões de quinta a domingo. Idealizado por Renata Ferraz e Silvio Ferraz, o espetáculo tem texto inédito de Enéas Carlos Pereira e Edu Salemi e traz como protagonistas Adriana Lessa (no papel de Suzete Campos, uma grande atriz de musicais) e Érico Brás (Jura, como o anjo), além de Reiner Tenente (Gero, o anjo), Giulia Nadruz (Clara), Dagoberto Feliz(Nogueira) e Marcelo Góes (Dino) para encabeçar o elenco.

O texto conta a história de uma filial brasileira de uma empresa multinacional na expectativa da visita de seus investidores estrangeiros ao país. Para impressionar os gringos e estimulá-los a investir ainda mais na nossa "terra brasilis", a empresa decide preparar um grande espetáculo musical mostrando aquilo que, acreditam eles, o Brasil tem de melhor: sua música e sua gente.
"Ao invés de escolher uma época ou estilo da música popular brasileira a enfocar, surgiu a ideia de fazer um espetáculo atemporal que contasse com os grandes sucessos da MPB – com a música, o humor e os arquétipos que permeiam o universo da cultura popular do brasileiro – permitindo que os espectadores cantem junto", conta o diretor Jarbas Homem de Mello.

As coisas se complicam quando o diretor do espetáculo (Marcelo Góes) – um sujeito para lá de estressado – tem um piripaque dias antes da estreia e da chegada dos investidores. Entre a vida e a morte, o diretor vai parar às portas do céu e lá encontra dois anjos caídos (Jura e Gero, interpretados por Érico Brás e Reiner Tenente), fugidos do Inferno, que tentam a qualquer custo um lugarzinho no Paraíso. Os dois propõem ao diretor ajudá-lo a voltar à Terra. Em troca, ele precisa montar um grande espetáculo musical para impressionar o Altíssimo e assim garantir o lugar dos dois malandros no Céu.

Como elenco do musical, os dois prometem estrelas da MPB que já foram dessa para melhor. Enquanto isso, na Terra, a assistente de direção Clara (Giulia Nadruz), tenta a qualquer custo colocar o espetáculo da empresa de pé. Mas assim na Terra como no Céu, as coisas não andam como deveriam. As confusões se multiplicam e - apenas com a intervenção de alguém totalmente inesperado – é que o trem volta outra vez aos trilhos.

"Acredito que a metalinguagem enriquece o texto, principalmente no caso do Musical Popular Brasileiro que trabalhamos com elementos de uma linguagem teatral popular, o humor e o teatro de revista, e para tanto, on recurso de um espetáculo dentro do próprio espetáculo nos auxilia na autoironia, ou seja, na capacidade de rirmos de nós mesmos", explica um dos autores Enéas Carlos Pereira.

O espetáculo tem cenografia e adereços de Marco Lima, iluminação de Fran Barros, figurinos de Fábio Namatame, visagismo de Dicko Lorenzo, direção de produção de Valdir Archanjo e Bira Saide e realização da ViaCultura. O patrocínio é da BB Seguros.

ELENCO
Personagens principais
Adriana Lessa - Suzete Campos
Érico Brás - Jura
Danilo de Moura – Stand-in do Jura
Giulia Nadruz - Clara
Reiner Tenente - Gero
Marcelo Góes - Dino
Dagoberto Feliz - Nogueira
Ensamble
Carol Tanganini
Leilane Teles
Mariana Barros
Mariana Gallindo
Nina Sato
Vivian Albuquerque
Daniel Cabral
Davi Tostes
Eduardo Leão
Guilherme Leal
Leandro Naiss
Oscar Fabião
Músicos
Carol Weingrill – Maestrina e Teclados
Raphael Coelho – Percussão
Renato Farias – Trombone
João Lenhari – Trompete e Flugelhorn
Rodolfo Schwenger – Teclados
Jorge Ervolino – Guitarra e Violão
Luciano Lobato – Bateria
Amilcar Lobosco – Sax Tenor, Sax Alto, Flauta e Clarineta
Peter Mesquita – Contrabaixo
FICHA TÉCNICA
Texto: Enéas Carlos Pereira e Edu Salemi
Concepção Geral e Direção: Jarbas Homem De Mello
Direção Musical e Arranjos: Miguel Briamonte
Direção de Movimentos e Coreografia: Kátia Barros
Cenografia: Marco Lima
Adereços: Luis Rossi
Iluminação: Fran Barros
Figurinos: Fabio Namatame
Visagismo: Dicko Lorenzo
Design de Som: Tocko Michelazzo
Coordenação de Produção: Valdir Archanjo e Bira Saide
Idealização, Produção e Realização: ViaCultura – Renata Ferraz e Silvio Ferraz
Assessoria de Imprensa: Oribá Soluções Criativas
Fotos: João Caldas
Patrocínio: BB Seguros

SINOPSE: Filial brasileira de uma empresa multinacional recebe a visita de investidores estrangeiros. Para impressionar os gringos, a empresa prepara um grande espetáculo com canções da MPB dirigido por um antigo diretor de musicais. Às vésperas da estreia o diretor tem um piripaque e vai parar às portas do Céu, entre a vida e a morte. Lá, ele encontra dois anjos caídos, fugidos do inferno, que lhe garantem o retorno à Terra. Em troca o diretor terá que montar - em tempo recorde - um espetáculo musical com as estrelas da MPB que foram dessa para melhor. A partir daí, assim na Terra como no Céu, tudo vira uma grande confusão que se resolve apenas com uma intervenção para lá de inesperada.

SERVIÇO
MPB Musical Popular Brasileiro
Temporada: até 15 de julho
Horário: quinta e sábado, às 21h, sextas-feiras, às 21h30, e domingo, às 20h
Local: Teatro das Artes - Shopping Eldorado, Avenida Rebouças, 3970 – 3º piso, loja 409
Duração: 105 minutos
Ingressos: de R$ 70 a R$ 100
Venda de ingressos: Bilheteria do Teatro das Artes ou pelo site: tudus.com.br

Mídias Sociais
Facebook - @mpbmusicalpopularbrasileiro
Instagram - @mpbmusicalpopularbrasileiro
#mpbmusicalpopularbrasileiro

SOBRE A BB SEGUROS: A BB Seguros é responsável pelos seguros, planos de previdência, títulos de capitalização e planos odontológicos do Banco do Brasil. A empresa acredita no desenvolvimento do país. Para isso oferece proteção familiar e financeira, além de incentivar projetos direcionados as famílias e para o desenvolvimento de artistas brasileiros. Em 2013 abriu seu capital em bolsa, realizando o maior IPO do Brasil desde 2009 e o maior no mundo do ano de 2013.

Sobra a Via Cultura: A VIACULTURA atua no mercado cultural do Brasil desde 2008, com experiência em gestão cultural para vários projetos de sucesso no teatro e no cinema. Sua filosofia é levar cultura e divertimento ao público, inovando no mercado de produção cultural.

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.