terça-feira, 19 de novembro de 2019

.: "A Dona do Pedaço", uma novela absurda que parece ser feita ao vivo


Por André Araújo*, em novembro de 2019.

Para mim, Walcyr Carrasco é um dos autores mais geniosos que já vi. Mas não desde "Cortina de Vidro" exibida pelo SBT entre outubro de 1989 a abril de 1990. O autor revelou-se genioso a partir de "Xica da Silva", na TV Manchete, novela que esteve no ar entre setembro de 1996 a agosto de 1997. Naquele momento, ele deu uma verdadeira aula de roteiro, uma grande/grata surpresa. Merecido o sucesso! 

Mas como acontece muito com quem come melado, tempos depois, após a bem sucedida "O Cravo e a Rosa", da Rede Globo em junho de 2000 a março de 2001, o talentoso autor foi se arriscando em novas aventuras e passou a escrever suas tramas "de qualquer jeito". Se dá audiência, ele não está "nem aí" para a qualidade das histórias, que sempre têm tudo para que se tornem um marco e tanto na carreira do autor.

"A Dona do Pedaço", assim como "O Outro Lado do Paraíso" (só para citar um exemplo!), peca demais pelo excesso de "surrealismo", tornando-se uma espécie de piada entre o público que a acompanha pela TV ou apenas se limita a ler o resumo dos capítulos pela net ou em revistas. Gente do céu!.... Que raio de novela absurda é essa????? O texto pode não ser dos melhores, e até dá para relevar, mas a forma como o escritor desenrola sua trama e inventa "qualquer coisa" para dar aquela virada que o público tanto aguarda, chega a ser constrangedor. Ok, que a atual novela das 21h30 da Rede Globo esteja no auge e é isso que importa para a emissora, mas tudo tem limite. É exibida ao vivo??

O autor escreve os capítulos que são enviados para a direção, passam pelos atores, é ensaiada, e ainda assim vai para o ar sem um "acerto"?? Não dá para entender! (Amora Mautner, diretora da novela que, segundo todo o mundo que a conhece, é dura na queda, como deixa passar? Autor e diretora não se bicam? A diretora boicota a novela??). O enredo da novela é divino, mas a novela no ar nos mostra outra coisa. É muita personagem sem noção, viradas absurdas, vilões sempre se dando bem, mocinhos burros, triângulos amorosos sem fundamentos, e um "blá blá blá" terrível que dói nos ouvidos. A página está em branco e o Walcyr apenas se limita a preencher laudas?? Absurdo demais!!

Em "O Outro Lado do Paraíso" tornou-se chato quando um vilão estava sendo julgado e o tudo levava a crer que ele se safaria. E assim, do nada, aparecia uma testemunha-"bomba" que sabia todos os podres do FDP e contava seus segredos mais sórdidos, levando-o à condenação. Sem contar que a mega-vilã Sofia (Marieta Severo) vivia sob as chantagens de algum espertalhão, e lá ia ela matar o aprendiz de vilão com sua tesoura envenenada, que deixava um fio solto para que outro metido a esperto ameaçasse a megera e morresse a tesouradas também. De bolar de rir. Ok que cada autor tenha um estilo próprio de contar suas histórias, mas tão previsível assim perde a graça. 

Se o Walcyr continuar assim, ninguém mais vai querer acompanhar suas novelas. Benedito Rui Barbosa, Gilberto Braga e Aguinaldo Silva foram devorados pela própria soberba e, pelo que dá para entender, os três consagrados autores jamais serão os mesmos para a emissora que os paga (e nem para o público que sempre os amou!). Se liga, Walcyr Carrasco! Você tem um dom especial para criar ótimas novelas, mas está faltando coerência e qualidade quando escreve seus capítulos. #ficaadica

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.
 
google.com, pub-3645003449125371, DIRECT, f08c47fec0942fa0