domingo, 27 de setembro de 2020

.: Belas Artes Drive-in completa 3 meses e marca de 38 mil expectadores

Iniciativa da Secretaria de Cultura e Economia Criativa com a Petra Belas Artes já exibiu 87 produções em 153 sessões desde o lançamento

Mais de 38 mil pessoas em cerca de 13 mil carros marcaram presença nas 153 sessões do Belas Artes Drive-in em seus primeiros três meses de atividade. Parceria do Memorial da América Latina, equipamento da Secretaria de Cultura e Economia Criativa (SEC), com a Petra Belas Artes, a iniciativa surgiu como alternativa para a retomada de atividades culturais presenciais em tempos de isolamento social imposto pela pandemia da Covid-19. De acordo com o site Filme B, portal especializado no mercado de cinema no Brasil, o Belas Artes Drive-in é hoje o número 1 do País em taxa de ocupação, com 82,5% - a média aos finais de semana na Capital paulista antes da pandemia era de 60%. Até outubro, o Belas Artes Drive-In apresenta ainda filmes do Festival É Tudo Verdade, um dos mais importantes da América Latina.

Desde a estreia, em junho, com o filme Apocalipse Now - Final Cut, de Francis Ford Coppola, a telona de 15 metros do Memorial da América Latina já exibiu 87 produções nos mais variados estilos. A plateia pôde assistir desde clássicos, como Cinema Paradiso e Casablanca, a românticos, como As Pontes de Madison e Os Melhores anos de uma vida, passando pelo drama-suspense De Olhos Bem Fechados, de Stanley Kubrick. Também foram exibidos filmes de terror, comédia, documentário e até inéditos, como os brasileiros Macabro, de Marcos Prado, Três Verões, de Sandra Kogut (apresentado no Festival de Berlin deste ano) e o palestino Tel Aviv em Chamas, de Sameh Zoabi. Para o público infantil, foram oferecidas 12 opções de títulos, entre eles Laços, da Turma da Mônica, e a animação A Noiva Cadáver, de Tim Burton.

O presidente do Memorial da América Latina, Jorge Damião, avalia que o Cine Drive-in tem sido uma experiência bem-sucedida. A continuidade do programa depende da demanda a partir da reabertura completa dos espaços culturais. "Torço pra que seja um projeto permanente e se perpetue como mais uma opção de lazer de qualidade para a cidade", afirma.

Além de exibições do É Tudo Verdade, principal festival de documentários da América Latina, a programação do Belas Artes Drive-in traz em outubro e novembro filmes da 43ª Mostra Internacional de Cinema.

Cinema seguro: Sob orientação da área de saúde e do Centro de Contingência do Coronavírus do Governo do Estado de São Paulo, o Belas Artes Drive-in segue protocolos rigorosos de saúde, com regras de distanciamento social, higiene, limpeza de ambientes, comunicação e monitoramento. Entre os cuidados obrigatórios, estão a distância mínima de 1,5 metro entre pessoas e carros em todos os ambientes, máximo de quatro ocupantes por carro, compra via internet e exigência do uso de máscaras.

Para manter o distanciamento, o acesso ao áudio dos filmes é obtido por meio do rádio do carro, sintonizado via FM - o método de transmissão é um dos diferenciais do projeto. A posição dos carros em fila é organizada pela equipe do evento, que posiciona veículos maiores, do tipo utilitários, na lateral do espaço, para melhor visibilidade dos demais. Os banheiros disponibilizados durante a exibição possuem álcool gel e são higienizados a cada uso. A equipe é responsável pela organização dos espaços para que não haja nenhum tipo de aglomeração.

Serviço

Memorial da América Latina - Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664 - Barra Funda

Sessões de terça a domingo

Horários definidos de acordo com a duração dos filmes

Ingressos e combos deverão ser adquiridos antecipadamente através do site do Petra Belas Artes

Capacidade para 100 carros

Para mais informações, programação completa e classificação indicativa dos filmes consulte o site: cinebelasartes.com.br


← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

#ResenhandoIndica

20 20 20
Tecnologia do Blogger.