segunda-feira, 1 de agosto de 2016

.: Gêmeos são fonte de inspiração da fotógrafa Dadá Cardoso em livro


A fotógrafa Dadá Cardoso lança "Gêmeos", seu terceiro livro, no dia 16 de agosto, na Livraria Cultura, do Shopping Iguatemi. Atraída pela simetria dos irmãos, a retratista, que sempre foi fascinada por gêmeos, reuniu mais de 100 pares para serem os protagonistas da obra patrocinada pela Klabin e Eucatex por meio da Lei de Incentivo à Cultura do Ministério da Cultura. 

Dadá se propôs a encontrar nos gêmeos o que os fazem tão especiais e únicos, em busca de histórias que foram, pouco a pouco, reveladas em suas imagens. A autora exerceu, mais uma vez, seu lado criativo, revelou em cada foto a peculiaridade dos irmãos e com um toque artístico identificou em cada par a sua essência. Foi analisando a cumplicidade dos gêmeos que Dadá pode afirmar: “Todo ser humano, de algum modo, é gêmeo. E todo gêmeo, de algum modo, é univitelino”.

O prefácio de seu novo livro é assinado pelos gêmeos médicos Drs. Alexandre e Ricardo Ghelman e pelos cartunistas Chico e Paulo Caruso, todos também retratados no livro. Os irmãos Caruso acreditam que Dadá escreveu um livro de arte sobre personalidades pares.

A fotógrafa não buscou especificamente por famosos, mas também eles apareceram para compor o livro que tem pessoas de todas as idades, sexos, classes sociais e profissões, o importante era serem parecidos, pois esse foi o princípio para o efeito que buscava. Entre os personagens retratados estão Joana e Helena, netas do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso; as nadadoras do nado sincronizado, Bia e Branca, além de outros pares.

A fotógrafa tem suas fotos publicadas nos principais veículos da grande imprensa, tem participado de diversas exposições, coletivas e individuais, entre outras: “Jovens Promessas” na Daslu, em 2003; Fotos Eróticas na Maison Z, em 2004; Coleção MASP/Pirelli, em 2005; “Mulheres veem Mulheres”, no SENAC, em 2006; “PROPAGANDADÁ”, em 2009; e “Hôtel Lutetia Paris – 100 ans”, em 2010. Seu trabalho tem obtido destaque em vários veículos de comunicação e, em 2005, fez parte da edição especial da revista “Lürzer’s Archive” 200 Best Ad Photographers Worldwide.

A partir de 2007, a fotógrafa concentrou-se em diversos projetos pessoais, dentre os quais: Flores (Rosas, Orquídeas, Copos de Leite, etc.), Famílias Paulistanas, Exposições de Carros Clássicos (Pebble Beach, Villa d’Este, Salon Privé, Windsor 2012, St. James 2013, Hampton Court 2014, Chantilly Arts & Elégance, etc.). Agora traz o seu novo projeto para a Livraria Cultura com um coquetel de lançamento, com o intuito de mostrar os gêmeos por outro ângulo, a igualdade versus desigualdade entre eles, o jeito como se falam se olham e se amam.

Dadá Cardoso  
Já publicou fotos nos principais veículos da grande imprensa, como "O Estado de S.Paulo", "Jornal da Tarde" e, sobretudo, na "Folha de S.Paulo", onde manteve atuação mais intensa. Durante seis anos Dadá viveu no Rio de Janeiro, trabalhou para a sucursal carioca da Folha e desenvolveu vasto trabalho com o meio artístico local. Parte dessa experiência está no livro “Retratos” de 1999, principal lançamento fotográfico do ano, prefaciado pelo jornalista Arnaldo Jabor, e com notável repercussão na mídia de todo o país. As fotos de personalidades brasileiras em poses inusitadas e provocantes ganharam destaque em exposições, editoriais e reportagens.

Em 2008, Dadá foi contratada pela DM9 DDB, para fotografar uma campanha institucional para a Editora Referência, a qual acabou evoluindo para um novo trabalho pessoal, para o qual foram clicados os principais publicitários e profissionais da área de comunicações. Estas fotos estão reunidas num livro que, por sugestão do Sérgio Valente da agência, foi intitulado "PROPAGANDADÁ", tendo o mesmo sido lançado em setembro de 2009, com uma exposição na Casa das Rosas em São Paulo.

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.