quinta-feira, 22 de agosto de 2019

.: Pedro Granato lança trilogia de peças jovens do Núcleo Pequeno Ato


Depois de montar os espetáculos "Fortes Batidas" (2015), "11 Selvagens" (2017) e "Distopia Brasil" (2019), o Núcleo Pequeno Ato é formado pelo diretor e dramaturgo Pedro Granato juntamente com um coletivo de jovens atores e em sociedade com a Contorno Produções, das produtoras Jessica Rodrigues e Victória Martinez, publica esses textos em uma trilogia imersiva voltada para o público jovem. 

A festa de lançamento da Trilogia Jovem acontece no dia 30 de agosto, sexta-feira, às 21h, no Teatro Pequeno Ato. A abertura do evento conta com uma mesa de debates formada pelos jornalistas e críticos teatrais Dib Carneiro Neto, Maria Luisa Barsanelli e Amilton Azevedo e logo após será realizada uma festa com DJs jovens em total sintonia com os espetáculos.

Os espetáculos dão voz aos jovens e se constroem com processos colaborativos em que atores, direção, produção e equipe técnica trazem referências atuais como notícias, séries, filmes, músicas e, acima de tudo, suas experiências de vida e visão de mundo. Levam para a cena aquilo que os inquieta com uma linguagem contemporânea. Tema e forma se potencializam e os espetáculos alcançam enorme comunicação com o público.

Para o diretor e dramaturgo, Pedro Granato, a publicação desses textos serve como  um registro de uma pesquisa, onde muitas vezes essa faixa etária não é identificada. “São peças que tiveram muitas temporadas, muitos encontros com público. É uma maneira de deixar registrado o que fizemos para outras pessoas estudarem, para quem quiser pesquisar o teatro jovem encontrar referências, como eram as questões da nossa época. De alguma forma os três textos falam sobre os dias de hoje. O 'Fortes Batidas' dialoga com afirmação, com o público LGBTQI+; o '11 Selvagens' fala sobre polarização e o 'Distopia Brasil', sobre uma descrença que grande parte da sociedade vive hoje. Como o teatro é feito de efemeridades, e ainda mais um teatro voltado para um público jovem, é uma maneira de preservar a memória. Principalmente, um público que muitas vezes não está inserido no circuito teatral das cidades. Deixar esse registro é uma maneira de facilitar que outras pessoas possam acessar o que foi feito e ter conhecimento dessa dramaturgia voltada para os jovens.”

Desde 2013 o Pequeno Ato é um teatro e centro de criação mantido de maneira independente, com uma programação ininterrupta visando o contato com novos públicos e o teatro jovem, abrindo espaço para novos dramaturgos e diretores. O grupo investiga o teatro imersivo e a formação de plateia.

Essa pesquisa permanente resultou em espetáculos criados colaborativamente que conquistaram a crítica e o público jovem. Fortes Batidas (ambientado em uma balada) recebeu o Prêmio APCA de Melhor Espetáculo em Espaço não Convencional (2016), o Prêmio Especial por Experimentação de Linguagem no Prêmio São Paulo e Prêmio Zé Renato para circulação. 11 Selvagens (trazia cenas do cotidiano que exploravam a polarização) foi indicado para Melhor Texto Original no Prêmio São Paulo, ficou entre os 10 melhores espetáculos de 2017 pela Revista Veja, e foi contemplado pelo PROAC Circulação para viagens ao interior do estado.  

Em 2019, em sintonia com o momento político do país, o Núcleo estreou Distopia Brasil (uma narrativa anti-utópica inspirada nos problemas sociopolíticos brasileiros atuais), que foi contemplado pelo Prêmio Cleyde Yaconis cumprindo vinte sessões em espaços públicos de São Paulo e oito apresentações em CEUs e foi indicado ao Prêmio Aplauso Brasil de Melhor Figurino e Arquitetura Cênica.

O Núcleo fez também parcerias internacionais com importantes teatros como Bush Theatre de Londres, Market Theatre de Joanesburgo e Harlem Stage de Nova Iorque.

Serviço:
Lançamento da Trilogia Jovem
Dia 30 de agosto, sexta-feira, às 21h.
Mesa de debates: Dib Carneiro Neto, Maria Luisa Barsanelli e Amilton Azevedo.
Festa com discotecagem a partir das 22h.
Ingressos: Grátis.

Pequeno Ato – Rua Doutor Teodoro Baima, 78 – Vila Buarque. Telefone: 11 99642-8350.
Bilheteria aberta com uma hora de antecedência. Aceita cartões. Não tem acessibilidade. Estacionamento vizinho.
Capacidade: 40 lugares.

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.