6x1

Resenha de Mary Ellen F. S. [COM SPOILERS]

Scream 2x12: Traz a loucura a dois, mas não empolga tanto

Confira a resenha do décimo segundo episódio [com SPOILER]

texto

texto

6x3: #Croatoan faz os Miller evocarem #espíritos em #AHS

Resenha de Mary Ellen F. S. [COM SPOILERS]

quinta-feira, 29 de setembro de 2016

.: 6x3: Croatoan faz os Miller evocarem espíritos em AHS

Por: Mary Ellen Farias dos Santos
Em setembro de 2016



CONTÉM SPOILERS!



"Chapter 3", de "American Horror Story: My Roanoke Nightmare", apresenta o r
esumo medonho do que está por vir. Logo, é fácil entender a postura da mãe de Flora, Lee: "Não há maior medo do que o de perder uma criança". Para impactar mais a trama: pedaços ensanguentados de um porquinho, uma boneca -que era de Flora- e um vestido, tudo espalhado pelo quintal dos Miller. Enquanto a situação estressante da busca por Flora, a filha de Lee, continua, com direito a reconstituição, cenas medonhas pipocam na tela. Até um grande porco serve de refeição para dois seres, que só sabem repetir o nome de Flora. Que medo!

Lee aceita a ideia de  manter as buscas pelo corpo da pequena, mas é o ex-marido que opta por uma cena de chilique. Todos chegam ao limite. Em tempo, a emoção do depoimento de Lee (Adina Porter) é de arrepiar, o que, por sua vez, transborda nas cenas de reconstituição com Angela Basset. Porter e Basset são divas!

Eis que as câmeras instaladas por Matt, no casarão, causam uma tremenda briga em família, até a entrada de um novo personagem. Calmaria? Mais ou menos. Assim, surge a ideia de abdução. De fato, em AHS nada precisa fazer sentido nos primeiros episódios, não é? E o serviço da polícia? É o mesmo sem importância, pois para eles um corpo foi encontrado.

O novo personagem, que é do tipo agente -faz a história acontecer-, Cricket (Leslie Jordan), empunhando uma bengala com um sapo no topo, revela que Flora não está morta, mas com Priscila. Momento: Hein?! Hora de evocar espíritos e o que mais for preciso. Sim! A verdade é que Priscila não se faz presente, mas é a vez de uma mulher brilhar: é a protetora do lugar, The Butcher (Kathy Bates).

Após mostrar um pouco do que é capaz de fazer, Cricket pede uma dinheirama para encontrar Flora. Na sequência? Lee cansa de brincadeiras e age: Grande cena de Angela Basset. Uma volta ao passado da mamãe desesperada, quando tinha 17 anos e foi mãe pela primeira vez: Emily. Retornando ao presente, há algo de curioso, o público visualiza obastidores dos depoimentos. Adina Porter dá um banho de atuação, não ficando atrás de Basset. Não há duvida de que o terceiro episódio é da personagem Lee.

Uma pista interessante para mergulhar em "American Horror Story: My Roanoke Nightmare" é lançada: Para chegar na menina é preciso saber tudo do inimigo. Eis que fica a questão: Quem é de fato esse inimigo, hein? Somente The Butcher?! Provavelmente, não! Afinal, "Roanoke nada tem a ver com a família, apenas com Flora".

Na pele de todo bom personagem que ajuda a história a acontecer, Cricket conta a história de The Butcher: na floresta, jogada à própria sorte, com fome e sede, até que na maior ameaça de morte, encontra um "anjo da guarda" que lhe dá um coração como alimento: vida nova. Eis que a hora da vingança de Butcher é de deixar qualquer um boquiaberto. É válido lembrar que não há amizade entre vivos e mortos.

Em uma pitadinha de "Bruxa de Blair", na floresta, Matt cai no sono e fica sumido. Ledo engano, é a vez de Lady Gaga protagonizar uma ceninha de sexo básica com Cuba Gooding Jr. Que loucura!! Já Wes Bentley, finalmente tem algumas aparições, porém nada marcante que gere comentários.


Embora o termo "croatoan" apareça repetidas vezes na trama, ainda não há muito o que se afirmar de "My Roanoke Nightmare". Por outro lado, o pouco que foi descoberto do tema, antes da estreia da sexta temporada, está mais do que confirmado. 

O que é croatoan? Não é mais um tema exclusivo -e tão usado- em "Supernatural", seriado dos irmãos Winchester: Sam e Dean. Desta vez, Ryan Murphy está bebendo muito da lenda. Croatoan é muito conhecida no folclore norte-americano, mistura história, paranormalidade, boatos, fantasmas, demônios, religiões. Exatamente o que foi apresentado nos três episódios de AHS. Enfim, vamos acompanhar!!




Seriado: American Horror Story: My Roanoke Nightmare
Temporada: 6
Episódio: 1 - "Capítulo 3"
Exibido em: 28 de setembro de 2016, EUA.
Elenco: Lagy Gaga, Sarah Paulson, Wes Bentley, Denis O'Hare, Matt Bomer, Evan Petters, Kathy Bates, Angela Bassett, Cuba Gooding Jr., Adina Porter, Leslie Jordan 


*Editora do site cultural www.resenhando.com. É jornalista, professora e roteirista. Twitter: @maryellenfsm


quarta-feira, 28 de setembro de 2016

.: Primeira temporada de "iZombie" chega ao Brasil em DVD

"iZombie" é uma comédia dramática baseada na popular HQ “iZombie: Morri Pro Mundo”, escrita por Chris Roberson e Michael Allred, e está entre as boas surpresas televisionadas do momento. A primeira temporada será lançada em DVD (R$ 59,90) nesta quinta, dia 29 de setembro, pela Warner Home Entertainment, exclusivamente nas Lojas Americanas.

Na trama, Rose McIver interpreta Liv Moore, médica residente que tem sua carreira virada de cabeça para baixo em uma festa, quando é transformada em um zumbi. Vivendo como morta-viva, ela consegue um emprego no departamento legista, onde pode se alimentar de cérebros e se manter “viva”. Cada cérebro consumido transmite a ela as memórias e características do antigo dono, e ela usa esse conhecimento para ajudar a polícia a solucionar diversos crimes.

O elenco ainda conta com a atuação de Malcolm Goodwin (“O Gângster”) como o detetive Clive Babineaux e Robert Buckley (“Lances da Vida”) como Major Lilywhite. Dos criadores Rob Thomas e Diane Ruggiero, a produção executiva fica por conta de Rob Thomas, conhecido por seus trabalhos em “Veronica Mars” e “90210”. A série já foi renovada para uma terceira temporada, que estreia em 2017. 

.: São Paulo tem tarde com contação de histórias da Cia. Malas Portam

Evento acontece no dia 1º de outubro, a partir das 15h na Livraria Cultura do Conjunto Nacional, em São Paulo.

A fauna e a flora reunidas para contar histórias: uma lagarta, um sapo, um jacaré, um tucano, uma anta teimosa e muita música: tudo isso reunido em um box ilustrado e em formato de mala que contém três livros ("A Lagarta Caolha", "O Pé de Guaraná" e "Na Beira da Lagoa") e um DVD com animações musicais, histórias e uma faixa-bônus da música "Meu Tio" da Cia. Malas Portam. Promovido pela SESI-SP Editora, o lançamento acontece no dia 1º de outubro, a partir das 15h, na Livraria Cultura do Conjunto Nacional, em São Paulo, com a trupe completa numa tarde cheia de música e brincadeiras.

Sobre o Malas Portam 
Desde 2007, Malas Portam é uma Cia. de contação de histórias musicais que já se apresentou em diversas cidades de vários estados brasileiros e países da América do Sul. Seus integrantes contam histórias de maneira lúdica e criativa, trabalhando com a imaginação de pessoas de todas as idades, unindo teatro, música, literatura e a vivência acumulada em sua trajetória e suas malas nada convencionais.

Sobre a SESI-SP Editora 
Tem o propósito de levar para a sociedade, de forma planejada e sistematizada, o conhecimento produzido internamente por suas áreas de atuação, bem como identificar oportunidades editoriais que possam contribuir para o aprimoramento da sociedade como um todo. As coleções são orientadas por cinco eixos: obras de referência, produção cultural, estímulo profissional, fomento à leitura e memória.

Serviço
Lançamento box de livros da Cia. Malas Portam, da SESI-SP Editora
Sábado, 1° de outubro, a partir das 15h
Livraria Cultura – Conjunto Nacional (no deck da loja)
Av. Paulista, 2073 - Consolação, São Paulo/SP

.: Resenha: "Meu amigo, o dragão" tenta resgatar magia e inocência

Por: Mary Ellen Farias dos Santos
Em setembro de 2016



O adulto de hoje que foi criança nos anos 80 teve uma boa gama de filmes infantis que rechearam a programação vespertina das emissoras abertas de televisão. Logo, é inegável a necessidade de retomar algo tão esquecido pelos produtores da atualidade. Eis que em 2016, as salas de cinemas foram presenteadas com "Meu amigo, o Dragão", dirigido por David Lowery.

A película, que totaliza 1 hora e 43 minutos de duração, resgata a magia da inocência infantil. Em meio a figurinhas conhecidas como Robert Redford, Wes Bentley e Bryce Dallas Howard, a produção dos estúdios Disney retrata o drama do órfão Pete (Oakes Fegley), de 10 anos, que vive há algum tempo com ninguém mais, ninguém menos do que um gigante dragão que atende pelo nome de Elliot.

Após um tempo distante de seres humanos, o menino é descoberto por Grace (Bryce Dallas Howard), uma guarda-florestal que segue seus instintos maternos, assim que o encontra abandonado. Resumo: O menino chega a morar com ela e Jack (Wes Bentley). Curiosa, Grace permanece buscando pistas sobre a história do pequeno Pete até esbarrar na mística criatura que também a encantou quando criança: o dragão. 



Embora tenha cena com direito a olhos cheios de lágrimas de Bryce ao encontrar o que considerava pertencer apenas ao próprio imaginário infantil, o longa não é inovador. O mérito da produção é o de inserir cada criança na sala de cinema, diretamente no universo fascinante do pensamento criativo que é livre e sem limites. Quem disse que não existem dragões mansos e com o poder da invisibilidade, não é?

Ao público adulto fica a sensação de que "Meu amigo, o Dragão" é uma versão adaptada ao público infantil de "King Kong" (2005). Sim! O de Peter Jackson. Como não lembrar do maior primata cinematográfico ao ver no longa de David Lowery, algumas árvores sendo derrubadas enquanto o gigante se aproxima ou até da "ranharada" lançada em um ser humano?


Ver Bryce Dallas Howard, numa produção Disney sendo uma mulher comum incomoda. Por que não traze-la como princesa, em qualquer outro filme do gênero? Outra dúvida é: Como Bentley aceitou um papel fraco assim? De fato, a beleza do original foi perdida para o toque tecnológico. Qual é a essência do longa com roteiro de Toby Halbrooks e David Lowery? É a de nos lembrarmos que precisamos resgatar a inocência e libertar a magia da vida. Para as crianças, a diversão é garantida!

CURIOSIDADE: O lançamento dirigido por David Lowery e escrito por Toby Halbrooks e David Lowery, é baseado no conto de S.S. Field e Seton I. Miller e no filme “Pete's Dragon”, de 1977. "Meu amigo, o Dragão" estreia oficialmente em circuito nacional em 29 de setembro.

Cine Roxy e Disney: Em parceria, o Cine Roxy e a Disney, promoveram pré-estreia beneficente exclusiva de “Meu Amigo, o Dragão”, na terça-feira, dia 27 de setembro, a partir das 20h, no Roxy Gonzaga. Os ingressos custaram R$ 20,00, sendo que o valor arrecadado será revertido em prol do Instituto Braile de Santos.


Filme: Meu Amigo, o Dragão (Pete´s Dragon, EUA)
Direção: David Lowery
Roteiro: Toby Halbrooks e David Lowery
Ano: 2016
Duração: 
1h 43min
Gêneros: Aventura, Comédia , Fantasia, Família
Elenco: Wes Bentley, Robert Redford, Bryce Dallas Howard, Oakes Fegley
Data de lançamento 29 de setembro de 2016


*Editora do site cultural www.resenhando.com. É jornalista, professora e roteirista. Twitter: @maryellenfsm





Trailer do filme

Trecho do original

Trecho do original, música "It´s not easy"

Trecho do original, música de Pete

.: Emicida é o único brasileiro na trilha do jogo "Fifa 17"

Marcando presença ano após ano em trilhas de jogos de videogame, Emicida também estará em "Fifa 17". Desta vez, como único representante brasileiro. O MC paulistano participa em “Explotar”, do grupo Mexican Institute of Sound com o DJ Toy Selectah. Além de estar na trilha de “Max Payne” (2012), Emicida teve “Hino Vira Lata” na trilha de 2014 Fifa WorldCup,  “Levanta e Anda” na trilha do Fifa 15 e “Bonjour” em NBA2K16.


.: Primeira temporada de The Leftovers chega ao Brasil em DVD

Baseada em best-seller, The Leftovers chega ao Brasil em DVD. Justin Theroux e Liv Tyler estrelam a série sucesso de crítica que chega exclusivamente às Lojas Americanas


O que você faria se estivesse ao lado de um familiar no conforto de sua casa ou passeando na rua e, num piscar de olhos, ele desaparecesse para sempre? É com este fenômeno que a sociedade tem que lidar em The Leftovers. A primeira temporada da série chegará em DVD (R$59,90) somente nas Lojas Americanas no próximo dia 29.

A história foca na vida dos habitantes de Mapleton três anos após o desaparecimento repentino de 2% da população mundial. Muitos acreditam ser o arrebatamento cristão, quando Deus supostamente retiraria todos os crentes da Terra.

Kevin Garvey (Justin Theroux) é o chefe de polícia local que tenta manter a ordem na cidade neste novo cenário intrigante. A série também tem como protagonista a atriz Liv Tyler no papel de Meg Abbott, uma mulher que se torna alvo de um culto misterioso.

Baseado no best-seller homônimo de Tom Perrota, a produção fica por conta do cocriador de Lost, Damon Lindelof. Sucesso entre os críticos de TV, a série, que foi renovada para a terceira e última temporada no canal de TV a cabo HBO, traz em DVD os mistérios em torno do desaparecimento das pessoas e do mundo que ficou para trás.
  
Siga a Warner Home Vídeo nas redes sociais: Facebook /Twitter

terça-feira, 27 de setembro de 2016

.: Crônica: Vendas informais no comércio, por Mary Ellen F. Santos

Por: Mary Ellen Farias dos Santos
Em setembro de 2016



Árvores diversificadas que sobraram da última compra do shopping, assim como panelas de barro que estiveram por lá expostas, além de ajuda -financeira mínima- a surdos, saquinhos de temperos, panos para limpeza... De fato, a lista é ainda mais longa. Sem contar no homem que vinha diariamente vender um papelzinho medindo 8x5 centímetros, cheio de riscos coloridos, feitos numa sulfite, por aquelas réguas que fazem desenhos que voltaram com tudo e fazem sucesso na 25 de março, em São Paulo.

Esse é o cotidiano de uma loja em uma galeria pouco movimentada, embora esteja bem no coração do Gonzaga, em Santos. Complicado lidar com todas as obrigações quanto ao seu negócio enquanto se é interpelado repetidamente dessa forma. Detalhe: Querem, exigem, embora não levem ao menos uma bala que seja.

Após tanto pensar, conclui que deveria afixar uma placa bastante chamativa alertando a respeito. "Quer vender? Eu também! Antes de tentar comercializar seus produtos, que não implicam no pagamento de aluguel e outras responsabilidades, consuma aqui para que possamos conversar. Agradecemos desde já!" 


*Editora do site cultural www.resenhando.com. É jornalista, professora e roteirista. Twitter: @maryellenfsm

.: Biblioteca traz adaptação de James Joyce para crianças

Biblioteca também é lugar de criança! Pensando nisso, a Biblioteca Mário de Andrade preparou uma programação toda especial para a "Bibliotequinha de Outubro". No dia 16 de outubro, a partir das 14h, o grupo "Esopo em Dó Maior" apresenta adaptação musicada de cartas escritas pelo clássico James Joyce. Na sequência, "As Clês" vão trazer mamulengos para interação com as crianças e a programação se encerra com um palhaço que ensina sobre xilogravura! 

O projeto nasceu como forma de atrair o público infantil e infanto-juvenil   para a BMA, onde sempre aos domingos, artistas ligados à arte e entretenimento infantil criarão uma tarde de diversão recheada de música, teatro, histórias, atividades lúdicas e muita palhaçada, tendo sempre como foco principal o objeto livro e a arte de imaginar. 

Programação completa: 
14h - "Os Gatos"
No mês que celebra o dia das crianças, o grupo "Esopo em Dó Maior" apresentará uma livre interpretação das cartas que James Joyce escreveu para seu neto. Na época, a criança queria um gato de presente. O autor, então, por meio de cartas enviadas de Copenhague, criou as histórias “Os Gatos de Copenhague” e “O Gato e o Diabo”. Apresentação: "Esopo em Dó Maior". Adaptação: Markito Alonso, composição: Anselmo Mancini e Rafael Amaral.

15h - "Mamulengo"
Plêiades e Limnátides, mais conhecidas como "As Clês", convidam a criançada para criar e brincar com os mamulengos, bonecos típicos do Nordeste Brasileiro. Apresentação: As Clês.

16h - "Livro de Imaginar e Uma História com Cueca, Pum e Goiaba"
Recheado de causos, contos, natureza e música, o "Palhaço Benedito" faz um espetáculo sobre a cultura caipira: um menino da roça que não tem computador, rádio, televisão, ou mesmo um brinquedo, ganha de seu pai um livro misterioso que transforma em realidade todos os seus personagens. Por meio de xilogravuras criadas pelo próprio palhaço, Benedito diverte crianças e adultos com muita literatura, música e palhaçada. Apresentação: "Palhaço Benedito".

Serviço
Bibliotequinha Mário de Andrade adapta James Joyce
Programação infantil
Domingo, 16 de outubro
A partir das 14h
Local: Deck da BMA
Lotação: 300 pessoas
Endereço: Rua da Consolação, 94
Telefone: (11) 3775-0002

.: "Esquilo Boy vs. Homem-Meleca": herói e vilão nada convencionais‏

Enredos de super-heróis que combatem vilões todos nós já conhecemos. No entanto, o conceito sobre esse tipo de história mudará com a leitura de "Esquilo Boy vs. Homem-Meleca", livro escrito pelo inglês Dave Lowe e publicado no Brasil pela Editora Salamandra. 

Essa divertida trama se desenrola em torno de Walter Kettle, um menino normal como qualquer outro; sua mãe, Angela Kettle; Sra Onions, a velha senhora vizinha de Walter e Jeremy Winkleman-Grubb, um marmanjo sem rumo.

Tudo começa quando ocorre um acidente nuclear nas imediações da casa de Walter e, durante o incidente, um esquilo que estava ali por perto atrás de algumas avelãs foi contaminado com o material altamente radioativo. Mais tarde, Walter acaba tendo contato com o aparentemente inofensivo esquilo e a partir dai vê sua vida mudar drasticamente: estranhamente passou a ter uma cauda peluda e desenvolveu uma incrível capacidade de roer. Bastava comer o fruto seco que ele logo se transformava no "Esquilo Boy"!

Do outro lado da cidade estava Jeremy, um rapaz na casa dos 30 anos que tinha o terrível hábito de cutucar o nariz. Além disso, era um cara preguiçoso que pensava em milhares de maneiras de ganhar dinheiro sem fazer esforço. Assim como aconteceu com Walter, Jeremy, sem querer, teve contato com a radioatividade e isso o transformou em nada mais, nada menos que o "Homem-Meleca". Dotado de habilidades para lá de pegajosas, o rapaz passou a cometer os mais diversos crimes para acumular riquezas. O que ele não sabia é que o "Esquilo Boy" passaria a utilizar suas habilidades peludas e roedoras para combater o mal e salvar a cidade de uma grande meleca!

"Esquilo Boy Vs. Homem-Meleca" é um livro pensado para crianças na faixa dos oito a dez anos e que estão desenvolvendo o gosto pela leitura. Com capítulos objetivos, criatividade e muito bom humor, o autor Dave Lowe promete uma reinvenção bem humorada das tramas de super-heróis por meio de uma escrita que promete prender a atenção do leitor do início ao fim. A edição brasileira conta com tradução de Luciano Vieira Machado.

Sobre o autor
Dave Lowe sempre quis ser escritor: suas primeiras histórias foram escritas quando ele tinha apenas sete anos. Hoje ele escreve livros para crianças. Além da série "Esquilo Boy", ele também é autor da série "Stink & Jinks", sobre um menino que tem um hamster detetive.

.: Mia Couto autografa novo livro em São Paulo nesta quinta-feira

O escritor moçambicano Mia Couto estará em São Paulo para lançar o livro "Sombras da Água - As Areias do Imperador", da editora Companhia das Letras, nesta quinta-feira, dia 29 de setembro, às 11h30, na livraria Saraiva do Shopping Pátio Higienópolis. 

A obra retoma a história de "Mulheres de Cinzas", romance histórico encenado à época em que o sul de Moçambique era governado por Ngungunyane, o último grande líder do Estado de Gaza, em fins do século XIX. Ferido, o sargento português Germano de Melo é levado ao único hospital de Gaza, sob os cuidados de Imani, sua amada e responsável pelo tiro que lhe esfacelou as mãos, do pai e do irmão da garota africana e de uma amiga italiana. 

Nesta jornada, eles encontrarão outros percalços e personagens memoráveis - característicos das obras de Mia Couto. Alternando as vozes de Imani e Germano, o escritor apresenta duas visões de mundo diferentes, porém inevitavelmente envolvidas nesta trama. Em mais de 30 lojas e no site da Saraiva (www.saraiva.com.br) os livros do autor estão com até 30% de desconto. O período promocional vai até dia 4 de outubro, ou enquanto durarem os estoques.

Regras de participação 

  • Podem participar da sessão de autógrafos fãs que possuírem o livro do lançamento Sombras da água; 
  • O autor autografará apenas 1 livro por pessoa; 
  • Serão distribuídas 200 senhas para participação no evento; 
  • Não serão permitidos autógrafos em itens que não sejam livros tais como marcadores, papéis soltos, camisas, etc; 
  • A distribuição de senhas será feita a partir das 10h30, no dia do evento.
  • A sessão de autógrafos começará às 11h30; 
  • A senha é pessoal e intransferível; 
  • Caso o portador da senha não fique na fila, terá que entrar no final da fila quando retornar; 
  • No caso de extravio da senha, esta não será substituída e o portador perderá o direito de participar da sessão de autógrafos; 
  • Fotos com câmeras e celulares não serão permitidas. Teremos um fotógrafo profissional que disponibilizará todas as fotos no portal Saraiva Conteúdo (www.saraivaconteudo.com.br) em até três dias úteis após o evento.

Lançamento do livro "Sombras da Água - As Areias do Imperador" com Mia Couto
Dia: quinta-feira, 29 de setembro
Horário: 11h30
Local: Saraiva Shopping Pátio Higienópolis
Endereço: av. Higienópolis, 618 - Higienópolis - São Paulo/SP

Fotos: Renato Parada

Tecnologia do Blogger.