sexta-feira, 7 de agosto de 2015

.: O Som instrumental de Jorge Shy, por Luiz Gomes Otero

Por Luiz Gomes Otero
Em agosto de 2015

Integrante da banda "Heróis da Resistência" nos anos 80, Jorge Shy desenvolve uma fértil carreira solo na música instrumental. "Somebody´s Waiting", seu terceiro disco, traz oito faixas inspiradas que mesclam os seus já conhecidos traços roqueiros com os conhecimentos da recente formação acadêmica na Berklee College Of Music, de Boston, nos Estados Unidos.

Não por acaso, o trabalho de Jorge Shy tem atraído a atenção de nomes como o maestro Júlio Medaglia, que o considerou um músico sofisticadíssimo que passeia por influências de Barney Kessel, Wes Montgomery e Eric Clapton. O crítico Nick De Riso, do jornal "USA Today", citou o trabalho anterior de Shy (o CD instrumental "Crossing Path") como um disco com ideias, conceitos e texturas diferentes, com efeito brilhante.

A música de Shy mostra influência forte do jazz, do blues e do rock em suas mais diferentes vertentes. Mas acima de tudo, as peças instrumentais são baseadas em suas experiências pessoais. O músico argentino Astor Piazzolla, uma presença marcante em sua formação, é homenageado em uma das faixas desse novo trabalho. A faixa "Capela de Santo Antonio" tem título que remete a uma pequena igreja que marcou a sua infância na idade de São Roque, no interior paulista. "Berlin Night" refere-se a uma noite memorável na Alemanha, quando Shy presenciou um show com os músicos Eric Johnson e Robben Ford, outros que o influenciaram de forma efetiva. 

Shy não parece estar buscando uma definição de estilo, muito embora esse trabalho esteja mais ligado ao jazz instrumental. Ele se preocupa mais em oferecer para o público uma música consistente, que só tende a evoluir ainda mais com o passar dos anos.






"Somebody´s Waiting"

Teaser da faixa "Berlin Night"


"Strawberry Fields Forever" (cover dos Beatles)



← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.