terça-feira, 16 de outubro de 2018

.: James Baldwin, um dos maiores da literatura, em novas traduções


James Baldwin nasceu em Nova York em 1924. É autor de uma vasta obra de ficção e não ficção. Entre seus principais temas, sobressaem a luta racial e as questões de sexualidade e identidade. Morreu em Saint-Paul-de-Vence em 1987.

Parte da obra de James Baldwin já havia sido publicada no Brasil ("O Quarto de Giovanni", antes apenas Giovanni, e "Terra Estranha", antes "Numa Terra Estranha"), mas ficou esgotada por muito tempo. 

Em 2016, com o lançamento do documentário "Eu Não Sou Seu Negro" ("I Am Not Your Negro", de Raoul Peck), baseado em um manuscrito incompleto de Baldwin chamado "Remember This House", sua obra novamente ganhou atenção. Confira o trailer do documentário:



A Companhia das Letras iniciou o projeto de publicar a obra de James Baldwin, começando por resgatar os dois títulos que estavam esgotados. O projeto gráfico é de Daniel Trench.



Clássico moderno sobre o encontro arrebatador de um americano e um italiano numa Paris boêmia e fervilhante. Tradução: Paulo Henriques Britto



Um retrato franco sobre bissexualidade e relações inter-raciais em meio à cena musical de Nova York nos anos 1950. Tradução: Rogério W. Galindo

O próximo lançamento é "Se a Rua Beale Falasse", com tradução de Jorio Dauster, previsto para janeiro de 2019. O romance foi adaptado para o cinema por Barry Jenkins, diretor vencedor do Oscar de melhor filme em 2017 por "Moonlight". O filme será lançado em novembro de 2018 nos EUA, e deve ser lançado no Brasil no começo de 2019. Assista ao trailer:



A Companhia das Letras também irá lançar "Notes of a Native Son" (ainda sem título em português), célebre coletânea de ensaios de Baldwin publicada originalmente em 1955.





← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.