sexta-feira, 15 de abril de 2016

.: "Noite na Taverna": o imaginário afetivo de Álvares de Azevedo

O livro "O Feminino e a Fragmentação Amorosa de Noite na Taverna", escrito pela professora e escritora Polyanna Ervedosa, pode ser considerado uma criação sui generis de investigação literária que contempla questões sobre o imaginário afetivo em Álvares de Azevedo, evocando incisivamente a figura da fêmea humana e confirmando as paixões animalescas que compõem o grotesco e o sublime.

Apresentado inicialmente como o resultado final da dissertação de mestrado elaborada por ela, Ervedosa sedimenta reflexões conceituais por meio de textos de importantes estudiosos como Victor Hugo, Joseph Campbell, Jacques Le Goff, Alfredo Bosi e Antonio Candido.

As constatações literárias da autora possibilitam várias conjecturas filosóficas e mitológicas sobre a mulher auxiliando, a partir de uma exposição teórica, o esclarecimento minucioso de fatos "azevedianos" e tornando a obra um instrumento eficaz para a compreensão da memória sentimental e do feminino romântico.

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.