sábado, 19 de maio de 2018

.: 3º Santos Film Fest prorroga inscrições até o dia 15 de junho


Festival acontecerá de 28 de agosto a 5 de setembro com programação gratuita em diversos pontos da cidade: serão mais de 70 filmes, homenagens ao crítico Rubens Ewald Filho e à cineasta Eliane Caffé, bate-papos, oficinas formativas, exposições, apresentações musicais e virada cinematográfica com café da manhã.  

O 3º Santos Film Fest está com inscrições abertas para curtas, médias e longas-metragens. O regulamento bem como o formulários de inscrição estão disponíveis no link https://santosfilmfest.com/regulamento/

Não é cobrada taxa pela inscrição dos filmes. Em virtude da boa demanda de filmes, o festival está prorrogando as inscrições até 15 de junho. Já há curtas, médias e longas-metragens inscritos de diversas partes do Brasil e também de Portugal.

Homenagens

Rubens Ewald Filho
O “homem do Oscar”, santista de nascimento e coração e grande crítico de cinema será homenageado no 3º Santos Film Fest, recebendo o troféu Luciano Quirino das mãos do ator conterrâneo. Rubens participará da abertura do festival, em 28 de agosto e, no dia seguinte, de um bate-papo ao lado de Luciano, intitulado “Santistas do Mundo”, mediado pelo artista plástico e cinéfilo Waldemar Lopes. 

Também no dia 29 de agosto, mais cedo, no primeiro piso do Shopping Pátio Iporanga, será inaugurada uma exposição com seu acervo pessoal, desde os primeiros cadernos onde anotava observações sobre filmes, entre outros itens. Depois, Rubens retorna em 4 de setembro, quando apresenta ao público sua mais nova produção, o documentário de longa-metragem “Odinei Ribeiro: O Narrador de Emoções”, dirigido por Germano Pereira e Renata Giovannetti. 

E, no encerramento do festival, em 5 de setembro, entregará o troféu que leva seu nome aos melhores curta, média e longa-metragem inscritos no voto popular. Para coroar a programação, será exibida a cópia restaurada do clássico “Oito e Meio”, de Federico Fellini, filme preferido do crítico.

Eliane Caffé
Eliane Caffé formou-se em Psicologia e em 1988 partiu para Cuba para iniciar seus estudos de cinema na “Escola Internacional de Cine y TV de San Antonio de los Baños”. Em 1990 viaja para Espanha com uma bolsa de pós-graduação para aprofundar sua formação humanista no “Instituto de Estética e das Artes” da Universidade Autônoma de Madrid. 

De volta ao Brasil, segue a carreira de cineasta escrevendo e dirigindo curtas, longas metragens e series de TV que vêm ganhando o reconhecimento da crítica e público em importantes Festivais e Mostras no Brasil e internacionalmente. Ao longo de sua trajetória a diretora vem construindo temáticas e abordagens cada vez mais implicadas com a exploração da linguagem audiovisual em “zonas de conflitos reais” - tanto no contexto rural do Brasil como nos grandes centros urbanos. 

Em seus trabalhos é visível a experimentação com a narrativa que interage com personagens reais e agrega repertórios de seus universos de vida como coletivos com voz própria. Mais do que personagens e cenários, esses coletivos atuam em pé de igualdade com a equipe técnica do filme em todo o percurso da realização da obra. Atualmente, está voltada para consolidar a pratica de pensar e produzir um cinema “polifônico”, “dialógico” e que se estenda muito além dos sets de gravações.

A cineasta participará da abertura, quando será homenageada. Durante o festival serão exibidos filmes de destaque em sua carreira, como “Era o Hotel Cambridge” (2016) e “Narradores de Javé” (2002). Maiores informações sobre a diretora: http://www.elianecaffe.com.

Maratona cinematográfica
Durante nove dias, a programação gratuita oferecerá ao público mais de 70 filmes e diversas ações em vários pontos do município: Cine Roxy 5, Cine Roxy 4, Cine Arte Posto 4, Cine ZN, Universidade São Judas Campus Unimonte, Instituto Arte no Dique, Cinemateca de Santos, Museu da Imagem e do Som de Santos, Shopping Pátio Iporanga, Open House Idiomas, Gibiteca Municipal Marcel Rodrigues Paes, Estação da Cidadania e terá ações nos morros e na área continental. Entre os objetivos do projeto estão a promoção da cultura, do turismo, da educação, a formação de público, a democratização de acesso à cultura, o resgate histórico, o intercâmbio cultural.

O tema “Agenda 2030 da ONU e seus 17 objetivos” permeará a curadoria, que destacará temas sociais contemporâneos como representatividade (de gênero, racial, etc), o combate ao preconceito, à fome, sustentabilidade, imprensa livre, economia criativa, cultura como ferramenta de cidadania e educação, entre outros.

Serão exibidos curtas, médias e longas-metragens inscritos para o Voto Popular. E também dezenas de produções convidadas, entre brasileiras e estrangeiras, da França, Suécia e Canadá, tendo em vista as parcerias estabelecidas com Embaixada da Suécia, Institut Français, Cinemateca Francesa, Ambassade De France, Consulado Geral do Canadá.

Entre os filmes nacionais confirmados em parcerias com distribuidoras estão “A Cidade Onde Envelheço”, “Animal Político”, “As Duas Irenes”, ”Elon Não Acredita na Morte”, “Jonas e o Circo Sem Lona”, “Martírio”, “Mulher do Pai”, “O Ornitólogo”, “Pendular”, “Rifle”, “Vermelho Russo”, “Waiting For B”, “O Silêncio no Céu”, “Em Busca de Fellini”, “Uma Razão Para Recomeçar”, “Lou”, “A Livraria”, “50 São Os Novos 30”, “Paris 8”, “Muito Além do Peso”, “Comer o Quê?”, “Parir é Natural”, “Pro Dia Nascer Feliz”, e mais.

Serão realizadas sessões inclusivas para cegos, surdos, cadeirantes e também exibições infantis e para idosos. 

Além disso, em parceria com o Escritório de Inovação Econômica da Prefeitura de Santos, o festival realizará um intercâmbio com uma Cidade Criativa em Cinema pela Unesco, que será definida em breve. O objetivo é exibir filmes dessa cidade, enviar filmes do festival para quem sejam exibidos lá. Também há a possibilidade de um bate-papo ao vivo via Skype, pela tela de cinema, com um profissional de audiovisual estrangeiro.

Pré-estreias confirmadas

"SP: Crônicas de Uma Cidade Real"
O festival já tem duas pré-estreias confirmadas. Em 30 de agosto, o longa-metragem “SP: Crônicas de uma Cidade Real”, de Elder Fraga. Em seu novo trabalho, Elder homenageia e coloca o dedo nas feridas da maior capital brasileira. São Paulo é uma cidade complexa. Tão complexa, que quando histórias baseadas em elementos verídicos se misturam à ficção, é difícil saber qual é qual. “SP: Crônicas de Uma Cidade Real” é uma coleção de cinco histórias: O resgate de um policial, a punição de um assassino, um sádico que estuda o limite entre o belo e o grotesco, a busca pela memória perdida e a descoberta de que a justiça e a lei podem ser coisas diferentes.

O grande elenco reúne Luciano Chirolli (“Bruna Surfistinha”, “Getúlio” e novela “Haja Coração”), Júlio Rocha (novela “Fina Estampa”), Rubens Caribé (novelas “Uma Rosa com Amor”, “Malhação”), Rui Ricardo Diaz, Ricardo Gelli, Nicolas Trevijano, Carlos Morelli, Joaz Campos, Gustavo Haddad, Alexandre Barros, Gabriela Wazlawick, Luciano Gatti, Camila dos Anjos, Ando Camargo, Patrícia Vilela, Beno Bider, Marcelo Rafael, Rogerio Brito, Sandrão RZO, Nego Jam, João Miller e Pablo Ginevro.A trilha original é do santista  Umanto. Um dos episódios apresentados no filme teve participação, inclusive, da Orquestra Municipal de Santos. 



"Odinei Ribeiro: O Narrador de Emoções"
Também está confirmada a avant-première do documentário de longa-metragem “Odinei Ribeiro: O Narrador de Emoções”, em 4 de setembro.

O filme a trajetória do narrador esportivo nascido em Itanhaém, litoral de São Paulo, e que chegou a uma Copa do Mundo. Odinei Ribeiro (Itanhaém, SP, 20 de Outubro de 1968) é narrador dos canais Sportv e PFC, baseado em São Paulo. Começou na Rádio Anchieta, em sua cidade natal, e depois foi para as rádios de Santos: Atlântica, Guarujá, Clube, A Tribuna/CBN, Cultura e Santa Cecília FM. Também trabalhou nas rádios Metropolitana de Cambé/PR, SAT FM Itanhaém, 105 FM SP e nove anos na rádio Record SP.

O longa é dirigido por Renata Giovannetti e Germano Pereira, cineasta e ator, com carreira em cinema, teatro e TV (novelas como “Passione”, “Guerra dos Sexos”, “A Regra do Jogo”). A realização do filme é da GPS ENTERTAINMENT, de Rubens (produtor da obra) e Germano.

A sessão contará com as presenças de Odinei, Germano, Renata e Rubens.

Bate-papos, oficinas e Virada Cinematográfica
Em time que está ganhando não se mexe. E o Santos Film Fest manterá as oficinas formativas na Unimonte, agora São Judas Campus Unimonte, a Virada Cinematográfica com café da manhã na Cinemateca, sucesso de público nas duas edições do festival, o Happy Hour Cinematográfico, com bandas tocando fim de tarde em frente ao Roxy, e os bate-papos e palestras com profissionais experientes da área e as exibições de filmes clássicos e cults, visando valorizar a história do cinema. Entre os temas abordados nos bate-papos estão a produção de filmes independentes no Brasil, a distribuição de filmes, com representantes de importantes distribuidoras. 

Campanha para gibiteca no Arte no Dique
Dois eventos presentes no calendário oficial de Santos se unem em prol de uma boa causa. O Santos Film Fest – Festival Internacional de Filmes de Santos e a Santos Comic Expo iniciam uma campanha de arrecadação de gibis (novos ou usados em bom estado) para a criação da primeira Gibiteca do Instituto Arte no Dique, organização social atuante há mais de 15 anos no Dique da Vila Gilda, em Santos, região de menor IDH da Baixada Santista.

Até o início de agosto, quatro espaços da região receberão as doações: a Cult Comics, loja localizada dentro do Cine Roxy 5 (Avenida Ana Costa, 443, Gonzaga), a HC Art Collection (Av. Mal. Floriano Peixoto, 69, loja 21, Gonzaga), o lounge da Shake Burger (Av. Gen. Francisco Glicério, 55, Gonzaga) e Caiçaras Oriental Fast Food (Rua Vereador Alvaro Guimarães, 669 - Loja 3). As doações serão recebidas até o início de agosto e a Gibiteca do Instituto Arte no Dique será lançada durante o 3º Santos Film Fest em ação com diversas surpresas.

Ações geeks
Na temporada que Superman completa 80 anos de sua primeira aparição nos quadrinhos, em “Action Comics 1”, e os 40 anos do clássico estrelado por Christopher Reeve, o festival celebrará o aniversário do herói com mostra especial, exposição de fotos e itens colecionáveis e oficina de desenho, esses dois no Shopping Pátio Iporanga. Também no shopping, haverá show temático da banda The Classics, com set lis calcado em canções memoráveis de filmes e séries dos anos 60, 70, 80 e 90.

Ainda no âmbito dos super-heróis, haverá uma exposição na Gibiteca Municipal Marcel Rodrigues Paes com artes de quadrinistas de diversas partes do país, que homenagearão a representatividade nos filmes de super-heróis. O espaço ainda receberá bate-papos sobre a temática.

O 3º Santos Film Fest – Festival Internacional de Filmes de Santos é realizado por CineZen Cultural. Tem co-realização da Prefeitura de Santos, patrocínio da Nita Alimentos, parcerias do Cine Roxy, São Judas Campus Unimonte, Orvalho Filmes, apoios institucionais de Costa da Mata Atlântica Convention Visitors & Bureau, Videocamp, Vitrine Filmes e Shopping Pátio Iporanga, e apoios de Cine Art Filmes, Cinemateca de Santos, Embaixada da Suécia, Instituto Arte no Dique, Santos Comic Expo, Institut Français, Cinemateca Francesa, Ambassade De France, Consulado Geral do Canadá, Shake Burger, restaurantes Lê Lis, Elo Gastronomia e Padaria Nova Princesa.

www.santosfilmfest.com | www.facebook.com/santosfilmfest 


Vídeo resumo da primeira edição: 

Vídeo resumo da segunda edição: 

Compartilhar no WhatsApp
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.