sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

.: Amor à escola de samba X-9 vai virar documentário


Dupla de jovens cineastas da região realizam curta-metragem sobre o amor ao carnaval a partir de escola de samba de maior tradição da Baixada Santista

Kamilli Semenov, de 18 anos, e Julio Lucena, de 26 anos, são os diretores do curta-metragem “A Voz do Samba: Amor, Suor e Tradição” que segue em processo de realização. Acompanhando a X-9 Pioneira desde 2015, o filme tem como objetivo retratar o amor e compromisso que os adeptos tem com o mundo do samba.

A intenção do casal é acompanhar a escola até encerrarem as apurações, podendo transmitir os sentimentos mais entusiasmados e estressantes para ter um desfile nota 10 na Passarela do Samba Dráuzio da Cruz, na Zona Noroeste.

A comunidade segue diariamente com exaustivas preparações, atraindo centenas de pessoas nos ensaios a céu aberto. “Além de podermos contar uma história com extrema riqueza cultural para o estado de São Paulo, também estamos contando histórias de amor”, comenta Julio Lucena. “É como se a X-9 fosse a principal inspiração e motivação para que a vida destas pessoas faça sentido!”.

"Tenho 44 anos só de carnaval, a escola de samba passou a ser parte do dia a dia, vamos dormir pensando em escola de samba, levantamos pensando em escola de samba. E depois que eu aposentei então, ficou mais intenso", relata João Henrique Makumba que começou como ritmista, passou a ser diretor geral de carnaval e atualmente é compositor, apresentador e se dedica a marcenaria artística da escola.


Para a diretora Kamilli Semenov, fazer o curta é uma forma de revisitar o passado. “Quando eu nasci minha família já era xisnoveana. Cresci vendo meu avô, tia e primas desfilando todos os anos e percebia que o comprometimento se renovava a cada carnaval” relembra. “Estamos acompanhando e rodando o filme desde novembro de 2015 e tivemos um retorno positivo da comunidade. Estamos felizes pois muitos têm nos ajudado para que o produto final seja um filme de qualidade”.  

“A Voz do Samba: Amor, Suor e Tradição” é o primeiro filme da dupla juntos e a previsão de estreia é para abril de 2016, onde ocorrerá uma exibição a céu aberto para a comunidade. A página de divulgação do filme é: https://www.facebook.com/avozdosambaamorsuoretradicao.


Sobre os diretores
Kamilli Semenov  participou de nove curtas-metragens em funções como: diretora, assistente de direção e produtora. Recebeu o prêmio de melhor filme e direção pelo filme “Tempo é Morfina” no 13º Curta Santos. Foi apresentadora e produtora no programa Clube de Cinema, na Rádio Cacique de Santos e mediadora do Jogo de Cinema. Atualmente trabalha como assistente administrativa na Produtora Querô Filmes e Instituto Querô e ministra palestra e oficinas de produção audiovisual.

Júlio Lucena trabalhou com produção de eventos artísticos e culturais em 2011 e participou de 13 curtas-metragens em variadas funções, como: fotografia, roteiro, produção e direção. Como destaque, foi um dos diretores do documentário Carregadores do Monte, que ganhou o Prêmio de menção honrosa no 42° Festival de Cinema de Gramado (2013). Atualmente, trabalha como freelancer e participa de diversas produções para TV, cinema, eventos, filmes institucionais e publicidade, exercendo a função de assistente de câmera e cinegrafista.



← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.