quinta-feira, 13 de agosto de 2015

.: Crise é uma mudança: se é para melhor ou pior só depende de você

A palavra mais falada atualmente é crise. Falar sobre os efeitos da crise não resolve o problema. Quando o assunto é crise são analisadas as mudanças que a crise provoca na vida das pessoas ou o que ou quem provocou a crise. Isto ajuda a entender e resolver o problema? Ou só faz aumentar o temor e sensação da existência de uma ameaça?

Palavras que expressam uma Sabedoria atuam como luz que mostra o caminho certo a seguir ou seta que direciona o pensamento para o lado certo. A Sabedoria é a Luz que ilumina e apaga as trevas do pensamento negativo.  Uma dessas palavras que eu guardo é a que aprendi com um professor de matemática: “Para solucionar um problema é preciso entender o problema”.

Sem entender o problema, ou seja, sem entender a verdadeira natureza da crise não há como solucionar ou enfrentar o problema. Apontar o efeito ou a pessoa que iniciou a crise não faz entender a crise. Simplesmente estabelece um ponto na escala do tempo, onde começou a crise.

Qual é o real significado da crise e por que é que acontecem as crises? Imagina um mundo sem crise. Quem iria querer sair da zona do conforto para fazer alguma transformação, alguma mudança? Será que a crise não é um mecanismo da vida para obrigar que aconteçam mudanças?

Existe uma força, um agente oculto que faz com que aconteça transformações no mundo. Sem essas mudanças não aconteceria o progresso. Será que a humanidade procuraria espontaneamente progredir sem uma ameaça? Uma crise força uma mudança e acelera o progresso. Até uma guerra provoca progresso.

O acontecimento na vida pessoal é o processo de auto desintegração do acúmulo de vibrações dos pensamentos e atos praticados pela pessoa, conhecido como carma.  Graças a este mecanismo é que ocorrem mudanças, senão o um operário seria operário o resto de sua vida, uma cozinheira seria cozinheira pela vida toda e assim por diante.

Crise no mundo econômico é o processo de desintegração de um carma coletivo. Se no mundo não tivesse esse processo de mudanças, as grandes empresas seriam sempre grandes e pequenas empresas sempre pequenas. Muitas pessoas abrem novas empresas ou mudam de profissão porque perderam emprego na situação de crise econômica.

A crise na vida pessoal é um sinal para promover uma mudança. Sem este processo, a pessoa continuaria levando a vida da mesma forma para o resto de sua vida. A crise financeira ou crise de saúde (doença) é o “alerta” da Vida para dizer que é hora de mudar. Em síntese não é ruim, nem bom. A pessoa tem a escolha de promover a mudança para melhor ou para pior.

Desta forma, é melhor considerar que é uma oportunidade de mudar o rumo da sua vida para melhor. Momentaneamente podem acontecer fatos que podem causar medo e insegurança. Mas, é como ir morar num país distante, outra língua, outra cultura. Traz uma insegurança, inicial, porém, enfrentando a situação com coragem e determinação logo perceberá que não havia razão para tanto temor e que valeu a pena superar aquela insegurança inicial.

Muitas pessoas pensam que a desintegração do carma é uma penalização. Associam a dor e sofrimento, como se fosse um pagamento por um erro cometido.  Na realidade, significa que foi desfeito um fardo, rompeu-se uma corrente que prendia ao passado. Está livre para fazer a mudança que desejar, não há mais nada que impeça a transformação.

Desintegração significa que uma força que unia ao passado foi rompida, não existe mais. Se não existe mais significa que está livre para agir, mudar. Obviamente para melhor! É hora de pensar em nova profissão, novos produtos e serviços, mudar processos e melhorar a qualidade. É a oportunidade que a vida está dando para promover uma mudança positiva e colher bons frutos adiante. Pense positivo, confie em si, por que a vida iria querer só castigar?

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.