terça-feira, 23 de janeiro de 2018

.: Urbana Legion encerra segunda noite do festival Arena Pop Rock 2018

O evento acontece nos dias 26 e 27 de janeiro em Florianópolis, SC


A Urbana Legion,considerada o principal tributo a Renato Russo e a banda Legião Urbana, sobe ao palco do Arena Pop Rock no sábado. Considerado maior festival itinerante do sul do Brasil, que nesse ano será na capital catarinense nos dias 26 e 27 de janeiro. Mais de dez mil pessoas são esperadas no Centro de Eventos Governador Luiz Henrique da Silveira, em Canasvieiras, no Norte da Ilha.

A banda formada por Egypcio e PG (ex Tihuana), Marcão (ex Charlie Brown Jr. e atualmente na Bula) e Lena Papini (ex A Banca e atualmente na Bula), promete agitar o público tocando os grandes sucessos de Renato Russo. No sábado também se apresentam Humberto Gessinger, Nenhum de Nós e Raimundos

Além de música boa, o Arena Pop Rock vai contar com um festival gastronômico de Food Truck, e irá promover duas ações sociais, uma de arrecadação de latinhas, e outra de alimentos.


Serviço:
Data: 26 e 27 de janeiro de 2018
Horário de abertura: 17h
Local: Centro de Eventos Gov. Luiz Henrique da Silveira – Florianópolis/SC
Ingressos: http://www.blueticket.com.br/
Siga nas Redes Sociais
Urbana Legion
Facebook: www.facebook.com/urbanalegion
Instagram: www.instagram.com/urbanalegion
Site: www.urbanalegion.com.br

.: Star Wars Rebels: O início do fim começa em 3 de Fevereiro

O início do fim começa em 3 de Fevereiro às 10h quando a aclamada série de animação Star Wars Rebels retorna ao canal Disney XD com novos episódios. Cada vez mais perto de seu grand finale, a série irá ao ar todos os sábados do mês. Star Wars Rebels é uma criação de Dave Filoni (Star Wars: A Guerra dos Clones), Simon Kinberg (X-Men: Dias de um Futuro Esquecido) e Carrie Beck, com produção executiva de Filoni e Kinberg. Para comemorar, a Disney lançou hoje o trailer e o pôster da série. 

.: Sesc Vila Mariana promove oficina gratuita de construção de luminárias

Nos dias 28 e 31 de janeiro, o Sesc Vila Mariana promove oficinas gratuitas que têm como objetivo mostrar aos participantes uma forma criativa de reutilização de materiais que seriam descartados. Nos encontros serão construídas luminárias a partir de latas reutilizadas. A atividade acontece na Sala 3, 6º Andar - Torre A, e a retirada de ingressos acontece com uma hora de antecedência, na Central de Atendimento.

Essa atividade propõe também abordar a questão do descarte do lixo numa visão mais ampla, discutindo os principais conceitos que envolvem a reciclagem e o reaproveitamento.


Serviço: 
Luminária de Latas
Dia 28 de janeiro, domingo, às 11 horas
Dia 31 de janeiro, quarta-feira, às 18 horas
Local: Sala 3, 6º Andar - Torre A (capacidade: 40 lugares)
Duração: 180 minutos/cada
Grátis | Não recomendado para menores de 16 anos

Retirada de ingressos 1h antes, limitada a 2 por pessoa, na Central de Atendimento.

Horário de funcionamento da Unidade: Terça a sexta, das 7h às 21h30; sábado, das 9h às 21h; e domingo e feriado, das 9h às 18h30.

Central de Atendimento (Piso Superior – Torre A): Terça a sexta-feira, das 9h às 20h30; sábado, domingo e feriado, das 10h às 18h30.

Estacionamento: R$ 5,50 a primeira hora + R$ 2,00 a hora adicional (Credencial Plena: trabalhador no comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes). R$ 12 a primeira hora + R$ 3,00 a hora adicional (outros). 200 vagas.

Sesc Vila Mariana
Rua Pelotas, 141, São Paulo - SP
Informações: 5080-3000
sescsp.org.br
Facebook, Twitter e Instagram: /sescvilamariana

segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

.: Saiu! Confira a lista dos indicados ao Framboesa de Ouro 2018

Como é de praxe, antes de conhecermos os indicados ao Oscar, que serão revelados amanhã, dia 23 de janeiro, hoje foi divulgada a lista dos piores que concorrem ao prêmio Framboesa de Ouro. A 38ª edição do Framboesa de Ouro que acontece em 3 de março, tem "Transformers: O Último Cavaleiro" liderando a disputa com nove indicações, seguido por "Cinquenta Tons Mais Escuros", com oito vezes, duas a mais que seu antecessor em 2016 e "A Múmia", concorrendo em sete categorias. Confira a lista completa de indicados:


PIOR FILME
Baywatch
Emoji: O Filme
Cinquenta Tons Mais Escuros
A Múmia
Transformers: O Último Cavaleiro

PIOR ATRIZ
Katherine Heigl (Paixão Obsessiva)
Dakota Johnson (Cinquenta Tons Mais Escuros)
Jennifer Lawrence (mãe!) 
Tyler Perry (Boo 2! A Madea Halloween)
Emma Watson (O Círculo)

PIOR ATOR
Tom Cruise (A Múmia)
Johnny Depp (Piratas do Caribe - A Vingança de Salazar)
Jamie Dornan (Cinquenta Tons Mais Escuros)
Zac Efron (Baywatch)
Mark Wahlberg (Pai em Dose Dupla 2 e Transformers: O Último Cavaleiro)

PIOR ATOR COADJUVANTE
Javier Bardem (mãe! e Piratas do Caribe - A Vingança de Salazar)
Russell Crowe (A Múmia) 
Josh Duhamel (Transformers: O Último Cavaleiro)
Mel Gibson (Pai em Dose Dupla 2)
Anthony Hopkins (Collide e Transformers: O Último Cavaleiro)

PIOR ATRIZ COADJUVANTE
Kim Basinger (Cinquenta Tons Mais Escuros)
Sofia Boutella (A Múmia) 
Laura Haddock (Transformers: O Último Cavaleiro)
Goldie Hawn (Viagem das Loucas) 
Susan Sarandon (Perfeita é a Mãe 2)

PIOR COMBO
Qualquer combinação de dois personagens, brinquedos sexuais ou posições sexuais (Cinquenta Tons Mais Escuros)
Qualquer combinação entre dois humanos, dois robôs ou duas explosões (Transformers: O Último Cavaleiro)
Qualquer encontro de dois emojis (Emoji: O Filme)
Johnny Depp e seu estilo bêbado de atuar (Piratas do Caribe - A Vingança de Salazar)
Tyler Perry e qualquer vestido velho ou peruca ruim (Boo 2! A Madea Halloween)

PIOR REFILMAGEM/CÓPIA/SEQUÊNCIA
Baywatch 
Boo 2! A Madea Halloween 
Cinquenta Tons Mais Escuros
A Múmia
Transformers: O Último Cavaleiro

PIOR DIRETOR
Darren Aronofsky (mãe!)
Michael Bay (Transformers: O Último Cavaleiro)
James Foley (Cinquenta Tons Mais Escuros)
Alex Kurtzman (A Múmia)
Tony Leondis (Emoji: O Filme)

PIOR ROTEIRO
Baywatch 
Emoji: O Filme
Cinquenta Tons Mais Escuros
A Múmia
Transformers: O Último Cavaleiro

.: Kiko Zambianchi e Banda Fly são atrações do 2º Projeto Portas Abertas

Com entrada franca, evento promove dias de música ao pôr do sol, sempre às 18h. Kiko Zambianchi e Banda Fly integram a programação de janeiro


Após bem-sucedida estreia, o projeto Portas Abertas conquistou a simpatia do público e acaba de ingressar novamente no calendário especial do Teatro Opus. Com realização da Gaia Oficina de Cultura e do Governo do Estado de São Paulo, as apresentações de grandes nomes da música brasileira ocorrem no deck do Shopping Villa-Lobos, sempre a partir das 18h, com entrada gratuita.

O objetivo do projeto, que ressalta a música de qualidade, é promover encontros de amigos e familiares durante um dos momentos mais vibrantes do verão: o pôr do sol.

Celebrando 464 anos da cidade de São Paulo, Kiko Zambianchi promete agitar com clássicos do rock nacional, no próximo dia 25 de janeiro. Já a boy band Fly está de volta aos palcos, após uma pausa na carreira, e promete encantar seus fãs com novo repertório, no dia 27 de janeiro. A abertura desse show ficará por conta do jovem talento Pedro Thomé. A programação completa deve ser anunciada em breve. Mais informações no serviço abaixo.

25/01 – Kiko Zambianchi
O cantor e compositor, que completou recentemente 25 anos de carreira musical, apresenta um dos projetos mais importantes da sua trajetória. Depois da sua conhecida contribuição participando do CD e DVD “Acústico MTV Capital Inicial”, grande sucesso com mais de 1 milhão de cópias vendidas, finalmente chega ao aguardado momento de também apresentar o seu trabalho autoral acústico ao vivo.

O repertório reúne os maiores sucessos da carreira de Kiko Zambianchi como “Rolam as Pedras”, “Primeiros Erros” e “Eu te Amo Você”, além de outras composições inéditas. Este trabalho reedita a parceria com o próprio Capital Inicial e vem surpreendendo e repercutindo positivamente pela alta qualidade musical e artística.

27/01 – Fly + Pedro Thomé
Seguindo na contramão comum de muitas boybands, os meninos da Fly não foram selecionados pelo Departamento Artístico de alguma gravadora major ou reality show. A banda que hoje está no topo das mais pedidas nas rádios brasileiras, teve início em 2009, quando o integrante Paulo Castagnoli se reuniu com Caíque Gama, para finalmente darem asas aos seus sonhos e engajarem o projeto FLY. Depois, com auxilio das redes sociais, Nathan Barone foi descoberto e trouxe a voz que faltava.

Depois de lançar duas músicas de maneira independente e fazer sucesso com os clipes somando milhões de views no YouTube, o grupo conquistou uma massa de fãs dedicados e fiéis. Além de shows com ingressos esgotados por todo o País, a Fly se tornou um fenômeno nos meios de comunicação teen.

Em agosto de 2016, Nathan Barone anunciou sua saída da banda Fly. No dia 1 de novembro de 2016, Paulo e Caíque lançaram o primeiro single com a nova formação. A música “Pele Morena” alcançou mais de um milhão de views em menos de um mês após o lançamento, provando o sucesso da dupla.

Pedro Thomé fez sua estreia no cenário musical em janeiro de 2017 com o lançamento do single "50 Tons". Produzida por Luis Gustavo Garcia e com o apoio do produtor Sérgio Campos, a faixa foi a porta de entrada para o cantor mostrar todo seu talento. Ele abriu ainda mais seu coração com o lançamento de seu segundo single, "É Você", em abril. A faixa acústica ressalta a potência vocal de Pedro.

O reflexo da sua facilidade em transitar por vários gêneros musicais, sem perder sua identidade, mesclando o pop tradicional com beat moderno, letras românticas com linguagem jovem fica evidente em “Aonde Você For”, seu primeiro EP, que conta com 4 faixas.

Patrocínio: Comgás e Grupo Zaffari
Planejamento Cultural: Opus Promoções
Realização: Gaia Oficina de Cultura e Governo do Estado de São Paulo, Secretaria da Cultura

Classificação: Livre
Duração: 90min

SERVIÇO:
PORTAS ABERTAS
Dias 25 e 27 de janeiro
Quinta e sábado, às 18h
Local: deck do Teatro OPUS - www.teatroopus.com.br
Av. das Nações Unidas, nº 4777 - Alto de Pinheiros/ 4º piso – Shopping Villa-Lobos
Entrada Gratuita

PROGRAMAÇÃO:
25/01 - Kiko Zambianchi (18h)
27/01 - Pedro Thomé (18h às 18h35) + Fly (18h50 às 19h50)

Estacionamento:
Self - Valor por período
Até 2h - R$13,00
2h a 3h - R$16,00
3h a 4h - R$19,00
4h a 5h - R$22,00
5h a 6h - R$28,00
6h a 7h - R$34,00
Demais horas: R$3,00

Valet - Valor por período
Até 1h - R$18,00
Demais horas: R$12,00

Horário de funcionamento: Segunda a sexta: 10h às 22h (ou até o final do espetáculo)
Domingos e feriados: 10h às 22h (ou até o final do espetáculo)
Formas de pagamento: dinheiro e cartões de crédito e débito informadas no local de pagamento. Taxa de perda do cartão de estacionamento, será cobrado valor de estadia/ pernoite, conforme horas descritas nas tabelas. Tempo de tolerância de 15 minutos somente para self.

.: Centro de São Paulo ganha novo mural artístico

Primeiro coletivo artístico de rua da cidade se reúne novamente para pintar empena de prédio em famosa esquina da capital, a convite do Bloco Acadêmicos do Baixo Augusta. Inauguração: 04 de fevereiro, às 14h, durante o desfile do bloco Acadêmicos do Baixo Augusta


A parede lateral do Edifício Casa do Baixo Augusta, localizado na esquina da Rua Rego Freitas com a Rua da Consolação, em frente à Paróquia Nossa Senhora da Consolação, se transformará no mais novo painel artístico da cidade. Com 16m de largura por 45m de altura, totalizando 720 m², o mural será uma obra de Carlos Delfino, Ciro Cozzolino e Zé Carratu, três artistas plásticos que compuseram a última formação do Tupinãodá, primeiro coletivo de rua paulistano, formado no início da década de 80 e agora rebatizado como Os Tupys.

O convite partiu do Associação Cultural Bloco Acadêmicos do Baixo Augusta, do qual Zé Carratu é um dos fundadores, e cuja a sede se localiza no térreo do edifício. Alinhado ao tema proposto pelo bloco para o Carnaval 2018 (É Proibido Proibir) e aos ideais pregados pelos estudantes franceses em maio de 1968 e pelo movimento Tropicalista, o mural é um protesto contra todas as formas de autoritarismo e censura e, ao mesmo tempo, uma homenagem à região do Baixo Augusta enquanto território livre de manifestações culturais e boêmia.

Sem atuarem juntos desde fevereiro de 1990, última intervenção urbana realizada pelo Tupinãodá, os três artistas construíram carreiras polivalentes no universo criativo, sem perder de vista a produção artística independente, ao participarem de exposições e terem seus trabalhos em acervos de museus e instituições. Carlos Delfino trocou os muros da cidade pela tridimensionalidade de infláveis gigantes, enquanto Zé Carratu tornou-se prestigiado cenógrafo. Já Ciro Cozzolino, que participou da emblemática mostra “Como vai você, Geração 80? ”, manteve a pintura como atividade principal.

História é o que não falta ao grupo. Além de inaugurar o concreto virgem do túnel da Avenida Paulista – primeiro graffiti em São Paulo –, o Tupinãodá realizou uma série de intervenções polêmicas e bem-humoradas. O grupo foi o primeiro a pintar os muros da Rua Gonçalo Afonso, atual Beco do Batman, na Vila Madalena, local que se tornou posteriormente referência mundial de arte urbana. Painéis produzidos com giz, o que dava aos trabalhos um caráter essencialmente efêmero, eram também uma das marcas do coletivo.

A obra no Edifício Casa do Baixo Augusta, que começou a ser executa no último dia 10, levará 15 dias para ficar totalmente pronta, com uma média de 12 horas de trabalho diário. Estão sendo usados 200 litros de tinta fornecida pelo projeto Tudo de cor, das Tintas Coral, 300 metros de corda, 1 balancin de fachada, 5 equipamentos completos de pintura em rapel e mais de 100 itens entre rolos, pincéis e bandejas. Para chegar ao desenho final apresentado ao Acadêmicos do Baixo Augusta, os artistas criaram mais de 20 layouts internos.
A nova formação do coletivo Os Tupys tem como produtor o paulistano Pagu, responsável por diversos painéis dentro e fora do Brasil, entre eles o mural “Etnias” de Eduardo Kobra e “Contos”, de Luna Buschinelli, ambos localizados no Rio de Janeiro e presentes no Guinness Book como o maior grafite do mundo e o maior grafite do mundo feito por uma mulher, respectivamente.

Serviço: Inauguração do novo painel no Edifício Casa do Baixo Augusta.
Local: Rua Rego Freitas, 553 (esquina com a Rua da Consolação).
Data da inauguração: 04 de fevereiro, às 14h, durante o desfile do bloco Acadêmicos do Baixo Augusta
Autores: Os Tupys

.: Brasil: Primeiro espaço de jogo de realidade virtual em equipe

Recém chegado da França, Virtual Room traz novidades para o mercado de VR brasileiro


Virtual Room chega ao Brasil com um conceito inédito de jogo, uma evolução dos Escape Games existentes, que utiliza a realidade virtual para levar jogadores a ambientes totalmente imersivos e colaborativos. Além de jogo exclusivo, desenvolvido pela própria empresa, ele traz para esse mercado tecnológico a cooperação e a interação entre os participantes em um mesmo jogo. Observação, comunicação e trabalho em equipe são essenciais para decifrar os enigmas e coletar a maioria dos dados para que a equipe consiga concluir o desafio.

Criado na França em Janeiro de 2017, já é sucesso nos Estados Unidos, Bélgica, Suíça, em Singapura e na Austrália, chegando agora a vez do Brasil de mergulhar nesse universo. Localizado em São Paulo no bairro do Jardins, o Virtual Room possui 8 cabines individuais, com 9m² cada. Os equipamentos utilizados são os melhores do mercado, os óculos HTC Vive, munidos do conforto de revestimento em couro, fones de ouvido externos e microfones embutidos. A novidade e exclusividade da unidade brasileira é tratar-se do primeiro Virtual Room no mundo a prever acessibilidade, possuindo cabine exclusiva para cadeirantes.  

Indicado para pessoas de 12 a 72 anos, o jogo é ideal para, além do lazer e do entretenimento em grupo, a realização de team building, treinamento, recrutamento e seleção, dinâmicas de grupo, eventos corporativos, laboratório de idiomas e celebrações de todos os tipos. No Virtual Room, uma sala vazia torna-se um mundo paralelo onde equipes compostas de 2, 3 e 4 jogadores viajam pelo tempo e espaço. O objetivo é resgatar a Equipe Alfa, responsável por uma exploração temporal corretiva, que desapareceu. Sendo assim, o jogador deverá visitar épocas históricas em 5 dimensões diferentes e resolver os enigmas e desafios para, junto com os seus colegas de equipe, salvar a humanidade.

No próximo dia 23 de janeiro acontecerá a inauguração oficial do espaço no Brasil, com um coquetel para convidados ligados ao setor. Mas já está aberto ao público desde o início do mês. Para jogar, é preferível que se faça a reserva através do telefone, e-mail ou no local, para evitar algum tipo de espera. Com uma equipe de Game Masters altamente preparada para receber e orientar os jogadores, o Virtual Room pretende criar as melhores e mais incríveis experiências de realidade virtual em equipe ao público.             


Serviços: 
www.virtualroombrasil.com.br
Telefone: (11) 4564-1416 
Email: virtualroomsaopaulo@gmail.com 
Rua Estados Unidos, 1581 Jardins, São Paulo – SP  
(Esquina com Rua Augusta) 

.: Um pouco de "Três Anúncios Para Um Crime", favorito do Oscar 2018

"Três Anúncios Para Um Crime" é uma sombria comédia dramática do vencedor do Oscar Martin McDonagh. Meses após o homicídio de sua filha e sem um culpado preso, Mildred Hayes (ganhadora do Oscar® Francesa McDormand) faz uma jogada ousada, ela aluga três outdoors com mensagens dirigidas ao venerado chefe da polícia da cidade. Quando seu segundo comandante, um homem mimado com inclinação para violência, se envolve no assunto, a batalha entre a aplicação da lei e Mildred foge do controle.

Trailer



.: Faça Cookies com Batata Doce, Mel e Quinoa

Para quem adora sobremesas e praticidade, segue uma receita simples e saborosa de cookies de batata doce, mel e quinoa, confira:

Ingredientes:
500 gr batata doce vapza
100 gr Açúcar mascavo
150 gr Manteiga temperatura ambiente
1 gr bicarbonato de sódio
1 gr sal
150 gr Aveia em flocos
10 gr Gengibre ralado
50 gr mel
5 gr Fermento químico pó
125 gr quinoa 

Modo de Preparo: Bater o açúcar mascavo, o açúcar refinado com a manteiga até ficar um creme aerado. Acrescente o mel, o sal e um ovo por vez. Adicione a BATATA DOCE amassada e o gengibre. Em velocidade mínima adicionar a farinha de tapioca e a quinoa. Posicionar os cookies em assadeira forrada com papel manteiga. Assar em forno a 180°C, por 10 a 15 min.

Sobre a Vapza: A Vapza começou suas atividades em 1995 com capital 100% paranaense. A empresa, que possui tecnologia pioneira no Brasil para produção de alimentos cozidos no vapor e embalados à vácuo, trouxe este processo da Europa, aprimorando-o e adaptando à realidade da matéria-prima nacional. Com seu parque fabril instalado na cidade de Castro (PR), proporciona a geração de aproximadamente 1.820 de empregos indiretos. Hoje, são processadas mais de vinte matérias primas básicas, entre vegetais, tubérculos, carnes de frango, bovina, suína e pescado.

domingo, 21 de janeiro de 2018

.: MIS: Exposição "Renato Russo" é entretenimento para um dia inteiro

Por Mary Ellen Farias dos Santos*
Em janeiro de 2018



Um ídolo da música nacional. Um apartamento em Ipanema. Uma visita de seu filho a uma exposição do MIS. Um convite irrecusável. Muito trabalho pela frente! Esse é o começo de uma história que teve início há três anos e resultou na maior exposição que o MIS já concebeu.



Que tal ser contagiado pelo rock e manias de Renato Russo em um ambiente completamente especial? Para usufruir de tamanha oportunidade, é preciso ser rápido, pois a exposição "Renato Russo", no Museu da Imagem e do Som, MIS, instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, fica em cartaz até o dia 28 de janeiro de 2018. 

A exposição que conquistou a premiação de “Melhor Exposição do Ano”, ainda no final de 2017, do "Guia da Folha" de São Paulo, é extremamente diversificada por conteúdo vasto, pois reúne de tudo um pouco, entre as mínimas coisas que o próprio Renato Russo mantinha no apartamento em que morou até morrer. 

Aos mais jovens, que pouco sabem do compositor de "Eduardo e Mônica", há uma linha do tempo que descreve os passos dele, do nascimento (27 de março de 1960) até a morte (11 de outubro de 1996), ano a ano. Cheia de conteúdo, a exposição "Renato Russo" abraça, facilmente, o público das mais variadas idades. 

Como não se deixar envolver pelo som ambiente já na entrada, repleta de colagens e letreiros no teto e paredes? (Veja o vídeo abaixo) Impossível não parar para ler os convitinhos do bebê Renato Manfredini Júnior, diplomas, boletins, redações, rascunhos das letras das famosas canções ou o castigo que ocupa uma folha inteira: "Não devo rasgar caderno do colega".

Entre os objetos pessoais expostos estão fotos 3x4, roupas, quadros diversos, incluindo discos de platina e de ouro, instrumentos, cartas de tarô, cartazes dos shows do "Legião Urbana", coleções variadas -desde anjinhos a livros e discos-, inclusive, uma réplica do quarto do Trovador Solitário. 

Das preciosidades expostas está o curta que protagoniza -legendado, por ser em inglês-, partes de show -exibido numa sala à parte em que pedaços de tecido formam um fundo uniforme para os vídeos refletidos- a textos incríveis, como por exemplo, "Meu inventário moral diário". Entre um andar e outro da exposição, um lindo túnel está forrado -paredes e teto- por cartas e fotos recebidas dos fãs.

Não há dúvida de que o poeta Renato Russo deixou para o MIS o privilégio de selecionar e expor aos fãs e admiradores uma vasta riqueza de material. Para aproveitar tudo o que "Renato Russo" manteve e guardou, é preciso chegar cedo, para, de fato, poder se deleitar calmamente em cada parte da exposição, pois não é permitido transitar entre os andares uma vez que avançados.



Sobre a exposição: Renato Russo presta homenagem a um dos maiores ícones da música brasileira e é a quarta exposição idealizada e concebida totalmente pelo MIS. A exposição é resultado de uma vasta pesquisa realizada no acervo de Renato Russo que se encontrava no apartamento onde ele morou e traz diversos objetos pessoais como fotos, manuscritos, instrumentos musicais, fanzines, letras de músicas, desenhos e cartas de fãs.  Giuliano Manfredini, único filho do artista, concedeu ao MIS total acesso ao apartamento de Renato Russo confiando à equipe do museu sua catalogação, conservação e adaptação para a exposição. A mostra fica em cartaz até o dia 28 de janeiro de 2018. 

Serviço:
Exposição Renato Russo
Até 28 de janeiro
Local: Museu da Imagem e do Som – MIS
Endereço: avenida Europa, 158, Jardim Europa, São Paulo | (11) 2117 4777 | www.mis-sp.org.br
Estacionamento conveniado: R$ 18 
Acesso e elevador para cadeirantes. Ar condicionado.
Ingresso Rápido: www.ingressorapido.com.br/renatorussonomis



*Editora do site cultural www.resenhando.com. É jornalista, professora e roteirista. Twitter: @maryellenfsm


Registros da Equipe Resenhando.com
Capa de caderno ilustrada por Renato Russo

Coleção de cartões com pinups

Confira alguns registros da Equipe Resenhando.com no Instragram
Uma publicação compartilhada por Resenhando.com (@portalresenhando) em


Postagens mais antigas → Página inicial
Tecnologia do Blogger.