sábado, 6 de abril de 2019

.: Saúde: Parque do Ibirapuera vira palco para conscientização

Mais de 170 alimentos são considerados potencialmente alergênicos. Tartarugas do Bem farão atividades lúdicas para fortalecer autoestima das crianças com alergia


No domingo, dia 07/04, o Parque do Ibirapuera será palco do evento que marca o início da Semana Mundial de Alergia, que traz como tema central este ano “Alergia Alimentar: Um Problema Global”.

Especialistas da Associação Brasileira de Alergia e Imunologia Regional São Paulo (ASBAI-SP) farão palestras a cada 30 minutos explicando o que é a alergia alimentar, os sintomas, formas de diagnóstico e tratamento. Mitos que envolvem o tema também serão desconstruídos.

“É muito importante levar informação e conscientização sobre o tema, já que existem muitas dúvidas e mitos que envolvem a alergia alimentar. Nós, como associação, temos esse papel de passar a informação correta e de qualidade”, comenta Pedro Bianchi, Presidente da ASBAI Regional SP.

As mães do movimento Põe no Rótulo estarão juntas com a ASBAI no evento, compartilhando suas experiências. A recreação para as crianças fica por conta da organização não governamental Tartarugas do Bem, que vai oferecer narração de histórias, pinturas de desenhos, dobraduras, brincadeiras e músicas. Além do entretenimento, o objetivo das Tartarugas do Bem é promover acolhimento, inclusão e fortalecer a autoestima da criança com alergia, de forma lúdica e segura.

“Essa é uma oportunidade para nos aproximarmos das pessoas e explicar em detalhes sobre a doença, que vem crescendo muito no mundo todo”, enfatiza Dra. Renata Cocco, Coordenadora do Departamento Científico de Alergia Alimentar da ASBAI Nacional e Diretora da ASBAI Regional SP.

No Brasil, não há estatísticas oficiais, porém, a prevalência parece se assemelhar à literatura internacional, que mostra cerca de 8% das crianças com até dois anos de idade e 2% dos adultos sofrendo algum tipo de alergia alimentar.

Mais de 170 alimentos são considerados potencialmente alergênicos, apesar de uma pequena parcela deles ser responsável por um maior número de reações: leite, ovo, soja, trigo, amendoim, castanhas, peixes e frutos do mar. 

Alergia Alimentar – Um Problema Global
Semana Mundial de Alergia
Data: 07/04
Horário: entre 9 e 13 horas
Local: Parque do Ibirapuera – Espaço Antiga Serraria – Portão 7 – Entrada pela Av. República do Líbano
Palestras: a cada meia hora com especialistas da ASBAI
Contação de Histórias e Recreação: Com Tartarugas do Bem – entre 9 horas e 11h30
Evento Gratuito

O que é alergia alimentar - É uma resposta exagerada do organismo a determinadas proteínas presentes nos alimentos. Envolve um mecanismo imunológico e tem apresentação clínica muito variável, com sintomas que podem surgir na pele, sistema gastrointestinal, respiratório e/ou cardiovascular. As reações podem ser leves, com simples coceira nos lábios, até mais graves, incluindo comprometimento de vários órgãos e potencial risco de óbito (anafilaxia).

Considerada um problema de saúde pública, a alergia alimentar está aumentando em todo o mundo. Apesar de poder se manifestar em qualquer época da vida, o quadro geralmente se inicia na infância. Dependendo do alimento e mecanismo envolvidos, a alergia pode se resolver até a adolescência ou persistir por toda a vida.

Sintomas de alergia alimentar - Pelo menos um dos sintomas citados abaixo deve ser apresentado pelo paciente para se desconfiar de uma alergia alimentar:

- Reações cutâneas (vermelhidão na pele, coceira, urticária com ou sem inchaço de olhos, boca, orelhas etc.);

- Reações gastrointestinais orais (coceira nos lábios e céu da boca, inchaço de língua ou de lábios,) e gastrointestinais baixas (dor abdominal, diarreia com ou sem presença de sangue nas fezes, vômitos, refluxo exacerbado);

- Reações nas vias aéreas (congestão nasal, coceira, espirros, tosse, falta de ar, chiado no peito que se iniciam de forma abrupta);

- Reações cardiovasculares (aumento da frequência cardíaca, queda da pressão arterial, tontura, desmaios ou até mesmo perda de consciência).

#semanamundialdealergia #alergiaalimentar


← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.
 
google.com, pub-3645003449125371, DIRECT, f08c47fec0942fa0