quarta-feira, 30 de dezembro de 2015

.: Mindfulness e coaching para usar na virada do ano

Especialista fala sobre os dois processos para manter qualidade de vida em 2016. 

O fim do ano chegou. Já se deu conta de parar e avaliar como foi sua vida em 2015? A sensação de que o ano passa rápido demais é apenas ilusória, isso porque a grande carga de responsabilidades, dificuldades de administração de tempo, desordem emocional, estresse e tantos outros fatores causam essa distorção.

Os anos continuam com os mesmos meses, dias e horas, portanto, o que faz diferença é saber viver com objetivos, prioridades, mais leveza, além de curtir o presente. Nesse caso, para melhorar a qualidade de vida, é essencial praticar ‘mindfulness’. Mas você sabe o que é isso?

De acordo com a psicanalista e coach Andreia Rego, esta é uma prática ideal para quem deseja manter atenção no ‘aqui e agora’. “Significa estar presente, de forma consciente. É quando mente, corpo, pensamentos e emoções se alinham a um propósito de vida”, explica.

A prática reforça o ‘estar atento a ações, atitudes, emoções e movimentos’, ou seja, possibilita valorizar cada intenção experimentada no presente. “Parece complicado, mas já parou para pensar o quanto de piloto automático você coloca em situações importantes? Muitas das vezes, não se percebe atravessando uma rua, fazendo refeições com prazer, conversando atentamente com um familiar ou amigo”, afirma Andreia.

Segundo ela, o ‘coaching’ também pode contribuir com essa prática porque é um processo perfeito para ajudar o cliente a ter foco no que quer, buscar autoconhecimento, criar metas concretas e viver com satisfação. “O coaching é importante, pois estimula o pensamento e sentimentos para o momento presente, criando perspectivas melhores sobre si, a vida e o futuro”, diz a especialista.

Assim, Andreia listou 10 vantagens em aplicar ‘mindfulness’ e ‘coaching’ nesta virada de ano:

1) Entrar em contato consigo mesmo, refletindo sobre seus valores, crenças e missão de vida.

2) Avaliar comportamentos indesejáveis, transformando-os com atitudes positivas.

3) Compreender as emoções para lidar melhor no dia a dia.

4) Estabelecer equilíbrio emocional mais adequado às situações.

5) Melhorar relações interpessoais.

6) Reforçar foco e atenção no agora.

7) Melhorar a autoestima.

8) Desenvolver autoaceitação e empatia.

9) Exercer gratidão ao que lhe acontece.

10) Equilibrar o tempo com atividades profissionais e de prazer.

Andreia conta, então, que você é capaz de mudar o que quiser. “O ano de 2016 se aproxima, sendo possível construir uma vida saudável, com maior presença. Só depende de você! Feliz ano novo”, conclui.
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.