quarta-feira, 3 de novembro de 2004

.: Resenha de "Diário de Bagdá", Sérgio Dávila

35 dias de Guerra
Por: Tiago Dória

Em novembro de 2004


De meados de março a abril de 2003, o Brasil acompanhou de forma emocionada e atenta, a Guerra no Iraque. Os dois únicos jornalistas brasileiros no conflito, Sérgio Dávila e Juca Varella, mandavam, por meio da Folha de São Paulo, uma cobertura diária, com capítulos e personagens desse conflito. Agora essas peças e pessoas estão retratadas com mais reflexão e detalhes, sem a preocupação do deadline ou da falta de espaço, típico do dia-a-dia de um jornal impresso. 

Assim é "Diário de Bagdá" ao retratar a passagem de 35 dias dos dois pelo Oriente Médio, sendo 21 deles na capital iraquiana. Escrito em formato de diário, o livro de grande qualidade da diagramação valoriza o trabalho fotográfico de Varella com o uso do papel couché. Os textos de Dávila estão numa linguagem simples, dramáticos e com ação: foram escritos durante a guerra, no calor do conflito. 

Logo durante o começo da leitura dá para tirar duas conclusões simples: a primeira é a de que guerra é, antes de tudo, corrupção. Percebe-se o quanto o Iraque e a sua população estavam corrompidos. Um povo pobre que queria usar o conflito para ganhar dinheiro dos estrangeiros no país, no caso 180 jornalistas. A guerra acentuou esse desejo de levar vantagem em tudo. O dinheiro é importante para manter uma boa e duradoura cobertura, já que os subornos são constantes. 

A segunda conclusão é a de que guerra é também um aprendizado. Diferenciar, por meio do som, um míssil de uma bomba. Ou ainda aprender a falar com as pessoas na hora e no lugar certo. Descobrir que num conflito desses, solidariedade não é o forte entre os jornalistas. O leitor só tem a ganhar, quando o trabalho entre o repórter e o fotógrafo é realizado ao mesmo tempo. Em resumo, Diário de Bagdá é jornalismo na veia. É o testemunho de um conflito que terminou oficialmente, mas continua matando.

Livro: Diário de Bagdá
Autor: Sérgio Dávila
Editora: DBA Editora
← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.