terça-feira, 24 de novembro de 2015

.: Leilão do vestido de Dorothy: E lá se vão muitos tijolos amarelos

Por: Mary Ellen Farias dos Santos 
Em novembro de 2015  


"O Mágico de Oz" é um clássico da literatura, criado pelo norte-americano L. Frank Baum, que, de tanto sucesso, também conquistou tal posto importante na versão para o cinema. Como não amar a história da menina ingênua que segue rumo ao desconhecido com "tijolos amarelos" tendo ao seu lado somente o cachorrinho Totó?

A verdade é que a economia move o mundo e, em 2015, um dos vestidos usados no filme pela protagonista da história, a famosa Dorothy (Judy Garland) foi à leilão. Sim! Um dos exemplares mais preservados foi conquistado tal qual um tesouro, ou melhor, pela "bagatela" de $ 1,56 milhões, o triplo que foi vendido em 2012.

O vestido, do musical de 1939, pertencia à colecionadora Kent Warner, estando entre as 400 peças da era de ouro de Hollywood leiloadas nesta segunda-feira, 23 de novembro de 2015. O vestido quadriculado ganhou novo dono no leilão "Tesouros da fábrica de sonhos", realizado pela casa Bonhams. Contudo, a identidade do comprador não foi revelada.

No evento, outras vendas notáveis foram feitas: um traje de corrida Steve McQueen usado no filme "As 24 Horas de Le Mans", vendido por $ 425,000; um trenó Rosebud do roteirista Herman Mankiewicz, usado na conclusão das filmagens de Cidadão Kane; o bilhete dourado de Willy Wonka que foi para outras mãos por $ 35.000; o Globo de Ouro recebido pelo longa "A um Passo da Eternidade", comprado por US$ 14 mil, além do arremate de 350.000 dólares  no vestido utilizado por Marilyn Monroe no filme "Os homens preferem as louras", na cena em que a musa loira cantou a canção "When love goes wrong", no filme de 1953, junto com Jane Russell.






← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.