terça-feira, 17 de julho de 2018

.: Diário de uma boneca de plástico: 17 de julho de 2018

Querido diário,


Ser de plástico não garante uma unicidade, muito pelo contrário. Somos fabricadas em grande escala, ainda mais quando saímos dos forninhos da Mattel. Eu, embora esteja num corpinho mara da Integrity Toys, sou Mattel. E digo: Com muito orgulho!

O lado bom dessa vida plastificada é que, minha dona, quem me comprou num lote e cuidou de mim, garantiu outras meninas com o meu rostinho, com esse olhar de ladinho. Resumo: sou trigêmea!

Somos: Donatella, Fiorella e Antonella. A segunda veio de Recife, da nossa amiga Rosângela. A terceira? Aaaah!! Coitada!! Há anos está na caixa lacradinha e embrulhada para presente. Vê se pode isso?

Já cansei de pedir pela libertação de Antonella. Seria demais ter um reality "As Fisherburgs", não é? Parece que isso é apenas um sonho... meu!


Beijinhos pink cintilantes e até amanhã,


Donatella Fisherburg 


← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.