quarta-feira, 16 de setembro de 2015

.: Rica escolaridade, por Luiz Gonzaga Bertelli

Por: Luiz Gonzaga Bertelli


Na convivência com os pais, já nos primeiros anos de vida, a educação se faz presente. Aprendemos a interagir com o meio, com as pessoas e passamos a respeitar valores que seguiremos por toda vida. Mais tarde vem a escola, na qual construímos o conhecimento, fundamental para o sucesso profissional e para a vida futura. É pela educação que mudamos os quadros de injustiça social, ainda tão comuns em nossa sociedade. Os benefícios são infindáveis. Entre eles, a diminuição da criminalidade, a melhora nos tratamentos com os idosos, a redução da pobreza e do analfabetismo, o aumento da autoestima, o pleno exercício da cidadania, entre outros muitos pontos.

Para quem ainda duvida dos efeitos positivos, o IBGE divulgou na semana passada um estudo em que mostra a diferença de salários entre quem tem curso superior e quem não tem. Segundo o levantamento, o salário de quem possui diploma universitário é 267,1% maior. A diferença dos valores entre pessoas com curso universitário e sem foi de R$ 3.893. Em 2013, os que não tinham formação em faculdade ganhavam em média, R$ 1.457,37 ante R$ 5.350,43, dos graduados.

Os números do levantamento oficial mostram mais uma vez a importância da dedicação aos estudos. Uma população com mais escolaridade tende a conseguir empregos mais bem remunerados, melhorando substancialmente a qualidade de vida, a distribuição de renda, e, por consequência, há redução da pobreza. Quem detém o conhecimento, raciocina com mais clareza, está mais preparado para o mercado de trabalho e tem uma visão de mundo que ajuda a obter sucesso no campo profissional.

O CIEE, com 51 anos de experiência em preparar jovens para o mercado de trabalho, por meio do estágio e da aprendizagem, acredita que a educação é o substrato fundamental para que a nação consiga atingir seu pleno desenvolvimento, com uma população letrada e ativa, que pode escolher democraticamente seus caminhos privilegiando a sabedoria e o bom senso e eliminando as mazelas que tanto atrapalha a vida cotidiana.

*Luiz Gonzaga Bertelli é presidente do Conselho de Administração do CIEE, presidente do Conselho Diretor do CIEE Nacional e presidente da Academia Paulista de História.

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.