sexta-feira, 23 de outubro de 2015

.: Workshop do Itaú Cultural na Pinacoteca de Santos dias 27 a 29

Estão abertas as inscrições para a oficina gratuita a ser realizada entre os dias 27 a 29 de outubro com o artista e curador Divino Sobral; durante  três dias, ele ensina técnicas de instalação, performance e intervenção em espaços públicos a partir do uso de um objeto cotidiano, a sacola de feira.

De que maneira uma sacola de feira simples, como aquelas coloridas usadas no dia a dia por tantas pessoas, pode se tornar um objeto de pesquisa e de intervenção artística? 

Conhecido dentro e fora do país por sua obra característica, que transforma elementos comuns em pontos de reflexão do cotidiano humano, o artista e curador goiano Divino Sobral apresenta entre 27 e 29 de outubro, na Fundação Pinacoteca Benedicto Calixto, em Santos, a oficina "LIGA-SACOLA", como parte da série itinerante do Itaú Cultural Workshop Singularidades-Anotações - Rumos Artes Visuais. As inscrições para uma das 20 vagas abrem no dia 14 e vão até 18 de outubro.

Por três dias, a tradicional sacola de feira irá permear os debates e criações. Divino Sobral a leva para a sala de aula como elemento plástico e conceitual e como material de pesquisa para experimentações e articulações da linguagem contemporânea, convergindo informações de ordens popular e erudita. A partir disso, ele cruza procedimentos provenientes da instalação, da performance e da intervenção em espaço público. 

Desenvolvidas pelo próprio artista, o workshop "LIGA-SACOLA" parte da visualidade intensa e peculiar configurada nas faixas coloridas, da qual se busca tirar partido, relacionando-as com elementos para o corpo humano, um mobiliário, uma praça no centro da cidade com seus jardins, árvores, bancos e equipamentos, um calçadão, ou a paisagem de uma praia, entre uma infinidade de possibilidades.

Sobral leva a sacola ao workshop como ideia de transporte de conteúdo, especificamente de troca e comércio de experiências em arte ou de arte, mantida entre ele e os participantes e pessoas em trânsito pelos espaços públicos. As cordas elásticas potencializam exercícios de ligação, fixação, flexibilidade e tensão entre as sacolas e os materiais nelas contidos postos em diálogo com os corpos dos participantes e com os espaços que os abrigam.

Itinerância Singularidades/Anotações 
"LIGA-SACOLA" é o último da série de workshops "Singularidades/Anotações: Rumos Artes Visuais", que durante 2015 seguiu por 10 cidades do país: Niterói-RJ, Campo Grande-MS, Natal-RN, Goiânia-GO, Rio Branco-AC, João Pessoa-PB, Londrina-PR, Porto Velho-RO e Florianópolis-SC – ministradas por 11 artistas contemplados no programa Rumos Artes Visuais do Itaú Cultural. 

O grupo foi selecionado por Aracy Amaral, Paulo Miyada e Regina Silveira – curadores desta série que dá continuidade ao objetivo da exposição Singularidades/Anotações: Rumos Artes Visuais 1998-2013, também sob curadoria dos três: apresentar ao público o legado deste que é o principal programa de fomento no Itaú Cultural nos últimos 18 anos. Realizada em 2014 no instituto em São Paulo, a mostra exibiu obras de outros 35 artistas de todas as regiões do país escolhidos pela curadoria entre os contemplados em todos os editais de Artes Visuais e Arte e Tecnologia do Rumos.

“Os artistas selecionados pela equipe curatorial para esta fase de Singularidades/Anotações têm suas trajetórias ligadas a práticas relacionadas à educação e à formação”, explica Sofia Fan, gerente do núcleo de Artes Visuais do Itaú Cultural. “Como a ideia é gerar trocas de experiências e referências, esta série pode resultar na aproximação destes artistas, que já passaram pelo Rumos com o público e a produção local”, conclui. 

Rumos Legado
Principal programa de apoio à produção cultural brasileira do Itaú Cultural e uma das plataformas mais longevas de incentivo do país, ao chegar à sua 16ª edição, em 2013, o Rumos Itaú Cultural passou por mudanças estruturais e de conceito, eliminando, entre outras modificações, a divisão de carteiras por áreas de expressão. 

A iniciativa estimulou o instituto a buscar o que os contemplados até aquela edição produziram, com a proposta, segundo Eduardo Saron, diretor do Itaú Cultural, de lançar um olhar sobre os anteriores 16 anos de trajetória do programa. Assim, ao longo de 2014, o instituto apresentou um recorte da produção realizada pelos artistas selecionados, em um total de 1.130 projetos em Artes Visuais, Arte e Tecnologia, Cinema e Vídeo, Dança, Educação, Jornalismo Cultural, Literatura, Música, Pesquisa Acadêmica e Teatro.

No ano passado, a mostra Singularidades/Anotações: Rumos Artes Visuais 1998-2013 apresentou um recorte do legado dos editais neste período. Foram exibidos mais de 60 trabalhos de 35 artistas, entre os contemplados desde 1998 nos editais de Artes Visuais, Arte e Tecnologia, Transmídia e Novas Mídias até 2013. Agora, em 2015, a série de workshops funciona como uma extensão desse trabalho, com o objetivo de fomentar o debate e a formação sobre a produção recente de arte contemporânea. 

Sobre Divino Sobral
Natural de Goiânia, GO, onde ainda vive e trabalha como artista e curador, Divino Sobral atende por uma produção abrangente, que abarca diversas áreas, como desenho, pintura, bordado, objeto, escultura, instalação, performance, fotografia, vídeo e intervenção na paisagem. 

Reconhecido dentro e fora do Brasil por sua obra, já recebeu as seguintes premiações: Prêmio Curadoria do Prêmio Marcantonio Vilaça CNI SESI SENAI (2015); Prêmio de Crítica de Arte do Situações Brasília Prêmio de Artes Visuais do DF (2014); Rede Nacional Artes Visuais Funarte (2012); Conexão MinC/Funarte/Petrobras (2012); Prêmio Marcantonio Vilaça MinC-Funarte (2009); Prêmio Festival de Inverno de Bonito, MS (2005). De 2010 a 2013, ele atuou como diretor do Museu de Arte Contemporânea de Goiás. 

Ele já exibiu seus trabalhos em mostras individuais e coletivas em instituições de renome nacional e internacional, como Museu de Arte Contemporânea de Campo Grande (MS), Museu de Arte de Goiânia (GO), Centro Cultural Banco do Nordeste (CE), Museu de Arte Contemporânea (GO), o 13º salão Nacional de Arte de Itajaí (SC), Spazio Oberdan (Milão, Itália), Galeria Isabel Aninat (Santiago, Chile), Centro de Arte Hélio Oiticica (RJ), MAM-RJ, Centro Cultural de Bellas Artes (Lima, Peru),  Galeria ArtCo, (Lima, Peru), Departamiento de Intervenciones Publicas (Havana, Cuba), Itaú Cultural (SP), Palácio das Artes (MG), a 2ª Bienal do Mercosul (RS) e outras.

Além disso, trabalhos de Divino Sobral fazem parte atualmente das coleções públicas Coleção Gilberto Chateaubriand (MAM-RJ); Museu de Arte Contemporânea (Arequipa, Peru); Museu de Arte Contemporânea (GO); Museu de Arte Contemporânea Oscar Niemeyer (PR); Museu de Arte Contemporânea (MS); Casa das Onze Janelas (PA); Centro Cultural UFG (GO) e da Universidade da Amazônia (PA). 

Serviço
"LIGA-SACOLA"
Workshop Singularidades/Anotações: Rumos Artes Visuais com Divino Sobral
De 27 a 29 de outubro (terça-feira a quinta-feira)
Das 9h30 às 12h30 e das 14h às 17h
20 vagas
Fundação Pinacoteca Benedicto Calixto 
Av. Bartolomeu de Gusmão, 15 – Boqueirão – Santos, SP 
Informações: (13) 3288-2260 

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.