quinta-feira, 19 de abril de 2018

.: Livros para conhecer povos e culturas indígenas

Estimativas apontam que a população indígena brasileira poderia ser de até 10 milhões de habitantes quando os portugueses chegaram no país. A Fundação Nacional do Índio (Funai) calcula que cerca de 1.300 línguas eram faladas pelas muitas sociedades que povoavam o Brasil. Atualmente, porém, esse panorama é bem diferente. Muitos povos foram completamente dizimados. 

Para refletir sobre a questão, por ocasião do Dia do Índio, celebrado em 19 de abril, a Editora do Brasil relembra os títulos de seu catálogo que ajudam as crianças a conhecer e refletir sobre os valores culturais dos povos indígenas, seus mitos, crenças, lendas e a importância de sua preservação e respeito. 

Entre as obras, encontram-se, o Cágado e a Fruta, recontada por Rosinha, que retrata as fábulas indígenas, Cordelendas - Histórias indígenas em cordel, de César Obeid, uma junção da literatura de cordel com as lendas indígenas, e Lendas indígenas, de Antoracy Tortorelo Araujo, que mostra por meio das lendas indígenas a cultura e os ensinamentos das mais diversas tribos indígenas.

Já a Panda Books, aproveita a ocasião para ressaltar as obras No coração da Amazônia, do autor Manuel Filho com ilustrações de Anthony Mazza. De forma leve e envolvente, o autor ministra uma verdadeira aula sobre a Amazônia. Apresenta paisagens marcantes, como o rio Negro, e fenômenos típicos da natureza, como o clima quente e chuvoso, e O presente de Jaxy Jaterê, de Olívio Jekupe, que traz várias histórias de Jaxy Jaterê, o protetor da floresta.
A Editora Melhoramentos também tem em seu catálogo títulos que remetem a cultura indígena.

Confira mais sobre as obras abaixo:

Editora do Brasil:

O cágado e a fruta, Rosinha 
As fábulas indígenas são importantes joias da literatura oral brasileira e transmitem aos seus leitores inúmeros aprendizados. O cágado e a fruta, recontada por Rosinha trata da história de uma fruta muito especial, desejada por todos. No entanto, apenas os que sabem seu nome podem comê-la. A feiticeira, a única da floresta que sabe o nome da fruta não ajuda ninguém e algo inusitado sempre acontece a todos aqueles que a procuram para tentar descobrir o tão famoso e ao mesmo tempo desconhecido nome. Porém, o cágado, muito esperto, sabe uma forma de não esquecer a preciosa informação, mas alguns acontecimentos aguardam o animal.

Cordelendas - Histórias indígenas em cordel, César Obeid
Imagine a junção da literatura de cordel com as lendas indígenas. É o que este livro  traz: a poeticidade das lendas indígenas misturada ao dinamismo e às rimas dos versos de cordel. Por meio dele, o leitor pode encontrar de forma diferenciada a explicação para diversas situações e para a origem de algumas das coisas que nos cercam. Além de se divertir com os fabulosos versos de César Obeid, o leitor ainda pode matar algumas de suas curiosidades. 

Lendas indígenas, Antoracy Tortorelo Araujo
É por meio das lendas que as mais diversas tribos indígenas transmitem sua cultura, seus ensinamentos e tentam explicar a origem de quase tudo no mundo. Algumas narram histórias referentes à fauna e flora da região. Já outras, contam histórias de seus próprios povos. Como os primeiros homens conseguiram o fogo? Qual seria a origem do nascimento da noite? De onde surgiram os peixes e os outros animais? São respostas para essas questões que Antoracy Tortolero Araujo reuniu em seu livro Lendas indígenas, agora em nova edição, que traz ilustrações tão belas quanto as histórias contadas por ele. 

Panda Books:

No coração da Amazônia, Manuel Filho
Ilustrações: Anthony Mazza
Pensar na Amazônia desperta incontáveis paixões e impressões. O mundo todo já ouviu falar dela, e sabe o que ela representa. Para o escritor Manuel Filho, essa palavra significa amor. Dedicado ao público infantojuvenil e vencedor do Prêmio Jabuti, No coração da Amazônia é lançado agora pela editora Panda Books, com ilustrações de Anthony Mazza.

A trama é estrelada pelo garoto alemão Hans, cujos pais resolveram se mudar para Manaus, capital do Amazonas, para montar uma ONG e ensinar música para crianças e jovens. Durante sua adaptação ao novo país, Hans depara com uma cultura bastante diferente da sua e fica encantado com a biodiversidade da vida na floresta. No entanto, chama a sua atenção o fato de que diversas espécies de animais estão correndo o risco de extinção. Com a ajuda de seus novos amigos, o garoto vai descobrir que há muito a ser feito para ajudar na preservação da fauna e da flora brasileira.

O presente de Jaxy Jaterê, Olívio Jekuê
Ilustrações: Fran Junqueira
Kerexu tinha ouvido dos mais velhos várias histórias de Jaxy Jaterê, o protetor da floresta. Por ser poderoso, as pessoas podem fazer pedidos a ele, mas a índia não sabia como chamá-lo. Porém, sua prima conhecia o segredo e o ensinou a Kerexu. Certa noite, a índia adentrou na floresta, realizou o ritual e fez um pedido. Será que Jaxy Jaterê irá atendê-la? Abra as páginas deste livro e descubra o desejo de Kerexu e como termina esta lenda do povo guarani.

Sobre a Editora do Brasil: Fundada em 1943, a Editora do Brasil atua há mais de 70 anos com a missão de mudar o Brasil por meio da educação. Como empresa 100% brasileira, foca a oferta de conteúdos didáticos, paradidáticos e literários direcionados ao público infantojuvenil. Foi fundadora da CBL, SNEL, FNLIJ, IPL e da Abrelivros. Os títulos estão disponíveis para comercialização por meio da loja virtual da Editora Brasil (http://www.editoradobrasil.com.br/lojavirtual/) ou nas lojas físicas, em São Paulo (Rua Conselheiro Nébias, 887 – Campos Elíseos, São Paulo - SP), Rio de Janeiro (Rua do Bispo, 150 - Rio Comprido-RJ) e Natal (Rua dos Caicós, 1533 – Alecrim, Natal- RN). 

Sobre a Panda Books: Fundada em 1999, a Panda Books (https://www.pandabooks.com.br) surgiu para ser uma editora dedicada a livros de referência, com textos irreverentes, aliando informação e diversão. Hoje, com 560 títulos em seu catálogo, incluindo a coleção “O Guia dos Curiosos”, a editora é dividida em quatro selos: Panda Books, Original, e (os novíssimos) Panda Educação e Livros de Guerra. Ao  longo desses anos, também investiu em literatura para crianças e jovens, revelando novos autores e ilustradores. O catálogo da editora conta ainda com obras de diversas temáticas: esportes (livros sobre futebol, Jogos Olímpicos, Copas do Mundo, biografia de grandes ídolos, entre outros), relatos de viagens, jornalismo investigativo, biografias, contos e crônicas de autores contemporâneos, clássicos da literatura brasileira e romances para o público em geral. A diversidade, a curiosidade e a irreverência são as marcas de suas publicações.

Sobre a Editora Melhoramentos: Há 127 anos a Editora Melhoramentos ocupa posição de destaque nas diversas áreas em que atua. É referência no mercado editorial com milhares de títulos publicados. À frente de seu tempo desde a fundação, ela se distingue pelo pioneirismo de suas obras, pelos autores e avanços editoriais aos quais se dedica. www.editoramelhoramentos.com.br

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.