segunda-feira, 6 de janeiro de 2020

.: "Como Ter Uma Vida Quase Normal" em curta temporada no Teatro Nair Bello


A partir de 11 de janeiro, no Teatro Nair Bello, Monique Alfradique protagoniza "Como Ter Uma Vida Quase Normal" (crítica neste link),  comédia sobre a vida de uma mulher contemporânea tentando sobreviver nos dias de hoje. Inspirado no livro homônimo, o espetáculo foi adaptado e é dirigido por Rafael Primot (Prêmio Shell). 

Ágil, inteligente e engraçado, o texto narra a história de uma mulher moderna, que depois de passar por decepções amorosas, fracassos profissionais e experiências nada convencionais na vida virtual, permanece incansável tentando lidar e sobreviver com seus dilemas contemporâneos (e que no fundo são os de todos nós). As apresentações seguem até o dia 16 de fevereiro.

Dona de seu destino, ela tenta fazer suas próprias escolhas, apesar da pressão constante da sociedade para que ela leve uma vida considerada “normal”. E afinal será que se encaixar nos padrões é assim mesmo tão necessário? Sufocada, ansiosa, impulsiva, ela muitas vezes se perde no turbilhão de informações que recebemos por todos os lados nos dias de hoje. A peça fala sobre a vida, as dores, os amores e todas as mazelas que assolam os 30 e poucos anos: Venci na vida? Sou suficientemente independente? Sou bem sucedida? Sou amada? Sei amar?

Os efeitos da ansiedade na vida desta mulher aparecem sob o filtro de uma cabeça fervilhante de pensamentos, mãos trêmulas, falta de ar e, sobretudo, humor. E, claro, sempre rindo de si mesma o que confere a tudo isso graça, humanidade e identificação. Ansiosa e caótica ela atravessa seus dias na busca por encontrar a si mesma e acaba descobrindo que talvez precise de muito menos do que imagina para ser feliz.

Ficha Técnica
Livremente inspirado no livro de Camila Frender & Jana Rosa “Como Ter Uma Vida Normal Sendo Louca”
Dramaturgia e direção: Rafael Primot
Elenco: Monique Alfradique
Direção de arte: Carolina Bertier
Cenografia: Willian Linitch
Figurino: Karen Brusttolin
Desenho de luz: Aline Santini
Trilha sonora: Daniel Maia
Preparação corporal: Rodrigo Frampton
Assistente de direção: Haroldo Miklos
Coordenação de comunicação: Beth Gallo
Assessoria de imprensa: Daniela Bustos E Thaís Peres – Morente Forte Comunicações
Coordenação do projeto gráfico: Haroldo Miklos e Carolina Bertier
Fotografia: Caio Gallucci
Conteúdo: Web Jady Forte
Redes sociais: Gabriela Torres, Lorraine Fonseca e Paloma Adeodato
Coordenação de produção: Egberto Simões
Produção executiva: Martha Lozano
Coordenação administrativa: Dani Angelotti
Assistência administrativa: Alcení Braz
Administradora: Magali Morente
Idealização: Monique Alfradique & Enkapothadoartes Ltda
Produtores associados: Selma Morente, Celia Forte, Monique Alfradique E Rafael Primot
Uma produção: Morente Forte Produções Teatrais
Patrocínio: Audi

Serviço
"Como Ter Uma Vida Quase Normal"
Teatro Nair Bello (201 lugares)
Shopping Frei Caneca – Rua Frei Caneca, 569 – 3° andar.
Telefone: 3472-2414
Bilheteria: de quarta a sábado, das 15h às 21h; domingos a partir das 15h.
Acessibilidade. Aceita todos os cartões de débito e crédito. Não aceita cheque.
Estacionamento R$ 12 até duas horas.
Vendas: www.tudus.com.br
Sábados às 21h | Domingos às 19h

Ingressos:
R$ 60
Duração: 70 minutos
Recomendação: 14 anos
Estreou dia 21 de setembro de 2019
Temporada 2020: de 11 de janeiro até 16 de fevereiro

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.