terça-feira, 16 de agosto de 2016

.: Os escritos íntimos de Madre Teresa de Calcutá revelados em livro

Petra Editora lança "Venha, Seja Minha luz", livro de escritos íntimos de Madre Teresa de Calcutá. Conteúdo vem da caneta da própria religiosa, que será canonizada pelo papa Francisco no próximo dia 4 de setembro.

"Venha, Seja Minha Luz", de Madre Teresa de Calcutá, chega às livrarias de todo o país com o selo da Petra Editora. Neste livro com conteúdo único, o lado desconhecido da religiosa mais admirada deste tempo se revela. Trata-se de uma obra de impacto, com revelações privadas de uma autora querida por unanimidade.

Madre Teresa de Calcutá, missionária albanesa que dedicou a vida aos pobres e necessitados, é uma das figuras mais importantes de nossa era. Sua canonização será celebrada pelo papa Francisco no próximo dia 4 de setembro.

Esta obra é considerada diferenciada e singular, por ser um título que já deu o que falar em todo o mundo quando de sua publicação no exterior. Por meio dela, descobre-se um lado surpreendente da nova santa: suas crises de fé, suas dúvidas, sua força de vontade, sua vida de oração, os obstáculos que vivenciava – em suma, o lado humano de uma santa incontestável.

"Venha, Seja Minha Luz" é uma referência sobre a vida da santa e considerado fundamental para compreendê-la. Nenhum outro livro sobre ela passou por tantas aprovações eclesiásticas, recebendo elogios e comentários de bispos, cardeais e, até mesmo, do papa Bento XVI, que a beatificou. Além disso, não há, no mundo, maior conhecedor de Santa Teresa de Calcutá que Brian Kolodiejchuk, comentador e organizador destes escritos de Madre Teresa. Brian não apenas conviveu com MadreTeresa, mas é também o fundador do Mother Teresa Center e o responsável por seus processos de beatificação e canonização.

"Venha, Seja Minha Luz" não é apenas um livro sobre Madre Teresa. Trata-se, antes, de um mergulho em sua alma, realizado por meio dos escritos que a querida santa de Calcutá enviou a seus diretores espirituais e conselheiros mais próximos. Por meio de documentos tão íntimos, organizados e comentados pelo responsável por seu processo de beatificação e canonização, estas páginas nos revelam detalhes pouco conhecidos desta que foi uma das mulheres mais importantes de nossa era, entre eles seus diálogos com Jesus e sua profunda aridez e escuridão espiritual.

“Se eu alguma vez vier a ser santa, serei certamente uma santa da ‘escuridão’. Estarei continuamente ausente do Céu — para acender a luz daqueles que se encontram na escuridão na terra.”
— Santa Teresa de Calcutá
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.