quinta-feira, 15 de outubro de 2020

.: Grátis: Eduardo Moscovis e Ana Lucia Torre se reencontram em "Norma"


Ministério do Turismo e Instituto Unimed-BH apresentam o celebrado espetáculo “Norma”, com Eduardo Moscovis e Ana Lucia Torre.

Após 14 anos da sua última exibição, peça retorna ao palco especialmente para a 2ª temporada do projeto “Palco Instituto Unimed-BH em Casa”, com única apresentação no dia 22 de outubro. Montagem será transmitia ao VIVO e GRATUITAMENTE às 20h30, pelos canais no Youtube do Sesc em Minas (SescemMinasGerais) e do Teatro Claro Rio (TeatroClaroRJ) e pelo Canal 500 da Claro TV. 

Completamente solitária, Norma está no apartamento que acabou de alugar, quando conhece Renato, antigo inquilino do imóvel que aparece para pedir a ela que informe seu novo endereço e telefone aos que o procurarem. O encontro dos dois é o ponto de partida da peça “Norma”, dos autores Dora Castellar e Tonio Carvalho, estrelada por Eduardo Moscovis e Ana Lucia Torre. Montagem, dirigida pelo próprio Tonio Carvalho e que já viajou o Brasil por duas vezes, retorna aos palcos 18 anos após a sua estreia e 14 anos após a sua última exibição, para única apresentação no dia 22 de outubro, às 20h30, na segunda temporada do Palco Instituto Unimed-BH em Casa, às 20h30.

“Norma” estreou em março de 2002 e teve sua última apresentação em maio de 2006. A peça viajou pelas capitais e várias cidades do interior do Brasil se apresentou também em Lisboa (Portugal). O espetáculo gerou uma identificação de todos os perfis de público, devido à universalidade do tema. “Falamos de perdas, abandono, sonho, tolerância e reconciliação, de bons sentimentos”, comenta Ana Lúcia. “Ainda bem que, para cada Norma pode existir um Renato, o renascido, o que tem permissão para quebrar as regras e correr riscos. 'Norma' é a história de um longo desamor, mas é também a história de um breve amor”, finaliza Moscovis.

No dicionário, norma é sinônimo de regra, lei, padrão. Partindo da acepção original da palavra, Dora Castellar e Tonio Carvalho criaram o espetáculo “Norma”, que traz a personagem título, interpretada por Ana Lucia Torre, como uma mulher que vive dentro dos códigos de “normalidade” e vai se redescobrindo ao entrar em contato com Renato, vivido por Eduardo Moscovis.

O espetáculo nasceu de um engano. “Um dia, o Tonio discou um número e caiu errado, e a mulher que estava do outro lado da linha soltou os cachorros. Tonio então ficou pensando que tipo de vida levaria essa pessoa para ter esse humor”, conta Ana Lúcia. O autor imaginou uma mulher em crise e teve a ideia de batizá-la de Norma. E Renato aparece na vida dela justamente representando esse “renascimento”. “Nossa Norma é uma mulher que impôs regras para o amor. Ela é a voz dos que afirmam que a busca da felicidade deve obedecer a padrões de comportamento que não permitem mudanças e dos que acreditam que o prêmio para a obediência é a certeza de que efetivamente seremos felizes. E virtuosos”, explica Moscovis. 

 “Norma” será apresentada vivo e gratuita com transmissão on-line pelos canais no Youtube do Sesc em Minas (SescemMinasGerais) e do Teatro Claro RJ (TeatroClaroRJ) e pelo Canal 500 da Claro TV. A apresentação do espetáculo contará com tradução em libras e áudio descrição para garantir o acesso das pessoas com deficiências auditivas e visuais. Durante a apresentação o público poderá fazer doações, por meio de QR Code, para o Mesa Brasil Sesc, programa de combate à fome e ao desperdício de alimentos promovido pelo Sesc.    

O projeto é uma iniciativa da Pólobh, produtora sediada em Belo Horizonte, MG, tem patrocínio do Instituto Unimed-BH e do Programa Sociocultural Unimed-BH, viabilizado por mais de 5,1 mil médicos cooperados e colaboradores, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura. Tem realização do Ministério do Turismo e Governo Federal, patrocínio da Pottencial Seguradora e apoio cultural do Sesc em Minas e MIP Engenharia, promoção exclusiva da Rádio Alvorada e apoio da Coreto Cultural, Culturadoria, Fredizak, HBA, Jornal O Tempo, Rádio Super Notícia e SouBH.

A produção dos espetáculos seguirá todos os protocolos e recomendações relacionados à prevenção da Covid-19 tais como a restrição do número de profissionais a trabalho nas montagens, o rigor no controle de circulação nas dependências do teatro (apenas pessoas a trabalho) e a medição da temperatura de todos os profissionais antes do acesso. Além disto, as áreas ocupadas serão frequentemente higienizadas, e haverá a disponibilização de álcool gel em diferentes setores, além da distribuição de máscaras para todos os envolvidos. Outras ações são a higienização do material antes de entrar no teatro (cenários, figurinos etc.), e o impedimento do consumo de alimentos e bebidas no local. Haverá, ainda, a presença de um bombeiro brigadista durante as atividades, para assegurar que todas as medidas serão cumpridas.

Instituto Unimed-BH
Associação sem fins lucrativos, o Instituto Unimed-BH, desde 2003, desenvolve projetos visando ampliar o acesso à cultura, estimular o bem-estar e a qualidade de vida das pessoas, valorizar espaços públicos e o meio ambiente. Ao longo de sua história, o Instituto destinou R$120 milhões ao setor cultural, por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura e da Lei Federal de Incentivo à Cultura, viabilizado pelo patrocínio de mais de 5.100 médicos cooperados e colaboradores. No último ano, mais de 850 mil pessoas foram alcançadas por meio de projetos de cinco linhas de atuação: Comunidade, Voluntariado, Meio Ambiente, Adoção de Espaços Públicos e Cultura. Saiba mais em www.institutounimedbh.com.br.




← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

#ResenhandoIndica

20 20 20
Tecnologia do Blogger.