quinta-feira, 17 de setembro de 2020

.: Olívia Beirne lança o livro “A Lista que Mudou Minha Vida”


Livro de estreia da britânica Olivia Beirne foi comparado com as séries de Sophie Kinsella e Helen Fielding

“— Vamos! — ela grita. — Você consegue!
Eu pisco para ela, meu peito espremendo o oxigênio para fora de
mim como se eu fosse um tubo vazio de pasta de dente.
Se a causa da minha morte for Zumba, vou ficar furiosa.”

Georgia é uma mulher de 26 anos muito confortável com a vida que leva – da cama para o sofá, do sofá para o escritório, e do escritório de volta para casa. Georgia não quer correr riscos, não gosta de mudanças e definitivamente não gosta de exercícios. Se a vida foi feita pra ser vivida, que a deixem viver a dela no sofá tomando um vinho ou um bom chá. Mas isso começa a mudar quando sua irmã mais velha é diagnosticada com uma grave doença e decide agitar um pouco a vida da irmã caçula preguiçosa. E essa mudança vai transformar tudo para Georgia.

A Faro Editorial lança este mês o livro, “A Lista que Mudou Minha Vida”. Comparado pela crítica com os livros de Sophie Kinsella e Helen Fielding, a obra retrata uma personagem sarcástica, preguiçosa e extremamente real lidando com a doença da irmã e o fato de ter que sair de sua zona de conforto cumprindo uma lista de tarefas nada simples.

Georgia e Amy sempre foram inseparáveis, mesmo que na maior parte do tempo Amy tivesse que arrastar Georgia para as aventuras. Georgia via em Amy toda a coragem em se arriscar que ela não tinha. Até que Amy é diagnosticada com uma doença degenerativa, e a vida das duas mudam totalmente. Mas o que Georgia não contava era que Amy a faria cumprir uma série de coisas de uma lista que era dela, mas que agora deverá ser vivida por Georgia, antes do aniversário de 30 anos da irmã.

Então, de tímida, sedentária e enclausurada, Georgia vai ser desafiada a enfrentar o mundo, relacionamentos, sua chefe, uma corrida de 10 km e até mesmo um salto de paraquedas. Um livro delicioso e divertido sobre o forte laço que une duas irmãs, sobre amizade, autoconfiança, autodescoberta, muito sarcasmo e claro, um encontro não tão bem-sucedido no Tinder, afinal a vida não é sempre esse conto de fadas não!

Sobre a autora
Olivia Beirne, aos 28 anos, alcançou a lista de mais vendidos do New York Times com este livro de estreia. Ela vive em Buckinghamshire, cidade ao sul de Londres. Já trabalhou como garçonete, pintora de cerâmica e assistente de elenco, mas escrever é definitivamente o seu trabalho favorito. 

Ficha Técnica
Título: "A Lista que Mudou a Minha Vida"
Número de páginas:
304
Autora: Olivia Beirne
Você pode comprar o livro neste link.

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

#ResenhandoIndica

20 20 20
Tecnologia do Blogger.