terça-feira, 30 de maio de 2017

.: Com entrada gratuita, Mercado Mundo Mix Santos está de volta

Com entrada gratuita, Mercado Mundo Mix Santos promove a diversidade no sábado e domingo. Após dois anos, evento retorna e deve reunir mais de 100 expositores, no Centro de Cultura Patrícia Galvão, das 12 às 20 horas


Com uma proposta diferenciada, o Mundo Mix retorna a Santos e busca promover a diversidade cultural.  Após quase dois anos fora da cidade, o principal evento de economia criativa do país pretende atrair mais de 15 mil pessoas, com novas marcas, cheias de estilo e personalidade, e outras atrações. O evento, com entrada gratuita, acontecerá no próximo fim de semana (dias 3 e 4 de junho), das 12h às 20h, no Centro de Cultura Patrícia Galvão, o Pátio Pagu, área térrea do Teatro Municipal Brás Cubas, na Avenida Pinheiro Machado, 48, na Vila Mathias.

Além de contar com a previsão de mais de 100 expositores de várias partes do Brasil, como Porto Alegre, Belo Horizonte, São Paulo, Rio de Janeiro assim como marcas da própria Baixada Santista, de diversos segmentos, como moda, design e acessório, o Mercado irá apresentar atrações musicais.

Para o idealizador do Mercado Mundo Mix, Beto Lago, Santos é uma das cidades mais queridas pela história de mais de 15 anos com o evento e o incentivo à economia criativa. “A cidade apoia algumas importantes iniciativas do setor, como a Vila Criativa, que busca transformar criatividade em resultados”, diz.

Dentre os expositores já confirmados, alguns já estiveram por aqui. É o caso da Bastille, de São Paulo, presente na edição passada, que irá trazer as novidades da coleção de Outono/ Inverno.17. “Esperamos que tenha um público com um bom potencial de consumo e não busque apenas promoção, mas valorize o trabalho dos novos criadores”, avalia Tatiana Shimabukuro, sócia-diretora da marca.

Outras duas marcas, que também estarão presentes e foram lançadas no Mundo Mix, participam do movimento moda sem gênero e recentemente fizeram parte do programa Caixa de Costura no GNT. A D-Aura, do estilista Lucas Menezes, apresentada na edição de abril do ano passado, em São Paulo, e Vicente Perrotta, designer de roupas e acessórios não binários, um conceito individualizado, que une arte de rua e movimentos urbanos. “A parceria construída entre o Mercado Mundo Mix e a D-Aura tem gerado enormes resultados positivos para a marca”, revela Menezes.
  
Já a santista Roselly Haddah está há três anos ao lado do Mercado Mundo Mix. Para a nova edição a empresária do ramo de acessórios irá trazer uma remessa de 700 peças, incluindo uma nova coleção que será lançada no evento. “Espero um movimento grande, com muita arte, entretenimento e culinária para que o evento tenha um sucesso ainda maior do que a edição anterior”.

A marca Upsy Plus Size, de Belo Horizonte, espera que as mulheres plus size se identifiquem com as peças que serão apresentadas. Para isso, a expositora irá trazer uma ‘pocket colletion’ de outono, com peças pensadas para valorizar as mulheres em sua feminilidade dos tamanhos 44 ao 60. Já as peças da coleção anterior estarão com descontos generosos.

O estilista Clayton Ambrosio vem diretamente do Mato Grosso do Sul para expor suas criações no Mundo Mix Santos. O artista utiliza matérias primas como lona de caminhão e outros tecidos rústicos que seriam descartados para a criação de lindas mochilas, carteiras, bolsas, chapéus entre outros. Para o evento de Santos, Clayton está trazendo a sua inseparável máquina de costura e estará, ao vivo, durante o evento produzindo peças exclusivas.

Outro destaque da edição santista é o Movimento Juba Libre, um projeto profissional de cortes de cabelo em lugares públicos, eventos e também em domicílio, que tem como principal objetivo valorizar as cabeleras do jeito que a Mãe Natureza os criou, estimulando ou devolvendo a naturalidade e liberdade de todos os tipos de fios. "O Movimento tem como objetivo ousar, fazer diferente, encorajar, empoderar, transformar as pessoas e acredita que um corte de cabelo pode ser o estopim de uma mudança interior", analisa o criador Mairon Rangel. A ideia do movimento é fazer cortes mais livres, mais bagunçados, mais ousados, encorajar as pessoas a experimentarem. Rangel comenta que corta todos os tipos de cabelos, lisos, cacheados e afros. 
  
As atrações musicais também prometem ser um ponto alto. A Rádio Mundo Mix abrirá espaço para artistas de Santos e região, com o DJ residente, Will Robson. Já Gus Conde fará um workshop no sábado, às 15h, uma atividade interativa multifuncional e interdisciplinar, que combina exercícios rítmicos com conotações fisioterapêutica e lúdica, juntamente com exercícios físicos funcionais, chamada Bateroterapia. Pouco depois, das 16h às 16h30, o MC King Shock fará uma apresentação ao público. Já das 17h30 às 18h30, acontece a apresentação da dupla de DJs santista Brazuca in Pop. No domingo, a programação musical continua. Das 15 às 16 horas, o palco será do DJ Marcelo Rayel e, partir, das 16 horas, está programada a apresentação de curtas no MIS, serão 7 curtas com temas variados. O Audiovisual é um dos 8 pilares da Economia Criativa e em parceria com o MIS, o Mundo Mix abre as portas do seu evento para dar oportunidade de novos produtores de Santos mostrarem o seu trabalho.  
  
Economia criativa em Santos: O Mundo Mix terá um espaço do bazar de economia criativa mais bacana da cidade, a área "Bazar Cafofo", aonde o idealizador do evento, Luiz Fernando Almeida, parceiro de velha guarda do Mundo Mix, o qual acompanhou por toda década de 90 até 2000, fará uma curadoria do melhor da moda e economia criativa de Santos, com uma setor em homenagem a este grande evento da cidade, em parceria com a secretaria de Cultura do município.

O Bazar nasceu na internet para vender algumas peças do fundador e atualmente movimenta a economia criativa na Baixada Santista, com três edições mensais em Santos, em três formatos: o Bazar Cafofo (no Galpão Tremendão) o Bazar Cafofinho e o Bazar Cafofo Itinerante. O Cafofo tem contribuído para aproximar pequenos negócios e público consumidor. Além de apresentar novos talentos, recebe expositores rotativos e tem atraído criadores de todo o Brasil para suas edições mensais.

Santos - Cidade Criativa e Mundo Mix, uma parceira de sucesso
Em 2015, Santos foi a primeira no Brasil a receber o selo da Unesco de cidade criativa, um reconhecimento ao trabalho audiovisual desenvolvido no município e do incentivo à cadeia de economia criativa local e fomentando parcerias como do Mercado Mundo Mix com o Fundo Social de Solidariedade (FSS). "Queremos incentivar e dinamizar os meandros da economia criativa de Santos, com expositores do Brasil todo, criando um intercâmbio de experiências bem-sucedidas, que vizam promover esta rede e inserir os talentos da cidade em outras edições do nosso Mundo Mix pelo país a fora", diz Lago. 

Por meio de uma parceria com o FSS, a edição deste semestre terá uma área dedicada ao artesanato local e gastronomia, para geração de renda para os projetos apoiados pelo poder executivo. O local escolhido, em conjundo com a Secretaria de Cultura visa chamar a atenção para o MISS - Museu da Imagem e Som de Santos, equipamento cultural da cidade, que está ganhando cada vez mais o carinho da sociedade e se consolidando como um dos grandes lugares da Baixada Santista, através da sua programação.

Mercado Mundo Mix: Criado em 1994, o evento de economia criativa Mercado Mundo Mix alcançou sucesso imediato no mundo artístico e cultural, proporcionando um espaço até então único e democrático, a fim de unir pessoas com estilos diferentes, mas com algo em comum: um interesse por música, moda e artes em geral. É um evento gratuito que apoia diversos segmentos da economia e de empreendedores criativos como estilistas designers, cozinheiros, artistas plásticos, músicos, djs além de também abraçar novas tendências de consumo e comportamento, como os orgânicos, a sustentabilidade na moda, etc.

O Mercado Mundo Mix é um evento pioneiro que já conta com mais de 300 edições no Brasil e no exterior, iniciou-se em São Paulo e logo foi acolhido por diversas outras cidades do país como Rio de Janeiro, Campinas, Santos, Belo Horizonte, Curitiba, Salvador, Bonito, Ribeirão Preto, etc. Internacionalmente, o evento realizou edições em diversas cidades de Portugal como Lisboa, Cascais, Lagos e em parceria com órgãos federais como a APEX e a ABIT levou a moda brasileira através de seus novos estilistas para Nova York, Macao, Luanda e Lisboa.

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.