terça-feira, 31 de julho de 2018

.: Casa de Cultura Laura Alvim exibe mostra inédita de Paula Klien

Em "Extremos Líquidos", exposição com curadoria de Marcos de Lontra Costa, artista apresenta série de pinturas e esculturas.


O corpo verte-se enquanto a paisagem se apresenta como um curioso espelho do externo e do interno. Esta é a perspectiva da mostra Extremos Líquidos, individual que Paula Klien apresenta entre 2 de agosto e 2 de setembro na Casa de Cultura Laura Alvim, no Rio de Janeiro. Com curadoria de Marcos de Lontra Costa, a exposição reúne uma série de 20 trabalhos da artista representada pela Emmathomas Galeria, de São Paulo.

"Eu Lavo Água Preta", diz Klien em alusão ao seu processo criativo, onde, literalmente, lava as marcas criadas por ela sobre a tela com nanquim. Suas pinturas e esculturas trazem cenários e paisagens poéticas monocromáticas, com variações de cinza, e aparecem quase sempre em grandes formatos. "O resultado tem uma relação com a beleza que o tempo traz", pontua.

A artista trabalha dentro de uma imagem sem limites determinados, sem verdades absolutas. "É uma pintura que, em certo momento, parece quase querer flutuar, quase querer sumir", afirma o curador. Como resultado, cenários e paisagens poéticas que surpreendem pela ousadia, pela criatividade e pela capacidade da artista de dominar com precisão os meios técnicos e expressivos, desenvolvendo sua própria linguagem. "Tudo aqui conspira para se fazer da arte um território permanente de questionamento e provocação", completa Lontra Costa.

Sobre a artista
Paula Klien nasceu em 1968, no Rio de Janeiro e, atualmente, vive e trabalha em sua cidade natal. Desenho e pintura ocupam um lugar importante em sua obra, embora a artista já tenha trabalhado com dança, música e tenha extensa bagagem com a linguagem fotográfica.

É representada pela Emmathomas Galeria, de São Paulo, e pela aquabitArt gallery, de Berlim. Tem formação pela Kunstgut Academy of Fine Arts, de Berlim e pela Escola de Artes Visuais do Parque Lage, no Rio de Janeiro. Em 2011 participou da 11ª Bienal de Arte Contemporânea de Firenze e, em 2012, da Bienal de Arte Contemporânea de Roma, na qual recebeu o prêmio de oitavo lugar em fotografia fine art.

Em 2017, exibiu seu trabalho seis vezes no exterior. Em Berlim, teve uma individual e uma coletiva na aquabit e, junto à galeria, participou da Positions Berlin Art Fair. Esteve em Nova Iorque a convite da Clio Art Fair, em Buenos Aires com Emmathomas na arteBA e, em Londres, fez uma concorrida apresentação solo na Saatchi Gallery.

Serviço:
"Extremos Líquidos", exposição individual de Paula Klien
Local: Casa de Cultura Laura Alvim
Endereço: Avenida Vieira Souto, 176 - Ipanema, Rio de Janeiro
Abertura: quinta-feira, 2 de agosto, às 19h
Período expositivo: de 3 de agosto a 2 de setembro
Visitação: de terça a domingo, das 13h às 22h
Entrada gratuita.

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.