sexta-feira, 22 de julho de 2016

.: "Encaixe" é Cláudia Brino feat. Vieira Vivo e vice-versa

Por Helder Miranda
Em julho de 2016

Cláudia Brino e Vieira Vivo são um casal. Eles lanaram o livro "Encaixe". A proposta é que os versos de Cláudia se encaixem nos poemas de Vivo no formato de colaboração, como é no dia a dia, já que a vida imita a arte e a arte reproduz tudo.

Ela sempre foi minha poeta favorita, talvez a mulher que mais tenha influenciado minha produção como poeta desde o primeiro livro lançado por ela, "Zona 2000". Vieira Vivo é um poeta competente e ambos, juntos, formam um na vida e na lida de elaborar poéticas e fonéticas.

Há várias maneiras de ler esse livro publicado pela editora independente "Costelas Felinas". Os autores estão presentes em todas as páginas, as interferências de cada um autor estão em itálico no poema do outro. A primeira maneira é ler o livro inteiro de maneira convencional. Quem conhece a obra de Cláudia e Vivo reconhece os textos deles em cada estrofe. Depois, ler os poemas de Cláudia separadamente, e os de Vieira, como se fosse um livro individual. De trás para frente, de frente para t´ras. A mistura é tanta que este "featuring", maneira colaborativa comum entre cantores que praticam duetos, mostra duas vozes, de duas pessoas que se amam, que podem ser lidas em uníssono. Isso é lindo. 

Sobre o autor
Helder Miranda é editor do Resenhando.com há 12 anos. É formado em Comunicação Social - Jornalismo e licenciado em Letras pela UniSantos-Universidade Católica de Santos, e pós-graduado em Mídia, Informação e Cultura pela USP. Atuou como repórter em vários veículos de comunicação. Lançou, aos 17 anos, o livro independente de poemas "Fuga", que teve duas tiragens esgotadas.
Compartilhar no WhatsApp
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

2 comentários:

  1. adoramos por demais esta resenha caro amigo ...
    par nós foi um deleite receber este presente...
    somos gratos e muito muito...

    ResponderExcluir

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.