Geek City: Mortos vão andar por Curitiba

Painel contará com a presença do ator Seth Gilliam

Madeleine Peyroux retorna ao Brasil com turnê de novo álbum

Um dos nomes mais importantes do jazz contemporâne

terça-feira, 22 de agosto de 2017

.: Final do “MasterChef” terá plateia, torcida e estúdio para tuiteiros

Anúncio da vencedora será transmitido ao vivo. Michele e Deborah disputam a grande final


A Band prepara uma edição especial para anunciar a grande vencedora da quarta temporada do MasterChef na terça-feira, dia 22, às 22h30. Mais de 900 pessoas acompanharão a final do talent show nos estúdios da Band em São Paulo. A decisão entre Deborah e Michele será transformada em evento.

Transmitida ao vivo, a chegada das finalistas à Band terá tapete vermelho e torcida de 450 pessoas na arquibancada construída no pátio da emissora. Enquanto isso, do lado de dentro, Hugo Gloss vai liderar um time de influenciadores que vão tuitar direto do Estúdio Interativo TIM, que receberá 250 convidados. Já no cenário principal, uma plateia com mais de 200 pessoas vai acompanhar a disputa final.

A quarta temporada do programa acumula 6 pontos de audiência até o momento, tendo alcançado a liderança no horário por 206 minutos e a vice-liderança por 723 minutos. Além de dar à Band excelentes índices de audiência, o MasterChef tem nas redes sociais um reflexo de seu sucesso. 

Líder absoluto no Twitter, com mais de dois milhões de menções da #MasterChefBR desde a estreia, o talent show da Band se transformou num fenômeno, tornando-se o programa de televisão mais comentado nas redes sociais. Segundo dados do Kantar Twitter TV Ratings, levantamento que mensura a repercussão do conteúdo televisivo no ambiente digital, o número de impressões (quantidade de vezes em que o tweets relacionados ao programa foram visualizados durante sua exibição) é grandioso: foram 343 milhões de impressões desde a estreia da quarta temporada, em março, até o mês de julho. 

Na prova final, Deborah e Michele terão que conquistar o paladar dos jurados com menus autorais completos: entrada, prato principal e sobremesa. A grande vencedora vai ganhar R$ 200 mil, uma bolsa de estudos de técnicas culinárias na Le Cordon Bleu, em Paris, um kit de produtos Tramontina e o troféu de MasterChef. A segunda colocada também ganhará um curso na Le Cordon Bleu Ottawa, no Canadá. As duas finalistas serão premiadas com R$ 1 mil por mês, durante um ano, para compras com o cartão Carrefour. 

.: Crônica: Um singelo adeus para a tia dos doces

Por: Mary Ellen Farias dos Santos
Em agosto de 2017



Ainda no domingo, escutei da minha mãe, que, quando o coração aperta demais, segurar as lágrimas não faz bem. De fato, tentei e até consegui um pouco. Lutei bravamente e segurei meu sentimento. Não queria desmoronar. Contudo, ver alguém que fez parte de nossa história com flores ao redor, mexe com a gente.

Pois bem, ainda nem dava 11 horas da manhã, da última sexta-feira quando o telefone de casa tocou e era a minha mãe.

- Olha, a tia faleceu!

Fiquei sem palavras até que soltei um... Xiii!

Ok! Ela já estava em idade avançada e nos últimos três meses internada, mas a esperança é sempre maior do que tudo nessa vida. Ela era forte e não queria morrer. Afinal, muitos dos "fantasmas" do passado que ousaram visitá-la, foram alertados: "Vão! Eu não quero morrer!"

Uma figura inesquecível! Essa era a minha tia-avó Conceição. Uma portuguesa sem meias palavras, com uma risada inconfundível e que me levava com os netos para o quartinho dos doces. Quantas vezes fomos até lá escondido de nossos pais, saíamos de mãos cheias. Ah! Lembrança nítida que levarei para o resto da minha vida.

Fico também com a última vez em que estivemos juntas tendo o meu marido ao lado. Na garagem da casa da irmã dela, enquanto terminávamos de lavar o carro, colocamos uma cadeirinha para que ela sentasse e abrimos uma caixa de bombons. Primeiro ela escolheu um smash e um charge. Ficou ali com a gente. Conversamos, rimos. Ela disse: Hum! Eu gosto desse bombom! Oferecemos mais. 

Assim, aquela magia da infância de ir até aquele lugar encantado dos doces, eu pude retribuir um pouquinho. Sim! Aquela velhinha também gostava de docinhos. Valeu, tia!!


*Editora do site cultural www.resenhando.com. É jornalista, professora e roteirista. Twitter: @maryellenfsm


.: Sete erros que os pais cometem na hora de dar mesada

A mesada é uma ótima ferramenta para inserir as crianças e jovens no universo financeiro. No entanto, há alguns erros cometidos pelos pais/responsáveis nessa hora que podem fazer com que tenha o efeito contrário, dando maus exemplos à nova geração.

Se bem aplicada, ao invés de ser um incentivo ao consumo, se torna um meio de educar financeiramente os jovens, que, em um futuro próximo, fará esses jovens mais consciente e sustentável. Então, com um cenário econômico instável e a proximidade do fim do ano (Natal e férias), o momento é extremamente propício para refletir e tratar sobre questões que envolvam a relação desse público com o uso do dinheiro.

Listo abaixo os sete principais erros na implementação da mesada, que estão explicados em meu novo livro Mesada não é só dinheiro – Conheça os 8 tipos e construa um novo futuro (Editora DSOP):

1. Desequilíbrio
A criança não deve guardar todo o seu dinheiro para os sonhos. Ela precisa separar 50% de sua mesada para o consumo cotidiano e se dar o direito de comprar algo que deseja – sem excessos. Por incrível que pareça, a disciplina rígida que alguns pais impõem dentro de casa pode acabar transformando seus filhos em criançasobsessivas com o dinheiro e, consequentemente, em futuras pessoas avarentas.

2. Violação
Os pais não podem, de forma alguma, usar o dinheiro que a criança vem guardando para os seus sonhos como empréstimo. Essa recomendação pode parecer absurda, mas existem muitos casos, no âmbito familiar, em que os pais ou responsáveis mexem no cofrinho do filho ou retiram algum valor da caderneta depoupança da criança para pagamento de uma conta da casa ou mesmo para uso particular.

3. Ruptura
Nunca atravesse as etapas de esforço e crescimento de seu filho. Jamais compre o objeto de sonho dele antes que a criança consiga juntar o dinheiro para conquistá-lo. Isso fará com que ele registre na mente, para o resto da vida, a ideia de que não precisa lutar para conquistar as coisas que deseja.

4. Permissão
Aprenda a dizer não, é para o bem da criança. Durante a implementação da mesada, você vai se deparar com a seguinte situação: a criança vai gastar todo o dinheiro antes de o mês terminar. É natural, ela está aprendendo e vai pedir mais quando isso acontecer. Mas ela deve vivenciar as consequências de seus atos.

5. Desmedida
A mesada não pode ser usada nem como prêmio, nem como castigo. Há pais que, por impulso, decidem não dar mesada por um período de tempo ao filho, por mau comportamento ou notas baixas, por exemplo. Ou então, dão a mesada porque o filho fez alguma atividade doméstica. A mesada deve ser respeitada e jamais virar uma moeda de troca ou “barganha” entre pais e filhos.

6. Remuneração
A mesada não é salário. Salários são pagos para quem trabalha e criança não pode e não deve trabalhar. Esse é um dos conceitos que nunca é demais reforçar, para que as coisas fiquem realmente claras. Salário é salário, mesada é mesada!

7. Sonegação
Os adultos devem ensinar as suas crianças, desde cedo, que tudo que compramos deve vir com nota fiscal, desde um chocolate até uma bicicleta. Portanto, não deem o exemplo errado para os seus filhos, negociando uma compra sem nota fiscal para obter desconto.


Reinaldo Domingos, educador financeiros, presidente da Associação Brasileira de Educadores Financeiros (Abefin) e da DSOP Educação Financeira e autor do best-seller Terapia Financeira, do lançamento "Mesada não é só dinheiro", e da primeira Coleção Didática de Educação Financeira do Brasil.

.: Turma da Mônica: 18ª Bienal do Rio terá 16 lançamentos

No evento, oito editoras lançarão novidades em parceria com a Mauricio de Sousa Produções, e o desenhista participará de palestras e sessões de autógrafos


Na Bienal do Livro de 2017, que acontecerá de 31 de agosto a 10 de setembro, no Riocentro – RJ, a divisão editorial da Mauricio de Sousa Produções, considerada a maior produtora de conteúdo infantil do Brasil, apresentará 16 lançamentos com os personagens do criador da Turma da Mônica, por oito editoras.

O desenhista Mauricio de Sousa participará de três palestras dentro da programação oficial da Bienal, para conversar sobre os lançamentos, além de realizar sessões de autógrafos nas editoras licenciadas. A relação completa de dias e horários estará disponível, em breve, no site da Turma da Mônica.
No sábado, dia 2 de setembro, às 17h30, o autor participará, ao lado de Mario Sergio Cortella, de um bate-papo sobre o livro Vamos Pensar um Pouco? Lições Ilustradas com a Turma da Mônica, da Editora Cortez. No dia 3 de setembro, às 17h, Mauricio conversará sobre sua biografia, A História que Não está no Gibi, da Editora Sextante.

Ele também participará do lançamento do livro Uma Viagem Inesperada, da Editora Nemo, no dia 10 de setembro, às 18h. O desenhista estará acompanhado por Marina Sousa, sua filha e inspiradora da personagem Marina, e pelas quatro autoras – Babi Dewet, Melina Souza, Carol Christo e Pam Gonçalves.
  
Mauricio de Sousa e o mercado editorial: Mauricio de Sousa é um dos autores com mais obras vendidas no Brasil, principalmente no segmento infantojuvenil. Além do seu sucesso no mercado de quadrinhos, ele também conquistou a liderança na categoria de livros ilustrados.

Em 57 anos de carreira, Mauricio criou cerca de 400 personagens, sendo 70 fixos.  A Turma da Mônica tem mais de um bilhão de revistas vendidas no mundo, desde o primeiro exemplar publicado em 1970. E mais de 60 países já publicaram suas histórias. São cerca de 10 milhões de leitores/mês só para a sua área de impressos. Mauricio é o primeiro autor de quadrinhos no mundo que entrou para uma Academia de Letras – a Academia Paulista de Letras.

A Mauricio de Sousa Produções sempre procura parcerias e lançamentos de publicações para ajudar no desenvolvimento de crianças e adolescentes. De acordo com uma pesquisa da Datafolha, realizada em 2017, 80% dos brasileiros consideram que as revistas da Turma da Mônica em quadrinhos têm um papel importante na alfabetização das crianças no Brasil e 85% concordam que os gibis da Turma da Mônica incentivam a leitura de livros de modo geral. 

Além disso, 64% concordam que os gibis da Turma da Mônica ajudaram seus filhos a aprender a ler. [Fonte: Pesquisa Datafolha realizada de 7 a 9 de março de 2017, com 2.100 entrevistas, distribuídas em 130 municípios brasileiros, com margem de erro de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos, dentro do nível de confiança de 95]

Lançamentos na Bienal

Sextante 
Mauricio – A História que Não Está no Gibi
Em sua biografia, Mauricio de Sousa faz uma viagem no tempo e relembra vários momentos de sua vida. Feita a partir de depoimentos ao jornalista Luís Colombini, o livro mostra que o desenhista tem em si vários trejeitos de seus personagens: um lado otimista, um jeito perseverante de levar a vida e até uma pequena dose de teimosia. Ele ainda compartilha fotos de seu arquivo pessoal (da infância, de sua família e até de pessoas que viraram personagens), seu processo de criação, o que fez para transformar tantos sonhos em realidade e como, até hoje, continua se reinventando. Autor: Mauricio de Sousa | Ano 2017|16 x 23 cm | 336 páginas |R$ 49,90 ou R$ 29,90 (e-book)


Boa Nova
Outro Lar
Em Outro Lar, a Turma da Mônica vai ao Rio de Janeiro visitar André, um primo do Cascão, que, além de apresentar os pontos turísticos da Cidade Maravilhosa, vai mostrar às crianças como a prática de bons hábitos pode ajudar a ter sonhos melhores, e até conhecer lugares inimagináveis. Autores: Mauricio de Sousa, Luis Hu e Ala Mitchell | Ano 2017|20 x 26 cm| 64 páginas |R$ 31,90| ISBN 978-85-8353-085-5
  

Ciranda Cultural
Aprendendo o ABC
A de amizade, B de brincadeira e C de Cascão e Cebolinha. Com este livro, você vai aprender o alfabeto com a Mônica e sua turminha! E para o aprendizado ficar mais divertido, brinque e cole os adesivos! Ano 2017|35,5 x 28 cm | 48 páginas |R$ 14,90| ISBN 978-85-3807-042-9
  

Biblioteca de Boas Maneiras
Obrigada!; Por favor!; Com licença!; Saudações; Olá!; Desculpa! As boas maneiras estão presentes no dia a dia de todas as pessoas. O que acha de aprendê-las e praticá-las? Com a Mônica, o Cebolinha, a Magali e o Cascão, será ainda mais fácil. Consulte essa pequena biblioteca de boas maneiras sempre que precisar e divirta-se! Além disso, o verso dos livros formam uma cena divertida!  Ano 2017|17,3 x 23 cm | 60 páginas |R$ 24,90| ISBN 978-85-3807-620-9


Vamos Aprender o Alfabeto
Prepare-se para embarcar nesta aventura com a Mônica e a turma do Limoeiro! Ao lado deles, aprender o alfabeto será mais fácil e divertido, com atividades práticas e diversas outras para exercitar o seu aprendizado. Ano 2017|20,5 x 27,5 cm | 16 páginas |R$ 4,50| ISBN 978-85-3806-953-9


Vamos Aprender os Números
Prepare-se para embarcar nesta aventura com a Mônica e a turma do Limoeiro! Ao lado deles, aprender os números será mais fácil e divertido, com atividades práticas e diversas para exercitar o seu aprendizado. Ano 2017|20,5 x 27,5 cm | 16 páginas |R$ 4,50| ISBN 978-85-3807-622-3


Vamos Aprender as Cores e Formas
Prepare-se para embarcar nesta aventura com a Mônica e a turma do Limoeiro! Ao lado deles, aprender as cores e as formas será mais fácil e divertido, com atividades práticas e diversas para exercitar o seu aprendizado. Ano 2017|20,5 x 27,5 cm | 16 páginas |R$ 4,50| ISBN 978-85-3807-623-0


Vamos Aprender os Traços
Prepare-se para embarcar nesta aventura com a Mônica e a turma do Limoeiro! Ao lado deles, aprender diferentes traços e linhas será mais fácil e divertido, com atividades práticas e diversas para exercitar a sua coordenação motora. Ano 2017|20,5 x 27,5 cm | 16 páginas |R$ 4,50| ISBN 978-85-3807-621-6


60 Atividades
O que não falta nos dias da Mônica e de seus amigos é diversão! Venha resolver muitos desafios com essa turma. São atividades sobre o alfabeto, os números e muito mais, para você aprender e brincar ao mesmo tempo! Ano 2017|18,5 x 26,5 cm | 32 páginas |R$ 7,90| ISBN 978-85-3807-430-4
  

Cortez 
Vamos Pensar um Pouco? – Lições Ilustradas com a Turma da Mônica
Vamos pensar um pouco? Dá para notar que esse é um convite muito diferente de “Vamos pensar pouco?”. Esse “um” faz toda a diferença! Na vida, cada um faz toda a diferença, mas não basta ser apenas um; pensamos melhor quando pensamos em turma e, melhor ainda, acompanhados da Turma da Mônica, que nos anima a pensarmos mais, com persistência e alegria, com generosidade e liberdade, com inventividade e criatividade. Esse é o principal motivo que juntou o desenhista, Mauricio de Sousa, pai da turma, e o filósofo Mario Sergio Cortella, fã da turma, fazendo com que a arte da ilustração e a arte da filosofia se encontrem para dialogar com quem acolhe o nosso convite. Autor: Mauricio de Sousa e Mario Sergio Cortella| Ano 2017|14 x 21 cm | 80 páginas |R$ 29,90| ISBN 978-85-249-2548-1


Girassol
Alice no País das Maravilhas
Esta obra-prima de Lewis Carroll é um clássico da literatura infantil universal. No País das Maravilhas, a jovem Alice descobre que o impossível pode acontecer. Entre a loucura e a sanidade, o enredo fantástico diverte e ensina valiosas lições, mesmo quando a protagonista reluta em reconhecê-las. Esta obra mudou para sempre o estilo, as intenções, o modo de narrar e o respeito do autor pelos seus leitores. O livro influenciou diversas gerações de escritores e ilustradores, deu origem a filmes, adaptações e muito mais. Nesta linda versão, a Mônica, com sua personalidade marcante, reinterpreta Alice, enquanto outros personagens de Mauricio de Sousa vivem papéis também inesquecíveis. Ricamente ilustrado, inspirador e surpreendente, este livro é recomendado para leitores de todas as idades. Autor: Mauricio de Sousa e Lewis Carroll | Ano 2017| 23,5 x 30,5 cm | 80 páginas |R$ 69,90| ISBN 978-85-394-2128-2


Imeph 
Uma Viagem a Portugal
Quem não gosta de aprender brincando? E de conhecer o mundo sem sair de casa, só com o poder da imaginação? Agora, isso é possível e ainda acompanhado da Turma da Mônica em uma divertida viagem a Portugal! O leitor irá descobrir várias palavras diferentes que só são usadas no português falado por lá, além de visitar lugares interessantes e saber como é a vida das pessoas naquele país. Nesta aventura, o leitor vai conhecer mais de 250 palavras, como “matraquilhos”, “peúgas”, “esferovite” e “chávena”, que fazem parte do idioma português, mas que os brasileiros não fazem ideia do que significam. E isso na companhia de toda a Turma da Mônica, inclusive do António Alfacinha, o amiguinho português que vai servir de guia para a essa aventura. Boa viagem! Autor: Mauricio de Sousa e José Santos | Ano 2017| 20 x 26cm| 96 páginas |R$ 50,00| ISBN  978-85-7974-341-2

  
Nemo
Turma da Mônica Jovem – Uma Viagem Inesperada
Em quatro contos, cada personagem vive uma aventura especial. Mônica desvenda a Coreia do Sul, vivendo experiências que a permitem conhecer um idioma diferente, a culinária local e o mundo do k-pop. Magali parte para uma viagem imprevista a Paraty. Denise vai a uma fazenda, onde terá a chance de aprender que experiências simples num ambiente distante das redes sociais podem ser muito reveladoras. Marina viaja a Londres, onde descobre que se arriscar um pouco mais pode trazer resultados inesperados.  Autoras: Babi Dewet, Carol Christo, Pam Gonçalves e Melina Souza | Ano 2017|14 x 21cm | 336 páginas |R$ 39,80| ISBN:  978-85-8286-414-2
  

Panini 
Graphic MSP – Capitão Feio – Identidade
Ele é um homem solitário, sem memórias, sem passado e... extremamente poderoso. Mas a revelação de seu misterioso dom tornará cada vez mais difícil sua relação com a sociedade. Em Identidade, os gêmeos, Magno e Marcelo Costa, fazem uma releitura angustiante e surpreendente do Capitão Feio, o principal vilão de Mauricio de Sousa. Autores: Magno e Marcelo Costa | Ano 2017|28 x 19 cm | 100 páginas |R$ 26,90 (brochura) ou R$ 36,90 (capa dura)


Turma da Mônica Jovem em Cores – Lembranças
Em Mônica – Lembranças, a líder da turma foi aprisionada em um aparelho que apaga memórias. Enquanto Mônica navega pelo seu passado, será que terá força suficiente para manter suas lembranças e ainda derrotar sua misteriosa inimiga? Autor: Mauricio de Sousa | Ano 2017|28 x 19 cm | 108 páginas |R$ 39,90 (capa dura)

  
Turma da Mônica Jovem – Primeira Série #3
Republicação da primeira série da Turma da Mônica Jovem, em histórias cheias de aventura em estilo mangá. Este volume reúne as edições 6, 7 e 8 da publicação original. A turma viaja para Marte com a ajuda de Astro, o veterano herói que já desbravou as galáxias. Quando estão no planeta vermelho, encontram e ativam um robô guerreiro dentro de uma antiga construção, mas não sabem que estão chamando a atenção de um Império Galáctico bélico e conquistador. Viaje pelo hiperespaço em O brilho de um pulsar, uma aventura completa baseada no longa-metragem A princesa e o robô | Ano: 2009|R$ 17,90
  


Programação
Mauricio de Sousa terá três participações na agenda oficial da Bienal:
Dia 02/09 - Sábado - 17h30:
Editora Cortez - Bate-papo com Mauricio de Sousa e Mario Sergio Cortella sobre o livro Vamos Pensar um Pouco? Lições Ilustradas com a Turma da Mônica. Autógrafos para 50 senhas

Dia 03/09 - Domingo - 17h
Editora Sextante - Bate-papo sobre a Biografia. Autógrafos para 50 senhas

Dia 10/09 - Domingo - 18h
Editora Nemo - Bate-papo sobre o livro Uma Viagem Inesperada entre Mauricio de Sousa, Marina Sousa e as quatro autoras (Babi Dewet, Melina Souza, Carol Christo e Pam Gonçalves). Autógrafos para 50 senhas de Mauricio e Marina

A relação completa de dias e horários das sessões de autógrafos do desenhista Mauricio de Sousa nas editoras licenciadas estará disponível, em breve, no site da Turma da Mônica.

Sobre a Mauricio de Sousa Produções: A Mauricio de Sousa Produções (MSP) é a maior empresa de produção de histórias em quadrinhos do Brasil com mais de 50 anos de história e responsável por uma das marcas mais admiradas do país, a Tuma da Mônica. Na área editorial, a empresa possui um dos maiores estúdios do setor no mundo e alcançou o número de 350 títulos de livros até hoje, além de contar com mais de 80% do mercado de histórias em quadrinhos. A companhia é responsável pela criação de 400 personagens, que já venderam mais 1 bilhão e 200 milhões de revistas, responsáveis pela alfabetização informal de milhões de brasileiros. 

A MSP investe em tradição com inovação e produz hoje conteúdos em todas as plataformas com a mais alta tecnologia alinhando educação, cultura e entretenimento. No licenciamento, a MSP trabalha com média de 150 empresas que utilizam seus personagens em mais de 3 mil itens.

Na área digital, possui dezenas de games e aplicativos com mais de 10 milhões de downloads, uma média de 440 milhões de visualizações por mês no YouTube.


.: Os Novos Baianos desembarcam no Espaço das Américas

Banda traz a turnê "Acabou Chorare os Novos Baianos se encontram" no dia 1 de setembro


"Os Novos Baianos" - Moraes Moreira, Baby do Brasil, Pepeu Gomes, Paulinho Boca de Cantor, Luiz Galvão - continuam na estrada com sua turnê "Acabou Chorare os Novos Baianos se encontram". Desta vez, eles desembarcam no Espaço das Américas, um dos maiores e melhores espaços para shows de São Paulo, na sexta-feira, dia 1 de setembro, para apresentar a turnê mais comentada de 2016, que conta com um repertório marcante, passando por toda a trajetória da banda.

Seja na doce voz de Baby, nos solos de guitarra virtuosos de Pepeu, na batida de pandeiro de  Paulinho, na levada de violão característica de Moraes ou quem sabe nos poemas únicos do letrista Luiz Galvão, o público terá uma oportunidade única de conferir um show inédito na cidade.

São raras as bandas que podem dizer que suas músicas atravessam diversas gerações, como os Novos Baianos. O grupo teve seu apogeu nos anos 70, ápice da ditadura militar e de um cenário de repressão e censura. Como em um trecho da música "Anos 70" que leva o nome do período, não à toa, uma das canções de maior sucesso e um verdadeiro hino da época, apesar das dificuldades enfrentadas, eles acabaram "deixando marcas na imagem e no som". De lá pra cá, sucessivas gerações de artistas e fãs seguem ouvindo e sendo influenciadas pela modernidade presente em hits como "O Samba da Minha Terra", "Preta Pretinha", "Brasil Pandeiro", "Acabou Chorare", "Mistério do Planeta" e "A Menina Dança", todos essas e tantas outras presentes no repertório da turnê.

Seus trabalhos são atuais em todos os tipos de análises possíveis, soam contemporâneos musical e historicamente. Em virtude disso, em 2007, a edição brasileira da Revista Rolling Stone convocou estudiosos, produtores e jornalistas para eleger os maiores discos da nossa música em todos os tempos. "Acabou Chorare" foi eleito o melhor.

Os "novos" Baianos permanecem tão joviais quanto aqueles amigos que, inspirados no movimento Tropicália dos anos 60, se levantaram diante das injustiças e usaram suas músicas como maneira de se expressar. Talvez o destino tenha feito tudo isso pensado: o começo, o conceito, o hiato e a volta. O mesmo destino que Moraes sabiamente analisou em carta aberta aos fãs: "O destino fez seus planos, os laços das ideias e dos ideais nos fizeram irmãos. Somos um todo, a soma das partes, no oficio das artes. Por mais que a vida nos leve por caminhos diversos, o tempo se incumbe de promover encontros e reencontros. É bom que assim seja, pois quando acontece, é de forma intensa e verdadeira. Podemos então matar a saudade de uns e a curiosidade de outros".

Os ingressos estão à venda, para adquirir, basta ir pessoalmente às bilheterias do Espaço das Américas (de segunda a sábado das 10h às 19h - sem taxa de conveniência) ou então acessar o site da Ticket 360 (https://goo.gl/xgibPV). Os preços vão de 1º lote: R$ 60,00 (meia entrada) e R$ 120,00 (entrada inteira)

Para mais informações, acesse www.espacodasamericas.com.br.

Facebook: www.facebook.com/espacodasamericas | Instagram: @espacodasamericas

Serviço 
Show Os Baianos | Espaço das Américas
Data: 1 de setembro de 2017 (sexta-feira)
Abertura da casa: 21h
Início do show: 23h30
Censura: 18 anos
Local: Espaço das Américas ( Rua Tagipuru, 795 - Barra Funda - São Paulo - SP)
Capacidade da casa para este evento: 7.274 lugares
Acesso para deficientes: sim
Ingressos:  Os ingressos vão de 1º lote: R$ 60,00 (meia entrada) e R$ 120,00 (entrada inteira)
Compras de ingressos: Nas bilheterias do Espaço das Américas (de segunda a sábado das 10h às 19h - sem taxa de conveniência ) ou Online pelo site Ticket360 https://goo.gl/xgibPV  
Formas de Pagamento: Dinheiro, Cartões de Credito e Debito, Visa, Visa Electron, MasterCard, Diners Club, Rede Shop. Cheques não são aceitos.
Call center Ticket360: (11) 2027-0777

Objetos proibidos: Câmera fotográfica profissional ou semi profissional (câmeras grandes com zoom externo ou que trocam de lente), filmadoras de vídeo, gravadores de audio, canetas laser, qualquer tipo de tripé, pau de selfie, camisas de time, correntes e cinturões, garrafas plásticas, bebidas alcóolicas, substâncias tóxicas, fogos de artifício, inflamáveis em geral, objetos que possam causar ferimentos, armas de fogo, armas brancas, copos de vidro e vidros em geral, frutas inteiras, latas de alumínio, guarda-chuva, jornais, revistas, bandeiras e faixas, capacetes de motos e similares.  

.: Pato Fu anuncia “Música de Brinquedo 2” e lança versão de “Palco”

Há sete anos o Pato Fu iniciou um dos projetos mais originais da música brasileira, o premiado “Música de Brinquedo”. Utilizando instrumentos em miniatura ou de brinquedo, o grupo regravou versões de clássicos nacionais e internacionais no CD homônimo lançado em 2010. Seguindo o mesmo conceito, a banda apresenta o novo álbum do projeto. “Música de Brinquedo 2” será lançado pela Deck nas plataformas digitais e em formato físico no dia 1 de setembro.

O disco foi gravado no estúdio 128 Japs (Belo Horizonte), com produção de John Ulhoa. Nele estão 11 faixas, entre elas “Every Breath You Take” (The Police), “Rock da Cachorra” (Léo Jaime) e “Mamãe Natureza” (Rita Lee).

A banda apresenta uma prévia: a versão de brinquedo da música “Palco”, de Gilberto Gil. A capa do single tem ilustração de Anna Cunha e é uma homenagem ao disco "Luar” (1981), no qual a canção foi lançada originalmente. 

Para ouvir, acesse: https://patofu.lnk.to/PalcoSinglePR

.: Será que os óculos de sol nos protegem de doenças oculares graves?

A exposição prolongada ao sol também está ligada a doenças oculares mais graves, tais como catarata, diversos tipos de câncer de olho e pterígeo


O excesso de exposição solar pode colocá-lo em risco de graves problemas oculares, a curto e longo prazo. Isso é verdade para jovens e velhos, durante todo o ano. A prevenção é simples. Use óculos de sol que bloqueiam a radiação ultravioleta. Mas como você sabe se seus óculos de sol estão protegendo sua visão?

“Ao comprar um óculos de sol, procure uma etiqueta ou rótulo que diga proteção 100% contra UVA e UVB ou 100% de proteção contra UV 400. A proteção UV é a peça essencial que você precisa procurar em um par de óculos de sol. Escuridão e cor das lentes não indicam a força da proteção UV, nem tampouco o preço. Mesmo os óculos de sol menos dispendiosos podem oferecer proteção adequada”, afirma o oftalmologista Virgílio Centurion, diretor do IMO, Instituto de Moléstias Oculares.

Se você tem dúvidas sobre se seus óculos de sol possuem a proteção UV indicada por uma etiqueta de varejo, leve-os para avaliação em uma ótica. Qualquer ótica que tenha um medidor de luz UV pode testar seus óculos de sol. “Medir a luz UV é um teste útil para quando você duvida que seus óculos de sol possuam a proteção UV”, afirma a  oftalmologista Sandra Alice Falvo (CRM-SP 59.156), que integra o corpo clínico do IMO.

Não há dúvida sobre as consequências de não proteger os olhos dos raios nocivos do sol. “Se os olhos estiverem expostos à luz solar forte, por muito tempo, sem uma proteção adequada, os raios UV podem “queimar” a córnea e causar cegueira temporária em questão de horas”, diz Sandra Falvo.

A exposição prolongada ao sol também está ligada a doenças oculares mais graves, tais como catarata, alguns tipos de câncer de olho e pterígeo. Uma vida de exposição ao sol também provavelmente aumenta a progressão da degeneração macular relacionada à idade, uma condição que pode causar cegueira.

“É muito importante que as crianças usem óculos de sol de bloqueio UV no início da vida. É o dano cumulativo que ocorre ao longo do tempo que nos coloca em risco de desenvolver doenças oculares que roubam a visão. E nunca é tarde demais para cultivar o hábito de usar os óculos de sol. Comece a proteger seus olhos hoje”, diz a médica.

Além dos óculos escuros, considere usar um chapéu com aba larga. Eles demonstraram reduzir significativamente a exposição aos raios nocivos. Além disso, não se esqueça do protetor solar!

.: Bruno & Barretto lançam “Cópia Mal Feita”

Música é ‘aperitivo’ do novo DVD da dupla, que será gravado no final do ano.

Crédito: Bruno Fioravanti


Bruno & Barretto lançaram em 21 de agosto, nas rádios de todo Brasil, a faixa “Cópia Mal Feita”, composta por Leo Targino, Rob Tavares e Django. A canção faz parte do EP “Romântico”, lançado em junho de 2017 pela Universal Music, especialmente para o Dia dos Namorados. 

O álbum conta com quatro faixas inéditas e uma regravação do sucesso “40 Graus de Amor”. Todas as músicas, no estilo romântico, estarão no repertório do novo DVD da dupla, com gravação prevista para o final deste ano. As faixas do EP são:

“Cópia Mal Feita”, apontada como a nova música de trabalho, a faixa recebeu destaque no canal da Vevo e já conta com mais de 2 milhões de visualizações;
“Fantasma”;
“Nega”;
“Meu Sorriso é Você - feat.Gusttavo Lima’;
“40 Graus de Amor”.
            
A dupla falou um pouco sobre o projeto: “Gosto muito desse estilo mais romântico. Tivemos um resultado maravilhoso em todo o Brasil, quando lançamos a nossa primeira música romântica, “40 graus de amor”. O resultado foi muito acima do esperado, já que até aquele momento só havíamos trabalhado com duas músicas mais alegres e festivas, como “Farra, Pinga e Foguete” e “Eu Quero é Rolo”. Acredito que as pessoas vão se identificar muito com as novas músicas", diz Bruno. 

Bruno & Barretto - Cópia Mal Feita

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

.: American Horror Story Cult tem abertura divulgada. Assista aqui!


A sétima temporada da série em formato de antologia "American Horror Story", batizada de “Cult” estreia no Brasil em 06 de setembro, às 00h30 no canal FX e hoje, dia 21 de agosto, teve a abertura divulgada. Além das evidentes máscaras do Donald Trump e Hillary Clinton, palhaços, porcos, abelhas, vermes, sangue e as velhas insinuações sexuais presentes nas aberturas anteriores não faltaram.

A nova temporada terá as eleições presidenciais como pano de fundo, sendo que o primeiro episódio ocorrerá na noite da eleição. No elenco estão: Evan Peters, Sarah Paulson, Emma Roberts, Frances Conroy, Mare Winningham, Cheyenne Jackson e Adina Porter. Há novas adições ao elenco, como Billie Lourd, Billy Eichner, Leslie Grossman, Colton Haynes, Alison Pill e Lena Dunham.





.: Marília Mendonça estreia no Espaço das Américas

Cantora se apresenta dia 25 de agosto e traz turnê que divulga seu recente projeto, "Realidade"


Um dos nomes mais ovacionados da atualidade faz sua estreia no palco do Espaço das Américas na sexta-feira, dia 25 de agosto. "Realidade" é a turnê de Marília Mendonça que percorre o Brasil, inspirada em seu novo álbum gravado em Manaus para mais de 40 mil pessoas.

A cantora em menos de dois anos de carreira se tornou um dos maiores nomes da música brasileira, o público poderá conferir o melhor da cantora que conquistou o Brasil com seu repertório, personalidade  e presença de palco. Marília traz para o Espaço das Américas o consagrado repertório, um misto de seus dois trabalhos, "Infiel" - a responsável por torná-la conhecida em nível nacional, "Meu cupido é gari", "Como faz com ela", "Alô porteiro" , entre outras do primeiro DVD. "A culpa é sua", "Sei de cor", "Amante não tem lar" são parte de uma pequena mostra da "Realidade" de Marília Mendonça. 

Com apenas 22 anos de idade, Marília agregou ao título de compositora mais concorrida do mercado o  papel cantora na mesma condição. Diga-se de passagem, cantar sempre foi o sonho da jovem. Muitas de suas histórias  se tornaram canções e são conhecidas nas vozes consagradas da música sertaneja como; Henrique e Juliano, Jorge e Mateus, Cristiano Araújo, entre outros.  Como intérprete,  coleciona números  impressionantes nas plataformas digitais. É a artista brasileira mais vista no  Youtube está próxima de bater 3 bilhões de visualizações em seu canal oficial, no Spotify, sua canção mais executada, "Infiel", foi ouvida mais de 42 milhões de vezes além, de encabeçar a maioria de play-list  do segmento e ainda ter seu álbum como um dos mais ouvidos entre os usuários da plataforma.

Os ingressos para esta grande noite já estão à venda. Para adquirí-los, basta ir pessoalmente às bilheterias do Espaço das Américas  (Rua Tagipuru, 795 - Barra Funda - SP - de segunda a sábado das 10h às 19h - sem taxa de conveniência)  ou acessar o site da Ticket 360 (https://goo.gl/xgibPV ). Os preços vão de R$ 50,00 (pista - meia entrada) a R$ 150,00 (pista premium - entrada inteira). 

Para mais informações, acesse www.espacodasamericas.com.br.

Facebook: www.facebook.com/espacodasamericas | Instagram: @espacodasamericas

Serviço - Show Marília Mendonça | Espaço das Américas

Data: 25 de agosto de 2017 (sexta-feira)
Abertura da casa: 21h
Início do show: 00h
Censura: 18 anos 
Local: Espaço das Américas ( Rua Tagipuru, 795 - Barra Funda - São Paulo - SP)
Capacidade da casa para este evento: 8.000
Acesso para deficientes: sim
Ingressos: de R$ 50,00 (pista - meia entrada ) a R$ 150,00 (pista premium - entrada inteira). 
Compras de ingressos: Nas bilheterias do Espaço das Américas (de segunda a sábado das 10h às 19h - sem taxa de conveniência ) ou Online pelo site Ticket360 https://goo.gl/ xgibPV  
Formas de Pagamento: Dinheiro, Cartões de Credito e Debito, Visa, Visa Electron, MasterCard, Diners Club, Rede Shop. Cheques não são aceitos.
Call center Ticket360: (11) 2027-0777

Objetos proibidos: Câmera fotográfica profissional ou semi profissional (câmeras grandes com zoom externo ou que trocam de lente), filmadoras de vídeo, gravadores de audio, canetas laser, qualquer tipo de tripé, pau de selfie, camisas de time, correntes e cinturões, garrafas plásticas, bebidas alcóolicas, substâncias tóxicas, fogos de artifício, inflamáveis em geral, objetos que possam causar ferimentos, armas de fogo, armas brancas, copos de vidro e vidros em geral, frutas inteiras, latas de alumínio, guarda-chuva, jornais, revistas, bandeiras e faixas, capacetes de motos e similares.  

Postagens mais antigas → Página inicial
Tecnologia do Blogger.