quinta-feira, 16 de agosto de 2018

.: MASP e Osesp promovem concertos que mesclam arte e música


Programa, que começa neste mês, reúne peças musicais e obras de arte que vão do clássico ao contemporâneo.


O MASP e a Osesp, duas das instituições culturais mais simbólicas de São Paulo, retomam, a partir de 27 de agosto, a série de concertos Osesp MASP, que combina arte e música no palco do MASP Auditório. 

O objetivo do projeto é estabelecer diálogos entre as duas formas artísticas, relacionando similaridades estéticas e históricas de ambas. Cada apresentação é comentada por um especialista convidado, que faz a conexão entre as obras de arte da coleção do MASP e as composições musicais. A programação deste ano conta com cinco apresentações, de 27 de agosto a 11 de dezembro.

No primeiro concerto, no dia 27 de agosto, Jorge de Almeida, doutor em filosofia e professor de teoria literária na USP, irá discorrer sobre a relação entre duas peças de Brahms e a obra "O Verão - Diana Surpreendida por Acetão" (1863), de Eugène Delacroix.

No dia 17 de setembro, o Coro Acadêmico da Osesp irá interpretar composições de Camargo Guarnieri, Francisco Mignone, Villa-Lobos, Carlos Alberto Pinto Fonseca, Stephen Foster e George Gershwin em diálogo com a obra "Composição 12" (1962), de Rubem Valentim. A associação entre elas será analisada por Leonardo Martinelli, compositor, doutor pelo Instituto de Artes da Unesp e professor da Faculdade Santa Marcelina e da Escola Municipal de Música de São Paulo.

Já no dia 8 de outubro, a obra em questão será "A Canoa Sobre Epte" (circa 1890), de Claude Monet. Sergio Molina, compositor, coordenador-geral de música na Faculdade Santa Marcelina e autor do livro "Música de Montagem", irá esclarecer o vínculo entre o quadro e as peças de Maurice Ravel, Carl Nielsen e Gyorgy Ligeti, executadas pelo Quinteto de Sopros.

Em 23 de outubro Sergio Molina volta à programação, mas, desta vez, para elucidar a relação entre peças de John Cage, Steve Reich, John Luther Adams, David Lang e Elliot Mckinley e a aquarela de Lina Bo Bardi: "Estudo Preliminar - Esculturas Praticáveis do Belvedere Museu de Arte Trianon" (1968).

O encerramento do programa ocorre no dia 11 de dezembro com o Quinteto de Metais São Paulo interpretando José Alberto Kaplan, Charles Ives, David Fetter e outros. Sergio Molina irá conversar sobre a correspondência entre elas e a obra "Candombe" (circa 1930), de Pedro Figari. 

Tanto Pedro Figari quanto Rubem Valentim ganharão individuais no museu ainda em 2018 dentro do eixo curatorial das histórias afro-atlânticas. A mostra de Valentim abre em 13 de novembro e, a de Figari, em 13 de dezembro.
O projeto acontece uma vez por mês, a partir das 20h. Os ingressos custam R$ 55 (inteira) e R$ 27,50 (meia) e estão disponíveis na bilheteria do museu e pelo site www.ingressorapido.com.br. A programação está sujeita a alterações.

Serviço
Osesp MASP 2018
Patrocínio: Ministério da Cultura
Dias: 27 de agosto a 11 de dezembro
Horário: a partir das 20h
Local: MASP Auditório - av. Paulista, 1578, 1º subsolo
Valor: R$ 55 (inteira); R$ 27,50 (meia-entrada)
Ingressos à venda na bilheteria do museu, de terça a domingo, das 10h às 17h30 ou pelo
site www.ingressorapido.com.br
*** Às terças-feiras a bilheteria do MASP funciona até às 19h30
Informações: 11 3149-5959
Acessível a deficientes, ar condicionado, classificação livre.

← Postagem mais recente Postagem mais antiga → Página inicial

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe-nos uma mensagem.

Tecnologia do Blogger.