domingo, 14 de julho de 2019

.: Analista explica como uma transexual pode ser aceita na vida real

Novela das 21h na Globo mostra boa aceitação da família em relação a personagem transexual e analista 
compara com a vida real. Britney (Glamour Garcia) na novela 'A Dona Pedaço' — Foto: Globo/João Cotta
A novela "A Dona do Pedaço", exibida pela Globo no horário nobre mostra uma parte de um elenco cômico, em que uma personagem sai de casa como Rarisson e volta como Britney, ambos interpretados pela atriz transexual Glamour Garcia.

Se revelando como mulher, a família estranha o fato no começo, mas depois acostumam e é bem aceita em casa. Infelizmente, não é o que sempre acontece na vida real, porém é curioso ver a trama mostrar um lado diferente de diversas famílias.

A analista comportamental, Andrea Murgel, pode explicar essa relação. "Primeiramente, devemos entender o que se passa na vida de pessoas que não se sentem bem dentro do próprio corpo e não tem identidade nenhuma com seu gênero de nascimento. Ninguém pediu por isso, imaginem o sofrimento dessas pessoas para se colocarem nesse mundo e revelarem sua condição, sendo aceitos pela sociedade", fala.

Sobre o primeiro impacto na família, a analista comenta: "Se houver um susto inicial com a revelação, é perfeitamente compreensível, porque nunca houve um preparo psicológico para os familiares para entender como alguém nasce homem, mas é mulher e vice-versa. Quanto mais cedo isso for revelado, mais todos aceitarão e serão felizes".

Hoje as técnicas de acompanhamento médico controlando os hormônios e os psicólogos acompanhando o emocional dos transexuais já estão bem avançadas. Tudo é feito aos poucos, com saúde e consciência e já na vida adolescente e adulta esse filho ou filha serão o que precisam ser e felizes com o acolhimento da família, ela argumenta. "Nunca xingue ou maltratem, pois eles estão em muito sofrimento, respire fundo vá ao terapeuta e ao médico junto com a pessoa, participe e tente entender"

A terapeuta ainda explica que não vê o preconceito como uma questão GLS, mas sim uma mutação que ocorreu por um motivo que ainda desconhecemos, mas que nunca deveria acontecer com as pessoas. "Se estamos evoluindo é claro que devemos entender e aceitar que possam ser livres para se transformarem com o apoio de sua família e tudo vai ficar bem. Mas sim isso é real e precisa ser abraçado pelos que amam os seus".

Sobre Andrea Murgel
Ex-empresária e hoje escritora e analista comportamental, Andrea Murgel encontrou o significado da palavra "renascimento" em suas diversas facetas. No auge da sua satisfação pessoal, profissional e afetiva, em uma armadilha do destino, a bem-sucedida empresária passou por uma enorme perda e precisou encontrar um caminho para redescobrir o sentido da própria vida e assim conheceu aos poucos suas missões e transformações pessoais. 

Hoje, o livro "Mariposa Azul" virou um best-seller e Andrea trilhou um caminho com palestras, entrevistas, textos para colunas e revistas e se tornou uma referência nacional através de sua simplicidade e amor ao próximo. Hoje sua maior alegria é escrever e como terapeuta poder ajudar as pessoas a se transformarem e se auto conhecerem para obter uma vida mais feliz.

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.