Sorteio "Ensaio Sobre a Cegueira" e "Revendo Amor Com Pouco Uso"

#15anosDoResenhando: Resultado em 12 de junho. Participe nas redes sociais!

Resenha crítica do arrebatador "Vingadores: Guerra Infinita"

Texto da jornalista Mary Ellen Farias dos Santos

domingo, 20 de maio de 2018

.: #DOM05: Dolores Aveiro, mãe de Cristiano Ronaldo lança livro em São Paulo

Por Helder Moraes Miranda, em maio de 2018.


Mãe de Cristiano Ronaldo lança livro em São Paulo

Em tempos que antecedem a Copa do Mundo, Dolores Aveiro, mãe de Cristiano Ronaldo, lança o livro "Mãe Coragem". Escrito pelo jornalista português Paulo Sousa Costa, o livro será lançado na próxima terça-feira, dia 22 de maio, na Livraria Cultura do Shopping Iguatemi. Na obra, a mãe do melhor futebolista do mundo fala das dificuldades que passou e da forma decidida como sempre educou os filhos.


***


"Músico mais impressionante do mundo”, Hermeto Pascoal volta ao estúdio

Para celebrar os 30 anos do primeiro (e único) álbum solo “Por Diferentes Caminhos” de Hermeto Pascoal, brasileiro reconhecido mundialmente por seu talento em fazer música a partir de todo tipo de material e considerado “o músico mais impressionante do mundo” por Miles Davis, o instrumentista a volta ao estúdio para gravar musicas inéditas ao melhor estilo de quem “nasceu música”.

Guiada por sua autenticidade e inspirada no experimentalismo singular de Hermeto Pascoal, a cerveja Budweiser desenvolveu, em parceria com o Festival Brasileiro de Música Contemporânea, uma ação que alia a gravação de novas canções com uma experiência interativa para o público. 

Intitulado “Made of Music”, o projeto traduz as distintas melodias e ritmos do músico em dados e linguagem de código para serem convertidas em gráficos e formas visuais. Assim, por meio de uma plataforma online, os fãs poderão enviar suas fotos, selecionar seu instrumento preferido - passando por piano, acordeom, flauta e até mesmo um copo d’água - e ver suas imagens “transformadas” pela musicalidade do artista. O resultado dessa união entre a foto do visitante e a música produzida por Hermeto dará origem a uma imagem exclusiva e personalizada que poderá ser compartilhada nas redes sociais. O projeto tem criação da agência Africa e está disponível no site: www.madeofmusic.org.


***


Jun Sakuma e Felipe Folgosi contam a trajetória das HQs em documentário

Os produtores Jun Sakuma e Felipe Folgosi anunciam o lançamento do documentário "Traço Livre - O Quadrinho Independente no Brasil" para o dia 31 de maio, nas plataformas de streaming iTunes, Google Play e NOW. Produzido pela Bravo Cinematográfica, dirigido por Jun Sakuma (de "Médicos da Floresta") e apresentado por Felipe Folgosi, conhecido também por atuar em novelas brasileiras, o longa-metragem de 82 minutos tem distribuição da O2 Play. 

O filme documenta passo a passo como se dá a produção de uma história em quadrinhos, da ideia inicial, passando pelo roteiro, artes, editoração e lançamento e revela, através de entrevistas com nomes de peso, os bastidores, segredos e anseios de se produzir quadrinhos no Brasil hoje. 
Filmado ao longo de todo o ano de 2017 e finalizado em 2018, o filme conta com depoimentos de quadrinistas e outros proofissionais ligados ao mundo das HQs.




***


"Quem gosta de sertanejo ainda sofre bullying cultural", diz capa da PLAYBOY

Gabriella Araújo, Musa do Sertanejo, escolhe palco onde ganhou maior notoriedade para lançar o seu primeiro ensaio sensual, o Rodeio de Itu. A vencedora da última edição do concurso ligado a arena estampa a capa da Playboy de Portugal na edição Primavera da publicação, que já estará disponível bancas nos próximos dias em todo território português .

Apesar de construir sua fama através da atração animal, a modelo é alvo de críticas por quem não gosta do estilo da música sertaneja e também de seguidores a favor da proibição dos rodeios no Brasil. O lançamento da sua capa no evento, por exemplo, poderia estimular o acréscimo de público para estas competições.  “Associam a minha imagem a maus tratos aos animais. O evento e a música faz parte da nossa tradição”.

Para o seu primeiro trabalho totalmente nu, a musa expõe sua beleza e corpo escultural com o tema country. “Estou muito feliz, pra mim é importante valorizar o estilo e local que me conquistou e que me abriu muitas portas. Quem gosta de sertanejo ainda sofre bullying cultural’, comenta a morena.


***
Diversidade para todos na República
O Museu da Diversidade Sexual inaugura “Com Muito Orgulho”, exposição com fotos das paradas do orgulho LGBT de vários países. Realizada de maneira colaborativa, a exposição mostra a força do movimento LGBT pelo mundo. São fotos de paradas do orgulho LGBT realizadas em vários países. A mostra, com entrada gratuita, celebra os seis anos do museu e serve de aquecimento para a Parada do Orgulho LGBT, que acontece no domingo, dia 3 de junho.

Realizada em parceria com a Associação da Parada do Orgulho LGBT de São Paulo e com apoio da Interpride, a exposição foi desenvolvida de maneira colaborativa e conta com imagens registradas em países como Uganda, Cuba, México, Estados Unidos, Holanda, China, Israel, Chile e França. A Parada de São Paulo, cidade em que está localizado o Museu da Diversidade Sexual, tem uma parte reservada em “Com Muito Orgulho”, com fotografias históricas, uma linha do tempo e notícias de suas edições, desde a primeira, realizada em 1997.

“Desde sua primeira edição, com poucas pessoas, até se transformar na maior manifestação da população LGBT, a Parada (do Orgulho LGBT de São Paulo) mostrou que é o espaço genuíno de reinvindicação, visibilidade e celebração do orgulho. E é com muito orgulho que o Museu da Diversidade Sexual homenageia todas as pessoas que de alguma forma contribuem, organizam e participam das Paradas pelo mundo”, declara Franco Reinaudo, diretor do museu.

O espírito de coletividade presente na exposição, com mais de 50 fotos impressas enviadas por amadores e profissionais, e mais de 500 que serão exibidas nos telões. A abertura será na próxima sexta-feira, 25 de maio, das 19h às 22h, na Estação República do Metrô – piso Mezanino. Com curadoria de Franco Reinaudo e projeto expográfico de Flávio Pires, a mostra fica em cartaz de terça a domingo, das 10h às 18h.


***


Astor Piazzolla, homenageado no próximo concerto do Quarteto de Cordas
A apresentação de quinta-feira, 24 de maio, do Quarteto de Cordas da Cidade de São Paulo, às 20h na Sala do Conservatório da Praça das Artes será uma homenagem ao compositor argentino Astor Piazzolla. Formado por Betina Stegmann e Nelson Rios, nos violinos; Marcelo Jaffé, na viola; e Rodrigo Andrade, no violoncelo, o quarteto ainda recebe o pianista André Mehmari e o clarinetista Nailor Proveta para o concerto.

“O André e o Proveta são parte importante do processo de desenvolvimento de uma identidade musical brasileira para o Quarteto”, explica Jaffé. “E Piazzolla é uma inspiração para todos nós. É um elemento aglutinador. Será a apresentação de seis músicos brasileiros revisitando o trabalho de um ídolo argentino de tango”, completa. Entre as obras deste programa, estão Milonga del Angel, La Misma Pena e Michelangelo 70. Ingressos a R$ 20. Sala do Conservatório – Praça das Artes. Av. São João, 281 - Centro de São Paulo.


***


Feira de publicações com shows e oficinas gratuitas de arte gráfica
A terceira edição da feira de publicações Tinta Fresca acontece dias 26 e 27 de maio, sábado e domingo, no Espaço Cultural Porto Seguro. O evento gratuito de experiências gráficas e feira de publicações, organizado em parceria com a Lote 42 traz editoras e artistas que exploram os limites do papel e da arte gráfica. Uma programação musical foi especialmente preparada. No sábado, dia 26, a cantora e compositora LaBaq faz show às 15h e a discotecagem fica por conta do DJ Formiga (Vinil é Arte). Já no domingo, 27 de maio, será o show do trio Zé Pereira, também às 15h, e discotecagem de DiMangaba. 

O Complexo Cultural Porto Seguro fica na Alameda Barão de Piracicaba, 610, em Campos Elíseos - São Paulo e oferece vans gratuitas da Estação Luz até as dependências do Teatro Porto Seguro e do Espaço Cultural Porto Seguro. Na Estação da Luz, o ponto de encontro das vans é na saída Rua José Paulino / Praça da Luz / Pinacoteca, em frente ao Parque Jardim da Luz. Há instrutores no local para orientar o embarque. Para mais informações, entre em contato pelo telefone (11) 3226-7361.


***


“The Handmaid’s Tale” continua no Brasil
A Paramount Channel acaba de confirmar a exibição da segunda temporada de "The Handmaid’s Tale – O Conto da Aia", com exclusividade na TV paga. Os novos episódios vão ao ar no segundo semestre deste ano e prometem momentos ainda mais tensos no drama vivido na distópica cidade de Gilead. Com o sucesso de exibição da aclamada série, o Paramount Channel registrou, desde seu lançamento em fevereiro de 2015, o melhor mês de audiência em abril, entre adultos com mais de 18 anos, sendo assistido por mais de 4 milhões de pessoas.

Mais premiada e comentada série dos Estados Unidos, em 2017, a primeira temporada teve 13 indicações ao Emmy e conquistou oito prêmios, incluindo "Melhor Série de Drama", "Melhor Atriz Protagonista em Drama" (Elisabeth Moss), "Melhor Atriz Coadjuvante em Drama" (Ann Dowd), "Melhor Direção de Série Dramática" (Reed Morano) e "Melhor Roteiro para Série Dramática". Além diversos outros prêmios, como Television Critics Association, Critics’ Choice Awards, ACE Eddie Awards, a série levou dois Globos de Ouro, em 2018, como Melhor Série Dramática de TV’ e Melhor Atriz em Série Dramática para a protagonista Elizabeth Moss.

Na segunda temporada, além de se ajustar a um novo modo de vida, Offred (Elisabeth Moss) lida com as consequências de uma decisão perigosa enquanto é assombrada por memórias de seu passado e pelos primórdios violentos de Gilead. A chegada de uma pessoa inesperada perturba as colônias. Uma família é dilacerada pela ascensão de Gilead.


***

#CineRoxy
O Cine Roxy, em Santos, foi homenageado com a entrega da Medalha Quintino de Lacerda, na Sala Princesa Isabel, do Paço Municipal (Prefeitura de Santos). A outorga foi oferecida pelo Conselho da Comunidade Negra de Santos.



***



A ditadura da diversidade
Entrevistada para o canal do YouTube do jornalista Alvaro Leme, a cantora Paula Lima tocou no assunto do empoderamento racial e outras minorias. Sobre as mudanças de paradigmas que acompanhamos como a ditatura do cabelo liso mencionada por Alvaro, Paula Lima foi enfática. 

"Depois teve uma outra ditatura que dizia que a mulher que tem cabelo crespo ou cacheado tem que manter o cabelo crespo ou cacheado. Em primeiro, lugar a gente tem que ser livre. Eu detesto essa perseguição com um cuidado extra com o que não me interessa achando que a estética vai resolver problemas muito maiores"

A conversa caminha para o conceito de empoderamento, e a cantora, mais uma vez, dá uma aula e uma resposta direta: "empoderamento é dar o poder da pessoa se sentir livre e feliz para ela fazer o que ela quiser". Mantendo seu alto astral de sempre mesmo ao tocar em temas delicados.




*Helder Moraes Miranda escreve desde os seis anos e publicou um livro de poemas, "Fuga", aos 17. É bacharel em jornalismo e licenciado em Letras pela UniSantos - Universidade Católica de Santos, pós-graduado em Mídia, Informação e Cultura, pela USP - Universidade de São Paulo, e graduando em Pedagogia, pela Univesp - Universidade Virtual do Estado de São Paulo. Participou de várias antologias nacionais e internacionais, escreve contos, poemas e romances ainda não publicados. É editor do portal de cultura e entretenimento Resenhando.

.: Deadpool 2: tudo sobre as cenas pós-créditos que mudam a trama

CONTÉM SPOILERS!


"Deadpool 2" adaptando a cena clássica de "Digam o Que Quiserem" (1989)



"Deadpool" é o anti-herói proibidão que conquista o público, apesar da acidez nas falas e o sangue facilmente jorrado na telona. A sequência do mercenário tagarelo estreou este ano nos cinemas, em 17 de maio, permitido somente para maiores de 18 anos. Contudo, no dia seguinte, a classificação indicativa foi ajustada para 16 anos, desde que acompanhados por pais/responsáveis ou com autorização. 

Fã que é fã aguarda a estreia e fica angustiado com as cenas pós-créditos. Afinal, a Marvel criou e alimenta o hábito de grudar o público na cadeira de cinema até subir o último nome. No entanto, em "Deadpool 2", as cenas bombásticas surgem antes na telona, bem após a lista -ilustrada pelo protagonista- com os nomes dos atores. 

As cenas extremamente importantes mudam muito a trama do filme com 2 horas de duração. Trata-se de uma tremenda faxina na história anti-herói por meio de uma viagem no tempo para consertar alguns erros. Pensando bem, esse feito seria um spoiler para o terceiro longa de "Os Vingadores"? Talvez. Vamos aguardar!



A primeira cena dos pós-créditos segue para a escola dos X-Men, com Míssil Adolescente Megassônico (Brianna Hildebrand) e Yukio (Shioli Kutsuna), reformando o aparelho de viagem no tempo, usado por Cable (Josh Brolin). Ao final, Wade Wilson deixa claro ter solicitado a restauração.

Na sequência, ele volta no tempo e conserta o que não lhe agrada no filme. Deadpool não é bobo e aproveita para salvar Vanessa (Morena Baccarin) e muda o fim trágico dos membros da X-Force durante o primeiro combate. Até o super-heróis interpretados por Ryan Reynolds entram na lista.

Wade resgata a cena dele em "X-Men Origens: Wolverine", quando encontra Logan. Para dar fim às críticas, ele mata a própria versão antiga -exibida nos cinemas-, na frente de Wolverine (Hugh Jackman) e revela o amor que sente pelo dono das garras de adamantium. Na sequência, o jovem ator Reynolds lê o roteiro de "Lanterna Verde" até levar um tiro no meio da testa do próprio Deadpool.

Entretanto, havia uma terceira cena nos créditos que se referência a Adolf Hitler, porém os roteiristas optaram por cortá-la evitando possíveis controvérsias. Que curiosidade!!

"Deadpool 2" está em cartaz no Cine Roxy, em Santos e São Vicente.





Sobre o Cine Roxy: Em mais de oito décadas, o Roxy é caso raro de cinema que acompanhou a transformação da maneira de se exibir um filme: dos primeiros e grandes rolos de película ao sistema digital. A rica trajetória se deve à perseverança e o senso empreendedor da família Campos: de pai para filho, chegou ao atual diretor do Roxy, Antônio Campos Neto, o Toninho Campos. A modernização, aliada à tradição, transformou o Roxy no principal cinema do litoral paulista, fato que rendeu a Toninho o Prêmio ED 2013 na categoria Exibição -Destaque Profissional de Programação, considerado o principal do país nos segmentos de exibição e distribuição. E o convite para ser diretor cultural do Santos & Convention Visitors Bureau.

.: "Chaves" e "Chapolin" estreiam no Multishow na próxima segunda-feira


"Chaves" e "Chapolin" ganham uma nova casa no Brasil a partir do dia 21 de maio. O Multishow adquiriu os direitos de exibição para a TV paga e video on demand dos seriados produzidos nos anos 70 pela rede mexicana Televisa. O pacote contempla mais de 500 episódios, sendo que mais de 100 são versões inéditas na TV brasileira. 

Os episódios serão exibidos em ordem cronológica e o assinante poderá optar pelo áudio original em espanhol. "Chaves" e "Chapolin" entram na grade do Multishow diariamente, a partir da próxima segunda-feira, dia 21 de maio, às 23h. Os episódios também estarão disponíveis no Multishow Play, logo após a exibição na TV.

“O Multishow possui um pilar de humor muito forte e democrático e Chaves e Chapolin sempre apareceram em nossas pesquisas de conteúdo como referenciais, além de fazerem parte de nosso consciente coletivo. A franquia possui mais de 40 anos e é um case de sucesso, a força de sua marca é inquestionável. O humor lúdico e atemporal dos seriados chega ao Multishow como mais uma opção de entretenimento para as famílias brasileiras, somando ainda mais diversão ao nosso portfólio de produtos”, declara Tatiana Costa, diretora de programação e conteúdo digital do Multishow.

Nada melhor do que a presença de um icônico personagem para coroar esse lançamento. O ator mexicano Édgar Vivar, que interpreta o "Seu Barriga", vem ao Brasil especialmente para a estreia. No dia 21, a partir das 18h30, ele faz uma live no Facebook do Multishow e interage com os usuários. 

A partir das 19h, o personagem entra ao vivo no TVZ, ao lado dos humoristas Rafael Infante e Gabriel Louchard, fãs de carteirinha dos seriados. O programa promete brincadeiras temáticas e clipes das músicas clássicas de "Chaves", como "Se você é jovem ainda" e "Que bonita a sua roupa". O público irá interagir pela hashtag #SeuBarrigaNoTVZ.   

Com 73 anos, Édgar Vivar fala sobre sua vinda ao Brasil para a estreia no Multishow, seu relacionamento com os fãs e comenta sobre o sucesso de Chaves e Chapolin: “Eu amo o Brasil, é a minha segunda casa! E é ainda melhor poder voltar ao país com um motivo tão especial. Vamos nos divertir muito, vai ser uma grande festa! São muitas gerações nos acompanhando ao longo desses anos, de bisavós às crianças de hoje. É sempre uma sensação única poder falar sobre novidades que envolvem os seriados. Não sei o segredo do sucesso, mas o que posso dizer é que fizemos tudo com muito esforço, muito trabalho e, principalmente, com muito amor. Nos divertíamos muito em cena, foi uma época inesquecível. E até hoje me emociono muito quando vejo meus amigos, que mesmo não estando mais entre nós, permanecem tão vivos dentro das casas das pessoas todos os dias. Só posso agradecer diariamente por tanto amor”.



Exibição e dublagem de novos episódios
Entre os mais de 500 episódios, que fazem parte do atual pacote completo de Chaves e Chapolin adquiridos pelo Multishow, cerca de mais de 100 são versões nunca exibidas na TV brasileira. Por estarem com o áudio original em espanhol, estes episódios estão passando por um processo de dublagem. 

Respeitando ao máximo a originalidade dos seriados, todos os dubladores originais ainda em atuação voltam para o projeto no Multishow. Carlos Seidl é a voz de "Seu Madruga" (Ramón Valdés), Nelson Machado volta a ser a voz oficial de Quico (Carlos Villagrán) e Sandra Mara e Cecília Lemes dão voz à Chiquinha (Maria Antonieta de las Nieves). 

Além disso, Daniel Muller dará voz aos personagens de Roberto Bolaños, como Chaves e Chapolin; Gustavo Berriel faz "Seu Barriga" (Édgar Vivar), Alexandre Marconato é Godinez (Horácio Gómez), Isaura Gomes é Dona Clotilde e Mauro Ramos assume a voz do "Professor Girafales".

Tatiana Costa fala sobre a seleção de dubladores para os mais de 100 episódios que precisaram passar por este processo: “Estamos respeitando a história do produto e exercendo um trabalho de qualidade, oferecendo o tratamento especial que os seriados merecem. Sabemos a importância da trajetória e o peso para os fãs ao mantermos as vozes oficiais, elas são icônicas e dão vida aos personagens. Alguns dubladores já faleceram, mas reunimos todo o time original que estava disponível”, declara.

Os episódios serão exibidos cronologicamente. Sinalizações através de hashtags e pequenos selos irão indicar a numeração, os anos em que foram produzidos e os episódios chamados "icônicos". A originalidade da abertura, encerramento e dos créditos serão mantidos, assim como a preservação de esquetes raras. O assinante poderá optar pelo áudio em espanhol. O Multishow exibe "Chaves" e "Chapolin", respectivamente.   

“Contamos com a curadoria de um grupo de fãs espalhados pelo Brasil, que colaboram com a nossa estratégia para essa adequação do produto, que envolve a remasterização de imagens, sonoplastia e dublagem. A pedido deles, por exemplo, vamos exibir os mais de 500 programas em ordem cronológica. O público vai poder acompanhar a evolução dos personagens e suas histórias, do primeiro ao último episódio. Optamos por disponibilizar o áudio em espanhol, língua nativa dos atores, para o público brasileiro ter a oportunidade de conhecer os bordões originais. Estamos fazendo o que está ao nosso alcance para atender às expectativas dos milhares de fãs e para entregar da melhor maneira um conteúdo para quem ainda não o consome”, enfatiza Tatiana Costa.

Além da exibição diária na TV e dos episódios na íntegra disponíveis na plataforma Multishow Play (www.multishowplay.com.br), o canal de YouTube Humor Multishow (www.youtube.com/humormultishow) oferece conteúdo exclusivo sobre o universo dos seriados, assim como todas os perfis do canal: Facebook (www.facebook.com/multishow), Instagram (@multishow) e Twitter (@multishow). A interação acontecerá pelas hashtags #ChavesNoMultishow e #ChapolinNoMultishow.

"Chaves" e "Chapolin" marcaram a infância de muita gente. Mas o que será que o atual público infantil acha desses seriados gravados na década de 70? Uma websérie de cinco programas mostra as divertidas reações de um grupo de crianças, que sem saber o conteúdo que assistirão, se deparam com os episódios dos seriados. Estreia no dia 25 de maio, com novos vídeos às sextas-feiras. E a vinda de Édgar Vivar ao Brasil para o lançamento dos seriados no Multishow será devidamente registrada. O formato de minidocumentário vai trazer imagens da rotina do querido "Seu Barriga" no país, os bastidores das gravações para o TVZ, interações com os fãs e depoimentos diversos. A partir de junho também disponível no canal de YouTube Humor Multishow.

"Chaves" e "Chapolin" no Multishow
Estreia: 21 de maio, segunda-feira, a partir das 23h
Exibição: diariamente, a partir das 23h
Horários alternativos: segunda a sexta, às 13h e às 18h30 e sábados às 13h


.: Itaú Cultural faz um elogio à literatura nas palavras de Antonio Candido

Retrato de Antonio Candido. Crédito da foto: Guilherme Maranhão.
No centenário de nascimento deste que é um dos principais intérpretes do Brasil, o Itaú Cultural realiza a Ocupação Antonio Candido em sua homenagem. É a 40ª da série, desta vez composta de mostra, publicação, hotsite, colóquio internacional e, a partir de junho, ações educativas. Com peças de seu acervo pessoal inéditas, o espaço expositivo apresenta o crítico literário, sociólogo e professor em primeira pessoa, com suas próprias palavras escritas.

Anotações para ensaios, cadernos de estudos, textos revisados mesmo depois de publicados, estudos para importantes obras como "Formação da Literatura Brasileira" e "Parceiros do Rio Bonito", além de fotos, objetos, vídeos e documentação inédita do acervo pessoal, compõem a "Ocupação Antonio Candido". 

Um dos principais intérpretes do Brasil, crítico literário, sociólogo e professor, ele é apresentado na exposição em primeira pessoa. Abre no Itaú Cultural dia 23 de maio e segue até 12 de agosto. A curadoria é dos núcleos de Audiovisual e Literatura e da Enciclopédia do instituto com Laura Escorel, neta de Candido. Em paralelo, de 23 a 25 do mesmo mês, a instituição realiza um colóquio internacional para debater a sua vida, obra e militância. Em 24 de julho deste ano, ele completaria 100 anos.

Linha mestra da curadoria da exposição é o caminho percorrido por Antonio Candido, cujo trabalho entende o estudo e a criação como atos libertadores, para marcar posições político-sociais. Assim, a proposta curatorial é que a ocupação seja um elogio à literatura, considerada por ele um direito universal, como ressaltou em seu texto "O Direito à Literatura".

O Itaú Cultural apoia a organização dos acervos de Antonio Candido e Gilda de Melo e Souza, doados pela família ao Instituto de Estudos Brasileiros da Universidade de São Paulo (IEB/USP). A partir de materiais inéditos conservados neste espólio, o espaço expositivo apresenta Antonio Candido em primeira pessoa. Ali é exibido o seu processo criativo permitindo ao visitante entrever como o autor planejava os seus trabalhos, como retornava, corrigia, reelaborava raciocínios, e perceber detalhes de seu processo de trabalho.

Fiel ao conceito de todas as "Ocupações" – esta é a 40ª da série iniciada em 2009 para fomentar o diálogo da nova geração de artistas com os criadores que os influenciaram, integrando uma das políticas permanentes do instituto, a preservação da memória artística –, a exposição, somada ao colóquio, percorre a vida, obra e processo de construção desta personalidade singular da sua infância até o fim.

Sete temas compõem a mostra: "Autocrítica e Artigos em Destaque", "Os Parceiros do Rio Bonito", "Formação da Literatura Brasileira", "Clima e Argumento", "Suplemento Literário", "Família e Infância" e "Educador". Ali estão expostos cadernos de quando Candido era criança com anotações sobre autores que lia e que explicitam o início de seu processo de estudo e pesquisa. Também há fotos com os irmãos, Roberto e Miguel, e os pais Clarisse e Aristides, além de imagens do ambiente que fez parte de sua meninez, as cidades de Poços de Caldas e Santa Rita de Cássia, ambas em Minas Gerais, com alguns registros feitos pelo próprio Candido.

Destacam-se, a documentação sobre "Os Parceiros do Rio Bonito" – resultado da tese de doutorado defendida por ele na Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da Universidade de São Paulo, em 1954, transformada em livro dez anos mais tarde – e "Formação da Literatura Brasileira", escrita entre 1945 e 1951, editada, em 1959, em dois volumes, e reeditada em 2007 em um único volume.

Na exposição, se vê ainda o começo de sua carreira como crítico literários, com a sua participação na revista Clima, representada pela página de expediente da publicação, e exemplares da Argumento. A primeira circulou de 1941 a 1944, com a participação de Antonio Candido (literatura), Décio Almeida Prado (teatro), Paulo Emílio Salles Gomes (cinema), Lourival Gomes Machado (artes plásticas) e Antonio Branco Lefèvre (música), além da professora de estética e crítica de arte Gilda de Mello e Souza – todos convidados pelo dramaturgo Alfredo Mesquita. A segunda, com o mesmo grupo, teve quatro números publicados entre 1973 e 1974, até que teve um número censurado e grupo decidiu cessar a sua produção.

Em 1943, passou a publicar críticas na grande imprensa, até 1945 na Folha da Manhã e, depois, até 1947 no Diário de S. Paulo. Nesse período, compôs 162 escritos, alguns dos quais podem ser vistos na mostra. Destacam-se "Perto do Coração Selvagem", sobre o romance de estreia de Clarice Lispector, e "Poesia ao Norte", que trata de Pedra do Sono, coletânea inaugural de poemas de João Cabral de Melo Neto.

Também está presente na mostra, o projeto do Suplemento Literário elaborado por Antonio Candido com indicações do conteúdo tratado e da lista de colaboradores necessários com sua respectiva remuneração é outra das preciosidades contidas nesta mostra. A publicação foi editada pelo jornal O Estado de São Paulo, de 1956 a 1974.

Atividades paralelas
Além da mostra, a Ocupação apresenta uma publicação, um hotsite e o Colóquio Internacional Antonio Candido, que conta com a participação dos brasileiros escritores Antonio Prata e Luiz Ruffato, os professores Celso Lafer, Marisa Lajolo e Walnice Nogueira Galvão e o ensaísta José Miguel Wisnik.

Vindos de fora do país, participam do colóquio, também, a professora e tradutora checa Šárka Grauová, chefe do Departamento de Estudos Luso-Brasileiros do Instituto de Estudos Românicos da Faculdade de Letras da Universidade Carolina de Praga (República Checa), e o professor titular de Literatura uruguaia na Universidade Federal do Uruguai Pablo Rocca.

Nos dias 9, 16, 23 e 30 de junho, o Núcleo de Educação e Relacionamento, promove a Oficina para Ler e Criar. Nela, os participantes são convidados a criar o seu próprio livro de histórias por meio de simples materiais como tecidos, fitas e papéis, onde poderão escrever, desenhar, colar e também levar o seu livro para casa.

Desde o início da exposição, esta equipe realiza visitas guiadas de terça-feira a domingo, conforme demanda do público. Com duração aproximada de 60 minutos, podem ser realizadas em português, inglês, espanhol e Libras (Língua Brasileira de Sinais).

"Ocupação Antonio Candido"

Exposição
Abertura - 23 de maio (quarta-feira):
19h – Fala da professora Walnice Nogueira Galvão inicia o Colóquio Internacional Antonio Candido
20h – Inauguração da exposição
De 23 de maio (quarta-feira) a 12 agosto (domingo)
Visitação: terças-feiras a sextas-feiras, das 9h às 20h (permanência até as 20h30)
Sábados, domingos e feriados, das 11h às 20h
Piso térreo
Classificação indicativa: Livre

Itaú Cultural
Avenida Paulista, 149, Estação Brigadeiro do Metrô
Telefones: (11) 2168-1776/1777
Acesso para pessoas com deficiência
Ar-condicionado

Estacionamento: entrada pela Rua Leôncio de Carvalho, 108
Se o visitante carimbar o tíquete na recepção do Itaú Cultural:
3 horas: R$ 7; 4 horas: R$ 9; 5 a 12 horas: R$ 10.
Com manobrista e seguro, gratuito para bicicletas.

.: Cozinheiros do "MasterChef" disputam prova em equipe no Theatro Municipal de São Paulo


Na próxima terça-feira, 22 de maio, às 22h30, os dez competidores do "MasterChef" terão de preparar um menu completo em homenagem ao Balé da Cidade de São Paulo. Divididos em duas equipes, eles deverão preparar pratos luxuosos e sofisticados que honrem tanto os 50 anos da companhia de balé quanto o espaço onde cozinham, o Theatro Municipal de São Paulo. A melhor equipe garante mais uma semana na competição.

Na prova de eliminação, os cinco cozinheiros da equipe perdedora enfrentarão um desafio duplo. Na primeira parte da prova, esses deverão limpar e deixar perfeita uma peça de carré de cordeiro. O chef Henrique Fogaça dará uma aula para ajudá-los nesta tarefa. Somente os melhores são salvos para o mezanino. Os concorrentes que restarem terão de fazer um prato com a carne.

A versão brasileira do "MasterChef", formato da Endemol Shine Group, é uma co-produção da Band com o Discovery Home & Health. O programa vai ao ar todas as terças-feiras, às 22h30, na tela da Band (com transmissão simultânea no aplicativo da emissora para smartphones). A atração também vai ao ar às sextas-feiras, às 19h20, no Discovery Home & Health, com reapresentação aos domingos às 18h55. 


.: Hot Wheels completa 50º aniversário e apresenta novidades


Criada em 1968 por Elliot Handler, um cientista espacial e um designer de carros, Hot Wheels, a marca número um em vendas de carrinhos de brinquedo*, com 500 milhões de unidades comercializadas por ano, comemora 50 anos.

Os carros na famosa escala 1:64 foram desenvolvidos com o objetivo de serem carrinhos com um incrível desempenho e design. Cinco décadas depois, a marca evoluiu de um incrível carrinho de brinquedo com pistas laranjas para uma reconhecida franquia que proporciona aos fãs de todas as idades experiências cheias de adrenalina.

Para celebrar seu aniversário, Hot Wheels lança uma nova campanha de marca, novos produtos, experiência de marca e conteúdos digitais inéditos. O espirito desafiador da marca convida todas as crianças e fãs para acelerarem ao encontro do seu verdadeiro potencial. Com a nova campanha “Prova Aceita”, queremos mostrar como a marca auxilia as crianças a desenvolverem habilidades. Cada corrida disputada e cada obstáculo ultrapassado incentiva crianças a se desafiarem e irem além com sua imaginação durante a brincadeira.  

Por isso, com base em às preferências dos consumidores, a Hot Wheels criou uma nova linha de brinquedos para fãs de todas as idades. Como resultado, novos itens para colecionadores de Hot Wheels são lançados, incluindo réplicas exclusivas de cinco carrinhos Hot Wheels “Sweet 16”, os primeiros da marca, com gráficos, embalagem e tinta Spectraflame™ originais, além de rodas Redline e um button colecionável.

Para os fãs mais novos, a marca lança um universo de conjuntos e pistas temáticas que se conectam, resultando em um novo sistema de diversão chamado Hot Wheels City. Com ele, as crianças poderão criar incontáveis histórias e acelerar a imaginação com uma incrível linha de produtos.

Além disso, para se conectar ainda mais com os jovens fãs e com as novas tendências, Hot Wheels agora está, mais do que nunca, com conteúdo inédito para as principais plataformas de redes sociais.

No Brasil, será apresentada uma nova experiência de marca em parceria com o Beto Carrero World, maior parque temático da América Latina, com a inauguração em 2018 de Hot Wheels World: uma área temática dedicada à marca de carrinhos dentro do parque. O espaço terá mais de 30.000m² dedicados a Hot Wheels, incluindo um show de performances ao vivo, restaurante temático e loja de produtos.

Para saber mais e ficar por dentro de como a Hot Wheels comemorará seu 50º aniversário, siga a hashtag #HotWheels50.



sábado, 19 de maio de 2018

.: 3º Santos Film Fest prorroga inscrições até o dia 15 de junho


Festival acontecerá de 28 de agosto a 5 de setembro com programação gratuita em diversos pontos da cidade: serão mais de 70 filmes, homenagens ao crítico Rubens Ewald Filho e à cineasta Eliane Caffé, bate-papos, oficinas formativas, exposições, apresentações musicais e virada cinematográfica com café da manhã.  

O 3º Santos Film Fest está com inscrições abertas para curtas, médias e longas-metragens. O regulamento bem como o formulários de inscrição estão disponíveis no link https://santosfilmfest.com/regulamento/

Não é cobrada taxa pela inscrição dos filmes. Em virtude da boa demanda de filmes, o festival está prorrogando as inscrições até 15 de junho. Já há curtas, médias e longas-metragens inscritos de diversas partes do Brasil e também de Portugal.

Homenagens

Rubens Ewald Filho
O “homem do Oscar”, santista de nascimento e coração e grande crítico de cinema será homenageado no 3º Santos Film Fest, recebendo o troféu Luciano Quirino das mãos do ator conterrâneo. Rubens participará da abertura do festival, em 28 de agosto e, no dia seguinte, de um bate-papo ao lado de Luciano, intitulado “Santistas do Mundo”, mediado pelo artista plástico e cinéfilo Waldemar Lopes. 

Também no dia 29 de agosto, mais cedo, no primeiro piso do Shopping Pátio Iporanga, será inaugurada uma exposição com seu acervo pessoal, desde os primeiros cadernos onde anotava observações sobre filmes, entre outros itens. Depois, Rubens retorna em 4 de setembro, quando apresenta ao público sua mais nova produção, o documentário de longa-metragem “Odinei Ribeiro: O Narrador de Emoções”, dirigido por Germano Pereira e Renata Giovannetti. 

E, no encerramento do festival, em 5 de setembro, entregará o troféu que leva seu nome aos melhores curta, média e longa-metragem inscritos no voto popular. Para coroar a programação, será exibida a cópia restaurada do clássico “Oito e Meio”, de Federico Fellini, filme preferido do crítico.

Eliane Caffé
Eliane Caffé formou-se em Psicologia e em 1988 partiu para Cuba para iniciar seus estudos de cinema na “Escola Internacional de Cine y TV de San Antonio de los Baños”. Em 1990 viaja para Espanha com uma bolsa de pós-graduação para aprofundar sua formação humanista no “Instituto de Estética e das Artes” da Universidade Autônoma de Madrid. 

De volta ao Brasil, segue a carreira de cineasta escrevendo e dirigindo curtas, longas metragens e series de TV que vêm ganhando o reconhecimento da crítica e público em importantes Festivais e Mostras no Brasil e internacionalmente. Ao longo de sua trajetória a diretora vem construindo temáticas e abordagens cada vez mais implicadas com a exploração da linguagem audiovisual em “zonas de conflitos reais” - tanto no contexto rural do Brasil como nos grandes centros urbanos. 

Em seus trabalhos é visível a experimentação com a narrativa que interage com personagens reais e agrega repertórios de seus universos de vida como coletivos com voz própria. Mais do que personagens e cenários, esses coletivos atuam em pé de igualdade com a equipe técnica do filme em todo o percurso da realização da obra. Atualmente, está voltada para consolidar a pratica de pensar e produzir um cinema “polifônico”, “dialógico” e que se estenda muito além dos sets de gravações.

A cineasta participará da abertura, quando será homenageada. Durante o festival serão exibidos filmes de destaque em sua carreira, como “Era o Hotel Cambridge” (2016) e “Narradores de Javé” (2002). Maiores informações sobre a diretora: http://www.elianecaffe.com.

Maratona cinematográfica
Durante nove dias, a programação gratuita oferecerá ao público mais de 70 filmes e diversas ações em vários pontos do município: Cine Roxy 5, Cine Roxy 4, Cine Arte Posto 4, Cine ZN, Universidade São Judas Campus Unimonte, Instituto Arte no Dique, Cinemateca de Santos, Museu da Imagem e do Som de Santos, Shopping Pátio Iporanga, Open House Idiomas, Gibiteca Municipal Marcel Rodrigues Paes, Estação da Cidadania e terá ações nos morros e na área continental. Entre os objetivos do projeto estão a promoção da cultura, do turismo, da educação, a formação de público, a democratização de acesso à cultura, o resgate histórico, o intercâmbio cultural.

O tema “Agenda 2030 da ONU e seus 17 objetivos” permeará a curadoria, que destacará temas sociais contemporâneos como representatividade (de gênero, racial, etc), o combate ao preconceito, à fome, sustentabilidade, imprensa livre, economia criativa, cultura como ferramenta de cidadania e educação, entre outros.

Serão exibidos curtas, médias e longas-metragens inscritos para o Voto Popular. E também dezenas de produções convidadas, entre brasileiras e estrangeiras, da França, Suécia e Canadá, tendo em vista as parcerias estabelecidas com Embaixada da Suécia, Institut Français, Cinemateca Francesa, Ambassade De France, Consulado Geral do Canadá.

Entre os filmes nacionais confirmados em parcerias com distribuidoras estão “A Cidade Onde Envelheço”, “Animal Político”, “As Duas Irenes”, ”Elon Não Acredita na Morte”, “Jonas e o Circo Sem Lona”, “Martírio”, “Mulher do Pai”, “O Ornitólogo”, “Pendular”, “Rifle”, “Vermelho Russo”, “Waiting For B”, “O Silêncio no Céu”, “Em Busca de Fellini”, “Uma Razão Para Recomeçar”, “Lou”, “A Livraria”, “50 São Os Novos 30”, “Paris 8”, “Muito Além do Peso”, “Comer o Quê?”, “Parir é Natural”, “Pro Dia Nascer Feliz”, e mais.

Serão realizadas sessões inclusivas para cegos, surdos, cadeirantes e também exibições infantis e para idosos. 

Além disso, em parceria com o Escritório de Inovação Econômica da Prefeitura de Santos, o festival realizará um intercâmbio com uma Cidade Criativa em Cinema pela Unesco, que será definida em breve. O objetivo é exibir filmes dessa cidade, enviar filmes do festival para quem sejam exibidos lá. Também há a possibilidade de um bate-papo ao vivo via Skype, pela tela de cinema, com um profissional de audiovisual estrangeiro.

Pré-estreias confirmadas

"SP: Crônicas de Uma Cidade Real"
O festival já tem duas pré-estreias confirmadas. Em 30 de agosto, o longa-metragem “SP: Crônicas de uma Cidade Real”, de Elder Fraga. Em seu novo trabalho, Elder homenageia e coloca o dedo nas feridas da maior capital brasileira. São Paulo é uma cidade complexa. Tão complexa, que quando histórias baseadas em elementos verídicos se misturam à ficção, é difícil saber qual é qual. “SP: Crônicas de Uma Cidade Real” é uma coleção de cinco histórias: O resgate de um policial, a punição de um assassino, um sádico que estuda o limite entre o belo e o grotesco, a busca pela memória perdida e a descoberta de que a justiça e a lei podem ser coisas diferentes.

O grande elenco reúne Luciano Chirolli (“Bruna Surfistinha”, “Getúlio” e novela “Haja Coração”), Júlio Rocha (novela “Fina Estampa”), Rubens Caribé (novelas “Uma Rosa com Amor”, “Malhação”), Rui Ricardo Diaz, Ricardo Gelli, Nicolas Trevijano, Carlos Morelli, Joaz Campos, Gustavo Haddad, Alexandre Barros, Gabriela Wazlawick, Luciano Gatti, Camila dos Anjos, Ando Camargo, Patrícia Vilela, Beno Bider, Marcelo Rafael, Rogerio Brito, Sandrão RZO, Nego Jam, João Miller e Pablo Ginevro.A trilha original é do santista  Umanto. Um dos episódios apresentados no filme teve participação, inclusive, da Orquestra Municipal de Santos. 



"Odinei Ribeiro: O Narrador de Emoções"
Também está confirmada a avant-première do documentário de longa-metragem “Odinei Ribeiro: O Narrador de Emoções”, em 4 de setembro.

O filme a trajetória do narrador esportivo nascido em Itanhaém, litoral de São Paulo, e que chegou a uma Copa do Mundo. Odinei Ribeiro (Itanhaém, SP, 20 de Outubro de 1968) é narrador dos canais Sportv e PFC, baseado em São Paulo. Começou na Rádio Anchieta, em sua cidade natal, e depois foi para as rádios de Santos: Atlântica, Guarujá, Clube, A Tribuna/CBN, Cultura e Santa Cecília FM. Também trabalhou nas rádios Metropolitana de Cambé/PR, SAT FM Itanhaém, 105 FM SP e nove anos na rádio Record SP.

O longa é dirigido por Renata Giovannetti e Germano Pereira, cineasta e ator, com carreira em cinema, teatro e TV (novelas como “Passione”, “Guerra dos Sexos”, “A Regra do Jogo”). A realização do filme é da GPS ENTERTAINMENT, de Rubens (produtor da obra) e Germano.

A sessão contará com as presenças de Odinei, Germano, Renata e Rubens.

Bate-papos, oficinas e Virada Cinematográfica
Em time que está ganhando não se mexe. E o Santos Film Fest manterá as oficinas formativas na Unimonte, agora São Judas Campus Unimonte, a Virada Cinematográfica com café da manhã na Cinemateca, sucesso de público nas duas edições do festival, o Happy Hour Cinematográfico, com bandas tocando fim de tarde em frente ao Roxy, e os bate-papos e palestras com profissionais experientes da área e as exibições de filmes clássicos e cults, visando valorizar a história do cinema. Entre os temas abordados nos bate-papos estão a produção de filmes independentes no Brasil, a distribuição de filmes, com representantes de importantes distribuidoras. 

Campanha para gibiteca no Arte no Dique
Dois eventos presentes no calendário oficial de Santos se unem em prol de uma boa causa. O Santos Film Fest – Festival Internacional de Filmes de Santos e a Santos Comic Expo iniciam uma campanha de arrecadação de gibis (novos ou usados em bom estado) para a criação da primeira Gibiteca do Instituto Arte no Dique, organização social atuante há mais de 15 anos no Dique da Vila Gilda, em Santos, região de menor IDH da Baixada Santista.

Até o início de agosto, quatro espaços da região receberão as doações: a Cult Comics, loja localizada dentro do Cine Roxy 5 (Avenida Ana Costa, 443, Gonzaga), a HC Art Collection (Av. Mal. Floriano Peixoto, 69, loja 21, Gonzaga), o lounge da Shake Burger (Av. Gen. Francisco Glicério, 55, Gonzaga) e Caiçaras Oriental Fast Food (Rua Vereador Alvaro Guimarães, 669 - Loja 3). As doações serão recebidas até o início de agosto e a Gibiteca do Instituto Arte no Dique será lançada durante o 3º Santos Film Fest em ação com diversas surpresas.

Ações geeks
Na temporada que Superman completa 80 anos de sua primeira aparição nos quadrinhos, em “Action Comics 1”, e os 40 anos do clássico estrelado por Christopher Reeve, o festival celebrará o aniversário do herói com mostra especial, exposição de fotos e itens colecionáveis e oficina de desenho, esses dois no Shopping Pátio Iporanga. Também no shopping, haverá show temático da banda The Classics, com set lis calcado em canções memoráveis de filmes e séries dos anos 60, 70, 80 e 90.

Ainda no âmbito dos super-heróis, haverá uma exposição na Gibiteca Municipal Marcel Rodrigues Paes com artes de quadrinistas de diversas partes do país, que homenagearão a representatividade nos filmes de super-heróis. O espaço ainda receberá bate-papos sobre a temática.

O 3º Santos Film Fest – Festival Internacional de Filmes de Santos é realizado por CineZen Cultural. Tem co-realização da Prefeitura de Santos, patrocínio da Nita Alimentos, parcerias do Cine Roxy, São Judas Campus Unimonte, Orvalho Filmes, apoios institucionais de Costa da Mata Atlântica Convention Visitors & Bureau, Videocamp, Vitrine Filmes e Shopping Pátio Iporanga, e apoios de Cine Art Filmes, Cinemateca de Santos, Embaixada da Suécia, Instituto Arte no Dique, Santos Comic Expo, Institut Français, Cinemateca Francesa, Ambassade De France, Consulado Geral do Canadá, Shake Burger, restaurantes Lê Lis, Elo Gastronomia e Padaria Nova Princesa.

www.santosfilmfest.com | www.facebook.com/santosfilmfest 


Vídeo resumo da primeira edição: 

Vídeo resumo da segunda edição: 

.: Comemorações ao Dia Mundial do Hip Hop em Santos terão até pipa poética


Nesse final de semana, o Monte Serrat, em Santos, terá várias atividades começando pelo sábado, dia 19 de maio, às 11h. Na Voltinha, haverá contação de histórias sobre momentos e pessoas do morro (todas as idades) e gravação de filme.

No domingo, dia 20 de maio, haverá o evento conhecido como "Pipa Poética". O Sarau Itinerante receberá Denner da Vila Margarida para desenvolver a confecção de pipas, e cada pipa terá uma poesia feita por quem a preparou. 

Às 13h, na Associação de Capoeira Monte Serrat. Após, os participantes irão subir até a igrejinha para empinar os pipas poéticos. Recomenda-se trazer latas para amarrar as linhas. O evento é aberto à comunidade.

.: BandNews FM comemora 13 anos com evento na Casa das Rosas


A BandNews FM promove mais uma edição da Experiência BandNews FM neste domingo, dia 20 de maio, das 10h às 15h20, na Casa das Rosas, localizada no número 37 da Avenida Paulista. O evento vai celebrar o aniversário de 13 anos emissora, lançada no dia 20 de maio de 2005.

Para comemorar a data ao lado dos ouvintes, estarão por lá os apresentadores e colunistas da BandNews FM, além de muitas atividades para o público criadas especialmente para a comemoração. Serão oferecidos serviços de saúde (aferição de pressão, cálculo do IMC, teste de glicemia, teste de bioimpedância, medição do colesterol e orientação com nutricionista), massagem, espaço interativo para crianças e local para adoção de cães e gatos. Já os voluntários do “Era Uma Vez, Cabelos Mágicos” vão produzir perucas de lã inspiradas em personagens infantis para crianças com câncer.

Presenças confirmadas dos apresentadores Eduardo Barão, Sheila Magalhães, Débora Alfano, André Coutinho, Maiara Bastianello, Sandro Badaró, Renan Sukevicius e Aiana Freitas, além dos colunistas Ricardo Freire, Rosely Sayão, Jacqueline Dalabona, Marcos Silvestre, István Wessel, Camila Hirsch, Renata Veneri, Ines de Castro, Paula Martins, Alexandra Corvo, Dr. Paulo Olzon, Daniel Barros e Marcelo Duarte.

Esta edição da "Experiência BandNews FM" conta com os seguintes parceiros: Instituto SAB; Coração Alerta; Confeitaria & Spa Adopta Pet; Neo Geo Family; Heróis do Bem e Era Uma Vez, Cabelos Mágicos.

.: Westworld apresenta Shogun World em imagens. Confira “Akane No Mai”!

Prepare-se para conhecer o Shogun World, nesse domingo, dia 20 de maio. O quinto episódio da segunda temporada de "Westworld", intitulado de “Akane No Mai”, será exibido na HBO, às 22h.

"Westworld" é uma sombria odisseia sobre o surgimento e a evolução da consciência artificial que explora o significado da humanidade pelos olhos dos “anfitriões”: os personagens com inteligência artificial que são as principais atrações de um parque de diversões onde os visitantes podem realizar seus desejos mais perversos.  

Com produção executiva de Jonathan Nolan, Lisa Joy e J.J. Abrams, WESTWORLD conta com Evan Rachel Wood, Thandie Newton, James Marsden, Jeffrey Wright, Rodrigo Santoro, Shannon Woodward e Simon Quarterman, entre outros grandes atores. 

A primeira temporada completa de WESTWORLD e os episódios já exibidos da segunda temporada estão disponíveis na HBO GO. 

Sobre HBO Latin America: A HBO Latin America é a rede de televisão por assinatura premium líder na região, respeitada pela qualidade e pela diversidade de sua programação, incluindo séries, filmes, documentários e especiais originais, além da exibição de séries exclusivas e de alguns dos mais recentes blockbusters de Hollywood, antes de qualquer outro canal premium. A programação é exibida em HD em mais de 40 países da América Latina e do Caribe por meio dos canais HBO, HBO2, HBO Signature, HBO Plus, HBO Family, HBO Caribbean, MAX, MAX Prime, MAX UP, MAX Caribbean e Cinemax. Seu conteúdo também é oferecido em outras plataformas, como a HBO GO e HBO On Demand.







Postagens mais antigas → Página inicial
Tecnologia do Blogger.