quinta-feira, 28 de junho de 2018

.: Pela letra, é possível analisar carreira, personalidade, traumas e distúrbios


A grafologia existe desde os povos antigos, que procuravam traços e características especificas das pessoas através da escrita. As interpretações em textos e assinaturas auxiliam na análise de personalidade, carreira, processos criminais, assuntos afetivos, seleção de empresas, traumas, fobias, distúrbios psicológicos, entre outros.

Esse sistema grafológico é fundamentado na comparação dos traços e sinais gráficos, como marcas inseridas inconscientemente na pressão, inclinação, forma individual, curvatura, tamanho, dimensão e disposição das letras. Com isso, é possível compreender melhor as particularidades e características sociais, psicológicas, ocupacionais e médicas.

“Através da grafologia conseguimos traçar patologias que a pessoa não sabe que tem, identificar bloqueios, auxiliar no tratamento de dependência química, analisar o perfil do candidato à vaga de emprego, contribuir para o sucesso pessoal e profissional. A partir da assinatura, também é possível saber se é legítima ou se houve falsificação e no caso de crianças, com estudo dos desenhos e o início da caligrafia, pode-se tratar traumas psicológicos, gagueira, transtorno de sono, etc”, diz a psicóloga e grafóloga Célia Siqueira.

Célia utiliza esse instrumento de apoio aos departamentos de recursos humanos de grandes empresas, executivos de diversas áreas que precisam se destacar em suas funções, como também em diversos casos criminais conhecidos, criação de assinaturas para famosos e em sua maioria, como complemento nas terapias de seus clientes.

Célia Siqueira é formada em Psicologia, atua como grafóloga (pessoal, criminal e empresarial), psicoterapeuta, quiróloga, psicanalista, escritora e terapeuta holística. Atende em seu espaço localizado na zona sul de São Paulo, o “Instituto Célia Siqueira”, e presta também consultoria para pessoas e organizações de outros estados e países.

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.