sábado, 25 de julho de 2020

.: Disco ao vivo em 1974 mostra Rory Gallagher em plena forma


Por Luiz Gomes Otero, jornalista e crítico musical.

No início de 1974, o guitarrista irlandês Rory Gallagher realizou uma turnê em sua terra natal. E os registros dessas apresentações pode ser conferido no álbum Irirsh Tour 74, o sexto disco da carreira solo do músico. Para quem não sabe, Rory Gallagher integrou no final dos anos 60 o power trio Taste, que fez história mesclando elementos de blues e rock. E em sua carrrreira solo, ele sempre teve o blues como um porto seguro, apesar de também mostrar influência direta dos pioneiros do rock, como Chuck Berry. Ele faleceu em 1995, devido a complicações que surgiram após realizar um transplantes de fígado. Tinha apenas 47 anos.

"Irish Tour 74" é um álbum ao vivo compilado a partir de apresentações durante a turnê irlandesa de Gallagher. Os concertos foram gravados no Belfast Ulster Hall, no Dublin Carlton Cinema e no Cork City Hall. A turnê de Gallagher pela Irlanda em 1974 coincidiu com um dos momentos mais tumultuados de Belfast. Em função disso, a maioria dos artistas do rock se recusou a tocar na cidade. Um dia antes do show agendado de Gallagher em Belfast, dez bombas explodiram em vários locais da cidade.

Todos esperavam que Gallagher cancelasse o show, como todos os outros grandes nomes. No entanto ele continuou o show e acabou mostrando uma de suas melhores performances no palco. O repertório da turnê mostrava o que Galagher tinha de melhor para oferecer ao público naquele período. Tinha a energia de Tattoo’d Lady e o blues tradicional representando em Too Much Alchool, além de outros momentos brilhantes como Cradle Rock e A Million Miles Away.

Um jornalista local de Belfast escrevendo para descrever o show e o sentimento disse: "Eu nunca vi algo tão maravilhoso, tão emocionante, tão animador, tão alegre como quando Gallagher e a banda subiram no palco. Todo o lugar entrou em erupção, todos eles levantaram-se e aplaudiram e gritaram e gritaram, e levantaram os braços e abraçaram-se. Então, como uma unidade, eles colocaram os braços no ar e deram sinais de paz. Sem ser bobo ou superemocional, era um dos momentos mais memoráveis da minha vida. Tudo significava algo, significava mais do que apenas rock n 'roll, era algo maior, algo mais válido do que apenas isso". O relato resume bem a força da música de Gallagher e de sua guitarra fender modelo stratocaster. E nas faixas desse "Irish Tour 74" pode se ter uma boa amostra disso.


"Tattoo´d Lady"

"A Million Miles Away"

"Cradle Rock"

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

#ResenhandoIndica

20 20 20
Tecnologia do Blogger.