quinta-feira, 31 de outubro de 2019

.: Barroco no Brasil: tudo o que você precisa saber sobre essa escola literária


As escolas literárias que acontecem no Brasil a partir deste período acontecem da seguinte forma: o brasileiro vai para Portugal de navio estudar,  lá ele conhece a escola literária que está acontecendo e depois volta ao Brasil de navio e traz com ele as influências do movimento.

As viagens longas e demoradas fazem com que o Brasil fique um pouco atrasado em relação à Europa. O Barroco é o primeiro momento em que se tem produção literária própria brasileira. No Quinhentismo, era uma literatura portuguesa (feita por portugueses, para o Rei Dom Manuel em Portugal, sobre o Brasil).

No final do século XVII, já havia pessoas que viam no Brasil e cresceram, foram alfabetizadas e começam a escrever sobre as coisas do Brasil, mas eram brasileiros. Não só brasileiros escrevendo, mas produzindo obras de arte. O Brasil está fervilhando nas tendências artísticas, porque muita gente foi estudar no exterior e trouxe o Barroco seja na arquitetura, na escultura, na literatura ou na pintura.

O Barroco no Brasil tem uma obra inicial, que é "Prosopopeia", de Bento Teixeira (1601). Na escultura e na arquitetura, o principal nome é Aleijadinho. Era o "Século do Ouro", que consiste na exploração do ouro como a principal atividade econômica brasileira. Destaque para Minas Gerais. Há muitas obras de arte feitas em ouro, ou as próprias igrejas eram pintadas com ouro neste período.

Trocaram a capital do Brasil, que passou de Salvador para o Rio de Janeiro - o que demonstra que o país estava se desenvolvendo, pois havia pessoas morando em várias regiões. A exploração do ouro resulta em um grande crescimento econômico e populacional.

Características do Barroco no Brasil

  • Linguagem dramática
  • Racionalismo
  • Exagero e rebuscamento
  • Uso de figuras de linguagem
  • União do religioso e do profano
  • Arte dualista (de dia na Igreja, de noite na farra - guerra entre o teocêntrico e o antropocêntrico. )
  • Jogo de contrastes (De dia, ele reza para Jesus e de noite ele abraça o capeta. Isso é representado na escrita do Barroco no Brasil)
  • Valorização dos detalhes
  • Cultismo (Jogo de palavras)
  • Conceptismo (jogo de ideias)

Principais autores:

  • Bento Teixeira, autor de "Prosopopeia"
  • Gregório de Mattos, Boca do Inferno, com poesia lírica, religiosa, erótica e satírica. Apelidado assim porque criticava as pessoas da sociedade, às pessoas da alta cúpula, de forma direta, sarcástica e, muitas vezes até maldoso. Ele criticava a tudo e a todos.
  • Manuel Botelho de Oliveira: primeiro brasileiro a publicar versos no estilo barroco.
  • Frei Vicente de Salvador - Conhecido por "Crônica da Custódia do Brasil" (1618) e "História do Brasil" (1627), com relatos históricos e corográficos sobre a vasta colônia portuguesa na América em seus primeiros tempos.
  • Frei Manuel da Santa Maria de Itaparica -  (Ilha de Itaparica, 1704 - Itaparica, c. 1768) foi um frade franciscano e um poeta barroco brasileiro.
  • É autor de "Eustáquios", poema sacro e tragicômico, que contém a vida de Santo Eustáquio Mártir, que foi publicado sem data, sem indicação de local nem autoria.


← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.
 
google.com, pub-3645003449125371, DIRECT, f08c47fec0942fa0 subdomain=subdomain.resenhando.com subdomain=subdomain.www.resenhando.com