terça-feira, 5 de dezembro de 2017

.: Conheça os 7 Benefícios da musicalização infantil

Benefícios da musicalização infantil: a chave para o desenvolvimento social e cognitivo na primeira infância. O Centro de Cultura Musical investe em aprimorar a percepção musical de crianças desde os primeiros meses de vida


A primeira infância, etapa dos dois aos seis anos, é uma das fases mais importantes do desenvolvimento humano, pois é nela que ocorrem as inovações radicais na inteligência tanto por iniciativa própria, quanto por estímulos externos, conforme afirma o psicólogo Jean Piaget.

Segundo estudo realizado pelo Núcleo Ciência pela Infância (NCPI), em parceria com o Insper, “a Primeira Infância é um período crucial no qual ocorre o desenvolvimento de estruturas e circuitos cerebrais, bem como a aquisição de capacidades fundamentais que permitirão o aprimoramento de habilidades futuras mais complexas”.

A musicalização infantil desenvolve a apreciação musical e a sensibilização aos sons que já existem ao seu redor trabalhando a habilidade criadora, desde os primeiros meses. O estímulo musical, aumenta o comprimento dos feixes cerebrais, acarretando na multiplicidade de habilidades como a audição, cognição e até na ativação de conexões entre neurônios cerebrais.

“A musicalização infantil consiste em aprimorar a percepção musical desde os primeiros meses do desenvolvimento cognitivo. O objetivo é contribuir para o desenvolvimento intelectual das crianças, já que na primeira infância, elas têm todas as “janelas das habilidades” abertas”, Afirma Amélia Cruz diretora da CCM Perdizes.

Concentração e Criatividade: A música potencializa a plasticidade cerebral favorecendo conexões entre neurônios na área frontal, relacionada a processos de memorização e atenção. A prática musical desde a primeira infância desenvolve uma boa memória e a capacidade criativa de improviso. Em idosos, a música favorece a prevenção de Alzhimer, trabalhando a memória e o exercício mental.

Saúde Mental: O ensino musical também trabalha a autoestima, disciplina, superação de barreiras, socialização e trabalho em equipe. A prática ajuda a criança a superar seus limites e reconhecer suas forças e fraquezas. A prática com instrumentos musicais também pode ser um grande aliado no combate à depressão, estresse e ansiedade, melhorando o humor e ajudando na capacidade de reconhecimento e resolução de problemas.

Autismo e TDAH: A música reforça áreas cerebrais que, na criança com TDAH, são fracas como o córtex auditivo, visuo-espacial e motor do cérebro. Isso faz com que a criança melhore sua capacidade de concentração, autoestima, autoexpressão e desenvolvimento social. Em crianças com autismo, estímulos musicais têm sido responsáveis por ativar regiões do cérebro associadas ao processamento de emoções.

Desenvolvimento Neuropsicológico: Desenvolver habilidades musicais requer múltiplas funções cerebrais, tais como a função auditiva, para executar e apreciar a harmonia, ritmo, timbre, som, silêncio e demais propriedades sonoras; visual, na leitura de partituras, cifras e reconhecimento espacial do instrumento; e cognitivas, para tocar o instrumento. Dessa forma, a comunicação entre os dois lados do cérebro é estimulada, explicando assim a sua relação com o raciocínio e a matemática.

Habilidades de Liderança: O estudo de instrumentos musicais pode desenvolver habilidades de liderança nas crianças, justamente por trabalhar o equilíbrio, coordenação motora, autoconfiança, concentração elevada, e raciocínio mais ampliado. Essas habilidades ajudam a criança a melhorar seu desempenho também nos estudos escolares, e em seus relacionamentos sociais.

Enriquecimento Cultural: Ajuda a criança a conhecer a diversidade de estilos musicais que existem no mundo, além da história por trás de cada um deles. Põe o aluno em contato com diferentes culturas, países, épocas e lugares, ajudando a enxergar a música como forma de expressão de um momento ou grupo social.

Sensibilidade Emocional: Outro benefício, de extrema importância para o século da tecnologia, é que a música ajuda a trabalhar e desenvolver os sentimentos, ajudando a explorar e manifestá-los. Em um momento de individualismo e distanciamento, ter contato com seus sentimentos e compartilhar com os demais é essencial.
“A musicalização infantil consiste em aprimorar a percepção musical desde os primeiros meses do desenvolvimento cognitivo. O objetivo é contribuir para o desenvolvimento intelectual das crianças, já que na primeira infância, elas têm todas as “janelas das habilidades” abertas”, Afirma Amélia Cruz Diretora do CCM Perdizes.

Sobre o Centro da Cultura Musical: O Centro da Cultura Musical - CCM Perdizes nasceu em 2000, com foco no ensino e incentivo a música através de metodologias modernas e um corpo docente especializado, graduado e reconhecido pela Ordem dos Músicos do Brasil (OMB). A escola recebe alunos de todas as idades, a partir dos 8 meses de idade, e os capacita na criação, improvisação musical e execução instrumental.

O Centro de Cultura Musical possui a Orquestra Escola Infanto Juvenil composta por crianças a partir dos de 3 anos do setor de musicalização infantil do CCM. Localizado em Perdizes, conta com salas equipadas com instrumentos, possui um   café com música que provê um palco de apresentação.  Oferece cursos de Musicalização infantil a partir dos 8 meses até 5 anos. PIM (prática instrumental de musicalização infantil) dos 5 a 7 anos e instrumentos  individuais como: Violino, Viola, Cello , Clarinete, Sax, Flauta Transversa,  Piano, Teclado, Guitarra, violão, Contra- baixo, Canto e Bateria .

Centro de Cultura Musical
Rua Ministro Godói, 556 -Perdizes - SP
Telefone: 3862-2944
www.centrodeculturamusical.com.br
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.