sexta-feira, 14 de agosto de 2015

.: Pesque e pague no Horto de São Vicente é dica para fim de semana

Além de pescar, visitantes podem conhecer o zoológico e a Casa da Cultura Afro-Brasileira

  
Que tal poder, em um único passeio, apreciar a fauna e a flora e ainda pescar? Sim, isso é possível em São Vicente. Com o fim de semana prometendo tempo bom, um passeio imperdível para a família é o Parque Ecológico Voturuá (Rua Dona Anita Costa, s/nº - Vila Voturuá), que também possui o título de Zoológico Municipal.

. O Parque funciona de terça-feira a domingo, das 9 às 17 horas, com entrada gratuita. No local também há um pesque e pague que funciona nos mesmos dias e horários e permite que os visitantes, além de pescar, passem um dia agradável, pois oferece refeições. Os visitantes têm a opção de pescar e soltar, pescar e levar para casa ou ainda comer no próprio local. Há dois lagos, um só com tilápias, e outro com mais de dez espécies, entre elas: pirarucu, pacu e tambaqui. Os pescadores podem levar os equipamentos ou alugar.

Zoológico: O local tem mais de 150 animais, entre aves, répteis e mamíferos. Leões, um casal de onças e um hipopótamo de três toneladas, saguis e macacos-prego.  Além desses animais, o visitante poderá apreciar de perto tucanos, papagaios e araras. São 825.500 metros quadrados de área verde da Mata Atlântica na zona urbana da Cidade.

Casa da Cultura Afro-Brasileira - Criada em 13 de maio de 1976 e reinaugurada em janeiro de 2015, a Casa da Cultura Afro-Brasileira - Memorial ao Escravizado é outra opção do Parque Ecológico. O espaço reconta a história dos povos escravizados no Brasil desde o início da colonização até a Lei Áurea com obras de seu idealizador, o falecido artesão Geraldo Albertini, e dos discípulos Irineu Beck e Ademir dos Santos. 

Com paredes forjadas à taipa e imagens em relevo da história do negro no país que remete à arquitetura dos lares mineiros do Brasil Colônia, é o primeiro museu do escravo do litoral paulista com atividades relacionadas à promoção da igualdade racial junto às entidades artísticas, movimentos sociais e religiões de matrizes africanas. Funciona de terça a domingo, das 10 às 17h.

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.