quarta-feira, 14 de outubro de 2015

.: Skol Music marca presença no Lollapalooza e Coquetel Molotov

Depois de emplacar seu elenco de artistas em festivais como Tomorrowland Brasil, Meca, Tribaltech e Bananada, a Skol Music continua seu trabalho de fomentar música e cultura autoral marcando presença no Lollapalooza 2016 e no Coquetel Molotov.

Em sua edição de 2015, o Lollapalooza contou com o show elogiado do Boogarins, que lança agora pela Skol Music a primeira edição brasileira de seu disco de estreia, "Plantas Que Curam", e um disco de inéditas, "Manual". Em 2016, é a vez de Karol Conka, Marrero e Funky Fat integrarem o line-up do festival.

Karol Conka chega aos palcos do Lolla após levar para casa o Prêmio Multishow na categoria Nova Canção, e prepara agora um disco de inéditas para consolidar o sucesso de seu principal hit, "Tombei". A rapper curitibana promete trazer para o festival novidades em seu repertório e canções queridas do público como "Gandaia" e "Toda Doida".

O Marrero chega com seu rock pesado cantado em português e o repertório de seu primeiro álbum de estúdio, produzido pela própria banda ao lado de André Kbelo Sangiacomo. O grupo resolveu realizar o sonho de gravar de maneira analógica e fez uma imersão total no estúdio durante dois dias, reunindo dez faixas de rock pesado que resumem uma sonoridade forte e cheia de influências do rock e do metal. Antes do Lollapalooza, o Marrero sobe aos palcos abrindo a turnê brasileira do Fear Factory, além de se apresentar no festival DoSol.

Os mineiros do Funky Fat lançaram recentemente pela Skol Music seu disco de estreia, "Fat Noise", com a participação de nomes como BNegão e Anderson Noise, e se preparam para um show especial no Tribaltech. A apresentação no Lolla promete hits como "Pirate" e "Gimme", trazendo para o festival uma mistura certeira entre indie e elementos eletrônicos para bombar a pista.

Já no Coquetel Molotov, que acontece no dia 31 de outubro em Recife, a Skol Music marca presença com shows de três artistas: Mahmundi, Omulu e Serge Erege. 

Mahmundi apresenta no festival canções como "Sentimento" e "Calor do Amor", além de novidades de seu repertório que estarão em seu disco de estreia pelo selo StereoMono, comandado por Carlos Eduardo Miranda.

Depois de lançar um elogiado EP pelo selo Buuum, o produtor Antonio Antmaper, mais conhecido como Omulu, apresenta um set baseado em influências da bass music, funk, tecnobrega e ritmos nacionais. 

Fechando o line-up, o músico e produtor Serge Erege apresenta um live que equilibra a doçura e profundidade das bases com seu vocal forte, criando o que gosta de chamar de "som de caverna". Seu live vai do pós-punk ao dream pop, da darkwave a italo-disco.

Sobre a Skol Music: Focada em conteúdo autoral e em fomentar a cena independente de música brasileira, a Skol Music é uma plataforma de comunicação composta por diversas frentes, como o patrocínio de eventos musicais e os selos da Skol Music.

Com direção geral de Coy Freitas, cada selo é comandado por um produtor musical de peso, visando promover a independência e a produção de carreira dos artistas - o Stereomono, comandado por Carlos Eduardo Miranda e voltado para artistas indie-rock; o Buuum, comandado por Zegon e voltado para o universo da bass music; e o Ganzá, comandado por Dudu Marote com foco na produção de música eletrônica.

Mais informações: http://www.skol.com.br/music/

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.