quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

.: 5x9: "American Horror Story: Hotel" revela que "ela" quer vingança

Por: Mary Ellen Farias dos Santos

Em dezembro de 2015


Início com a cara de pavor -e pavorosa- de Lady Gaga, ou melhor, da Condessa Elizabeth que mais lembra a velha surda de "A praça é nossa". Definitivamente, eu senti medo antes que o terror começasse a tomar conta do nono episódio de "American Horror Story: Hotel", "She Wants Revenge". 

A agitação do episódio é o casamento da Condessa com Will Drake (Cheyenne Jackson). "É o nosso casamento!". Não há como deixar de pensar um gritante: "Oi? Mas... como é que é?". Como todo ingrediente é importante para uma trama bem elaborada, chega o momento de Liz (Denis O´hare) aproveitar para jogar na cara o ódio que sente por aquela que tirou a vida de seu amor -fato ocorrido em alguns episódios atrás. Quanta mágoa, hein! A cena é boa. 

Contudo, uma ligação coloca a Condessa justamente "on the edge" (amei essa brincadeira!) para enfrentar uma surpresa interessante. A loira visita o amor do passado, mas termina numa cena de sexo "forte" com Donavan (Matt Bomer), tal qual o "Sr. Gray", em "Cinquenta Tons de Cinza". Em tempo, "AHS: Hotel" é a própria criação de E. L. James no estilo terror. Uh lá lá!

Novos "convidados" para o banquete do Hotel Cortez. Não há como deixar de pensar que cada ingresso neste hotel é como que a própria entrada para o lado de lá. Morte na certa ou seria a própria passagem? Antes do sangue espirrar para o trio "pornográfico", mais sexo. Nova dose de "Cinquenta tons de cinza". Até é possível entender o ponto de vista da nova Iris (Kathy Bates) que resulta numa atitude extremamente esperada.




Para esquentar a trama, nova conversa entre mãe e filho. Sim! Iris e Donovan trocam palavras amargas, mais uma vez. De repente, um alerta da melhor lavadora de lençóis manchados de sangue e uma volta ao passado com cena espetacular do senhor March (Evan Peters). Cada aparição dele tem o toque elegante da crueldade que empolga. Seja pela fala que se assemelha ao compasso do trote de um cavalo ou à perfeita atuação de Peters. A influência dele é tão boa, que a cena seguinte, com a Condessa, é impecável. O bom ator sempre serve de inspiração, não é mesmo?!

Desta vez, a infestação do vírus é explicada, ou melhor, o resultado vem à tona, ganhando destaque até nos noticiários. Carnificina total! Contudo, a personagem que tem um pingo de sensatez entra em ação. Sim! É a vez de Alex (Chloë Sevigny) tentar acertar a situação terrível que ela mesma criou.


Neste episódio o roteiro mexe bem os pauzinhos e a trama realmente ganha movimentação. Personagens apagados explodem na tela. Ramona (Angela Basset) retorna tal qual uma rainha maquiavélica, enquanto que Donovan parece querer mostrar fidelidade e assume o papel de serviçal, agindo sem pensar por quem idolatra. Qual é o desejo de ambos? Dar fim à vida da vampira que lhes deu uma nova forma de vida, mas os despreza.

Um pouco mais da história de Ramona, ou melhor, da família dela. A dúvida é: Tantos detalhes do passado foram contados para encher linguiça, comover ou com o objetivo de estabelecer alguma ligação futura e significativa?! Bem, veremos. Ao menos foi uma bela narrativa.

Um servicinho a ser terminado durante o sono da loira "bela adormecida" parece que alcançara o objetivo. Em contraponto, o rumo da história surpreende. Que amor doentio, Donavan!! O que é engraçado ao ver Ramona presa enquanto Iris não gosta do que vê? É o simples fato de que ambas atrizes, Bathes e Basset já encenaram algo similar em "Coven". No entanto, desta vez, o jogo inverteu e até teve direito ao sentimento de piedade. Quem diria!


Um casamento em que Liz aproveita para dizer poucas e boas sobre a Condessa. Como não rir da intervenção?! Entretanto, a resposta da senhora esposa do Cortez parece ser pacífica. Ela simplesmente dá o buquê para que Liz possa encontrar o verdadeiro amor. Uma fofa, né? Nem tanto!

E após o show de O´hare é a vez de Peters usar e abusar de Cheyenne Jackson, tendo ainda o apoio de Gaga. Eis que Drake acorda em um lugar desconhecido e confuso, tal qual o sádico "Jogos Mortais". Ele está sozinho? Claro que não! Ramona Royale, faminta, faz o esperado, o que ainda é registrado por câmeras. O que a Condessa faz? Assiste a tudo com direito a pipoca! Que venha logo o próximo episódio, por favor!


Seriado: American Horror Story: Hotel
Temporada: 5
Episódio: 9 - "She wants revenge"
Exibido em: 09 de dezembro de 2015, EUA.
Elenco: Lagy Gaga, Sarah Paulson, Wes Bentley, Denis O'Hare, Finn Wittrock, Matt Bomer, Evan Petters, Kathy Bates, Angela Bassett, Cheyenne Jackson, Chloë Sevigny.


* Mary Ellen é editora do site cultural www.resenhando.com, jornalista, professora e roteirista, além de criadora do www.photonovelas.com.br. Twitter:@maryellenfsm



Vídeo promocional



← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.